quinta-feira, 14 de agosto de 2008

MA ANANDA MOYI - O fogo interior [14/08/2008] - Autres Dimensions




14 de agosto de 2008.

do site AUTRES DIMENSIONS




Áudio da Mensagem em Português
Link para download: clique aqui

Bem amados filhos do Amor, recebam a Luz e o Amor e a minha bênção.

Eu sou MA ANANDA MOYI, e volto entre vocês para iluminar o que deve sê-lo ainda, a fim de permitir-lhes ir para além de vocês, para além de sua Essência, a fim de evitar que os obstáculos, que podem aparecer agora e que são todos ligados aos medos, sejam dissolvidos pela ação do Amor e por minha presença.

No curso deste dia vocês abordarão, primeiramente, o que, em sua tradição, vocês chamam os Arcanjos e que nós, no Vedanta, chamamos diferentemente.

Assim, aquele a quem vocês chamam o Arcanjo Miguel corresponde, em minha tradição, a Krishna.

Ele é o ser azul de Luz antropomorfizada, certamente, mas correspondendo à mesma energia.

O Arcanjo Gabriel corresponde a Vishnou.
O Arcanjo Uriel Corresponde a Shiva, e o Arcanjo Rafael corresponde a Rama.

Existe em, em sua tradição, outros Arcanjos.
Nas tradições de Vedanta, esses papéis são atribuídos a outros tipos de energia. Isso, simplesmente, não para fazê-los estabelecer relações ou inter-relações, mas para fazê-los compreender que, em todas as tradições, como em todos os mundos (mesmo se os mundos diferem) as qualidades da consciência e da energia são sempre as mesmas.

Vocês cruzam, alguns, na abordagem da alegria, chamada serenidade; outros, na raiva ou na emoção, o que vem.

Isso não tem espécie alguma de importância.
Olhem no interior de vocês e compreendam que o que se manifesta são apenas elementos polarizados que não são ainda a alegria suprema à qual eu os convido.

Entretanto, um grande passo foi dado.
Resta-lhes, agora, serem revestidos da potência arcangélica ou daquela dos Deuses criadores, como vocês preferirem, a fim de poder viver o fogo interior.

O Arcanjo a quem vocês chamam JOFIEL deu-lhes uma centelha de verdade sobre o que vocês são.

A proteção, pelas energias arcangélicas ou pelos deuses do panteão hindu corresponde, a grosso modo, aos quatro Vivos que permitem, como pilares de criação, à energia do fogo instalar-se em vocês.

Esse fogo é um fogo devorador que instaura, de maneira permanente, a alegria em vocês.

Ao final de minha intervenção, uma bênção especial acompanhá-los-á, antes da bênção dos quatro pilares da criação. Mas, antes, bem amados filhos, eu gostaria de abrir com vocês um momento de discussão, um momento de compartilhamento, um momento de comunhão.

Porque as palavras, se são, por vezes, demasiadas, são, por vezes, também, um bálsamo que pode colocá-los nas melhores disposições para ir aonde vocês devem ir.

Então, bem amados filhos, eu lhes dou a palavra.

>>>

Questão: qual é a diferença entre os Anjos e os Arcanjos?

Em sua tradição, os Arcanjos são os arcos do anjo, são os arquétipos que presidiram à criação de formas de anjos.

Trata-se de uma variedade de anjo.
Por definição, anjo é uma variedade de ser de Luz que jamais viveu encarnação e representada, em suas diferentes representações, por águias.

Na tradição de Vedanta, trata-se de tanques alados, mas é exatamente a mesma coisa.

>>>

Questão: quais são as funções deles?

Alguns intervêm em momentos privilegiados.
Quando eles intervêm, os quatro principais, eles vão permitir estabilizar em vocês os pilares que permitem o despertar dos Agni Deva, o despertar do fogo, portanto, em sua forma presente. É uma proteção necessária.

Alguns arcanjos intervêm, também, ou simultaneamente, ou de maneira diferente, no momento de grandes eventos que ocorrem no Sistema Solar.

Krishna, assim, é o combatente, assim como seu Miguel, o Arcanjo Miguel.
Cada um corresponde a um pilar: o pilar do Norte, o pilar do Sul, o pilar do Leste e o pilar do Oeste.

Os pilares, mesmo se tenham essa denominação, não fazem referência ao que vocês chamam as quatro direções cardeais, mas a um quadro inerente e específico no qual deve desenvolver-se o fogo.

Um quadro que limita a expansão do fogo em sua forma, para não destruir a forma.

O despertar total do fogo ocorrendo sem a presença vibratória e consciente dos quatro arcanjos resultaria numa combustão espontânea.

>>>

Questão: o fogo está ao centro dos quatro pilares e corresponde ao que se chama o Santo Espírito?

O fogo é a resposta à presença do Santo Espírito, inteiramente, em vocês.
O Santo Espírito, tal como vocês o nomeiam, é uma energia descendente.
O fogo é uma energia e uma consciência ascendente.

>>>

Questão: a presença vibratória de um canto, de um mantra, de música, pode ajudar a dissolver os medos?

Bem amado filho, trata-se de muletas que lhes são dadas, assim como a beleza da criação, para permitir-lhes esquecer de algumas vicissitudes presentes devido mesmo à sua encarnação.

Assim também os incensos, os perfumes, os odores, as músicas, as danças, são outros elementos que vêm exaltar sua alma para encontrar esse despertar, essa alegria e esse fogo.

>>>

Questão: é possível para um pai, hoje, liberar seus filhos da relação paterno-filial?

Isso parece difícil ao nível ainda que apenas do DNA que vocês compartilham.
Lembrem-se de que o maior carma que a pessoa tem a superar está ligado aos pais, porque vocês escolhem, sistematicamente, como pais, pessoas que os assassinaram ou mataram, ou fizeram muito mal numa vida passada. E vocês voltam, através do DNA que vocês tomam, a permitir a elas reparar o carma para com vocês.

É um ato de Amor indizível.
Entretanto, vocês estão ligados pelo DNA.

Apenas o despertar, que queima o DNA e transforma-o, ou o despertar de fins de ciclo é que permite isso, superando o estágio da encarnação.

Entretanto, a liberação de seus filhos, de seus pais, é possível pelo despertar, precisamente.

Eu falava de seu despertar a vocês.
Vocês não são responsáveis pelo despertar de seus filhos ou de seus pais.

>>>

Questão: como estar seguro de que se fez uma boa escolha?

Vivendo-a.

>>>

Questão: o que é da relação cármica pai/filho no caso de um filho autista?

Exatamente a mesma coisa com, nesse caso, uma solução de reparação muito mais intensa, pela quantidade de Amor necessária a revelar.

Quando eu falo de assassinato, não se trata sempre do assassinato da forma, mas de um assassinato na palavra.

>>>

Questão: por que seres evoluídos permanecem em contato com aqueles que os serviram, para além da vida?

Porque algumas almas, embora liberadas das contingências da forma e da vida, mantêm ligações que passam para o além.

Elas se sentem investidas de uma missão específica em relação a essas almas com as quais eles se relacionaram e, frequentemente, em relação.

>>>

Questão: isso significa que falecer, para um humano, não corresponde, forçosamente, a uma evolução de consciência?

Perfeitamente.
Isso corresponde a experiências.

Vocês acumulam experiências.
Quando vocês deixam o campo de forma no qual vivem, vocês revivem, fora do tempo, a totalidade do que vocês viveram, mas não em seu corpo ou em sua consciência, mas na consciência de todos aqueles (objetos, pessoas, seres vivos) que vocês encontraram.

Se, por exemplo, vocês dirigiram um sorriso para um filho, no momento de sua morte, vocês não viverão o sorriso que deram ao filho, mas viverão a reação e o sentir do filho.

É o mesmo para todas as ações que vocês cometem em sua vida, absolutamente todas.

>>>

Questão: o que acontece no momento do falecimento, quando se vê imagens da vida desfilar, como codificadas, de algum modo?

Elas o são.
Nada do que vocês vivem na encarnação apaga-se.

Tudo se inscreve, mesmo o que vocês não veem, o que vocês não sentem, tudo o que acontece, não unicamente de seu ponto de vista ao nível consciente e olhar, mas tudo o que os cerca é impresso no que é chamado o átomo-embrião.

>>>

Questão: é esse átomo-embrião que deixa o corpo pelo nervo pneumogástrico, no momento do falecimento?

O termo «escapar» não é completamente exato, mas parece corresponder, caro filho, ao que há em sua compreensão.

>>>

Questão: que vão tornar-se os arquétipos criados como, por exemplo, o arquétipo da dor?

A passagem para dimensões de Luz não pode deixar passar os elementos dolorosos.

Entretanto, sua memória será restaurada inteiramente, a título de experiência e não a título de emoções.

A emoção é totalmente superada nos mundos de Luz.
Entretanto, uma memória não emocional é mantida, assim como quando vocês passam de vida à morte nessa dimensão, vocês experimentam o que acabo de dizer.

Do mesmo modo, passar em dimensão outra de Luz permite revelar o conjunto de suas memórias na encarnação, mas também de suas memórias outras nesse plano, e a própria memória de sua alma, e tudo o que faz o que vocês foram ou são.

>>>

Questão: por que uma Luz tão intensa passou pelos pontos de crucificação do Cristo no Calvário?

Algumas formas de iniciação conferem a alguns seres humanos o que vocês chamam os estigmas do Cristo.

Isso corresponde a uma realidade energética desejada por algumas energias estruturadas, além dos arcanjos, que vocês chamam os serafins, que são seres de fogo que queimam.

Em algumas pessoas, que não são unicamente almas humanas, mas que são entidades planetárias que tomaram forma humana, vocês encontrarão essa marcação.

Esse foi o caso para alguns santos de sua tradição.
O exemplo o mais conhecido é, certamente, aquele a quem vocês chamaram São Francisco de Assis que, mais tarde, encarnou naquele a quem vocês chamaram Padre Pio da Pietrelcina, que era, de fato, uma grande entidade não humana, que tomou forma humana pelo sacrifício, que era a entidade de Marte.

>>>

Questão: por que o Cristo disse na cruz: «Pai, por que me abandonastes»?

Ele ilustra, aqui, o arquétipo que vive absolutamente todo ser humano na encarnação, no instante precedente à ressurreição e, portanto, da morte.

É um momento que precede a ressurreição, onde todos vivem os horrores do abandono e da solidão.

É o que eu exprimia há alguns dias, quando exprimi que vocês estão irremediavelmente sós e, no entanto, irremediavelmente religados ao conjunto da criação.

Mas o ponto preciso da morte e da ressurreição acompanha-se de uma das angústias as mais profundas que existem.

Tranquilizem-se: essa é a última a viver nesses mundos.

>>>

Questão: o átomo-embrião corresponde à gota branca?

Existem dois átomos-embriões: um átomo-embrião espiritual e um átomo-embrião divino.

O átomo-embrião divino é apenas o testemunho da Presença.
Ele nada registra.

Somente o átomo-embrião espiritual codifica o que vocês vivem.

>>>

Questão: como se pode dissolver a angústia da separação e do abandono?

Vivendo-a, não há alternativa.
A última separação, que precede o despertar à alegria, passa sempre por essa etapa.

Eu diria mesmo que é esse processo de abandono, de dissolução que é responsável pelo despertar.

Nesse sentido, alguns místicos que escolheram o que vocês chamam um caminho de cruz, podem ilustrar isso.

Obviamente, não é absolutamente necessário que essa etapa dure toda uma vida, nem mais do que um instante.

Entretanto, algumas almas, por um caminho que lhes é próprio, experimentaram isso.

>>>

Questão: na tradição Ocidental, a imagem da coroa de espinhos do Cristo corresponde ao que se chama o despertar da coroa?

Trata-se do mesmo processo.
Trata-se, também, no caso da coroa de espinhos, à renúncia à individualidade, ao mesmo tempo permanecendo na encarnação, à renúncia dos desejos, à renúncia de certo número de coisas indispensáveis.

>>>

Questão: a angústia da separação, vivida por um filho, pode ser transmissível a seus próprios filhos, mais tarde, por intermédio do DNA?

Além mesmo do DNA, pelos campos de força e de ressonância que vocês criaram.

Ser filho de tal pessoa necessita, também, compartilhar campos energéticos que são campos de consciência, antes mesmo de ser do DNA.

Obviamente que isso é transmissível.

>>>

Questão: o filho de segunda geração deve, portanto, viver um duplo abandono?

Tudo depende da marca que há em vocês, da marca ligada, de uma maneira geral, ao que sua alma experimentou como separação, durante suas encarnações.

Cada ser humano é diferente em relação a isso.

>>>

Questão: você falava de angústia no momento da morte. Isso significa que não há morte tranquila?

Eu falo da morte ligada ao despertar.
Eu não falo da morte de transição para passar do outro lado.

>>>

Questão: você falava da influência dos campos entre filhos e pais. Isso significa que o ser humano é totalmente condicionado?

Até seu despertar, sim.
Entretanto, o despertar confere outra forma de condicionamento: a responsabilidade da Luz.

Ser um portador de Luz é uma grande responsabilidade, fazendo de vocês um ser desperto, um ser que leva essa Luz e que deve distribuir essa Luz.

Isso é um fardo.
Isso é uma alegria.
Isso é o fardo da alegria.

É um grande peso, através da nova leveza encontrada no despertar.
O crescimento dimensional, o acesso além da forma, nas dimensões além das encarnações e além mesmo dos mundos de Luz, até certa fase, são tomadas de responsabilidade cada vez maiores.

Essa tomada de responsabilidade acompanha-se, também, de uma liberdade cada vez maior.

Isso é muito difícil a assimilar com palavras.
O que eu quero dizer com isso é que não se deve crer que o despertar é uma retirada de responsabilidade.

Não se deve crer que o despertar vai retirá-los dos espinhos em suas vidas ou mesmo nos mundos de Luz.

Tornar-se Luz é um processo leve e pesado ao mesmo tempo, porque ele lhes confere a responsabilidade.

>>>

Questão: nós mantemos, portanto, a responsabilidade de nossa própria diligência de evolução?

Da sua, mas também de outros.
Eu dizia que vocês estão sós com o despertar, que há apenas você mesmo, mas, uma vez o despertar realizado, uma vez a Luz revelada, vocês se tornam responsáveis pela Luz que emitem.

Vocês têm a carga de Luz.
Isso se acompanha de uma maior liberdade, mas também de um maior peso, mas esse peso é leve, porque ele se acompanha de um crescimento importante de capacidades.

>>>

Questão: a missão desses seres é, então, difundir a Luz aos outros?

Isso é mais do que uma missão.
É a realidade do que acontece.

>>>

Questão: sabendo que todos temos uma cor de alma, ela vai perdurar na 5ª dimensão? E como reconhecer-se?

A cor de alma é específica para seu trabalho na encarnação.
Quando vocês saem dos mundos separados e dissociados de 3ª dimensão, essa cor não tem mais razão de existir.

Quanto ao reconhecimento, ele passa diretamente pela consciência pura e não mais pelos sentidos.

>>>

Questão: as pessoas que vivem o despertar têm vocação para provocar, de algum modo, o despertar no outro?

Isso vai bem além, caro filho.
Os seres que realizam o despertar, o acesso a outra vida dimensional, encarregam-se do conjunto da dimensão inferior, ou seja, de todos aqueles que não viveram esse despertar.

Do mesmo modo, vocês compreenderam, através dos ensinamentos dos povos Intraterrestres que estão aí desde muito mais tempo do que vocês e que velam pela estabilidade desse espaço de vida chamado Terra, mas, também, de maneira coletiva, do conjunto da humanidade.

Nisso, a Luz é responsabilidade.
Encarregar-se quer dizer apoiar, guiar, amar e supervisionar as almas que ainda não encontraram o caminho da ascensão, do mesmo modo que o Sol vela por vocês.

É o mesmo para as entidades de consciência que viveram o despertar e que passam a uma dimensão superior no Intraterra.

>>>

Questão: essas pessoas que viverão o despertar «supervisionarão» a Terra, do mesmo modo que o fazem os Intraterrestres hoje?

Isso se chama o serviço, e existe em todas as dimensões.

>>>

Questão: aonde irão aqueles que não viverem o despertar?

Para a mesma dimensão, mas em outras manifestações.

>>>

Questão: fora o Intraterra, quais são os outros espaços?

Vocês saberão, no momento vindo.

>>>

Questão: escolher-se-á?

Vocês não escolherão, mas serão escolhidos pelo princípio de afinidades vibratórias.

>>>

Questão: como fechar a porta aos desejos?

O desejo desvanece-se no despertar.
Toda vontade que desejaria constranger um desejo, qualquer que seja, veria aparecer outro desejo que o substituiria também, rapidamente.

Em certo nível de Estado de Ser, o desejo faz parte do Estado de Ser.
Não se pode escapar ao desejo pelo controle.

Certamente, vocês podem controlar um desejo.
Mas, na 3ª dimensão, outros desejos surgem muito rapidamente.
O desejo dissolve-se por si mesmo, no momento do despertar.

>>>

Questão: então, como os seres despertos deslocar-se-iam, por exemplo, uma vez que tenham o desejo de deslocar-se?

Não são eles que têm o desejo, é a Luz neles que exprime o desejo.

>>>

Questão: como saber se é a Luz ou o próprio ego?

O desejo está ao nível do ego.
O desejo ligado à Luz não é um desejo, é uma necessidade inerente à Luz.

Comer é um ato ditado pelo ego.
Assim, em minha vida, eu podia passar longos períodos sem comer.

Será que era meu desejo não comer ?
Absolutamente não.

Esse corpo estava saturado de alegria, saturado de felicidade e não tinha mais necessidade de absorver outra coisa.

Isso não era um desejo da forma, mas uma necessidade da Luz.

>>>

Questão: por que o despertar é limitado ao acesso à 5ª dimensão e não a outras dimensões?

Porque vocês são limitados por uma forma.
Tanto uma forma do envelope corporal, mas, também, de formas mais sutis.

Existem, eu diria, passagens obrigatórias.
Vocês não podem encontrar-se, de um dia para o outro, eu diria, gerente planetário ou gerente de um sol.

>>>

Questão: mas Santos já viveram essa ascensão fulgurante, para além da 5ª dimensão?

Sim, é claro, mas eles vinham de dimensões já bem além daquela que vocês experimentaram.

>>>

Questão: se nós substituímos o povo do Intraterra, o que ele vai tornar-se?

E bem, ele vai tornar-se o que deve tornar-se e o que ele espera desde muito tempo: aceder, ele também, a uma nova dimensão e retornar e integrar uma nova etapa.

>>>

Questão: qual será essa nova etapa?

Isso não lhes diz respeito.

>>>

Questão: vamos nos encontrar?

Haverá grandes cerimônias.
Quando vocês forem habitar uma nova região, aqueles que conhecem a região os acolherão, é claro.

Existe, também, uma fase de preparação para novos paradigmas, para novos modos de viver.

Isso virá ao seu tempo.

>>>

Questão: o que se chama o despertar corresponde ao retorno à casa do Pai?

De algum modo, sim.
É viver sem estar separado, distanciado da dimensão da casa do Pai, mas ali há numerosas moradas.

>>>

Questão: o bakti yoga é a forma a mais rápida para aproximar-se do Pai?

O bakti yoga ou yoga devoto são formas específicas de serviço.
Efetivamente, praticar o bakti yoga, praticar as devoções, praticar o serviço vai aproximá-los, muito mais rapidamente, do que a vida egoica, da divindade.

Isso vai encurtar consideravelmente o tempo consagrado à experiência pessoal. Mas, entretanto, jamais o bakti yoga vai desencadear o despertar.

Nesse fim de ciclo, fim do Kali Yuga, o despertar é o mesmo para todo o mundo. As consequências, obviamente, são diferentes segundo as almas, segundo os caminhos, segundo as fontes.

Está escrito também, nos Upanishads, que, no fim do Kali Yuga, os ensinamentos dos livros serão ultrapassados.

O que é válido durante um ciclo não é mais válido quando da mudança de ciclo.

>>>

Questão: seguir esses ensinamentos, hoje, poderia mesmo obstruir o despertar?

Eu já tive a oportunidade de dizer que toda crença, qualquer que seja, é um freio ao processo do despertar.

Vocês devem superar as crenças.
Vocês devem matar o Mestre.
Vocês devem, a todo custo, ir para além daquilo em que creram até o presente e que, até ontem ainda, era ainda seu guia, sua rampa e sua segurança.

>>>

Questão: se o povo do Intraterra vai viver, ele também, uma reversão, isso significa que há ainda uma parte não concluída na 5ª dimensão?

Mas tudo está não concluído, desde as dimensões as mais densas até as mais disformes.

Tudo se realiza a cada dia, a cada minuto.
A evolução, tal como vocês a entendem com seu mental, é algo que não apresenta fim, tanto nessa dimensão como em todas as dimensões.

>>>

Questão: sua encarnação era ligada ao acompanhamento do processo coletivo de despertar?

Assim como a encarnação de todos os avatares, de todos os seres despertos.
Eu não falo de despertar no curso do processo de encarnação.
Eu falo, efetivamente, de seres despertos encarnados.

>>>

Questão: atualmente, quais são os seres despertos encarnados?

A cada geração, eles são menos de dez.
Não me cabe revelá-los.

>>>

Questão: é porque eles devem trabalhar discretamente?

Não todos.
Alguns sim. Alguns não.

>>>

Questão: Mãe e Sri Aurobindo permitiram conduzir a consciência às células do corpo?

Sim.

>>>

Questão: é bom continuar nesse caminho?

As técnicas que foram dadas por Sri Aurobindo correspondem a uma realidade, na condição, eu repito, que vocês saiam do livro.

Lembrem-se de que vocês devem matar todos os professores e todos os Mestres para tornarem-se vocês mesmos seu Mestre.

Vocês estão no fim de um tempo.
Esses seres, dos quais eu faço parte, nós nos encarnamos antes do fim dos tempos, para permitir-lhes viver isso.

>>>

Questão: deve-se sofrer uma iniciação para poder aceder ao absoluto?

O absoluto é uma revelação.
Não é uma iniciação.

As iniciações são múltiplas.
Existe uma infinidade delas.
Em sua dimensão, existe certo número de iniciações.

A revelação é uma forma de iniciação.
O despertar é outra forma de iniciação.

Iniciação consiste em iniciar um novo ciclo, num estado de consciência diferente daquele que existia antes.

Sua vida mesmo é iniciação.
As experiências que vocês vivem são iniciações.
Elas desembocarão, inevitavelmente, na Luz.

Simplesmente, um ciclo nesta dimensão (como em outras) tem uma duração não necessariamente linear. Então, a duração pode ser muito grande ou muito pequena, mesmo num ciclo no qual vocês se situam.

Entretanto, vocês podem muito bem viver uma revelação sem, no entanto, a ela aderir.

O despertar é completamente outra coisa.

>>>

Questão: ao invés de passar de dimensão em dimensão, há um caminho mais direto para atingir nosso objetivo final?

Dado que as dimensões e a evolução são sem fim, como poderiam existir caminhos mais diretos para esse fim, que não existe?
Não há fim.

Então, algumas almas podem provar a necessidade de usar atalhos, mas a passagem de uma forma à outra, além das formas dos mundos de 3ª dimensão, necessita de certa progressão que não se pode economizar, porque, ir de uma dimensão para uma dimensão superior é, de fato, crescer na Luz e crescer na consciência.

Algumas experiências vividas quando de algumas iniciações entreabrem as portas de consciência que podem ser chamadas infinitas, cósmicas, divinas. Mas não é porque uma porta se entreabre e vocês vivem o que chamamos uma consciência cósmica na qual vocês fusionam com o sol, com as galáxias, que vocês se tornam, contudo, sol e galáxia.

Vocês sabem que vocês são isso, mas vocês não podem realizá-lo inteiramente. O mais importante sendo estar conectado a essa realidade.

>>>

Questão: há uma compartimentação entre a 5ª dimensão e as dimensões acima, como há entre a 3ª e a 5ª?

Não.
As dimensões para além da 3ª têm consciência da interação de todas as dimensões.

>>>

Questão: ao invés de compartimentação entre as dimensões, pode-se falar de interpenetração?

Esse termo é exato.
Há interpenetração.
Mas há, também, interpenetração de todas as dimensões com a 3ª dimensão.

O único problema situa-se ao nível da consciência dessa interpenetração.

>>>

Não temos mais perguntas. Agradecemos.

Bem amados filhos da Luz, vou transmitir-lhes agora minha bênção.
Vou pedir-lhes para acolhê-la, agora, inclinando sua cabeça e colocando suas duas mãos, como uma taça, sobre sua fronte.

... Efusão de energia...

Sejam abençoados.
Eu os amo.

Eu lhes digo até muito em breve.

************
Mensagem de MA ANANDA MOYI no site francês Autres Dimensions:
http://autresdimensions.info/article0188.html
14 de agosto de 2008 (Publicado em 14 de agosto de 2008).
Versão do francês para o português: Celia G.
via: http://leiturasdaluz.blogspot.com.br

Um comentário:

Postar um comentário