domingo, 10 de novembro de 2013

O.M. AÏVANHOV - Contentem-se, quando a Luz os chamar, de responder ao Apelo [10/11/2013] (2a. Parte) - Canal: Coletivo do UM


10 de novembro de 2013.
Mensagem recebida e transmitida através
do Canal - Coletivo do UM

Áudio da Mensagem em Português

Link para download: clique aqui

O que pode chegar de melhor do que a Luz?
Mesmo se vocês tiverem medo, mesmo se vocês estiverem apegados a tudo o que podemos imaginar que o ser humano possa se apegar, ao seu bichinho de pelúcia quando ele é pequeno, ao seu mestre espiritual, ao seu ensinamento, à sua religião, às suas crenças.

Aqueles de vocês que penetraram na Infinita Presença, ou que tudo soltaram para ser o que são, vocês acreditam que existe algo que se aproxima de uma religião, de uma crença, de um sofrimento, neste estado?

Vocês sabem que isso é impossível, que tudo o que é sofrimento, crença, ilusão, apenas se encontra neste plano de realidade da consciência ordinária.

Então, depois, é claro, os Irmãos que estão na negação vão lhes dizer que vocês estão se esquivando, mas vocês não estão fugindo já que vocês estão plenamente encarnados e prestes a Espiritualizar a sua matéria.

Então, esse é o objetivo.
Tudo é perfeito desde o início.

Quando vocês vivem isso, efetivamente, vocês podem fazer perguntas engraçadas quando a personalidade volta: “Que bom, de que serve isso?”.

Sim, mas enquanto vocês não estiverem do Outro Lado, vocês não podem responder, vocês apenas podem ficar com raiva, na resistência, na negação, na negociação, no mental, se vocês preferirem, ou na argumentação.

Aquele que está, que vive a Infinita Presença, cada vez mais frequentemente, aquele que Bascula, que está Liberado, ele não é afetado por isso.

Ele pode ter o prazer de fazer o que ele quiser, já que a Irradiação que se propaga dele é independente da sua vontade, independente da sua vontade de bem, independente de querer Servir ou de Servir, porque o Serviço ocorre espontaneamente, desde o coração do Coração, neste Centro.

Lembrem-se de que o 9º Corpo, que corresponde ao que havia sido chamado de Vibração do Ponto ER, na parte superior do esterno, é a Irradiação da Luz.

E vocês bem sabem que a Luz sai de vocês sem nada pedirem.
Ao que mais vocês querem se dedicar?

Contentem-se em estar neste estado de Alegria, de Paz, de serenidade.

Aí estão os frutos.
Aí, isso lhes diz que é a Verdade.
Não são, absolutamente, as considerações do seu próprio mental que sempre vão fazê-los hesitar entre duas escolhas, ou fazê-los crer em uma escolha e fechá-los nesta escolha, que nada tem a ver com o Vibral, ou seja, com a Luz.
*
Então, é claro, vocês podem fazer perguntas sobre o Sinal do Céu.
Lembrem-se de que alguns de vocês, desde vários anos, têm forçado desesperadamente a consciência para este Sinal do Céu.

Vocês vão ficar sem graça, porque isso está aí.
Eis o que eu posso dizer.

De nada serve eu lhes dizer, por exemplo, que isso é ISON, Bételgeuse, a Embarcação-Mãe de MARIA, ou o Sol que vai explodir, ou Mercúrio que vai explodir, ou a Terra que vai explodir.

Que importância isso pode ter?
Vocês preferem saber disso, ou deixar aumentar a Paz que vocês São, ou deixar aumentar esta Alegria Interior?

Deixar aumentar é uma palavra muito apreciável, já que nada há a fazer, justamente.

Então, vocês querem fazer, ou vocês querem Ser?
É diante desta pergunta que vocês se encontram, todos vocês, cada vez mais frequentemente.

Está aí o que era mais importante.
Eu diria que este aspecto histórico é muito importante.

Tudo está Consumado.
Tudo está em via de atualização.

Como eu tenho dito, aliás, a outros Irmãos e Irmãs que me recebem, que me ouvem, mesmo sempre havendo, hoje, alguns que estão se ocupando muito de MARIA, ou de outra coisa, mas eles vão acabar por me ouvir (eu tenho os meios de persuasão necessários, não é?, vocês podem imaginar).

Então, esses Irmãos estão também aí para lhes dar informações.
Não podemos mais falar de ensinamento: tudo foi dito.

Nós lhes damos informações simplesmente para vocês se orientarem porque, saber onde vocês estão, os deixa felizes, evidentemente.

Todos nós, quando estamos sobre a Terra, temos necessidade de referências.
Entretanto, este Evento vem desfazer todas as referências, tudo o que vocês conhecem na consciência ordinária.

Mas, eu lhes garanto, quando isso tiver chegado, vocês poderão dizer, assim como eu lhes digo esta noite, que isso não foi uma grande perda.

A Verdade é muito maior, muito mais extensa do que todos os seus sonhos, os mais loucos, poderiam imaginar, conceber ou esperar.

Concentrem-se na sua Vivência.
O resto ocorre naturalmente.

As confirmações são inumeráveis.
Eu não falo unicamente daqueles que se expressam em meio ao que vocês denominam o Coletivo dos Filhos do UM, mas isso é expresso também através de outras vozes.

Há uma espécie de sincronia, uma espécie de convergência para a Porta Estreita, isso vocês entenderam.

Esta Porta Estreita não é mais individual, mas ela é coletiva.
Ela corresponde ao face a face, e ela está inscrita na agenda do que está chegando, em termos humanos temporais, eu especifico.

Agora, contentem-se em estarem Presentes.
Contentem-se, quando a Luz os chamar, de responder ao Apelo.

Quando MARIA estiver aí, seja o que for que vocês estiverem fazendo (isso é educado, por sinal), escutem o que Ela tem a dizer para vocês.

O que Ela lhes oferece é a Sua Presença, a Sua Vibração.
Ela se comunica com a sua Vibração no seu Coração, no Canal, nas células e no seu Espírito.

Será que isso não é mais importante do que todo o resto?
Cabe a vocês definirem as suas prioridades.

Não é mais tempo de usar de subterfúgios, porque, vocês entenderam isso, os tempos estão aí, os tempos dos profetas, mesmo que, como foi dito em várias ocasiões, isso tenha sido bastante amortecido pela sua Presença, por este Despertar à Realidade de muitos Irmãos e Irmãs em encarnação, mas também pelas nossas Presenças ao lado de vocês e em vocês, dos Arcanjos também.
*
Tudo isso são marcações, arranjos, que foram traçados durante esses últimos 30 anos.

Cada um com um calendário que lhe é próprio, que lhe é pessoal.
Mas, o que vocês constatam?

A sua agenda, o seu calendário pessoal, sendo de 30 anos ou sendo de um mês, o que vocês constatam?

Que isso converge, para uns e outros, em todo caso para aqueles que não estão na negação, na raiva ou na negociação, que vocês estão na Aceitação.

Vocês colhem os frutos da Luz Vibral neste mundo.
Não há mais nada a compreender, não há mais nada a imaginar ou a supor.

Agora, o Sinal do Céu, vocês vão ouvi-lo, vê-lo, senti-lo e vivê-lo.
Vocês já vivem isso há algumas semanas, para aqueles de vocês que já receberam os últimos Impulsos Metatrônicos, com o Impulso de URIEL e o Impulso Crístico, que está à sua porta, à porta KI-RIS-TI.

Tudo isso é agora.
Então, cabe a vocês, não simplesmente abandonar, mas saber realmente quais são as suas prioridades, eu diria.

Não prioridades, mas a única prioridade, qual é?
Porque, aí, efetivamente, nós estamos no que foi chamado, eu creio, na Bíblia, de tempos reduzidos.

São os tempos da Revelação Final.
A última trombeta soou.

Os sons do Céu e da Terra, que vocês ouvem pelos sons que se modificam nos seus ouvidos, tornam-se audíveis e irão se tornar de novo audíveis.

Todos os sinais dos Cavaleiros apresentam-se sob os seus olhos, a cada dia, na mente humana torturada, nas revoltas, nas revoluções, na insanidade, nos seres sábios com um aumento da Irradiação.

Está aí o que eu tenho para dizer.
É o aumento da sua própria Irradiação, que não depende de vocês, que acontece porque Nós Estamos aí, em vocês e ao redor de vocês.

Portanto, se vocês quiserem sair de uma visão melodramática, que se refere apenas à personalidade confinada, a maioria de vocês, eu acho, concorda em dizer que este é realmente um grande momento.

É um grande Evento como jamais houve sobre a Terra.
Isso foi dito por várias vozes.

Isso acontece agora em vocês, e isso está se atualizando fora, na ilusão deste mundo.

Eis o que eu tinha que dizer!
Esta é uma intervenção um pouco formal porque, como eu já disse a outras vozes que me recebem, e como isso foi dito também por outros intervenientes, e como vocês também irão dizê-lo, cada vez mais de vocês, cada um vai poder ver, ouvir e viver.

Depois, cada um faça o que quiser.
Aqueles que quiserem permanecer no sacrossanto livre arbítrio do confinamento, essa é a sua liberdade.

Ser-lhes-á feito exatamente o que vocês forem naquele momento.
Então, mantenham isso em mente.

Não se deixem embarcar em algo que seria, como dizer, muito constrangedor.
Aliás, vocês sentem, se vocês tiverem que fazer algo neste mundo, pelo seu trabalho, pelos seus relacionamentos sociais ou afetivos (o que for necessário), se isto tiver que ser feito, isso é feito facilmente.

Se houver resistências, obstáculos, significa que isso não está fluindo.
Todos vocês já sabem disso, talvez com uma acuidade mais considerável.

Mas, além mesmo de observar o que acontece na sua vida, vocês são agora perfeitamente capazes de diferenciar entre os momentos em que vocês estão na verdadeira Paz e os momentos em que vocês estão na personalidade.

Vocês distinguem muito bem que isso nada tem a ver, dando-lhes, para alguns de vocês, às vezes, a impressão de serem dois.

Mas, isso não é uma dissociação, isso é uma dissolução.
Então, tudo isso se aplica naturalmente.

O que é importante, e isso eu disse no início das minhas intervenções, é que não é preciso buscar uma data, porque ninguém conhece a data.
Nós lhes demos a data dos eventos que ocorreram nas Dimensões da Luz Vibral, ou seja, no plano causal e além, os efeitos no corpo mental e no corpo astral do planeta, nos envelopes isolantes.

Mas, sobretudo, vocês são hoje capazes de ver claramente de que lado vocês se situam no desenrolar de um dia, no desenrolar das suas experiências, da sua própria consciência.

Cada vez mais, vocês constatam que são as coisas mais simples que os nutrem da melhor forma, nos aspectos mais rotineiros, como a alimentação, as relações com os outros ou a sua relação com a Luz que vocês São.

Tudo isso se estabelece progressivamente.
Se vocês tiverem a possibilidade de ver a 30 anos atrás e de sentir precisamente hoje o que era a sua vida, há 30 anos (se vocês estivessem encarnados, é claro), hoje, vocês não poderiam sequer imaginar, mesmo retrospectivamente, todas as transformações que ocorreram.

Então, o olhar da personalidade, o que ele vai ver?
Ele vai ver o combate do bem e do mal, sem parar.

Ele vai ver as adversidades da Terra, os combates entre as forças das sombras, os Illuminati, os fantoches e as forças da personalidade ou as forças da Luz.

Não são os mesmos combates, é claro.
Há aqueles que querem se opor, há aqueles que querem combater a Luz, mas a Luz jamais combate.

É MIGUEL que combate.
Ele tem sido descrito assim, que ele combate, mas ele combate pela sua Presença.

Isso não é um combate no sentido em que vocês entendem, como um combate do ser humano na sua vida diária, quer seja na escola, quando é preciso brigar com os colegas, quer seja no trabalho, onde é preciso, como vocês dizem, defender o seu filé, quer seja no casal onde é preciso verificar se existe algum amante ou alguma amante, etc., onde nada é seguro.
*
A Paz é segura.
Ela está aí, em profusão, em abundância para todos, para cada um.
Mas, ainda, é preciso que vocês parem de jogar esses jogos estéreis, para aqueles que nada vivem, do bem e do mal, da personalidade, do combate da sombra e da Luz.

A Luz não é imposta.
Ela é descoberta, e, para descobri-la, é preciso aceitar deixá-la Trabalhar.

A partir do momento em que vocês saírem de si mesmo, se for por uma vontade de bem, se for por uma vontade de se projetar para combater a sombra, para aumentar a Luz, é o ego que está falando.

Vocês são livres para realizar com o ego, como se diz, exercícios, Sadhanas, como diriam os nossos amigos orientais.

Mas, hoje, vocês descobrem, muitos de vocês, que não há mais necessidade de tudo isso, que isso era, em última análise, muletas, artifícios.

É como os cristais e todas as técnicas energéticas que também lhes foram dadas (não por mim, mas pelos outros), durante este período.

Tudo o que vocês faziam, tudo o que lhes permitiu, a um dado momento, Vibrar um pouco mais, elevar a sua Vibração (da Luz, não só a Vibração física ou espiritual).

Naquele momento, era necessário um esforço.
Olhem, hoje, para a maioria de vocês, será que vocês têm necessidade de tudo isso?

Será que vocês têm necessidade das minhas palavras?
Eu estou ao lado de vocês.

Isso é porque vocês ainda têm, em alguma parte, alguma incerteza, não sobre o seu potencial, mas sobre a sua realidade, ou seja, de Semente de Estrela, de Estrela, de Ancorador da Luz, da sua Origem Estelar, da Eternidade, e de tudo mais.

Se isso não acontecer, significa que vocês mesmos, na sua personalidade (especialmente nesse momento, desde algumas semanas), vocês se colocam, de imediato, sob a lei de ação-reação, ou seja, no livre arbítrio, na lei que, eu os lembro, é a própria essência da falsificação.

O Amor é Graça. Ele é Luz.
O Amor é perfeito, em qualquer tempo, em qualquer linhagem, em qualquer espaço e qualquer Dimensão.

Em nome do que vocês teriam que recuperar o que vocês São?
Pelo princípio da queda, pelo princípio da redenção?

Mas, isso nada quer dizer.
Deem-se conta disso!

Aliás, todos aqueles que se instalam na Infinita Presença, ou no estado real de Desaparecimento Total, o Jnani, como diria BIDI, o Liberado Vivente, o ser liberado das forças da matriz, obviamente que eles habitam um corpo.

Eles não estão na recusa da encarnação.
Simplesmente, eles deixam viver este corpo.
O interesse, o único interesse, é a Luz Vibral.

Esse é o Amor, mas não o amor no sentido em que o ser humano o travestiu, o consolidou (ajudado, para isso, pelos Arcontes), mas o Amor Vibral, que é um Fogo, que é um Fogo que devora tudo, um Amor indefensável e tão delicioso, e tão somente a única verdadeira Força do Universo.

Todo o resto são apenas imitações, todo o resto são apenas remendos, eu diria, da Criação.

A vida é criação, em todas as Dimensões e em todos os domínios.
Disso, vocês se esqueceram.

Então, de nada serve em ali acreditar, porque acreditar nisso não irá levá-los a nada.

Vivam-no.
Vocês podem Viver isso, como diria a Pequena TERESA: a Humildade, a Simplicidade.

Aceitem Desaparecer, como dizia o Mestre PHILIPPE, não ser mais nada.
Vocês não podem ser alguma coisa, aqui, e ser algo em Outros Lugares.

Isso não é possível, especialmente agora.
Isso foi possível na minha época, porque as condições não eram as mesmas.

Hoje, cabe a vocês escolher.
Vocês querem ser alguém expressivo neste mundo, através da sua pessoa?

A porta está aberta para vocês, porque vocês têm o sistema estelar.
Apressem-se!

Não há mais muito tempo.
Eu lhes digo isso assim, mas tudo isso estava aberto durante esses anos, seja qual for o setor, mesmo no nível espiritual por onde passou um número considerável de pessoas que se nutriram do que nós tentamos lhes demonstrar, como a luz oposta à Luz Vibral.

Esta luz que brilha, que cintila, mas que não é a Luz.
Tudo isso, vocês sabem se vocês o Viverem, mas, infelizmente, vocês não ficam sabendo se vocês não Viverem isso.

Vivam-no!
Todas as respostas estão na Vivência.
Vocês não têm mais necessidade, hoje, de pedras, de fazer isso ou aquilo.

Façam-no se isso lhes der prazer, mas o essencial não está aí.
O essencial é a Vivência, Aqui e Agora.

É aí que se encontra a solução, para aqueles que ainda não a encontraram.
Para isso, vocês devem renunciar.

Então, estejam atentos porque o ego, ele sempre menciona, desde alguns anos, através disso, a necessidade de mudar de família, de lugar, de casa, de roupa, de país.

Isso nada quer dizer!
As circunstâncias da vida, desde alguns anos antes das Núpcias Celestes, levaram-nos a posicionar-se diferentemente na vida, a mudar de região, a mudar a maneira de funcionar.

Aí, agora, isso não é mais assim.
Nós lhe perguntamos francamente: você quer funcionar como uma personalidade ou você quer funcionar como a Eternidade que você É?
É tão simples assim.

Não há necessidade de falar complicado, de justificativa, de sentimento emocional.

Não há necessidade de pensar, mas de Estar aí, e somente aí.
No Aqui e Agora está a chave.

Para isso, é inútil combater o seu mental, é inútil combater as suas emoções.
Olhem-nos passar e eles irão passar sem afetá-los.

É isso que alguns de vocês Vivem, mesmo sem sabê-lo.
Vocês constatam os frutos nas diferenças de comportamento, dos seus afetos, das suas emoções.

Vocês veem o que os coloca na Alegria e o que os afasta desta Alegria que vocês São.

Isso é espantosamente simples.
Era menos simples antes, porque havia muitas camadas isolantes.

Hoje, isso é mais fácil.
Apesar disso, há ainda Irmãos e Irmãs que defendem as concepções da prisão.

Cabe a eles ver isso.
Mais uma vez, nenhum de vocês poderá escapar, encarnado ou não, enterrado em um buraco da Terra ou escondido em outros lugares no espaço deste Sistema Solar, ao Impulso Crístico.
*
Está aí o que eu tinha para dizer a vocês.
Isso é também uma espécie de composição, através desta retrospectiva e do que eu digo também, independentemente da retrospectiva, um esquema, um cenário que eu descrevi para vocês.

Cabe a vocês tentar ver onde vocês estão, mas não tentem vê-lo na acepção da visão.

Tentem Viver: ver significa Viver, não vê-lo com os olhos (não criar uma imagem), mas apropriar-se disso porque isso é vocês, a sua natureza, a sua Essência, que Vivem isso.

Então, quanto aos Sinais do Céu, ainda uma vez, eu vejo as perguntas chegarem: qual é esse Sinal do Céu?

Eu já disse: isso pode ser um único, como o conjunto deles.
O principal é que existe um Sinal Celeste, visível para todos.

Ele está à sua porta.
Eis a primeira parte do que eu tinha que desenvolver com vocês.

Então, vamos fazer agora uma segunda parte, que será mais focada na resposta às suas perguntas, porque eu imagino que aqueles que fazem as perguntas neste instante, têm questões que vão, pelo menos eu estou quase certo disso, no sentido que alcança o que eu falei.

Então, queridos Amigos, eu quero começar com a primeira pergunta.

>>>

Continua na terceira parte - (Clique aqui)

************
Mensagem de O.M. AIVANHOV recebida e transmitida pelo Coletivo do UM:
http://lestransformations.wordpress.com/2013/11/14/o-m-aivanhov-10-novembre-2013-par-le-collectif-de-lun
10 de novembro de 2013 (2ª Parte) - (Publicado em 10 de novembro de 2013).
Versão do francês para o português: Zulma Peixinho
via: http://www.portaldosanjos.net

Um comentário:

Postar um comentário