segunda-feira, 12 de setembro de 2005

MARIA - É-lhes, solicitado para retornar ao caminho de seu ser essencial, ao caminho da Unidade, nesse espaço que nós chamamos o Coração [12/09/2005] - Autres Dimensions



12 de setembro de 2005.
do site AUTRES DIMENSIONS
Áudio da Mensagem em Português

Link para download: clique aqui

Eu sou Maria, Rainha dos Céus e da Terra.
Bem vindos a vocês, caras almas de Luz

Estou feliz por reencontrá-los neste espaço.
Esse caminho, essa estrada vai permitir-lhes, nos períodos que vocês vão viver e nos tempos que vêm, reencontrar sua Unidade fundamental.

Eu lhes peço, vigorosamente, para continuar seu caminho, mas, também, pôr-se na estrada para sua Divindade, para o que vocês são, fundamentalmente.

Meu coração de Mãe regozija-se com o que vem, com o que é.
Essa colocação na estrada com sua Divindade essencial, para sua Unidade, para sua Fonte.


Vocês são filhos de Luz, filhos da Lei do Um, filhos da Unidade.
Eu me regozijo, sinceramente, por esse período abençoado, esse período tão querido ao meu coração, porque ele verá tantas e tantas almas iniciarem nessa estrada e nesse caminho para a Unidade que vocês haviam esquecido tanto.

É-lhes pedido, vigorosamente, para centrar-se em seu coração, recentrar-se para seu centro, a fim de reencontrar a essência de quem vocês são.

Há, em vocês, caras almas, essa sede de Luz, essa sede de Unidade, essa sede de Divindade.

É-lhes, vigorosamente, solicitado para retornar ao caminho de seu ser essencial, ao caminho da Unidade, nesse espaço que nós chamamos o coração.

Vocês vão reencontrar, recentrando-se, o brilho da Fonte, o brilho da Unidade, neste período abençoado no qual a realidade da dimensão da Unidade, a realidade da dimensão Crística é-lhes oferecida, graças à Luz, pela Luz que vocês são.

Progressivamente e à medida das tempestades exteriores desse mundo, ser-lhes-á solicitado para entrar na tranquilidade de seu ser, na tranquilidade de sua Unidade, na qual não há mais ondas, não há fogo, não há tempestade, mas na qual vocês estão em comunhão, em união com o Pai, com a Unidade de quem vocês são.

Caras almas de Luz, cada uma em seu caminho, cada uma em sua estrada está no caminho, está na estrada para essa graça, essas núpcias cósmicas, místicas, de sua Fonte e de quem vocês são.

Há extremamente muito tempo que alguns de vocês perderam de vista quem vocês são e, neste período de graça, neste período magnífico, abençoado, vocês poderão voltar a contatar quem vocês são, realmente, no fundo de seu ser.

Meu desejo de Mãe é o de permitir, ainda mais facilmente, por minha irradiação e por minha presença, reencontrar, fundamentalmente, essa dimensão que vocês são.

Eu estou aí, tal uma Mãe amorosa, tal uma Mãe que deseja apenas sua liberação, apenas sua tranquilidade de coração, apenas seu fenômeno de liberação, apenas seu fenômeno de abertura total à sua dimensão real.

É tempo, caras almas, de abandonar os funcionamentos passados, as experiências passadas, os apegos passados.

É tempo de colocar-se no aqui e agora, a fim de vislumbrar o que vocês são, realmente, de toda a eternidade, e o que os espera, de toda a eternidade.

Há, nesses momentos abençoados, e para os períodos que vêm, portas que se abriram, janelas que se abriram, a fim de deixar ir à tona, em suas almas aqui presentes, mas em todas as almas sobre este planeta, a realidade da Unidade do que vocês são, a fim de reencontrar a alegria inerente à manifestação da vida Una, à manifestação da Unidade que vocês são.

Nisso, meu papel de Mãe vai permitir-me, devido à presença de suas estradas, de seus caminhos, devido à presença dessa graça de Luz, derramar, em vocês, a abertura dessa dimensão autêntica, mas, antes, quero, efetivamente, responder ou mesmo interceder em relação às suas demandas, em relação aos seus questionamentos, em relação ao que permitirá abrir, ainda mais, as válvulas de seus corações, a fim de permitir à Trindade restabelecer a Unidade em seus corações.

E, para isso, aceitem minha bênção, prévia ao trabalho que vamos fazer, juntos, caras almas de Luz.

Vamos começar, se efetivamente quiserem, nosso trabalho de recentragem e de abertura de seu coração.

Eu me regozijo, caras almas, por aportar-lhes essa forma específica de bênção.

Eu lhes peço, simplesmente, para levar sua consciência, seu olhar, sobre essa parte de seu ser que é seu centro, sua Fonte, seu coração.

Não seu coração físico, mas, aí, vou pedir-lhes para levar sua consciência à frente de seu coração e imaginar que, alguns centímetros acima de seu coração, e à frente de seu coração, brilha um diamante e, simplesmente, permanecer nessa percepção.

Eu lhes agradeço, caras almas, por esse encontro.
Eu lhes aporto toda a minha bênção.

Estejam certos de meu Amor.
Estejam certos da Luz que vocês são.
Eu os amo e eu os abençôo.

E vamos sair agora.

************
Mensagem de MARIA no site francês Autres Dimensions:
http://autresdimensions.info/articlee4b2.html
12 de setembro de 2005 (Publicado em 12 de setembro de 2005).
Versão do francês para o português: Célia G.
via: http://leiturasdaluz.blogspot.com.br

Um comentário:

Postar um comentário