quarta-feira, 19 de setembro de 2012

AÏVANHOV - A Luz vai golpear tudo o que é resistência [19/09/2012] - Autres Dimensions



19 de setembro de 2012.

Publicado em 21 de setembro de 2012 pelo site Autres dimensions.


Áudio da Mensagem em Português

Link para download: clique aqui

Bem, caros amigos, estou de novo com vocês.

Desta vez, eu lhes transmito todas as minhas bênçãos, mas antes de lhes passar a palavra, eu vou transmitir-lhes um pouquinho de elementos particulares. Eu intervenho, portanto, hoje, enquanto Comandante da Ordem dos Melquisedeques, para dar-lhes certo número de elementos.

Então, o que eu poderei dizer diz respeito não à lagarta, não à borboleta (por que muitas coisas lhes foram dadas em relação a isso), mas antes ao período que separa a lagarta da borboleta. Por que, dentro de muito poucos dias, vocês vão começar (mas nós sabemos que muitos, entre vocês, já começaram) a perceber, sem ter as explicações, certo número de manifestações, no nível de seu corpo e de sua consciência.

Portanto eu vou falar-lhes (como isso se chama) da crisálida, do casulo ou, se vocês preferem, desse estado intermediário que corresponde, se preferem, à metamorfose, à transubstanciação do que vocês são, aqui sobre esta Terra e do que vocês São em Verdade, bem além e bem diferente do que lhes aparece sobre esta Terra.

Então, é claro, a preparação, vocês a tem vivenciado de diferentes maneiras. Agora, vocês vão começar a perceber, de maneira cada vez mais clara para vocês, que se produz certo número de processos, nesse templo, ou nesse saco (vocês o chamem como quiserem), mas esse saco é chamado a viver algo de profundamente novo. Mas, ainda uma vez, algumas das coisas que eu vou lhes dizer, muitos entre vocês começaram a perceber esses efeitos. Então, como vocês o sabem, durante anos, nós lhes dissemos que a consciência era Vibração.

Era completamente verdadeiro.
E depois vocês tiveram BIDI que lhes disse que, além da consciência, havia outra coisa. Então as palavras (Último, Absoluto, Parabrahman), teria uma infinidade, que podem apenas tentar aproximar-se e dar uma ideia do que isso é, realmente, por que vocês não podem senão vivê-lo. Mas, entre o momento em que vocês vivem o Si, a Unidade, a Presença e o momento em que vocês São Absoluto (alguns já o viveram), e como nós lhes dissemos, há a Liberação da Terra, há eventos coletivos que dizem respeito a Terra, que dizem respeito ao Céu, que dizem respeito ao sistema solar e a todo o cosmos.

A partir da intervenção de MIGUEL (que é muito formal), vocês constatarão novos impulsos, em vocês, e isso corresponde completamente ao que vou lhes falar, que é a instalação temporária, eu diria, de um estado de crisálida ou e casulo, isto quer dizer o momento em que a lagarta para de fazer tudo o que ela estava fazendo e vai tecer seu casulo no qual a metamorfose vai se produzir. É exatamente a imagem que eu posso empregar, porque ela corresponde verdadeiramente ao que vai se manifestar a vocês, mesmo em meio à consciência ordinária. E que vocês estejam prevenidos, e que vocês estejam, como dizer, um pouquinho espantados pelo que vai se viver.

É claro, a primeira coisa que vocês constataram, é que os mecanismos Vibratórios, quaisquer que eles sejam (que eles sejam as Coroas, que eles sejam o Supramental, o Manto Azul da Graça, o Canal Mariano, a Onda da Vida), conduzem em todo caso a fazê-los viver estados em que, por momentos, lhes parece desaparecer, isto quer dizer que não há ainda o novo estado, se posso me exprimir assim.

O estado antigo ainda está aí, mas há momentos, e que podem tomar diferentes aspectos para vocês (seja que isso se passa pelos pés, que isso se passa pela cabeça, seja que isso se passa por uma Comunhão no nível do Canal Mariano), mas o resultado é geralmente o mesmo: isto quer dizer que não é propriamente dito um Samadhi, não é propriamente dito um Êxtase, mas é como uma espécie de desaparecimento, uma Dissolução, em que vocês não estão ainda no Estado de Ser (Êtreté), não estão ainda no Absoluto sem uma forma, mas onde tudo o que está ligado à consciência desaparece. E, no entanto, para aqueles que o vivem, vocês sabem pertinentemente que isso não tem nada a ver com o sono por que quando vocês retornam, se posso exprimir as coisas assim, você sentem bem, no interior de vocês, nesse corpo, em sua consciência, que há coisas que foram transformadas.

São espécies de ir e vir que se produzem, o mais frequentemente, em seus Alinhamentos, em suas meditações e também no que vão lhes propor MIGUEL e MARIA, que vão permitir amplificar, de maneira considerável, esses processos.

Vocês também constataram, para muitos entre vocês, que o cérebro, ele tem cada vez mais funcionado, não como funcionava antes. Há momentos em que lhes parece que vocês observam seu próprio mental que pedala à toda. Mas vocês tomam consciência de que vocês não são o que se pensa e isso, de maneira cada vez mais evidente.

Paralelamente a isso, alguns de vocês têm a sensação, às vezes cada vez mais clara, de observar um pouco este mundo como se houvesse, não um desinteresse, é claro, não como uma negação deste mundo no qual vocês estão, mas antes como uma distância real, observando os seres, observando as situações, observando mesmo o que vocês dizem.

Há um sentimento, eu diria, de irrealidade.
Então, isso pode se traduzir, depois, quando vocês retornam à personalidade, por um sentimento de impaciência, um sentimento de esperança, às vezes de dúvida, às vezes, do que eu chamava, na época, de delírio da cabeça, do topete. Mas tudo isso participa do mesmo processo, quero dizer da constituição da crisálida, que vai permitir, se vocês querem, renascer, viver a Ressurreição, no momento vindo.

Portanto é verdadeiramente uma preparação extremamente intensa, que está bem além das experiências que vocês puderam viver, está bem além das Comunhões, está bem além do Êxtase da Onda da Vida, da Coroa do Coração ou da cabeça. É algo inédito e o corpo, ele vai reagir.

Então esse corpo, vai reagir como?
O que é que se passa quando a lagarta se imobiliza e ela se volta para ela?

Pouco a pouco, há como uma espécie de Dissolução da lagarta.
Se isso ainda não se produziu para vocês, vocês vão perceber locais de seu corpo, que estão, mais frequentemente, situados na periferia (quer dizer os membros, no alto e embaixo), que vão se por, como dizer, como desaparecer, como se eles não existissem mais, como se vocês não os sentissem mais, como se eles estivessem entorpecidos e, para outros que ainda têm resistências, isso pode desencadear mecanismos dolorosos em diferentes locais e que se produzem, sobretudo, eu o repito, nos momentos de Alinhamento.

Mas vocês vão perceber, após essa data que lhes foi dada por MIGUEL (ndr: 22 de setembro de 2012), após essa reunião que diz respeito a todos vocês sobre o planeta, que vocês vão viver estados que eu qualificaria, no momento, de curiosos. Isto quer dizer que vocês vão verdadeiramente perceber que há essa distância, entre a atividade do mental, a atividade das ideias, a atividade dos pensamentos, a atividade desse corpo e o que vocês São.

Vocês vão se considerar (a palavra não é muito forte) como estrangeiros a vocês mesmos. Não haverá necessidade de se inquietar, hein, não é uma dissociação, no sentido psiquiátrico. Não é uma doença, mesmo se, efetivamente, em certos casos, o corpo pode apresentar anomalias às vezes importantes, ligadas, justamente, ao que pode se passar no cérebro, de início.

Vocês o sabem (para alguns entre vocês, muitos mesmo) que há às vezes manifestações extremamente poderosas da Luz Vibral, no nível de setores da Coroa Radiante da cabeça, em ressonância e em relação com um dos elementos sobre o qual há um trabalho que se faz.

Por que é um trabalho, mas não são vocês que decidem fazê-lo.
Então, vocês vão sentir, talvez, um dia, dores muito vivas, pressões muito vivas sobre o Triângulo da Água, um outro dia, sobre o Triângulo da Terra. Tudo isso, eu creio que as Estrelas já lhes explicaram o que isso significa em relação aos elementos, parece-me, que sobretudo SNOW, não é?

Tudo isso vai se amplificar.
Vocês vão constatar, paralelamente à manifestação sobre o eixo central (às vezes muito mais vibrante ou muito mais presente), que partes de seu corpo tornam-se seja hiperalgésicas (ndt: exagero de sensibilidade à dor), ou desaparecem.

Elas desaparecem verdadeiramente.
É efetivamente o que está em vias de se passar por que, quaisquer que sejam as expressões que eu pude empregar há numerosos anos, o planeta-grelha, o que é que é?

É a Luz Vibral que desce, desde a Liberação do Sol, em quantidade cada vez mais importante, que vai se tornar cada vez mais sensível, cada vez mais penetrante, eu diria.

Mas a Luz Vibral, ela dissolve a Sombra, ela dissolve as resistências.
Aí, não é mais um trabalho da sua consciência, não é mais um trabalho dos exercícios que vocês fazem, nem mesmo dos Alinhamentos. Isso vai lhes cair em cima, assim, cada vez mais frequentemente.

Então, eu sei que nós tínhamos chamado isso (há alguns meses e no último ano) o Apelo da Luz, mas aí, não é mais o Apelo da Luz, hein, é a Luz que vai golpear. E ela vai golpear cada vez mais forte, mas ela vai golpear o quê?

Ela vai golpear a Sombra, isto quer dizer tudo o que é resistência e que está construído segundo um princípio de ação/reação e que diz respeito, é claro, a esse corpo, além das Portas, além dos Novos Corpos, além das Estrelas, além dos Triângulos elementares.

Eu os lembro, que a Onda da Vida, ou a Coroa Radiante, efetua uma lateralização, uma amplificação do processo Vibratório que, paradoxalmente, vai, no nível periférico, não mais dar Vibrações, mas espécies de nevralgias. Seja, sem rodeios, vocês vão ter a impressão de que há uma parte do corpo que não está mais lá. Mas não será necessário se inquietar, é completamente normal.

Então, é claro, se vocês estão em circunstâncias em que vocês têm necessidade de se servir de suas pernas ou de seus braços, isso não vai, à priori, impedi-los de fazer o que vocês vão fazer com suas pernas e seus pés.

Mais frequentemente, isso vai começar por um membro superior, e sobretudo, ali onde há o Canal Mariano (que está no alto à esquerda, eu os lembro, e que se apoia sobre o ombro).

O Manto Azul da Graça, Vibratoriamente, também, ele se apoia sobre os ombros. E, portanto, vocês vão observar, seja de manhã ao despertar, seja quando vocês meditam (e, efetivamente, em alguns momentos), esse aparecimento de nevralgias sobre os segmentos, as extremidades, dos membros superiores.

Não é absolutamente inquietante.
Isso corresponde verdadeiramente à crisálida que está em vias de se constituir e que dá, no nível da consciência, às vezes, a impressão bizarra, eu posso dizer, de lhes perguntar o que vocês estão fazendo aí, não como uma rejeição do mundo, mas de observar este mundo como um filme que se desenrola, no qual vocês não tomam mais parte por que há, justamente, essa espécie de distanciamento de Dimensão dissociada no qual vocês estão.

A Luz é uma Transparência.
A Luz Vibral (a melhor imagem que eu posso tomar, além da lagarta e da borboleta), vocês imaginem: é como se vocês estivessem em um filme em que, de um golpe, havia uma borracha, da Luz, que vinha apagar certas zonas. Isso pode se traduzir, no nível de seus olhos, aliás, pela percepção fugaz (que vai se tornar cada vez mais tangível) de coisas que passam diante de seu campo de visão. Então, isso podem ser bolas, podem ser Presenças (de um golpe vocês percebem um ser que está ali, e vocês querem olhá-lo, e depois não está mais ali). Então, sejam os companheiros Vegalianos, sejam seres que estão em relação com suas Linhagens Estelares, com suas origens Estelares, que vêm fazer cuco.

Bem, é claro, isso pode dar medo, as primeiras vezes, para aqueles que não têm o hábito disso, mas logo que o medo retorna, isso desaparece. Portanto isso será, em um primeiro momento, extremamente fugaz.

Vocês se perguntarão se vocês não sonharam, mesmo.
E depois vocês constatarão também (isso MIGUEL o disse) que os sinais do Céu vão tornar-se extremamente numerosos. Esses sinais do Céu são também meteoritos, objetos que passam no Céu, que, é claro, são Embarcações, Embarcações de todo tipo.

Vocês as verão cada vez mais.
Vocês verão cada vez mais fenômenos luminosos, não mais somente como as Partículas Adamantinas, mas verdadeiramente formas que vão se estruturar.

Vocês podem mesmo esperar ver formas extremamente brilhantes, no Céu, que representam a interpenetração de sua Dimensão dissociada (devido à ruptura das camadas isolantes) com nossas Dimensões. Isto quer dizer que o que era, de algum modo, invisível e não perceptível, vai lhes aparecer.

Então isso pode, em um primeiro momento, acionar-lhes os reflexos, é claro, por que tudo o que é desconhecido e que chega como isso, pode provocar um sentimento bizarro. Mas, eu lhes asseguro, vocês se habituarão muito rápido.

Muito rapidamente, vocês acharão isso extremamente natural.
Vocês se perguntarão, até mesmo (no final de um tempo que é variável para cada um), como vocês podiam não ver isso. Essa visão não é uma visão etérica, não é ainda a visão do Coração: isso aparecerá diretamente aos seus olhos de carne por que as faixas de frequências nas quais vocês estavam confinados tornaram-se permeáveis.

Então, vocês terão mesmo a impressão, às vezes, quando vocês constatarão que há essas Presenças (no Céu, ou em seu quarto, ou em outro lugar), que há como uma névoa de Luz, como se houvesse realmente névoa na qual os objetos que estavam nessa névoa, ou às vezes vocês mesmos, vão desaparecer. Mas vocês não desaparecem: simplesmente, vocês mudam de banda de frequência e isso vai se tornar verdadeiramente cada vez mais tangível.

Ao mesmo tempo, aqueles que vivem a Onda da Vida, vão viver mecanismos a nenhum outro comparável, mesmo para aqueles que viveram os Êxtases da Onda da Vida, durante os primeiros tempos da Liberação da Terra.

A Onda da Vida vai tornar-se extremamente lancinante.
Vocês vão percebê-la, de maneira cada vez mais precisa, sobretudo em posição deitada. E aliás (é aliás prático por que se isso lhes chegasse de pé, isso colocaria problemas), é nessa posição deitada, que vocês constatarão que os mecanismos de desaparecimento de certas partes do corpo tornar-se-ão cada vez mais importantes.

Tudo estando conscientes, vocês não saberão mais onde está seu braço, vocês não saberão mais onde vocês estão, vocês não saberão mais em qual ambiente vocês estão.

Vocês estão em seu quarto, vocês estão deitados tranquilamente na natureza e, de um golpe, isso desaparece.

Então, tudo isso vai se fazer no seu ritmo.
Considerem (é a imagem que eu dou) que são as novas frequências que dão a ver as coisas que vocês não viam antes, que dão a viver as coisas que, às vezes, podem fazer isso assemelhar-se a uma doença, mas isso não tem nada a ver. Por que vocês verão, realmente, a Luz e vocês verão seu braço, sua perna, seu quarto, seu leito, seu companheiro, que desaparece na Luz.

Esses mecanismos podem durar um milionésimo de segundo e para durar, finalmente, cada vez mais muito tempo.

Portanto, tudo isso, é extremamente importante.
Haverá, aliás, nesses momentos, coisas a fazer, mas eu deixarei, é claro, MARIA, exprimir-se sobre isso, uma vez que eu creio que ela deve se exprimir no momento em que MIGUEL lhes pediu uma Comunhão intensa às 22 horas no mesmo dia. Mas MARIA, ela falará às 17 horas, justamente em relação a isso (ndr: ver a nota abaixo do texto).

Vocês constatarão, por vocês mesmos, que passado o primeiro momento de surpresa, vocês estarão agradavelmente felizes: isto quer dizer que ver isso e viver isso, passado o momento de surpresa, lhes dará uma espécie de alegria indizível no Coração por que vocês reencontrarão o que vocês São, em Verdade.


Então, é claro, vocês terão muitos Irmãos e Irmãs que não viverão isso, que não poderão compreender, até um momento que será uma noção de limiar, em que aí, para eles, isso será o planeta-grelha, não é?

Mas tudo isso vai se desenrolar, passados os primeiros momentos de surpresa, em uma doçura muito grande e essa doçura, ela está ligada, justamente, a todos os trabalhos que nós temos conduzido juntos, desde todos esses anos, que permitem adoçar esse planeta-grelha, em todo caso para um número de Irmãos e Irmãs que é, cada dia, maior.

Então, eis o que vai se passar.
Eu tentei descrever, o tanto que eu pude, com as palavras, muito exatamente o que alguns de vocês começam a viver, mas isso vai (ao seu ritmo, para cada um) tornar-se cada vez mais penetrante.

Asseguro-lhes: mesmo se há uma dor que se produz no corpo (por que há uma resistência, por exemplo, do lado do Canal Mariano, com dores nos membros), vocês constatarão, com surpresa, que a dor está ali, mas que, para vocês, não é uma dor.

É difícil de explicar com as palavras, mas vocês o viverão.
Portanto, tudo isto vai confortá-los ( e sobretudo no que lhes dirá MARIA) alcançar, nesse momento, que os mecanismos de Dissolução serão ajudados, ao mesmo tempo por uma das Estrelas, por um Ancião, talvez, por um Arcanjo ou pelos Seres de suas próprias Linhagens Estelares.

Tudo isso é perfeitamente normal e aliás a palavra “normal”, uma vez passada a surpresa, como eu disse, lhes parecerá como totalmente evidente. Mas haverá também momentos, é claro, em que vocês terão uma espécie, talvez, de apreensão por que, paralelamente a esses estados maravilhosos do casulo, da crisálida que vai se instalar, vocês vão ver que, sobre este mundo, não está assim cor de rosa, não é?

Por que é claro, quando a Luz que se torna cada vez mais intensa, e mais vocês vão se aproximar da visibilidade do que há no Céu, mais vocês vão se aproximar do Alinhamento com Alcione, mais isso vai se tornar convincente e evidente.

Para vocês, mas para os outros também.
Para os Irmãos e as Irmãs que não estão prontos para viver isso, vai ser verdadeiramente algo que pode ser terrível. Ainda mais que as circunstâncias terminais deste mundo, é claro, como eu disse há muito tempo, são circunstâncias em que o vulcanismo vai se tornar algo terrível, em que os meteoritos vão se tornar cada vez mais importantes, em que os movimentos da Terra vão se tornar extremos e que também os movimentos do ar vão se tornar importantes.

São os quatro Cavaleiros do Apocalipse que vão se tornar cada vez mais visíveis, de tal maneira que em um dado momento, mesmo querendo colocar a cabeça em um buraco, como um avestruz, vocês não poderão evitar ver o que está aí. Mas, lembrem-se, tudo isso é papelão e vocês tomarão cada vez mais consciência, à medida em que a Luz começará essa transmutação, essa metamorfose.

Isso lhes aparecerá cada vez mais evidente.
Eis as palavras que eu tinha a dizer em relação a isso.
Se vocês têm questões mais precisas em relação ao que acabei de exprimir, então, agora, eu os escuto.

***

Pergunta: como viver a crisálida uma vez que alguns a viverão e outros não?

Eles são obrigados a vivê-lo a um dado momento.
Todo o mundo vai vivê-lo, já que vocês estão Liberados.

Simplesmente, através do que eu disse, eu me exprimi sobretudo para os Ancoradores de Luz, os Semeadores de Luz e aqueles que são os Liberados, como ele diz (ndr: BIDI), os Liberados Viventes.

Não há condição.
É sem condição e é irremediável.

***

Pergunta: vamos para mais reagrupamentos ou não necessariamente?

Há pessoas que se reencontram.
Aliás, lhes foi pedido para se reencontrarem, se possível ao menos a dois ou a três, no dia 22, antes do que estar sozinho, isso pode parecer bizarro, não é, para aqueles que ainda não o vivenciaram. Mas vocês não têm de antecipar, por uma decisão mental, de dizer: “ora, vou a tal lugar por que é no alto”, “ ora, vou a tal lugar por que aí eu estarei protegido”.

Lembrem-se do que disse o CRISTO: “ aqueles que quiserem salvar suas vidas, a perderão”.

Então, fiquem tranquilos.
O que vocês chamam reuniões, reagrupamentos, se produzirão deles mesmos.

Vocês não têm de buscar o que quer que seja.
Isso seria um erro.

Mas é verdadeiro que é mais agradável ver-se desaparecer, ao mesmo tempo em que se vê o outro desaparecer.

Isso pode causar um choque.
Imaginem que vocês estão na natureza, vocês veem uma árvore, e de um golpe, ela desaparece. Ao passo que se vocês estão acompanhados, é mais fácil, vocês não têm necessidade de se beliscar para saber se é verdadeiro, por que é verdadeiro.

***

Pergunta: um Liberado pode ser levado a estar isolado, enquanto seria necessário que ele irradie?

Mas você pode tocar o mais de mundo possível, do outro lado do planeta, na Austrália.

Você não tem necessidade de estar presente fisicamente uma vez que você se torna multidimensional. É uma heresia crer que vocês vão, como dizer, irradiar assim, de próximo em próximo.

A Luz, sim: vocês vão vê-la.
Mas vocês, é a multidimensionalidade que aparece, portanto, não há necessidade de presença. Agora, nesses momentos privilegiados, como essa data que lhes foi dada, é importante.

Depois, isso não muda nada.

***

Pergunta: como os animais vão viver isso?

Muito bem.
Muito mais facilmente do que vocês.

***

Pergunta: é conveniente permanecer nas cidades?

Eu te repito a frase que eu disse: “aquele que quiser salvar sua vida, a perderá”.

As circunstâncias não têm nenhuma importância.
Se a duração das tribulações, se as Núpcias Celestes não tivessem sido eficazes, bem evidentemente que vocês teriam recebido impulsos para estar em lugares privilegiados.

Mas esse não é o caso.
Aquele que quisesse, por exemplo, partir de tal lugar, para ir para outro lugar, isso quereria dizer o que? Que ele espera preservar sua pequena carcaça, esse saco de comida, é tudo.

***

Pergunta: como ficar centrado na Luz se se está rodeado de violência?

Ah mas, se você é, você mesmo, Luz, tudo o que é violento ao redor de você desaparece.

Coloque-se antes a questão de você.
É muito fácil dizer: “Ah, bem sim, há tumulto, então eu não posso estar na Luz”, “ah sim, há pessoas, ao redor de mim que são violentas, então eu não posso estar na Luz”.

Um: o que é que gerou essas circunstâncias?
Dois: o que é que faz que em você, você se sinta afetado?

Isso remete inexoravelmente à dualidade.
Aquele que emerge no Êxtase, no Samadhi e na Luz, um leão pode vir comê-lo que ele não se moverá. Sobretudo com a intensidade das Partículas Adamantinas, do Supramental e da Onda da Vida que chegam.

***

Pergunta: a partir de 22 de setembro, convém prosseguir sua vida tal como ela era?

Isso será diferente para cada um: segundo, justamente, a dose de Luz que os penetra, que vocês São. Mas isso de nada serve, tomar a dianteira do Apelo.

Não é o castigo de se colocarem na cama e esperar.
Tanto mais que, lembrem-se: os Cavaleiros do Apocalipse, eles estão presentes, da mesma maneira, em todos os países: vocês têm países, desde este verão, que foram marcados pelo Fogo, outros que são marcados pela Água, outros que são marcados pelo Ar.

O que é que se passa na França?
Nada.

Será muito diferente, após o 22.
Não para a França mas, de uma maneira geral, segundo o lugar em que vocês estão. E além dos países, a um metro de distância ou a alguns metros de distância, o efeito dos Elementos não serão os mesmos.

Aliás, SNOW lhes disse: os Elementos nada podem contra vocês.
Aquele que está Abandonado à Luz, que é Transparente à Luz e que vive essas mudanças de frequências, os Elementos (tal como eles são percebidos, em sua ação de Dissolução) não terão nenhum efeito sobre vocês: é a Luz que os dissolve.

***

Pergunta: se uma árvore se apaga, outra coisa aparecerá no lugar dessa árvore?

Bem, não, é apagada.
Será como em um filme: ela cintila, ela desaparece, ela volta, ela volta, ela desaparece depois, de um golpe, plouf, mais nada.

Mas isso, não é para imediatamente.
Mas, assim mesmo, é iminente.

***

Pergunta: qual é a escala de tempo, a partir do 22, em que tudo isso vai se desenrolar?

Nós esperamos o mais rápido possível.
Mas, como vocês o sabem, há eventos astronômicos.
Um ciclo se acaba, como tinha dito SERETI, entre julho de 2005 e julho de 2012 (ndr: ver na seção “mensagens a ler”).

A instalação do novo ciclo (embora isso não seja um ciclo), a instalação da Liberação, da Liberdade, se você prefere, pode se fazer à priori, em algumas semanas, alguns meses, mas não mais.

***

Pergunta: podemos, ainda agora, oscilar entre as duas humanidades?

Todos aqueles que não realizaram a Última Presença ou o Absoluto.
Mas vocês vejam bem, vocês mesmos, em sua vida, entre os momentos em que vocês se Abandonam, em que vocês Abandonam o Si, em parte, e os momentos em que vocês resistem (independente mesmo dos medos).

O que dá às vezes, o que eu expliquei, essa espécie de agitação do mental.

***

Pergunta: porque ter sentido essa espera de tudo isso, desde a juventude?

Vocês são muitos, entre as Sementes de Estrelas, a ter essa nostalgia do que vocês São, verdadeiramente.

Muitos entre vocês (que seguiram as Núpcias Celestes, eu não sei a proporção) estavam prontos a ouvir o que nós lhes dissemos por que vocês reencontravam, em alguma parte, a sua pátria. Mesmo se vocês conduziram suas vidas, se vocês têm uma vida dita normal, para muitos de vocês, permanecia, no fundo (mesmo se isso era um pouco confuso), a nostalgia do que vocês São.

***

Pergunta: nessa divisão em duas humanidades, como se situam aqueles que não têm acesso a este gênero de informação?

Mas, nenhuma importância, a informação.
Por que há seres humanos que vivem as transformações, que jamais ouviram falar do Autres Dimensions, de energia ou outra coisa.

Eu não vejo a ligação que você pode fazer.
Por que, para você, a transformação ela está ligada à informação?
Mas a informação jamais foi uma transformação: é o Coração que decide.

Não é o acesso à informação, é o acesso ao Coração.
Vocês têm pessoas que têm assobios no ouvido esquerdo desde 20 anos e que começam a compreender o que é, mesmo que eles não possam colocar em palavras, se eles não o chamam de Nada, se eles não o chamam de Canal Mariano. Mas, agora, a concretização, para essas pessoas, do que elas vivem, é uma confirmação: elas não têm necessidade de informação.

A informação não é a transformação: é necessário não confundir os dois.
Como eu disse, em minha vida, encarnada: o sol, ele brilha para todo o mundo, não é?

A Luz, ela desce para todo o mundo.
Há aqueles que a aceitam e aqueles que a recusam.
E isso não passa absolutamente por uma compreensão intelectual: vocês estão permeáveis à Luz, ou vocês não o estão.

Vocês são Transparentes, ou vocês não o são.

***

Pergunta: enquanto não o vivemos, não se pode estar senão na crença?

Mas, ninguém lhe pede para estar na crença.
Parece-me que IRMÃO K, tinha lhes falado e ele tinha lhes dito para nunca acreditarem em nada.

Eu não lhes peço para não me acreditarem.
Se você crê em mim, e se você não o vive, o que isso muda para você?

Explique-me um pouco?
Nada absolutamente: você permanece na ilusão.
Aquele que não vive isso, isso serve à nada que ele creia.

Não é a crença que desencadeia o processo.
Não é por que você sabe que há esse mecanismo (que eu chamei planeta-Grelha) que faz com que você vai vivê-lo serenamente.

Isso seria muito fácil.
Vocês todos sabem que vocês são mortais, sobre esta Terra.

Para tanto, a morte se passa bem?
Bem, não, por que é uma crença.

Há que é no momento em que isso chega que vocês podem saber se vocês superaram a crença.

Não antes.
Isso, é uma verdade, é uma verdade evidente, não é?
É a mesma coisa para o que chega.

***

Nós não temos mais perguntas, nós lhe agradecemos.

Então, Queridos Amigos, eu lhes transmito, novamente, todas as minhas Bençãos.

Até logo.


************
NDR: lembrete do encontro, dado por MARIA e MIGUEL, para o equinócio de outono (para mais detalhes, nós os convidamos a consultar suas intervenções na seção “mensagens a ler” de nosso site):

MIGUEL, em sua intervenção de 18 de Agosto de 2012:
“...e eu lhes dou, portanto, um encontro formal a fim de que nós vivamos uma Comunhão, onde quer que vocês estejam sobre esta Terra, em 22 de setembro de 2012 às 22 horas. Este momento será silencioso, não demandará qualquer comentário, nem qualquer palavra de minha parte. Este será um momento privilegiado de Comunhão comum para a humanidade, assim como para cada um de vocês, com minha Presença...”

MARIA: em sua intervenção de 21 de agosto de 2012:
“...Eu retornarei no mesmo dia que o Arcanjo MIGUEL, e eu os convido a se reunirem a mim, onde quer que vocês estejam sobre esta Terra (ndr: o 22 de setembro). E também, se isso lhes for possível, de se reunirem entre vocês, por que CRISTO havia dito: “quando vocês estiverem reunidos, dois ou três em meu nome. Eu estarei no meio de vós.” E esse dia da vinda do Arcanjo MIGUEL é também o dia em que, todos juntos, no Manto Azul da Graça e no instante presente, nós nos acolheremos uns aos outros. Isto poderá ser, segundo seu emprego do tempo e suas ocupações, no momento em que vocês julgarem oportuno em seu dia, mas antes do Arcanjo MIGUEL. Eu não lhes dou um cronograma preciso, mas vou ter a oportunidade de falar também durante este dia.”

***
As horas indicadas correspondem à hora francesa, local. o link Décalage Horaire (http://www.lolo.free.fr/Divers/DecalageHoraire.html) lhes permitirá deduzir a sua hora local

***
Mensagem do Venerável OMRAAM (Aïvanhov) no site francês:
http://www.autresdimensions.com/article.php?produit=1608
19 de setembro de 2012 (Publicado em 21 de setembro de 2012).
Tradução para o português: Ligia Borges
Via: http://portaldosanjos.ning.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário