sábado, 24 de março de 2012

Especial: ORIONIS (2a. Parte) - Autres Dimensions




24 de março de 2012.

Especial: ORIONIS (2a. Parte) - AUTRES DIMENSIONS


A Divina Maria colocou em vocês, não mais tarde que em seu dia de ontem, e como ela o referirá conjuntamente com o Arcanjo Metatron, em 6 de agosto, em 8 de agosto e em 15 de agosto, a bondade.

Cada um de vocês terá o olhar colocado na Existência e verá o por quê a Luz foi falsificada.

A falsificação não é da Ordem da Luz, ela é da Ordem da materialização nesta densidade unificada que está em curso de aparecimento.

Eu mesmo, pessoalmente, e com os 24, juntos, nós decidimos nos opor ao poder. Para isso, nós fomos obrigados, há mais de 50.000 anos, a separá-los, criando a dissociação, a fim de preservá-los de suas próprias Sombras e para não contaminar os planos Luminosos, para deixá-los também levar esta experiência até seu final.

Os seres humanos, em sua grande maioria, não podem estar conscientes, porque não estão despertos sobre o que se joga.

Os seres humanos, dos quais vocês fazem parte, estão conscientes e se despertam, entretanto, tomam guarda para não deixar a personalidade, os jogos de poder, os jogos de seus sofrimentos passados, mancharem o Mensageiro e a mensagem.

O que vem a vocês é rigor e Amor, o que vem a vocês não pode deixar a Sombra agir, não pelo combate, isso já ocorreu em outras dimensões.

04 de agosto de 2009 [Clique aqui]

>>>

A vibração deste dia torna possível a manifestação e torna possível, desde este dia, a possibilidade de consagrar seus novos envelopes a dimensões elementares superiores, ligadas à revelação dos Agni Deva.

Assim se ancora, a partir de hoje, a nova dimensão elementar.
Cada um dos seus novos envelopes corresponde a um novo elemento que é o antigo, transmutado. Assim vocês terão uma correspondência vibratória que irá permitir-lhes despertar totalmente esta nova dimensão em vocês.

As dimensões estão, como vocês o sabem, em fase intensa de interpenetração.

A hora é majestosa.
O ciclo que termina é, portanto, o ciclo que começa.
Irão juntar-se, muito proximamente, a vibração da junção da dimensão antiga com a nova, isso é iminente em seu tempo terrestre.

Se eu posso fazer o paralelo, a morte do corpo físico é uma transição da mesma forma que a mudança dimensional.

A morte do corpo físico se acompanha do desaparecimento progressivo da dimensão densa dos elementos constituindo seu corpo físico.

É o mesmo para a transição à ascensão, o que significa claramente que a passagem de um estado a outro se acompanha de uma forma de ‘dissolução’.

Só permanece a consciência.
A diferença essencial é que o corpo não retorna para a dissolução da morte, mas para a transição da ascensão e assim os átomos constituintes do envelope o mais físico vibram e migram em outro espaço/tempo.

09 de agosto de 2007 [Clique aqui]

>>>

Não é mais tempo agora de pensar, mesmo se isso foi verdadeiro, que seria preciso um número suficiente de seres humanos despertos para aceder a esta nova dimensão.

Isso era o caso antes do planeta Hercólubus penetrar seu sistema solar.
Este planeta gigante (de longe superior ao tamanho do maior dos planetas do seu sistema solar) é acompanhado em sua chegada por modificações de órbitas dos planetas, por modificações importantes das massas planetárias e pela repartição do que vocês chamam de continentes.

Não se esqueçam de que a mudança dimensional deve fazê-los passar de uma dimensão exteriorizada da vida para uma dimensão interiorizada da vida.

Isso se acompanha da passagem de um modo exterior a um modo interior.
Vocês não estão sem saber, para alguns de vocês, que a vida que vocês vivem é uma vida exteriorizada em relação à Fonte.

A vida em uma dimensão nova que vem para vocês irá se acompanhar de uma vida interiorizada no interior deste planeta que vocês chamam de Terra.

É assim a cada mudança de estado vibratório: o que era exterior torna-se interior e o que era interior passa a outra área de consciência escapando mesmo ao que vocês denominam quinta dimensão.

É tempo de prepararem-se.
Esta preparação não é absolutamente uma preparação exterior através de rituais, de provisões de qualquer tipo.

Trata-se de uma preparação ‘interior’ exclusivamente visando fazê-los encontrar (como lhes mostrou o Arcanjo Jofiel de maneira vibratória) o equilíbrio e a paz interior, as únicas garantias de uma transição completa e autônoma.

ORIONIS - Revelações sobre Hercólubus (08/08/2008) [Clique aqui]

>>>

Bem amados filhos, vocês andaram, tomaram numerosos corpos, participaram, cada um à sua maneira, da evolução desses mundos, desse sistema solar.

Recordem das palavras de Cristo: «vocês estão sobre esse mundo, mas vocês não são desse mundo».

Aí se encontra uma chave capital para o soltar, para a mestria e para o abandono à Luz.

Vocês devem, mais que jamais, progressivamente e à medida que as manifestações elementares desejadas e desencadeadas pelo Arcanjo Miguel e por seu sol forem ensurdecedoras, progressivamente e à medida que este ensurdecedor, esse alarido, como nomeei-o, crescer, progressivamente vocês deverão entrar em seu ‘espaço interior’, em sua Unidade, em sua Divindade.

Vocês vivem uma época majestosa.
Não vejam as destruições como uma punição.
Não vejam os tormentos de alguns de seus irmãos como uma punição, porque não é nada.

O Pai jamais pune.
O Pai transforma as formas para que a Luz desabroche.
O que quer que vocês tenham a viver, aí onde estão, tenham-se ‘prontos’.

ORIONIS - 08 de fevereiro de 2009 [Clique aqui]

>>>

O único sinal que vocês devem ficar de olho é no aparecimento de Hercólubus e, naturalmente, estar conscientes e atentos ao que acontece em seu interior, em todas as relações, em todas as comunicações que vocês estabelecem com o que é exterior a vocês.

Algumas coisas devem morrer: os laços com o passado.
Algumas coisas novas devem aparecer em relação com a liberdade do futuro.
Vocês devem cultivar em vocês este ‘estado vibratório’ que foi mostrado pelo Arcanjo, que é o único estado propício à realização do que vocês são.

Vocês não devem mais estar ligados seja ao que for.
Vocês devem ser capazes, de um momento para o outro, de aceitar a mudança que lhes é imposta, mas vocês têm a liberdade, evidentemente, de aceitar ou de recusar. Mas lhes é, entretanto, imposto pelos próprios ciclos deste sistema solar.

Não é mais possível hesitar.
Não é mais possível usar de subterfúgios.

ORIONIS - Revelações sobre Hercólubus (08/08/2008) [Clique aqui]

>>>

A hora enfim chegou, meus filhos, de reencontrar sua herança, de reencontrar o que vocês perderam experimentando esses planos da dualidade que, no entanto, vocês aceitaram percorrer a fim de fortificar em vocês, não as forças que encarnam, mas a Luz de sua alma.

Bem amados, as manifestações elementares que vocês observam na superfície deste planeta, como sobre a superfície dos outros planetas desse sistema solar, são apenas suas premissas.

Seu único salvaguarda, sua única persistência da integridade do que vocês são, não pode obter-se através de precauções de natureza material.

Estritamente para nada serve ser previdente no plano material.
Somente sua fé, sua determinação para reencontrar a Luz que vocês são, será sua garantia do retorno à Luz.

Vocês não devem contar com ninguém além de vocês mesmos com a Luz.
Nenhuma ajuda exterior pode levá-los à Luz.

ORIONIS - 08 de fevereiro de 2009 [Clique aqui]

>>>

A organização estrutural da luz, tal como vocês a percebem e a descrevem, é profundamente diferente segundo os estratos dimensionais.

Assim a visão etérea que vocês denominam glóbulos de vitalidade ou glóbulos prânicos, não é senão um estado denso da luz.

Além de sua dimensão e nos espaços de vida transicionais conduzindo à quinta dimensão, a luz é de forma hexagonal, mas é ainda, para nós, um aspecto estrutural denso.
O aspecto o mais fundamental da luz é chamado de “Agni Deva”, partícula de fogo elementar [partículas Adamantinas].

Os Agni Deva são a base constituinte subatômica bem além dos quarks, bem além dos neutrinos que entram na constituição de toda matéria no sentido atômico.

Os Agni Deva são repartidos em quatro classes que eu chamaria de Agni Deva do fogo, Agni Deva da água, Agni Deva da terra, Agni Deva do ar.

Os quatro Viventes são, portanto, substituídos, em suas projeções e suas manifestações, pelos Agni Deva.

Estes, em um grau de estruturação mais intensa, foram também denominados Hayot Ha Kodesh ou Serafim, chamados, ainda, de ‘Espíritos do Fogo’.

Estes ‘Espíritos do Fogo’ vão, portanto, criar os átomos mais próximos do seu visível: os elementos.

O Espírito do Fogo vai, então, gerar tanto água, quanto ar, quanto terra, quanto fogo, elementares.

Vocês são constituídos neste corpo denso, mas também em seus envelopes sutis, de Agni Deva.

Quando o Agni Deva se revela, quando da transição, ele se une a cada um dos três outros formando o que vocês chamam de ‘o éter’ ou ‘quinta dimensão’.

09 de agosto de 2007 [Clique aqui]

>>>

A coragem sendo aceitar se ver em Verdade e não mais deixar as influências passadas (jogos de poder, sofrimentos vividos nesta Vida e em outras vidas) vir interferir com a Existência.

Quando eu digo e afirmo que vocês foram todos missionados, esta é a Verdade.
A atualização e a realização da missão, agora e doravante, passa pela dissolução do que eu chamaria, e que vocês chamariam, personalidade.

Nesta personalidade se encontra o peso do passado, dos poderes que vocês mantêm, consciente ou inconscientemente, sobre os outros.

Esse jogo não é da Luz, esse jogo é jogo de personalidade.
A Existência é liberdade, autenticidade, Amor.

Toda forma de manipulação deve ser abandonada.

04 de agosto de 2009 [Clique aqui]



*****************
Trechos extraídos das mensagens do site:
http://www.autresdimensions.com

Traduzidas para o português por:
Célia G. - http://leiturasdaluz.blogspot.com
Zulma Peixinho - http://portaldosanjos.ning.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário