quinta-feira, 29 de setembro de 2011

URIEL - 29 de setembro de 2011 - Autres Dimensions





29 de setembro de 2011.

Mensagem publicada em 30 de setembro, pelo site AUTRES DIMENSIONS.


AUDIO EM FRANCÊS:


URIEL_29-09-2011 por autresdimensions

Eu sou URIEL, Anjo da Presença e Arcanjo da Reversão.

Bem amados Filhos de Luz, que a Alegria de nossa Presença estabeleça-se nesse dia.

Eu venho exprimir, além de minhas palavras, pela Vibração e pelo Silêncio, o sentido do Ser.

As Núpcias de Luz: Reencontro com CRISTO.

Hoje, além do parecer, na Essência do Ser, o humano abre e descobre o sentido de sua Presença, na qual a Luz vem transcender e exprimir a magnificência de sua própria Presença.

Sementes de Estrelas e de Eternidade, trabalhando no horizonte do infinito, a fim de que se estabeleça o que deve Ser, além do parecer.

Ser, além de toda a Ilusão.
Ser, além de todo o ter.
Ser, no Coração.

No Fogo do Amor de sua Presença Despertada.
Filhos do Um, Instante de sua Presença.

No dia do Anjo e dos Arcanjos, nós estamos em vocês, para comungar.
Preparando o caminho para Aquele que entrou e que entrará pela Porta de seu Coração, a fim de bater ao seu Espírito, a fim de revelá-los, na nudez da Transparência e na Essência do Ser, na qual mais nenhum sentido pode vir alterar o Ser, na qual mais nenhum parecer pode confinar a Ilusão do humano.

Instante e momento inscritos no Presente da Eternidade, elevando-os na Presença do Um.

Comunhão de Fonte.
União de Liberdade.

Comunhão de sentidos, para além de todo sentido, no sentido simples da Essência de seu Ser, que é Luz, Beleza e Verdade.

Filhos das Estrelas, eu bato à sua Porta.
Após ter passado a Abertura da Boca, vem a hora da Abertura do Coração, aquela de viver a comunhão com a Liberdade, a comunhão com a Unidade.
Abram, então, bastante, a fim de que nenhuma estreiteza possa impedir e bloquear a Luz em seu Ser.

Hora de magnificência, na qual o sentido real do Ser aparece, batendo ao Coração e tocando o Ser em sua Verdade e em sua Profundidade.

Para além de qualquer jogo de Atração e de Visão, na Profundidade e na Precisão da Clareza da Unidade, abrem-se em vocês o Alfa e o Ômega, abrindo-os à Eternidade do Ser, à Eternidade da Verdade.

Então, em sua Presença e em minha Presença, e na Presença d’Ele, abramos o Coração, Coração do Ser, sentido íntimo, aquele da Verdade e da Beleza.

Luz e Vibração.
Potência do Ser.

Estrela no firmamento, saindo do engano pela hora da Graça, saindo da Sombra pela clareza da Luz.

Instante, Instante de Presença, repetido a cada momento, para além de toda noção temporal, para além de toda Ilusão.

Filhos do Eterno, despertados a si mesmos, juntos, nós preparamos a hora da Glória e a hora da Eternidade: aquela em que CRISTO vem, na Noite Escura da alma, despertar o sentido de sua Presença e o sentido de seu Um.

Filhos do Um, voltem-se, voltem-se para Ele, como Ele se voltou para vocês.
A hora da Redenção final chega em seu Templo, elevando as asas da Liberação e do vôo para a Ressurreição.

Filhos de Eternidade, Filhos de Paz, vocês são a Paz, vocês são a Eternidade, na Luz Una.

Vivamos juntos, comunhão e Presença, acolhimento daqu’Ele que vem, tal o ladrão da noite, que vem devolver-lhes a Chave da Eternidade, elevando-os ao Éter da Humildade e da Beleza, ao Éter da Liberdade.

Filhos do Um, realizem a Palavra inscrita em letras de Fogo – o Éter de Fogo, no Alfa e no Ômega, em HIC e NUNC, criando o Éter da Ressurreição.

Estejam na Alegria, para além de todo sofrimento.
Estejam na Alegria, para além de toda dúvida, porque a Luz não será, jamais, a mínima dúvida de sua Eternidade; porque a Luz não será, jamais, a mínima dúvida de sua Presença no firmamento.

Filhos do Éter e Filhos do Eterno, Filhos da Luz Una, Filhos da FONTE.
Fonte de sua Fonte, na Eternidade.

É tempo de Vibrar ao apelo do Canto, aquele que vocês escutaram, aquele que vocês ouviram.

Filhos, girem seus sentidos para além dos sentidos, abram o Coração que magnifica os sentidos (a Essência).

Nesse instante e nesse tempo, nessa hora e nesse momento, nós comungamos, juntos, à Lei de Um.

Graça e Eternidade.
Graça e Verdade.

Então, abramos o tempo de nossa Presença, o tempo de nossa Vibrância.
Cantemos o canto da Presença d’Ele, unidos ao canto de sua Presença.

Nós, Arcanjos, nesse espaço e nesse tempo desse dia, abaixamos até vocês a Vibração de nossa Presença, aquela da Alegria Eterna, da Verdade e da Beleza.

Então, abramos, no duplo batente, a Porta da Eternidade.
Esqueçamos a estreiteza do humano confinado, porque vocês Estão além, e bem além de tudo o que é a Ilusão.

Vocês não são nem o sofrimento, nem a dor, nem o efêmero.
Vocês são o Eterno e a Eternidade, a revelar e a desmascarar, a fim de não mais parecer, a fim de Ser, além de todo «eu sou» (Ilusório no ego), mas, efetivamente, no Fogo do Coração, que os Consome pelo Fogo da Presença d’Ele e de sua própria Presença.

Ressoando de Um ao outro e do outro ao Um, no canto do Coração dos Anjos que chega a vocês, em seu Templo, que vem abrir e adornar de rosas a Flor de seu Coração, e que vem adornar o Templo do Espírito de sua Eternidade, da Luz reencontrada.

Filhos do Um, Filhos da Eternidade, escutem o canto da Presença d’Ele e o canto de Seu Apelo, ecoando no mais profundo de seu Coração, em seus ouvidos, e vendo-se em seus céus.

A Estrela chega e vem bater à Porta de seu Templo, pedindo-lhes para abrir, perguntando-lhes: você quer viver, você quer retornar à Eternidade?

Consumação da Ilusão, tudo está consumado, a fim de que o diamante de sua Presença Eterna brilhe no conjunto de seus Fogos – Fogo de Alegria e Fogo de Verdade – que os conduz ao limiar do Templo d’Ele, que é seu Templo.

Filhos do Eterno, Filhos de Alegria e de Vibração, a hora é para Ser, a hora é para a Essência do Ser.

Nesse tempo, nesse dia e nesse instante, eu, Anjo URIEL, Presença e Reversão, chamo-os a Reverterem-se, num impulso de Leveza e num impulso de Alegria, para aqu’Ele que vem colhê-los e acolhê-los, do mesmo modo como vocês o acolheram: na Luz e na Verdade.

Cruzem o portal da Ressurreição.

Filhos da Unidade, eu sou o Anjo URIEL, mensageiro que anuncia a Estrela, que anuncia, ela mesma, a Estrela.

Em seu Templo abre-se a Luz dos Céus.
Em sua Presença abre-se o som da Alegria eterna.

Ser, apenas Ser.
Totalidade dos Mundos, revelando-se em vocês, em sua Consciência.
Retorno à Verdade.

Retorno ao Alfa e ao Ômega de sua Presença, para além da Ilusão da densidade desse mundo.

Filhos do Eterno e da Eternidade, abramos, juntos, o canto da alegria, no Fogo do Coração, Fogo do Espírito, que chama a alma e a ressonância a voltarem-se, definitivamente, aos domínios da Alegria, para o Espírito.

A Luz Branca, revelando-se em seus céus, está, agora, sobre esta Terra, para além de seu Canal do Éter, para além de suas células, até o núcleo da Terra, fazendo com que ela chame à sua própria Libertação e à sua própria Ressurreição.

A hora é esse Instante da Graça, magnificado na Vibração da Essência de sua Presença.

Eu sou o Anjo URIEL e venho chamar, no Interior de sua Boca, a Passagem do Espírito.

E eu venho abrir, em batente duplo, a Porta do Coração, estabilizando-a na Humildade e na Simplicidade, a fim de que vocês cruzem a Porta de sua Eternidade.

Filhos de Alegria e de Luz, nada mais pode obscurecer sua Evolução e sua Presença.

Juntos, unidos aos Arcanjos, unidos às Estrelas e aos Anciões, unidos à Unidade, redescobrem e Vibram na Liberdade, em seu Fogo.

Nada mais pode alterar o Fogo além do próprio Fogo que vem forjar o diamante de sua Eternidade.

Então, eu, Anjo URIEL, abrindo, nesse instante, o Palácio, aquele do Templo da boca, que os conduz ao Palácio do Coração.

Iminência, iminência da Presença, iminência da Luz que toca a Terra.
O som, aquele do canto, aquele de sua Presença, misturando-se, na mesma Sinfonia da Unidade reencontrada.

Canal, canal aberto à presença da Divina MARIA, que prepara Seu Amor para vir cobri-los e abri-los, que vem elevá-los ao Reencontro místico, ao advento daqu’Ele que está além de todo evento, àqu’Ele que é o Advento tão esperado e tão aguardado.

Instante, instante e iminência – iminência Interior – aquele de estabelecerem-se no Templo de sua Presença, que é o Templo da Presença d’Ele.

Filhos do Um, eu sou URIEL e eu magnifico sua Presença, por sua Presença em minha Presença, no Sopro do Único, no Sopro da Verdade, aquele da Beleza e da Eternidade.

Filhos do Um, na hora em que a Vibração vem abrir o pericárdio (o envelope do coração que os fechava na Ilusão do coração), na hora em que a lagarta abre suas asas e vai começar a estender suas asas, a fim de viver a Eternidade de sua Presença.

Filhos do Um, onde quer que estejam sobre esta Terra, onde quer que estejam em seu caminho, onde quer que estejam em sua Leveza, nós os chamamos, nós, Arcanjos, a festejar o Retorno da Luz.

A trombeta soou, nesse dia de um Ano novo, no qual se abre, em vocês, a Verdade do Espírito.

Resta-lhes desviar-se de toda zona de Sombra e de toda Ilusão.
Sejam, enfim, o que vocês São: Vibração da Essência, Vibração de Luz, que nada mais tem a mostrar nem a demonstrar na Ilusão e no efêmero.

A Eternidade chamá-los à sua Eternidade.
CRISTO vem revelá-los, e pedir-lhes para segui-Lo, na Eternidade da Alegria reencontrada.

Filhos do Um, Vibrem ao som da Presença, ao canto do Fogo, aquele que eleva o Espírito na Verdade da FONTE.

O Instante e a iminência que os conduzem a viver suas Núpcias, aquelas da Luz, nas quais nada mais pode ser separado, nas quais a Luz vem mostrar-lhes e demonstrar-lhes que não pode existir distância alguma entre Ela e vocês, porque Ela é sua Essência, a Essência do Ser.

Filhos do Um, Filhos da Eternidade, eu venho abalar as fundações desse mundo, para que as Fundações do Coração construam-se para além do antigo, na Eternidade e forjem-se na Presença da Luz, Unificada e reencontrada.

Filhos, escutem o som, ouçam o som, o canto dos Anjos, que se aproxima de vocês e que vem ressoar e soar em seu Coração, o Tempo da Presença d’Ele, o Tempo de seus regozijos, o Tempo de suas Núpcias, que ilustram e permitem à alma, definitivamente voltada para o Espírito de Verdade, viver a Verdade da Eternidade.

Filhos do Um, Filhos da Verdade, abram, em duplo batente, as Portas de seu Coração, a fim de que suas asas comecem a bater, no canto da Unidade e no canto da Verdade.

Elevem a Vibração do Ser e de sua Essência, a fim de não mais parecer, a fim de ousar não mais ter, a fim de ousar tudo dar e tudo Abandonar para ser a Verdade CRISTO.

Não há outra saída que não a de cruzar a Porta.
Não há outra Evolução que não aquela que está inscrita na Eternidade do Instante da Luz.

Então, façamos silêncio alguns instantes, a fim de que a Vibração de minhas palavras e de minha Presença ressoe em sua Presença e abra, em batente duplo, a Porta do Coração, na frente e atrás, no alto e abaixo, à esquerda e à direita, para magnificar a Essência dos elementos e fazê-los transparecer, a fim de estarem nus e Liberados na Verdade de seu Ser, na Verdade do que vocês São, bem além de todo ter, bem além de todo saber, bem além de todo sofrimento.

Não é mais tempo de viver o antigo.
A hora chegou de viver o novo, que os chama à sua Eternidade.
Então, juntos, escutemos a Vibração do silêncio do Ser, alguns instantes, antes que eu retome o sentido de minhas palavras, aquelas que os conduzem, pela Vibração de sua Presença, a compreender nossa união de Liberdade.
Acolhamos, juntos, a Vibração do Éter e da Luz Una.

Amor e Verdade.
Amor e Sabedoria.


... Efusão Vibratória...

A hora é do Fogo.
Fogo que purifica e queima tudo o que não é da ordem da Luz e da Transparência.

Fogo, portanto, de Verdade.
Fogo de sua Presença no Templo de seu Coração, no qual CRISTO vem pedir, no qual MARIA vem anunciar.

O Fogo da Terra eleva-se em seu Templo, permitindo-lhes elevar a Vibração de sua Essência, do parecer ao Ser, do ego ao Coração, da personalidade e do desejo à ausência de desejo e à Existência.

Juntos, comunguemos à Verdade Eterna.

Silêncio e Vibração.


... Efusão Vibratória...


Filhos do Um, a hora chegou do Instante da Presença d’Ele.
A hora chegou de estender suas mãos e seu Coração à sua chuva de Amor, à Água que vivifica e que desperta o Fogo de sua Eternidade.


... Efusão Vibratória...


Filhos Ki-Ris-Ti, Filhos Ardentes do Sol, abram seu Sol e Vibrem.


... Efusão Vibratória...


O Tempo do apelo, aquele da Ressurreição, eleva-se no firmamento dos Céus e nas profundezas da Terra.

A hora é para a Liberdade, aquela da Liberdade, aquela da Liberação e aquela da Alegria.


... Efusão Vibratória...


O Anjo de Fogo, emissário de METATRON, Véhuiah, abre em vocês as Portas da Liberdade.

Abre, sobre a Terra, as Portas da Liberdade, daquela que vocês nomeiam Gaia, a Terra.


... Efusão Vibratória...


Vehuiah vem abrir o Tempo do Amor, sem limites e sem condições, na Humildade, mas que supera o humano, bem além de sua humanidade.

O Amor da FONTE, bem além de qualquer carne, na Presença Eterna da Verdade do Espírito.


... Efusão Vibratória...


Então, o Filho amado do Pai virá, por três vezes, despertá-los à Verdade.


... Efusão Vibratória...


Vivam e Vibrem a Vida.
A Vida da Presença e da Eternidade, nesse mundo, a fim de segui-la em sua Liberdade e em sua Liberação.

Filhos do Um.


... Efusão Vibratória...


O Instante da Graça abre-se em seu Templo, no calor do Amor e no Fogo que Consome tudo o que não é Eterno.

Então, Ele vem pedir-lhes para deixarem-se Consumir, no Fogo do Amor: espaço no qual não mais existe o mínimo interstício para o sofrimento e para a densidade, para o medo e para o esquecimento.

Acolham, em Verdade.


... Efusão Vibratória...


Instante de Alegria, que se vive na intimidade do Coração, aureolando sua Presença do Sopro da Verdade, do Sopro da Eternidade, no qual nenhuma Sombra pode pesar ou alterá-los.

O Fogo da Eternidade, aquele de sua Presença KI-RIS-TI, é inalterável e inviolável.


... Efusão Vibratória...


Cabe a vocês Ser, a fim de escutar e ouvir a Sinfonia da Luz, e não mais a sinfonia da Sombra ou da alternância.

Juntar-se à Unidade, Consumir-se em CRISTO, no Fogo do Amor, aquele de sua Eternidade, restituída nesse Instante.

Núpcias de Luz, a viver.
Despertando, em vocês, o programa de sua Eternidade e o sentido de sua Presença, nesse tempo tão especial da Ascensão.

Despertem e, depois, elevem-se àqu’Ele que lhes inclina Seu Coração, que nada mais é do que seu Coração, além de toda aparência, além de todo sentido.


... Efusão Vibratória...


Amados do Um, Filhos do Amor e Presença do Amor, deem-se conta de que nada mais há a contar nem a descontar, porque se consuma, em sua carne e em seu Templo, o Tempo da Comunhão.


... Efusão Vibratória...


É tempo de não mais medir e não mais contar o tempo de sua Presença.
É tempo de Ser, alinhados para sempre à Fonte de sua própria Presença.

Filhos do Um, realizem seu Ser e sua Eternidade.
Acolhamos, juntos, a Vibração da Presença d’Ele e de nossa Presença.
Comunguemos, juntos, no silêncio e na Vibração.


... Efusão Vibratória...


Eu sou o passador, Anjo URIEL, aquele que O conduz a vocês e aquele que os conduz a Ele.

Instante de Eternidade.
Ouçam seu Coração, no Sopro de Verdade, no Fogo do Espírito.

Eu sou o Anjo URIEL e, no silêncio, eu lhes ofereço a Majestade d’Ele, que é a sua.


... Efusão Vibratória...


Nesses instante, o olhar que vocês devem portar é o Olhar do Coração, que não é o olhar desse mundo, que é o Olhar da Unidade, que vê a Beleza e a Unidade da Luz, para além das aparências desse mundo em dissolução e em destruição, porque nada pode ser destruído da Vida, porque nada pode ser destruído da Eternidade e da Verdade.

Só isso é essencial ao seu Retorno ao Céu e à sua Eternidade.
Instante de silêncio e de Vibração.
Fogo. Fogo. Fogo.


... Efusão Vibratória...


Amados do Amor, presentes à sua Presença, no Instante de Hic e Nunc, comunguemos, ainda e sempre, no canto do silêncio, aquele da Eternidade.


... Efusão Vibratória...


Amados do Um, despertem o Ser.
Ser de Fogo.

Amor dos Filhos Ardentes do Sol.


... Efusão Vibratória...


Estendam o Coração àqu’Ele que lhes estende a mão.
Amados do Um.

Silêncio e Vibrância.
Tanto Fogo e tanto Amor.


... Efusão Vibratória...


Presença que toca o Coração e o coração do Ser.
Acendamos o Fogo, chamas do Amor e da Verdade.

Escutem seu Coração, que canta o Canto do Único.


... Efusão Vibratória...


Instante, instante de maravilhamento.
Vivamos nossa comunhão.


... Efusão Vibratória...


Eu sou URIEL, Anjo da Presença, Arcanjo da Reversão.
O passador do antigo ao novo, da Ilusão à Verdade, do peso à Leveza, da Sombra ao Amor.

Ainda, Vibração, silêncio e Presença.


... Efusão Vibratória...


Amados do Um.
Nesse Instante, eu sou vocês e eu sou eu, eu sou, portanto, nós, no Um.
Comunhão, silêncio e Vibração.


... Efusão Vibratória...


Permaneçamos juntos, despertos e lúcidos à nossa comunhão, no silêncio e na Vibração, preparando o acolhimento do Alinhamento e da Presença d’Ele.


... Efusão Vibratória...


Eu sou URIEL.
Silêncio e Vibração.
Eu estou com vocês, para a Eternidade.

Até já.



________________________________
Compartilhamos essas informações em toda sua transparência. Agradecemos em fazer o mesmo, se as divulgarem, reproduzindo integralmente este texto e informando sua fonte: www.autresdimensions.com
Versão do francês para o português: Célia G. - http://leiturasdaluz.blogspot.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário