domingo, 11 de setembro de 2011

AÏVANHOV - 11 de Setembro de 2011 [2º Parte] - Autres Dimensions





11 de setembro de 2011.

Mensagem publicada em 17 de setembro, pelo site AUTRES DIMENSIONS.



Questão: Ultimamente, eu tenho sentido como uma espada me transpassar, ao nível do coração e uma Luz Branca se ampliar para cima. Isto corresponde aos novos Pilares?

Isto pode corresponder, mas isto depende também, é claro, de qual é o efeito.

Bem evidentemente, quando a espada de MIGUEL transpassa verdadeiramente o Coração, o que se passa? Vocês se tornam um Crucificado e vocês estão na consumação do Amor. Se não há consumação do Amor, este Fogo Interior do Coração, depois, isto é uma aproximação mas não é a Verdade.

Tudo depende das consequências.
Quando MIGUEL transpassa verdadeiramente o Coração, vocês o sentem passar no momento, mas a sua vida é transformada logo após, e definitivamente. Portanto é preciso diferenciar o que é visto, do que tem um efeito, efetivamente, sobre a energia. Da realidade do processo que, ele, transforma toda a vida, instantaneamente.


Questão: Se, antes da falsificação, os caminhos que você acabou de descrever foram ativados (nota: ver intervenção do mesmo dia – 1), isto significa que se poderia hoje lembrar da relação entre estes diferentes caminhos?

Mas com a condição de que vocês estivessem, naquele momento, num corpo carbonado. Mas não há necessidade de lembrar, porque (isto já foi tomado como exemplo) quando vocês mexem o indicador, vocês conhecem o nome do nervo, dos vasos, dos músculos, dos tendões, que fazem mexer o indicar?

Quando vocês estão em Unidade, estes Circuitos são ativos, mas não se tem que se lembrar: vivem-se eles, Vibram-se eles. Eles desencadeiam processos espirituais, que lhes foram dados pelo IRMÃO K, por SRI AUROBINDO e outros. Portanto a lembrança intelectual não quer dizer nada.

É um estado Vibratório. Com os filtros que vocês em encarnação, nós somos obrigados a lhes dar palavras. Mas imaginem, por exemplo, que vocês são um bebê que acabou de nascer com um cérebro de adulto, e que iremos explicar como funciona o indicador para que vocês cheguem a fazê-lo funcionar: mas depois, vocês têm necessidade de saber qual é o nome do nervo, do músculo, dos tendões que fazem mexer o indicador? Não, vocês se servem dele.

É exatamente a mesma coisa para todas as Sendas, todas estas Estrelas, todas estas Portas e todas estas transformações de Luz Vibral, em seu Interior. Não é o conhecimento das funções que cria a função. Simplesmente, por causa da particularidade do cérebro humano e da encarnação, nós lhes demos elementos particulares. Mas compreendam bem que não é porque vocês conhecem isto, intelectualmente, que isto é necessariamente vivido. Como sempre, não é o conhecimento, como este, exterior, que é importante, é a vivência Vibratória.

O conhecimento não traz nada, ao nível da Consciência.


Questão: Desconfortos ao nível da garganta (problemas de deglutição, raspagens da garganta, formas de bloqueio naquele nível) podem impedir estes processos?

Sim, é claro.
Porque, em particular, os desdobramentos do Triângulo do Ar e da Água, passam pelas faces laterais da garganta, para aqueles que sentem os Circuitos energéticos.

É por isto que o Arcanjo URIEL, durante o mês de dezembro, havia iniciado a Abertura da Boca e a Passagem da Garganta, que alguns viveram naquele momento.

Mas lembrem-se que vocês tem, como eu disse, cada um, seu timing. Alguns começam a viver somente agora, a Passagem da Garganta, que pode-se ajudar, efetivamente, pelos Triângulos elementares laterais, quando eles se desdobram, e sobre as Portas UNIDADE e AL.


Questão: Se a ionosfera é um envelope que corresponde aquele do mental no humano, a ionosfera tendo desaparecido, o mental humano terá igualmente completamente desaparecido?

Sim.
Da mesma forma que o corpo físico, o corpo etérico, o corpo astral e o corpo mental. Porque não haverá mais corpo causal.

O mental é uma especificidade do cérebro em 3D dissociada porque vocês estão cortados do Supramental. Se não há mais mental e não há mais corpo, resta apenas o que? Apenas a Luz Branca e a Consciência.


Questão: Naquele momento, o Supramental terá justamente substituído absolutamente tudo?

Totalmente, sim, é claro.
Mesmo aqueles que irão, no que se chama em 3D Unificada, com este corpo (de maneira temporária), ou sem este corpo, terão uma estrutura Unificada.

Quer dizer que, mesmo em um corpo carbonado, a estrutura do cérebro não será mais jamais cortada. Isto quer dizer o que: não será mais jamais cortada?

Isto quer dizer que, em particular, os pontos dos quatro Hayoth Ha Kodesh, os quatro Triângulos elementares, serão ativos, completamente.

Vocês tem, sobre a Terra, um animal que é multidimensional (há muitos, mas um sobretudo que é muito interessante), que é o golfinho.

O golfinho, ele não tem absolutamente o mesmo cérebro que o homem. Ele tem lóbulos a mais. E estes lóbulos são justamente o que está religado a esta multidimensionalidade, quer dizer o Triângulo do Ar e da Água.


Questão: As baleias têm as mesmas características?

Sim, completamente.
O que é a multidimensionalidade, num corpo carbonado?

É muito simples. É estar ao mesmo tempo num corpo carbonado, mas poder estar, ao mesmo tempo, consciente e lúcido dos outros Corpos, nas outras Dimensões. Por exemplo, nos tempos antes das falsificações, havia, sobre a Terra, uma multitude de formas de Vida, não unicamente Humanas. Havia Gigantes, vocês sabem.

Havia outros seres, como os golfinhos, já, que estavam presentes. Mas não unicamente golfinhos que vivem na água. Há também golfinhos que vivem no ar. Estes são os Delfinóides. Eles são multidimensionais.

Eles eram multidimensionais a despeito (a despeite, este é um mal termo mas digamos, sim, a despeito) de que eles tivessem quando mesmo um corpo carbonado. Portanto, eles estavam, ao mesmo tempo, neste corpo, mas também, da mesma maneira, religados à Unidade, vivem a Unidade e vivendo a Seidade.

A separação consistiu justamente de isolar este Plano, dos outros Planos. Mas, com o tempo, não é um simples corte, como se corta um fio.

Há estruturas que se desenvolveram, a seguida disto. Estas estruturas, vocês as conhecem, isto foi desenvolvido há pouco tempo, sobre as quais se apoiaram Ahriman e Lúcifer: o baço, o fígado. Mas também as atrofias do cérebro sobre zonas precisas.

É tudo isto que deve ser reencontrado.
Mas isto não pode ser reencontrado, totalmente, em um corpo que funciona menos rápido que o Corpo de Seidade. Porque o hábito está ai, porque as transformações do DNA foram tais que esta estrutura humana, tal como nós a conhecemos, não é adaptada à Unidade.


Questão: Eu vivo sonhos fortes, potentes, dos quais eu guardo o impacto ao acordar. Eu vivo realmente, em outros planos de Consciência, o que eu vivo nos sonhos, ou isto é uma ilusão?

Tudo é possível durante os sonhos.
Alguns sonhos, para alguns dentre vocês, são acessos a estados de Consciência Unificada. Para outros, é simplesmente o acesso ao outro lado do astral. Portanto, isto pode ser tanto ilusório quando Verdade. A única diferença é a impressão que é deixada, a impressão extremamente potente, Vibratória, da informação que é vivida, que pode prosseguir no dia: neste caso, há fortes chances que isto seja ligado ao acesso à Seidade.

Foi-lhes dito que alguns seres acederiam à Seidade de diferentes formas.

E alguns, durante seu sono.


Questão: O que são os formigamentos, em lugares precisos, um pouco sobre todo o corpo?

Isto, isto é a ativação da Luz Vibral, em vocês. Vocês acolhem Partículas Adamantinas. Antes, isto era, mais frequentemente, sobre a Coroa da cabeça, a Coroa do Coração, o Sacro. Agora, isto pode tomar o conjunto do corpo. São formigamentos extremamente rápidos, como picadas de agulhas que percorrem todo o corpo. Isto, isto é a irradiação pela Luz.


Questão: A que pode corresponder a percepção de batimentos cardíacos irregulares, muito intensos, mas com uma sensação muito desagradável associada?

É preciso bem um dia ou outro, para viver a Ascensão, abandonar este corpo, me parece.

Estas são as premissas. Há a respiração pelo coração, isto lhes foi explicado aliás. Mas é preciso compreender também, que o calor do Coração (o Fogo do Coração) dá uma impressão de coração que para, e às vezes de palpitações, ou de coração que não tem mais seu lugar para bater.

Mas todos estes elementos concorrem para levá-los rumo ao estabelecimento na nova Dimensão. Cada um vai, a sua maneira.


Questão: É a mesma coisa, quando se sente sensações de queimações, de traspassamento ao nível do coração físico?

Sim, é claro, é o coração físico do qual eu falo, também.


Questão: Uma grande fadiga (física ou intelectual) faz parte dos mesmos processos?

Isto pode fazer parte.
Eu repito, ainda uma vez: como vocês querem transferir a sua Consciência num Corpo de Seidade se tudo funciona perfeitamente bem, aqui neste Templo, cardíaco ou corporal? É preciso bem que num dado momento ou outro, o processo de Ascensão se realize, não?


Questão: Eu esperava que as Vibrações me deixassem mais leve.

É completamente o caso, desde o momento em que você aceita e não enquanto há resistências à Luz.

Então, sejamos claros: o que eu chamo resistência não é jamais inconsciente. É sempre, nestes tempos últimos, as coisas que vocês não querem ver. As coisas que vocês não querem ver (e isto foi explicado, de maneira admirável, por algumas Estrelas e por alguns Anciãos), isto se chama, o mais frequentemente, o ego espiritual.

O Abandono à Luz, isto é a não resistência.
Portanto viver a Dissolução e a Alegria, se você sabe, você mesmo que é isto e você me descreve algo que lhe pesa, isto quer dizer o que? A resposta está encontrada, não é? Aquele que não resiste, aquele que não tem medo, vive a Dissolução, na Alegria.

O que eu chamo ego espiritual, isto é o que?
Não é nada mais que a personalidade que se apropria da Luz, para o pequeno si. Quer dizer para o eu. Há duas soluções: resistência ou Abandono.

O Abandono, isto é a Leveza e Alegria, o que quer que viva o corpo, o que quer que viva a Consciência, quer seja a doença a mais terrível. Se vocês estão em Unidade, qual a importância vocês querem que isso tenha?

Se, ao contrário, vocês estão nos mecanismos de apropriação da Luz, o que vai se passar? Sim, é claro, vocês vão manifestar peso, náuseas e medos. E vocês se dizem: “mas eu, eu sei o que é a Dissolução”, “eu quero viver a Dissolução”, “eu quero viver a Leveza”.

E eu respondo, naquele momento: o que é que te impede?
Isto é um processo que estaria ao seu exterior, fora de ti?

A ação da Luz, seja ela direta e ela não encontra nem oposição, nem resistência, e naquele momento, há a Dissolução na Alegria. Eu diria mesmo, qualquer que seja a zona de peso, ela não é mais vivida como um peso.

Enquanto há persistência de um sintoma que vem incomodar, o que é que incomoda? É muito importante o que eu disse. Quando a Luz os invade, vocês vivem a Paz, a Alegria, a Serenidade e a Dissolução (é o acesso ao Samadhi). Se a Luz desencadeia processos que vão ao inverso, o que vocês concluem?

A Luz os quer mal? Sim, ela quer mal ao ego, isto é claro.
Se vocês aceitam, totalmente, a Luz, é o mesmo princípio que SRI AUROBINDO tinha chamado o Choque da Humanidade, com as diferentes etapas (nota: ver a canalização de SRI AUROBINDO de 17 de outubro de 2010, na rubrica “mensagens a ler”). Enquanto há resistências, há sofrimento. Enquanto há resistências, há medo.

Enquanto há resistências, pode haver a Vibração, pode haver momentos de Dissolução, mas isto vai se alternar com momentos de pesos, com náuseas, com a atividade mental que vai se reforçar.

O que é isto que resiste, naquele momento, se não é o ego?
Não há outras palavras para isto. Quer vocês queiram ou não. Nós lhes dissemos, aliás, que a Luz, ela penetra, não da mesma maneira, mas em quantidade igual, em todo o mundo. Simplesmente, segundo os centros que estão abertos, o efeito não é o mesmo sobre a Consciência e sobre o corpo. Isto foi (em todo caso, me parece) muito claro, no que lhes disse uns e outros, com relação a este período final particular.


Questão: O mental é indissociável do ego?

Totalmente.
Salvo aquele que acedeu à Unidade, e que viveu o acender da Coroa Radiante do Coração, totalmente, que tem um mental que está ao serviço de sua Luz.

E isto não é mais o mental que se apropria da Luz.
A diferença, ela é fundamental, e ela se vê no comportamento, no humor e na ação destas pessoas. Num caso, há Abandono. No outro, há resistência.

Enquanto vocês estão no ego, o mental é o mestre a bordo.
Quando vocês viveram, totalmente, o Supramental ou a ativação da Coroa Radiante do Coração, realmente, naquele momento, o mental está ao serviço da Luz e não pode mais lhes perturbar, de qualquer maneira. Nem por medos, nem por projeções, nem por qualquer interrogação.


Questão: Eu estou triste, conquanto eu estava feliz. Como então encontrar esta Unidade?

Abandonando-se à Luz.


Questão: Como se Abandonar melhor à Luz?

Abandonando-se.
Aceitando a Humildade e a Simplicidade. Mestre PHILIPPE (nota: PHILIPPE DE LION) lhes falou: enquanto há a menor grama de falta de Humildade ou de Simplicidade, ninguém pode penetrar o Reino dos Céus, se não se tornar como uma criança. É preciso aceitar não ser completamente nada, aqui, para ser tudo, lá em cima. Isto não reivindica agir com a Luz. Isto reivindica estar na Transparência (isto vos foi explicado em todos os recortes possíveis).

É preciso ser claro consigo mesmo. Se vocês viveram estados de Dissolução, como muitos, e que hoje se manifesta mais que o sofrimento, isto quer dizer o que? Isto quer dizer, simplesmente, que há resistências. Mas não é preciso se condenar por isso. É preciso aceitar vê-las e aceitar deixá-las se transformar.

Não por qualquer vontade. Simplesmente, dizer, como o CRISTO: “Pai, entrego meu Espírito em tuas mãos”. E, naquele momento, tudo se passará bem, mesmo a Crucifixão.


Questão: Por que SERETI, em 2005, preconizou ter velas de cera de abelha?

É muito simples, eu também o disse.
Mas há muitas coisas que se passaram depois. Houve as Núpcias Celestes, que foram completadas maravilhosamente. E a quantidade de Ancoradores de Luz e de Sementes de Luz não é de todo a mesma como naquela época, quando nós estávamos muito inquietos.

Mas ai, nós não estamos mais inquietos, vocês vão, todos, Ascensionar. Elas não são mais indispensáveis, salvo para aqueles que acreditam.

Eu mesmo, na época, eu tinha falado de fazer provisões, mas isto não quer dizer mais nada porque, lembrem-se: quanto mais o tempo encurta, com relação às datas limites, menos o tempo, portanto, que resta, é largo. Ele se torna cada vez mais estreito, não é? Portanto vocês não tem que se ocupar de grande coisa, com relação ao que nós pensávamos há dez anos ou há vinte anos.


Questão: Eu sinto dois pontos que vibram permanentemente sobre os ombros, que não correspondem aos pontos descritos.

Mas nós não demos todos os pontos que existem. Não sairíamos deles nunca. Há os que vão sentir Vibrações no dedão do pé. E nós falamos do dedão do pé? Não. E no entanto, isto existe.

Há outros pontos, mesmo ao nível das Coroas Radiantes da cabeça: nós lhes falamos de 12 Estrelas e do ponto ER, mas nós jamais falamos dos pontos que estão sobre a pequena Coroa. Há outros também.


Nós não temos mais perguntas, nós te agradecemos.

Então, caros amigos, eu vos transmito todas as minhas bênçãos.

Portem-se bem.
Até breve.


********************************
Mensagem do Venerável OMRAAM (Aïvanhov) no site francês:
http://www.autresdimensions.com/article.php?produit=1190


________________________________
Compartilhamos essas informações em toda sua transparência. Agradecemos em fazer o mesmo, se as divulgarem, reproduzindo integralmente este texto e informando sua fonte: www.autresdimensions.com
Versão do francês para o português: Asul
http://toquenaunidade.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário