terça-feira, 14 de junho de 2011

PROTOCOLO - Finalização do Corpo de Estado de Ser - Autres Dimensions







PROTOCOLO - Finalização do Corpo de Existência

do SITE AUTRES DIMENSIONS.


Para aceder à multidimensionalidade mesmo nessa Dimensão.

Aqueles que nos acompanham de outros planos Dimensionais já deram informações e práticas sobre as evoluções do corpo de Existência (elementos que vocês podem encontrar nas rubricas "canalizações" ou "protocolos").

Nessas últimas semanas, essas práticas e informações foram completadas.

A conjunção de todos esses elementos revela uma "lógica" da globalidade do processo de finalização do Corpo de Existência: De fato, a ativação das diversas cruzes realizadas, e uma vez o último cruzamento/reversão efetuado, torna então possível o desenvolvimento do cubo Metatrônico em relação/ressonância com a constituição da lemniscata sagrada, numa de suas partes ou sua totalidade (chama-se lemniscata sagrada, evocada pelo Arcanjo Miguel, a estrutura Vibratória que se estende desde o ponto OD do 8o. corpo até o ponto ER do centro da cabeça).


O PROCESSO GLOBAL

O Arcanjo ANAEL, em 12 de junho de 2011, apresentou assim esse processo global:

A ordem sequencial da ativação da sétupla Radiância Arcangélica, na estrutura humana, desde os Casamentos Celestes (intervenções de MIGUEL, previamente à instauração pelo Arcanjo JOFIEL), permitiu pôr em sincronia o desvendamento e a revelação da Luz Vibral no conjunto de estruturas desse sistema solar (átomos, consciências, sol, planetas) concernente ao conjunto de toda a vida nesse dito sistema.

Na sequência dos Casamentos Celestes, a ativação do Fogo do Coração (iniciada em 29 de setembro de 2010, quando da criação da Merkabah interdimensional coletiva), permitiu, sucessivamente, a nova Eucaristia (a integração da nova Tri-Unidade do Coração) tendo permitido, na sequência, a instalação do quadro dos quatro Pilares da Cruz da Redenção (ndr: Sequência 1), pôr fim à superioridade do eixo falsificado (substituido a AL/OD) chamado ATRAÇÃO/VISÃO. Isso permitiu, por sua vez, a implemetação, sucessivamente, das Cruzes Mutáveis (ndr: Sequência 2) depois as Cruzes Crísticas Anteriores (ndr: Sequência 3) e Posteriores (ndr: Sequência 4). E, depois, a ativação da energia/consciência Metatrônica sobre a Terra, a realização do Quadrado ou Cubo Metatrônico (ndr: Sequência 5), favorecendo o último Cruzamento/Reversão (ndr: Sequência 6), conduzindo, ao final, à revelação do Cubo Metatrônico na escala global desse sistema solar e da consciência humana (ndr: Sequência 7).

Assim, além dos cinco novos corpos ou cinco novas frequências, a ativação e estabilização das Cruzes Mutáveis e do conjunto das outras Cruzes realizou, pelo impulso Metatrônico, a revelação da Luz Metatrônica, permitindo a alquimia da fusão das três Lareiras, assim como a revelação, não mais central, mas lateral (ou seja, em todas as Dimensões, direções e tempos) da consciência. Isso se traduz, ao nível do corpo, pela movimentação de circuitos (não comunicados até hoje), unindo, lateralmente, a cabeça e o Coração (ao nível de pontos laterais), a cabeça e o sacrum (ao nível de pontos laterais), o Coração e o sacrum (ao nível de pontos laterais).

O conjunto dessa arquitetura permite realizar o fim da separação, processo também chamado Ascensão, Interdimensionalidade, a Vibração/Consciência Metatrônica que permitiu, portanto, realizar e finalizar a constituição do corpo de Existência da consciência humana.

Vocês encontrarão, portanto, abaixo, protocolos comunicados por aqueles que nos acompanham de outros planos para ativar (com posturas), depois estabilizar (com cristais), cada uma dessas sequências.

  • A ativação consiste, na posição imperativamente sentada, em colocar, delicadamente, a ponta dos indicadores sobre os eixos indicados (dois pontos opostos, portanto, por eixo), e a manter essa posição no mínimo dez minutos. Se vários eixos são relacionados, fazê-los sucessivamente, a ordem sendo indiferente.
  • A estabilização consiste em sentar numa cadeira, ao centro de uma cruz constituída de quatro cristais, durante, no mínimo, trinta minutos.
  • Vocês encontrarão a localização exata dos pontos das Estrelas na rubrica "protocolos/as 12 Estrelas".
  • As pessoas que já praticaram o protocolo das Cruzes Mutáveis (ndr: apresentado na rubrica "protocolos/Yoga Integrativo) podem viver cada uma das sequências seguintes (de 3 a 7), em sua única fase de estabilização.
  • As pessoas que não praticaram o protocolo das Cruzes Mutáveis podem viver todas as sequências, num primeiro tempo de ativação, depois, num segundo tempo, de estabilização.
  • Como qualquer prática, as indicações são dadas como pontos de localização, mas a diligência de cada um sendo específica, convém seguir seu próprio sentir, seja na ordem de sequências, sua duração, sua modalidade, sua repetição...
  • Todas essas práticas são facilitadas pelos gestos descritos ou pelos cristais, mas perfeitamente realizáveis em Consciência pura. Como diz ANAEL: "a utilidade dos processos cristalinos não é nem obrigatória, nem indispensável, tanto mais que, progressivamente e à medida do tempo que avança, o afluxo de partículas Adamantinas realizará o trabalho ou a abertura tanto mais facilmente em todo humano que se abandona à Luz".
  • Como esclareceu, igualmente, ANAEL: "É evidente que, quanto mais o tempo avançar, mais a ativação da totalidade da consciência e de suas estruturas vai se fazer segundo o princípio de coerência e de Inteligência da Luz Vibral, fazendo com que um número de humanos sempre maior se beneficie do trabalho de cada um. Quando uma borboleta nasce, o conjunto dos universos o percebe e o vive ".

Sequência 1: A Cruz da Redenção

Ativação
Inspirar-se da ilustração, mais baixa, da "Última Reversão", mas com os eixos AL/OD e IM/IS.

Estabilização


Sequência 2: As Cruzes Mutáveis

Ativação
O processo já foi descrito na rubrica "protocolos/Yoga Integrativo/As Cruzes Mutáveis".

Estabilização




Sequência 3: A Cruz Crística Anterior

Ativação
Inspirar-se da ilustração, mais baixa, da "Última Reversão", mas com os eixos AL/OD e CLAREZA/PRECISÃO.

Estabilização


Sequência 4: A Cruz Crística Posterior

Ativação
Inspirar-se da ilustração, mais baixa, da "Última Reversão", mas com os eixos AL/OD e UNIDADE/PROFUNDIDADE.

Estabilização


Sequência 5: O Quadrado Metatrônico

Ativação
Inspirar-se da ilustração, mais baixa, da "Última Reversão", mas com os pontos das Estrelas UNIDADE/PROFUNDIDADE e CLAREZA/PRECISÃO.

Estabilização


Sequência 6: A Última Reversão/Cruzamento

Ativação
Colocar delicadamente os indicadores sobre as Estrelas dos eixos ATRAÇÃO/VISÃO, depois KI-RIS-TI/REPULSÃO.

         

Estabilização


Sequência 7: As 12 Portas

Ativação
Ela não é necessária porque, nessa sétima sequência, todos os pontos das Estrelas foram, de fato, ativados no curso das sequências precedentes.

Estabilização
Sentar-se numa cadeira, ao centro de um círculo constituído dos doze cristais correspondentes às Estrelas, na ordem indicada e no olhar da posição ao nível da cabeça.

  • AL: rodocrosita
  • REPULSÃO: esmeralda
  • PRECISÃO: selenita
  • AGORA: peridoto
  • PROFUNDIDADE: cunzita
  • VISÃO: Hidenita (hiddénite)
  • OD: turmalina melancia (ou verdelita e rubelita)
  • KI-RIS-TI: cristal Lemuriano/Fonte
  • UNIDADE: quartzo fantasma
  • AQUI: octaedro de fluorine (azul ou verde)
  • CLAREZA: quartzo aqua-aura
  • ATRAÇÃO: topázio imperial




___________________________
Compartilhamos essas informações em toda sua transparência. Agradecemos em fazer o mesmo, se as divulgarem, reproduzindo integralmente este texto e informando sua fonte: www.autresdimensions.com
Versão do francês para o português: Célia G. - http://leiturasdaluz.blogspot.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário