sexta-feira, 13 de maio de 2011

MARIA - O Mês final da Graça [13/05/2011] - Autres Dimensions







13 de maio de 2011.

do SITE AUTRES DIMENSIONS


ÁUDIOS EM FRANCÊS:

PARTE 1:

MARIE_part1-13-05-2011 por autresdimensions

PARTE 2:

MARIE_part2-13-05-2011 por autresdimensions


Eu sou Maria, Rainha dos Céus e da Terra.

Meus Filhos bem amados, aqui como em outros lugares, eu agradeço por sua Presença, por seu acolhimento, por seu estado Interior.

Acolham minha Presença, em sua Presença.

Aí está agora quase escoada a metade do último mês da graça que será marcado, amanhã, pela intervenção solene do Arcanjo METATRON, permitindo restabelecer as condições da Luz, aquelas que prevaleceram antes da falsificação desse mundo.

Este mês que vocês vivem é o mês final da graça que verá começar, a partir de 1º de junho, o momento em que vocês se harmonizarão, em vocês mesmos, no que vocês são e no que vocês creem ser.

Alguns de vocês, durante este mês e a partir de 1º de junho poderão então, por si mesmos, perceber a coincidência que existe entre o que creem ser e o que são realmente, para além da ilusão desse mundo, alguns patamares que lhes permitiram, então, juntarem-se aos estados Vibratórios onde a Graça e a Unidade predominam.

Bem amados, muitos de seus Irmãos e Irmãs não estão ainda despertos à própria Dimensão de Eternidade.

O despertar se faz progressivamente.
Ele se fará, segundo as leis da graça, até o final desse mês.

Após, será tempo de atenuar as distâncias existentes entre alguns de seus Irmãos e de suas Irmãs presentes e ancorados na própria ilusão, crendo estarem na Eternidade.

Assim como inúmeros intervenientes, por esse canal como por outros, estipularam, ser-lhes-á feito, muito exatamente, segundo sua Vibração.

Ser-lhes-á feito, muito exatamente, segundo a Vibração da consciência que vocês terão estabelecido em vocês. Porque a consciência é Vibração e vocês são chamados a despertarem-se na Vibração da Unidade, a colocarem-se em sua nova Dimensão de vida.

Alguns de vocês ainda não estão prontos para viver a passagem para outro estado do Ser.

As circunstâncias históricas desse mundo mantiveram, de algum modo, além da falsificação, uma dissimulação, sem nome, de certo número de eventos que, agora, colidem frontalmente com a Terra, mesmo se, deste lugar onde estou com vocês (ndr: a França), vocês estão, pelo momento, muitíssimo poupados pelo conjunto de manifestações elementares da Terra.

Muitos povos não podem dizer o mesmo que vocês, pelo momento.
Eles estão diretamente, e em plena consciência, imersos, inteiramente, na hora do próprio despertar.

É claro, muitos humanos não falam de despertar, mas de horrores do próprio fim, não tendo qualquer conhecimento, qualquer informação, nem qualquer Vibração sobre o que é, realmente, o processo da Ascensão.

É para tudo isso, doravante, que eu lhes peço elevarem suas próprias Vibrações, a fim de que a Luz atue, cada vez mais profundamente, na escuridão e na ilusão da falsificação desse mundo, a fim de que outras almas reencontrem o caminho da própria Eternidade.

Vocês ouvirão falar, cada vez mais, nos dias e semanas que vêm, e cada dia que passar trará a vocês seu lote de novidades, chamando-os, sempre mais, ao seu próprio despertar definitivo.

Nós concebemos muito bem que aqueles de vocês que vivem os estados de Vibração da consciência, que ainda não penetraram diretamente na própria Dimensão de Eternidade, ou corpo de Existência, podem apenas aderir, através das Vibrações que percebem e sentem, aos processos em curso. Isso já é enorme em relação àqueles de seus Irmãos e Irmãs que não estão ainda despertos, absolutamente, ao que vem.

Vocês entram, doravante, no que foi anunciado por São João, no Apocalipse, em sua última parte, precedendo o retorno de Cristo em Glória.

Os momentos que vocês são chamados a viver e a percorrer, com seus passos e com seus olhos, sobre esta Terra, serão, doravante, repletos de uma grande força Interior, se vocês estão na Vibração.

Em contrapartida, para aqueles de vocês que duvidariam ainda do final desta terceira dimensão dissociada, escutem seu Coração. Coloquem-se à escuta de sua própria Vibração de consciência e vocês verão que, naquele momento, a inevitabilidade de sua liberação aparecer-lhes-á.

Os processos Vibratórios que se instalam atualmente, implementando inúmeros circuitos que foram dados por alguns Anciãos, permitem-lhes, hoje, Interiormente, correlacionar o que vocês vivem como Vibração com o que acontece sobre esta Terra.

Em breve, o conjunto do planeta (mesmo em zonas privilegiadas como aqui) não poderá mais ignorar a modificação dos Céus, a modificação da localização das estrelas, o aparecimento de Hercobulus (de maneira visível e tangível), e fará levantar-se uma questão essencial. Isso representará, também, um choque essencial, como o chamou, assim, o bem amado João.

Vocês estão nas premissas, agora, e isso se conta em dias, do aparecimento, em vocês, como nos Céus, da nova Luz.

Muitos de vocês, sem disso conhecer os prós e os contras, começam a despertar-se à própria Dimensão de Eternidade, sem percorrer esses caminhos de Eternidade, sob forma de fragmentos de reminiscências, sob forma de relâmpagos da Consciência, restituindo-os à própria origem estelar ou Dimensional, ou sob forma de sonhos, ou sob forma de fulgurâncias.

Os sinais vão tornar-se cada vez mais numerosos sobre esta Terra como em seus Céus, como no Interior desse corpo que vocês habitam, ainda por pouco tempo.

Tudo irá, como nós o dissemos, cada vez mais rapidamente, doravante.
A aceleração não será ainda perceptível para todo o mundo.

Lembrem-se da metáfora que empregou o Comandante dos Anciãos (ndr: O.M. AÏVANHOV), a propósito da rã imersa numa água que esquenta muito devagar. Essa água, esquentando muito devagar, a rã de nada se apercebe até o momento em que ela está escaldada.

É exatamente a mesma coisa que acontece, atualmente, sobre esta Terra, onde muitas coisas, centradas na sobrevivência, centradas no fato de ganhar sua vida, são prioritárias, obviamente, sobre as informações essenciais veiculadas pelas Vibrações e pelos eventos desse mundo que lhes são, inteiramente, ocultadas.

Os momentos que vocês são chamados a viver são momentos de grande majestade, de grande Alegria. Mas esses momentos podem transformar-se em momentos de grande tristeza, de grande medo, para todos aqueles que não têm ainda a possibilidade de religarem-se, diretamente, à Vibração da própria Consciência Unificada.

É, portanto, para isso que, a partir de amanhã, nós contamos com vocês, o conjunto de Estrelas, o conjunto de minha Frota, a fim de que vocês redobrem a subida Vibratória, a fim de permitir, a um número sempre maior de seus irmãos e de suas irmãs, juntarem-se às esferas do Ilimitado.

Tudo o que pôde ser preparado, pela mediação da Confederação Intergaláctica dos Mundos Livres, foi realizado.

Resta, agora, prepararem-se para viver essa última passagem.
Resta, agora, prepararem-se para viver a própria liberação do ser humano.

É claro, aqueles de vocês que consideram que a vida possa apenas ser limitada por esse corpo não podem, obviamente, de modo algum, ascender a essa Eternidade, pelo momento, e é nisso que seu papel de Semente de Estrela, de Ancorador da Luz, vai tornar-se, como eu já disse, cada vez mais importante, pelo que vocês veiculam, pelo que vocês mostram e, sobretudo, pelo que vocês irradiam dessa Luz Unitária que volta a vocês.

Vocês já foram os Ancoradores da Luz e Semeadores de Luz, aqueles que permitiram a essa Luz estender-se, nesse mundo, sem demasiadas convulsões, no mínimo limitando o alcance e a duração dessas perturbações, anunciadas por todas as partes, e que já começaram. Estas serão, de maneira importante, reduzidas, em sua duração, mas não em sua intensidade.

Todas as preparações Vibratórias, como o disse Um Amigo, concluem-se, doravante.

Vocês devem penetrar, cada vez mais, nos espaços da Consciência pura, traduzindo-se pela Paz e, em seguida, pela Alegria.

Lembrem-se de que nenhuma emoção, qualquer que seja, pode aproximá-los desse estado de Unidade.

Lembrem-se, também, de que nenhuma crença pode conduzi-los para sua Unidade.

Lembrem-se, também, e isso se tornará cada vez mais evidente, a cada semana que vai passar, doravante, de que o mais importante está no Interior de vocês e de que a Chave de si mesmos está no Interior de si, de que não há ninguém outro a seguir do que vocês mesmos, de que não há ninguém outro a ouvir do que vocês mesmos, não em seus aspectos separados, repletos de medo, de apreensões, mas há apenas vocês mesmos a escutar quando tocam na Paz e na Alegria.

Quaisquer que sejam os nomes que se deem uns e outros, vocês participaram para fazer de modo a que esse último basculamento da humanidade não seja mais, jamais, reproduzido, a fim de que, ao final desta extinção, prevista e programada, não possa mais existir qualquer possibilidade de confinamento.

Então, é claro, inúmeros de seus Irmãos e de suas Irmãs não podem conceber, ou mesmo imaginar, que eles estão confinados nesta Terra. A consciência obscureceu-se, progressivamente e à medida dos milênios, indo até a negar o próprio princípio da reencarnação e, ainda mais, indo até a negar a dimensão do Espírito, bem além das Ilusões desse mundo.

O homem está, portanto, triplamente confinado: confinado nesse corpo, confinado por seus pensamentos e confinado por seus apegos.

Vocês, que percorreram os caminhos da Liberdade, da Liberação (seja inteiramente ou em parte), vocês tiveram uma Graça importante que vocês mesmos fizeram.

Essa Graça, hoje, é tempo de reproduzi-la, para cada humano.
Cada um de seus Irmãos e de suas Irmãs que o tiver decidido, no espaço de um instante, poderá percorrer o caminho que alguns de vocês levaram dezenas de anos a percorrer.

Eu chamei esse mês de maio o mês da última Graça, porque é antes que os sinais tornem-se visíveis, inteiramente, em seu céu e permanentemente, que deve manifestar-se a capacidade Vibratória da Consciência.

O período que começará em 1º de junho (até uma data que não está ainda determinada e fixada) assinala o momento em que vocês devem viver o que vocês criaram. Isso significa, simplesmente, que vocês vão começar, cada um, a se perceberem tal como são, inteiramente.

Vocês não poderão mais enganar a si mesmos, nem aos outros, porque a Transparência, pela ação da Luz, vai estabelecer-se cada vez mais facilmente.

Muitas almas humanas, ainda encarnadas, vão chamar a isso o oposto da Luz porque, obviamente, cada ser humano encarnado reivindica a Luz, mas nenhum tem a mesma definição da Luz, nem a mesma compreensão.

O que vem é Luz.
Isso, vocês que Vibram, sabem.
Mas, aqueles de seus Irmãos e Irmãs que não Vibram, não podem conceber que isso é a Luz porque isso vem pôr fim à Ilusão de seus corpos e à Ilusão desse mundo, dessa sociedade.

Numa visão puramente profética ou escatológica, esse fim, como vocês sabem, vocês, não é um fim, mas, efetivamente, um Renascimento.

É importante que vocês mantenham a lucidez que, para muitos seres humanos, isso se chamará um fim. Apenas do outro lado é que eles perceberão que, de fato, eles foram liberados.

Vocês todos conhecem, aqui, e todos aqueles que me ouvem, o peso das crenças, o peso das limitações, o peso dos medos na vida humana.

É preciso efetivamente compreender, também, e aceitar, que as manifestações da Terra e do Céu, entrando numa nova fase, vão lembrar a todos os humanos, Vibrantes ou não Vibrantes, do que foi anunciado pelos profetas, desde tempos imemoriais. Isso foi chamado, é claro, em muito numerosas reprises, o Julgamento Final, mas, lembrem-se de que não há ninguém mais do que vocês mesmos que se julgam e vocês se julgam sempre em relação à Luz que vocês creem ser e em ressonância com a Luz que vocês são realmente.

Esses tempos são os Tempos da Ressurreição.
São os tempos (como eu o disse, no início do mês, no final de seu mês precedente) em que inúmeras partidas far-se-ão em massa.

As condições astro-climáticas deste planeta vão tornar-se, em inúmeras regiões, de tipo bíblico. A humanidade passou, em muito numerosas reprises, por esses períodos de perturbações.

Muitos daqueles que têm os cordões desse mundo, pelo momento ainda, tudo fizeram para esconder-lhes isso, de todos os modos possíveis. Mas ninguém poderá mais ignorar isso, a partir do início do mês de junho, por múltiplas razões, que se tornarão totalmente evidentes e transparentes.

Eu falei, há muito tempo, e volto nisso, hoje, sobre o que foi chamado os Três Dias de Trevas, que devem ser anunciados três dias antes.

Esse anúncio far-se-á por um Canto.
Esse Canto será o Canto da Ressurreição, em que o Canto da Terra misturar-se-á ao Canto do Céu, estabelecendo, em vocês, uma nova conexão, e permitindo, então, à minha voz exprimir-se no Interior de vocês, precisando-lhes esse período.

Mas os sinais serão, agora, tão patentes, tão evidentes, sob seus olhos, diretamente em seus Céus e sobre esta Terra que, mesmo inconscientemente, a alma humana perceberá (porque ela já o viveu em inúmeras reprises) os eventos que estão aí.

É claro, haverá sempre humanos, muitos de seus Irmãos e de suas Irmãs, mesmo até o último limite desse mundo, que estarão na negação total.

Lembrem-se de jamais julgar, de jamais condenar, mas de amar sempre, ainda, mesmo aqueles que os golpearem por suas crenças e, sobretudo, por sua vivência. Assim é o humano enquanto não está desperto à própria Eternidade.

O Infinito e o Eterno dão medo.
As leis do confinamento foram tais que se pode dizer que muitos seres humanos estão ainda atrofiados, devido à ruptura Vibratória com a Fonte Una, devido à ruptura Vibratória com a própria Família Estelar.

É importante apreender que, sempre, e, sobretudo agora, ainda mais do que antes, a Lei de Graça estará em ação, permanentemente.

Além do mês da Graça, a Lei de Graça será sua herança, no momento da Ressurreição. Ser-lhes-á feito, muito exatamente, segundo sua própria Vibração e, como foi dito, na medida com a qual vocês julgam, vocês serão julgados, mas por si mesmos, iluminados.

Muitos grupos de humanos vão se servir, também, deste período que começa, para um chamado a reviver as antigas religiões ou as novas religiões que outros querem instalar. Guardem suas distâncias, tanto em relação a uns como em relação aos outros, porque um desses grupos, como o outro desses grupos quererá, a todo custo, levá-los a reagir, para voltarem a penetrar as esferas da Dualidade, a ali exprimirem-se, em Consciência, a fim de manter uma aparência de confinamento.

Lembrem-se de que vocês são, unicamente, sua vibração, que vocês não são nem suas crenças, nem seus medos, nem suas convicções.

Os elementos, os eventos, serão propícios aos diversos jogos apocalípticos que os reconduzem a um Cristo vingador, que não existe, ou enviando-os para um Cristo hedonista desse mundo, que não existe mais.

Lembrem-se de que esse mundo é um mundo confinado, onde não existe qualquer liberdade, onde existem apenas obrigações de encarnar-se, de reencarnar-se, de submeter-se, permanentemente, a uma autoridade, qualquer que seja, onde vocês não têm uma onça sequer de liberdade, mesmo se a vida é, e continuará, sempre bela, mesmo falsificada.

Vocês são chamados, hoje, a despertar-se.
O Anjo METATRON virá, de algum modo, concluir o trabalho das Cruzes da Redenção, Cruz Fixa e Cruzes Mutáveis, revelando o cubo, forma geométrica mais perfeita dos Universos e das Dimensões.

Ele desvendará, em vocês, a reconexão à Eternidade e selará, de algum modo, a Ressurreição.

O desenvolvimento da energia Metatrônica é o que foi anunciado, desde anos, como o sinal do fim dos Tempos. Esse fim dos Tempos não é o fim dos mundos, mas o fim de um tempo, o fim de um tempo ilusório, o despertar à sua Verdade, à sua Eternidade.

Recordem-se dessas palavras e, mais do que tudo, recordem-se de que vocês são Seres de Vibração que não podem ser confinados, onde quer que seja, ou por quem quer que seja, e de que o que vem a vocês é, realmente, o fim do confinamento.

O que vem a vocês é o retorno do Ilimitado.
Cabe-lhes, a cada um, agora, definir, ainda mais seriamente do que antes, sua prioridade e, além de suas prioridades, eu diria, mesmo, seu objetivo.

Qual é seu objetivo?
Será que seu objetivo é a manutenção de uma forma ilusória ou de um confinamento?

Ou será que seu objetivo é reencontrar sua dimensão de integridade, eterna e infinita?

Todo o resto, eu digo efetivamente, todo o resto, face aos eventos, não são escolhas ou, em todo caso, escolhas acessórias.

Os eventos que se desenrolam sobre a Terra são feitos, também, para fazê-los sair de uma lógica linear, onde cada instante do ser humano é uma antecipação do tempo futuro, seja através de suas relações afetivas, suas relações de filiação, suas relações financeiras.

Vocês vão reencontrar, realmente, pela força das coisas, o que é o instante presente, onde nada mais é importante que esse instante presente, aquele instante passado na comunhão com vocês mesmos e com seus outros Irmãos e Irmãs.

Vocês vão, de algum modo, viver o fato de redefinir suas prioridades.
Se suas prioridades estão em acordo com a Luz, sem falsas aparências, então, vocês provarão a Alegria e a satisfação do objetivo em curso de realização.

Se tal não é seu caso, então, sigam seu caminho em paz.
É útil lembrarem-se de que vocês não devem deixar-se arrastar por grupo algum, aquele voltado para o passado ou aquele voltado para um futuro idílico desta Terra, que não existe.

Vocês devem permanecer os mais neutros possíveis, evitar reagir.
Estejam na ação, a ação Interior como exterior, aquela que lhes permite descobrir-se e liberar-se.

Afastem-se de tudo o que lhes apareça como superficial, tudo o que quereria prendê-los a valores que desabam, quaisquer que sejam.

Será tempo de demonstrar, agora, sua aptidão real e sua capacidade para instalar-se, verdadeiramente, no presente, viver a quintessência e a Unidade, porque apenas no instante presente é que se encontra a Unidade e a Verdade e é nesse instante presente que vocês extrairão as forças para levar a efeito o que resta a efetuar, no exterior, aí onde vocês estão.

Não creiam absolutamente em nada do que anunciarão aqueles que vocês chamam as mídias oficiais, os governos, porque, mais do que nunca, eles serão chamados a mentir-lhes sobre tudo.

Creiam apenas em sua própria Vibração ou, frente a um evento ou a uma informação não vivida diretamente, assegurem-se de que a resposta, em seu Coração, é a boa, porque a confusão será, não duvidem, levada ao seu extremo.

Aqueles que buscarem, no exterior, uma satisfação, qualquer que seja, não poderão ser satisfeitos exteriormente.

Caberá a vocês, também, demonstrar essa verdade essencial, que muitos de vocês, eu estou certa, começaram a viver: que tudo vem do Interior, que esse mundo é uma projeção e que, por sua capacidade para não mais projetar-se, ao mesmo tempo mantendo sua presença sobre esse mundo, vocês demonstrarão, também, sua própria Unidade, a si mesmos como àqueles que terão a chance de estar ao redor de vocês.

O período que se abre é, certamente, o período mais importante, para o mundo do Espírito, que viveu a Humanidade desde extremamente muito tempo.

Se vocês não têm ainda a oportunidade de viver as Coroas Radiantes, coloquem sua atenção e sua Consciência em sua Eternidade. Levem sua Consciência, e mesmo seu mental, se ele aí permanece, na Luz, não aquela que vocês projetariam, mas na Unidade e na Luz Vibral.

Eu voltarei, quanto a mim, a partir do fim desse mês de Graça, ou seja, em 1º de junho, às 17 horas [hora francesa], em comunhão e em Presença, uns com os outros.

Se existe, em vocês, em relação ao que acabo de desenvolver, questões às quais eu possa responder, então, eu o faço agora.

Não temos perguntas, agradecemos.

Bem amados Filhos da Luz, bem amados Filhos, bem Amadas Sementes de Estrelas, se há uma coisa a reter, e uma única, é que o Amor e a Luz são indispensáveis para qualquer Vida e para qualquer Consciência.

Não pode ser de outro modo.
Somente aqueles que, de maneira forçada ou de maneira voluntária, afastaram-se da Luz, suficientemente para crer que uma vida sem Luz era possível, não tardarão a ver-se demonstrar exatamente o inverso.

Aí também, não julguem, é o caminho deles.
Agradeçam toda a vida voltada para a Vida, ou voltada para o encontro da Vida, porque ela participou do que vocês vivem, nesse momento, ao seu modo.

O conjunto da Confederação Intergaláctica dos Mundos Livres junta-se a mim para transmitir-lhes todo nosso amor e toda nossa Unidade.

Nós os deixaremos, portanto, amanhã, em companhia do Anjo METATRON e de seu último trabalho.

Quanto a mim, dignem-se acolher minhas bênçãos.

Eu estou com vocês.
Até breve.

___________________________
Compartilhamos essas informações em toda sua transparência. Agradecemos em fazer o mesmo, se as divulgarem, reproduzindo integralmente este texto e informando sua fonte: http://www.autresdimensions.com/
Versão do francês para o português: Célia G.
Revisão: beto junior

Nenhum comentário:

Postar um comentário