domingo, 20 de março de 2011

AÏVANHOV - 20 de março de 2011 - Autres Dimensions





20 de março de 2011.

Mensagem publicada em 22 de março, pelo site AUTRES DIMENSIONS.


E bem, caros amigos, estou extremamente contente por reencontrá-los e eu lhes transmito todo o meu Amor e todas as minhas Bênçãos.

Então vamos interagir, através das questões que vocês irão colocar.
Mas, antes de qualquer coisa, como Comandante dos Melquisedeques, estou encarregado de lhes dar uma mensagem. Então, obviamente, nada há de novo sob o sol, uma vez que Miguel já disse há três semanas, não é?

Ele lhes disse para prepararem-se, assim como Maria também.
E eu lhes digo simplesmente que, a partir de hoje, o momento chegou de tecer o casulo de Luz, a fim de que a lagarta se torne borboleta.

Vocês entraram, a partir de hoje, na precipitação a mais intensa de Luz que conheceu a humanidade desde tempos imemoráveis.

Vocês entraram verdadeiramente nos intensos preparativos de sua transformação.

O momento chegou.
Aí está o que eu tinha a lhes dizer.

Agora, vou escutar tudo o que vocês têm a me colocar como questões e vamos tentar, juntos, avançar.

Aí está, podemos começar.
Vamos.


Questão: Como provar a Alegria enquanto a tristeza é preponderante?

Cara amiga, é muito simples.
Se você prova uma tristeza é que você sente uma tristeza, não é?
Isso quer dizer que você se identificou, você mesma, à sua tristeza, mas, dito de modo diferente, é claro, porque, segundo as sensibilidades de cada um dos Melquisedeques, nós todos insistimos nisso, a primeira coisa a fazer é compreender que você não é essa tristeza.

Em segundo lugar, a segunda coisa a fazer é compreender que você não é tampouco esse corpo e tampouco o que você vive.

Você é muito mais do que isso.
Então, agora, isso quer dizer o quê?
Isso quer dizer que a Consciência se monopolizou, de algum modo, dessa tristeza.

Esse é o primeiro elemento.
Portanto, é preciso se desincrustar, se desidentificar da tristeza porque você não é essa tristeza.

A segunda coisa a compreender, que é importante, sobretudo hoje é que a Luz está aí e que a Luz é Vibração (além da energia é uma Vibração) e que a Vibração da Consciência permite transmutar a tristeza na Alegria. Quer dizer que, assim que haja captação da Luz, assim que haja a ativação dos chacras, naquele momento, obviamente, progressivamente, eu diria, a partir de agora, cada vez mais, com um chute no traseiro, vamos, vocês vão se desidentificar de tudo o que não é ligado à borboleta.

Portanto, isso quer dizer que é preciso despolarizar a consciência e efetivamente, já, colocar como postulado que você não é a tristeza, que você vive. Se há tristeza isso quer dizer que há identificação, projeção da consciência para fora do que é essencial.

Simplesmente.
Portanto, não é como fazer, porque nada se faz.

Basta Ser.
Mas, para Ser, é preciso abandonar o fazer, quer dizer que é preciso abandonar a crença (por que é uma crença e nada mais) de que a tristeza que você prova é você.

Há um processo de desidentificação.
Não é uma visão do espírito, é a estrita verdade.
Portanto, não é questão de opor a Alegria à tristeza porque a tristeza não se opõe à Alegria.

A Alegria não é uma emoção.
Eventualmente, o prazer pode se opor à tristeza, porque é uma emoção. Mas o prazer, qualquer que seja, não expulsará jamais, de maneira definitiva, a tristeza.

O único modo é descobrir a Alegria, e descobrir a Alegria é se desidentificar das emoções, é aceitar e viver, em Verdade, que não se é nem esse corpo nem suas emoções, mas, simplesmente, Veículos.

Agora, é-lhes solicitado para identificarem-se à Luz.
E isso faz parte de uma espécie de intermediário, eu diria, que é a Verdade estrita do que há a viver: é ser percorrido pela Vibração da Luz.

Mas vocês ali serão ajudados porque, com tudo o que se derrama sobre a Terra, que vem lá de cima e de sob seus pés, vocês viverão a Luz em níveis que vocês não imaginam mesmo ainda. Mas recordem-se de que, porque a Luz desce cada vez mais, há reações a esta Luz pelo não acolhimento.

Há seres que vão entrar em formas de reações extremamente violentas à Luz. Eles pensam que se liberam da dependência pela reação, mas a reação conduz apenas ao prosseguimento da Ilusão, porque ela mantém a Ilusão. Portanto, cabe a vocês saber se querem permanecer lagarta ou fazer o casulo para tornarem-se borboleta.

E isso está aberto a todo o mundo.
Não há qualquer limitação possível de saúde, de psicologia, de carma ou do que quer que seja mais. Há apenas sua própria polaridade de Consciência que pode se opor à sua própria liberação. Quer dizer levar sua Atenção e sua Intenção a outra coisa que não a tristeza, a outra coisa que não as misérias desse mundo.

Busquem o Reino dos Céus.
Busquem a Luz, abandonando-se a ela.
Todo o resto é apenas futilidade e perda de tempo.
O que não os impede de continuar a viver na Alegria.


Questão: Qual é a diferença entre os raios gama da Terra e aqueles do Céu?

Então, cara amiga, a Luz é constituída de Partículas Adamantinas.
Para aqueles que têm a capacidade de vê-las, isso naa tem a ver com os glóbulos de prana.

Vocês podem imaginar, se não as veem: as Partículas Adamantinas são o que os Orientais chamam os Agni Deva.

O que é o Agni Deva?
É a partícula elementar com a qual vai se arranjar o conjunto de Dimensões, o conjunto de Universos e o conjunto de Multiversos.

Se querem, é muito menor do que um prana.
A Luz está no interior.

Não há círculo e algo que se desloque lentamente.
Isso se desloca muito rapidamente.

E, atrás do deslocamento, há uma cauda como uma cauda de cometa.
Há quem chame isso, com humor, de espermatozoides.

Podem assemelhar-se a isso, espermatozoides de Luz, porque fecundam, realmente, esta Dimensão. Então, os deslocamentos, para aqueles que o veem, são emissões de irradiação.

A Luz é o arranjo de seis moléculas prânicas ou de seis fótons.
Esses seis fótons, que haviam sido separados quando da falsificação, são onipresentes, agora, no Céu e sobre a Terra. Muitos de vocês os percebem através de sua própria Vibração e através do que veem, realmente, com seus olhos, os olhos dos olhos, não os Olhos do Coração, mas isso se pode ver com os dois.

Compreendam, efetivamente, que a cauda dessa Luz é uma irradiação.

Essa irradiação é chamada radiação gama por seus cientistas.
Eles chamam a isso, eu creio, radiações ionisantes.

Então, qual é a diferença entre as radiações gama que vêm do Céu (a Onda Galáctica, a irradiação de Alcyone) e as radiações gama que vêm da Terra?

Eu esclareço, como Miguel lhes disse, que a radiação gama vem também da Terra. Ela vem do Núcleo Cristalino, mas vem também do que houve sobre essa Terra, aparentemente há pouco tempo, como radioatividade.

As radiações gama participam, portanto, da ação da Luz.
A diferença essencial entre a Luz e sua irradiação que vem do Céu ou da Terra é que há as partículas fotônicas, reunidas por seis, formam um hexágono com uma cauda de Luz que é a irradiação gama.

Vocês não podem se tornar borboleta sem tecer o casulo.
O casulo, ele se tece com sua Consciência, pela Atenção, a Intenção, a Ética, a Integridade e a Vibração: primeira etapa.

Este estado de Consciência (que vocês geram por si mesmos e o Abandono à Luz) vai permitir às Partículas de Luz e às radiações ionisantes virem transmutá-los.

A Onda Galáctica é o quê?
É a Luz e as irradiações.

O Sol, quando vai se transformar (e já está se transformado), as Irradiações ultravioletas que vocês recebem são Partículas de Vibração que estão exatamente antes das radiações gama. Então, obviamente, há quem vai lhes dizer que as radiações gama destroem o corpo.

Mas, justamente, é o que é necessário, não é?
Vocês não podem se tornar borboleta se vocês permanecem lagarta; é preciso ser lógico, de qualquer modo. Então, obviamente, há outros tipos de irradiações que, aí, não são da Luz, que são mais das forças involutivas, que alimentam os planos não mais astrais, mas os domínios ligados ao que é chamados as moradas infernais.

Steiner chamava isso Ahriman, ou seja, o Lobo Fenris, ou seja, as forças as mais opostas à Luz que fossem.

A irradiação gama é anterior ao outro tipo de irradiação que é chamada alfa, a qual é muito negativa. Mas, como a Luz chega antes, não há qualquer inquietação a ter.

Quanto mais vocês estiverem no casulo, menos a irradiação alfa (e os inconvenientes dessa irradiação) poderá atingi-los. Mas atenção, porque, como vocês sabem, o que se chama a Sombra utiliza sempre, em proveito próprio, o que foi criado de luminoso para revertê-lo, não é?

Para invertê-lo.
É exatamente o mesmo processo que está em curso.
Atualmente, vocês sabem, desde os Casamentos Celestes, a Luz se derrama sobre a Terra. Miguel tocou a Terra, Cristo também, e as Forças da Sombra tentam, por todos os meios, recriar, de algum modo, uma matriz astral.

E elas tentarão até o prazo final.
Como é que se recria uma matriz astral?
Pela ação/reação e pelo medo.

Portanto, se você tem medo, se você tem tristeza, você alimenta a matriz e a Sombra.

Não há outra alternativa.
Se vocês se abandonam à Luz e deixam as Partículas de Luz e as irradiações da Luz transformá-los, vocês não dão qualquer energia, qualquer Atenção, qualquer Consciência às forças opostas à Luz.

É tão simples assim.
Cabe a vocês saber o que vocês querem nutrir, em vocês e no exterior.


Questão: Acordar às 3h da manhã tendo o corpo em catalepsia corresponde a quê?

É o casulo que se tece.
Assim como não mais conseguir pensar de modo coordenado, não mais se lembrar de nada, sentir Vibrações, nesse momento, extremamente fortes, ou ao nível dos chacras, ou ao nível do 12º corpo (ao nível da espinha do nariz).

É a criação da Unidade e da Androginia Primordial.
E isso se acompanha, efetivamente, do que a personalidade poderia chamar de desagrados, ou seja, a incapacidade para mover o corpo, momentos de catalepsia, momentos em que o cérebro não funciona mais.

Tudo isso é estritamente normal.
Isso vai muito bem.


Questão: Sinto como se tivesse balões nos ouvidos e a cabeça querendo afundar no corpo.

Então, muitos de vocês observaram que, desde já algumas semanas, os sons percebidos nos ouvidos mudaram de intensidade e de frequência.

É completamente normal.
Isso corresponde à chegada de Hercobulus e de seu cortejo de cometas que se dirigem para a Terra. Tudo isso que vocês ouvem agora é o Som do Universo, é o Canto da Luz e isso se traduz por sons que se modificam.

Lembrem-se de que Maria disse que três dias antes dos Três dias vocês ouvirão esse som, não mais unicamente em seu ambiente próximo (ouvidos e cabeça), mas no conjunto da Terra. E, a um dado momento, vocês terão a surpresa de constatar que pessoas as quais, até o presente, não se interessavam por espiritualidade, de repente, por toda parte na rua, vão se dizer: mas o que é isso, esse som?

Naquele momento, vocês saberão que poderão entrar em casa e deitar-se.

É muito simples, aí também.
Mas o som está, efetivamente, chegando.
A magnetosfera está muito profundamente despedaçada.
Isso quer dizer que o Arcanjo Miguel, quando de sua última penetração no Sol, permitiu (como ele próprio o disse no final de fevereiro) dar à luz um processo Vibratório extremamente importante.

Ele próprio lhes disse que, doravante, ele era Cristo-Miguel, porque a Vibração Cristo-Miguel (que corresponde, eu os lembro, independentemente da Cabeça, ao chacra de enraizamento da Alma e do Espírito) dá uma ignição do Coração e um Fogo extremamente importante.

Esse Fogo Solar foi traduzido por trovoadas solares, como vocês as chamam, mas que, sobretudo, despedaçou, inteiramente, a magnetosfera. Não falta muito para que a magnetosfera seja totalmente esmigalhada.

Eu diria, um pequeno estímulo, na escala cósmica.
Mas este estímulo, ele será conduzido pela chegada sobre o plano do eclíptico de Hercobulus, que tem diferentes nomes agora.

Mas Hercobulus não vem só.
É uma armada, não é?

De Arcanjos e também do que vocês chamam, eu creio, a anã negra, ou seja, a companheira, a gêmea de seu Sol, de nosso Sol, que havia sido separada pelas forças de falsificação.


Questão: Eu vejo Seres de Luz, mas não consigo comunicar-me com eles.

Oh, cara amiga, é muito simples.
Há seres que têm necessidade de ir ali, suave, suave [mollo, mollo].

Isso quer dizer que a primeira etapa é vê-los.
Mas, similar para a Existência, há muitos entre vocês que vivem Vibrações e catalepsias e se dizem «é o momento» e sentem que estão prontos para partir, mas eles não partem, porque são retidos pelos laços, nos tornozelos ou nos punhos, vibratórios, porque não é o momento. Do mesmo modo como vocês percebem a Luz, do mesmo modo como vocês começam a entender a Luz, vocês começam a ver Seres de diferentes Dimensões.

É a primeira etapa.
Mas, se eles se pusessem a dizer: «tenha um bom dia, como vai você?», haveria tal emoção que a comunicação interromper-se-ia diretamente.

Vocês estão, não se esqueçam, do lado da Sombra nesse Mundo.
Quer dizer que vocês devem se habituar, progressivamente, à Luz.

E é esse processo que está em curso, atualmente.
Portanto, os Seres de Luz, pelo momento, vão se manifestar, preferencialmente, nos momentos em que vocês estão, ou à noite, em suas camas, ou dormindo, ou meditando. Mas eles não vão apertar-lhes as mãos de imediato, porque isso poderia lhes dar muito medo e, portanto, de algum modo, quebrar esta Ascensão Vibratória que está em curso.

Portanto, é um fenômeno de aclimatação que é perfeitamente normal.


Questão: Haverá tempo de se transformar, enquanto tudo se acelera?

Mas isso irá cada vez mais rapidamente.
A aceleração será colossal.

Desde 28 de fevereiro, desde o início de março, nós o dissemos, uns e outros, que vocês deverão preparar-se para ver as coisas irem cada vez mais rapidamente no exterior, mas isso não quer dizer que vocês devam ir cada vez mais rapidamente. Ao contrário, vocês devem ir cada vez mais suave, suave [mollo, mollo].

Isso quer dizer soltar e permitir à Luz tudo dirigir em vocês.
Obviamente, vocês estarão prontos.

Vocês estarão prontos quer dizer que, paradoxalmente, o exterior acelera-se e o Interior parece como condensar-se e parar. É um movimento que vai exatamente ao inverso entre o que vocês observam na dissolução da matriz (que está em curso) e o que acontece na re-criação de seu Ser de Luz.

De um lado, o movimento.
Do outro, a imobilidade que vai conferir, no último momento, a Liberdade total. Mas tranquilizem-se, aquilo ao que vocês dão sua Atenção concretiza-se em sua vida.

Portanto se vocês passam seu tempo a olhar as coisas que vão cada vez mais rapidamente, vocês se arriscam, efetivamente, a deixar o mental tomar a dianteira e conduzi-los a montar, novamente, a bicicleta e a pedalar cada vez mais rapidamente. É naqueles momentos que é preciso, ao contrário, interiorizar-se e deixar a Luz agir, inteiramente.


Questão: Você pode falar dos animais que são paródias de criação?

Oh, simplesmente, há variedades infinitas de animais sobre esta Terra.

Alguns são criações luminosas.
Outros foram paródias que não existem nas outras Dimensões.

Por exemplo, os felinos.
Por exemplo, as baleias.
Por exemplo, os golfinhos que são, em outros mundos, Consciências extremamente evoluídas, não estando em corpos carbonados, mas em corpos cuja morfologia e a estrutura sutil de Luz correspondem exatamente ao que vocês, ao que nós, tivemos sobre a Terra.

Por exemplo os golfinhos que vêm de Sírius, por exemplo os leões, os leoninos que vêm de Arctúrius etc., etc. E, além disso, há outras paródias que foram transplantadas quando da falsificação.

Há, por exemplo, um símbolo que não é uma raça propriamente dita: não há um povo, por exemplo, de abelhas, mas as abelhas, como vocês sabem, são religadas ao Cristo.

É um símbolo que, em minha vida, adorei profundamente.
E há, além disso, uma paródia: é a vespa.

Portanto, vejam vocês, há criações que se materializaram, de algum modo, sobre esta Terra. Há presenças que são bem mais evoluídas do que o ser humano, ainda, sobre a Terra (os golfinhos, as baleias, que vêm de Dimensões bem superiores ao homem, hoje, sobre a Terra) e que, de algum modo, aceitaram ser «prisioneiros». Porque eles, eles não são prisioneiros, eles têm ainda a multidimensionalidade, apesar da falsificação.

São almas livres.
E, hoje, aqueles povos desaparecem da Terra.

É hora do retorno a casa, para eles.
Portanto, vejam vocês: aí também, vocês podem adotar o olhar da lagarta que vai chorar, porque os golfinhos e as baleias se vão, ou o olhar da borboleta, ou seja, a Alegria de ver essas Consciências retornarem para seu mundo de origem e não mais terem necessidade de criarem estruturas carbonadas nesta falsificação.


Questão: Que responder às questões sobre a morte dos animais, por exemplo?

Que a hora chegou de deixar a Terra.
De fato, não são vocês que deixam a Terra, é a Terra que os deixa, não é de modo algum a mesma coisa.
Porque a Ascensão da Terra é concomitante e preliminar à Ascensão da humanidade.

Agora, nada há a responder.
O único modo verdadeiro de estar na Unidade e no Abandono à Luz é manifestar, você mesmo, este Abandono à Luz. Porque uma pessoa que vier lhe colocar uma questão assim é alguém que tem grandes interrogações.

As interrogações, elas estão sempre na cabeça, no mental.
Portanto, é necessariamente alguém que não vive as Vibrações, porque aquele que vive as Vibrações do Coração, basta que ele se alinhe em seu Coração para não mais ter qualquer pergunta, porque tudo está aquiescido, tudo está integrado na Luz Una.

Portanto, é a dissolução da Ilusão.
Então, obviamente, àquele cuja única realidade é esse mundo, vocês não vão lhe dizer que é uma Ilusão. É o melhor modo de recair na Dualidade, porque vocês vão provocar reações.

Portanto, o único modo de responder é entrar na vibração, entrar na Unidade e dizer o que vocês quiserem, mas sob a influência da Luz e não sob a influência da Dualidade mental ou da ação/reação, porque isso vai afastá-los, inexoravelmente, da Luz.

Vocês constatarão, em seus ambientes próximos, que as pessoas que não estão prontas para viverem esta transformação que está em curso vão, não unicamente negar o que está em curso, mas agredi-los, inteiramente, porque, para eles, vocês são os palhaços.

A Luz não existe para eles.
A única luz é a luz do dia.

A Luz é algo que eles não podem nem conceber, nem aceitar.
Há já muito tempo eu falei de duas humanidades que se separavam.
A humanidade é Una, mas é preciso deixar a liberdade ao outro que recusa a Luz.

O que vocês vão fazer?
Vocês não poderão jamais convencê-lo com palavras.
Mesmo quando vocês virem coisas em seu céu, muito mais importantes do que é visto atualmente (sejam as Embarcações, as ondas de ovnis que houve, dos Vegalianos, as três fases sucessivas), há pessoas que não querem mesmo vê-las.

Estão no céu, mas elas não querem ver.
Por quê?

Porque elas olham para outros lugares.
As pessoas foram tão condicionadas a viver a vida a mais banal e a mais curvada que fosse (que as preenche de emoções e que vai lhes permitir correr atrás do dinheiro, correr atrás da segurança) que elas se recusarão a ver a Luz.

Então, o que vocês podem fazer por aqueles seres?
Se vocês tentam dialogar com eles, vocês sairão de seu estado Vibratório e de sua Unidade.

Não é assim que vocês os ajudarão, não é?
Portanto, é preciso respeitar a liberdade.

Vocês podem apenas estar na Vibração, mas, mesmo estar na Vibração, se vocês sobem demasiadamente na vibração, vocês reencontrarão pessoas que serão chocadas por seu estado Vibratório, que vão se sentir muito mal porque, para elas, vocês são loucos.

Então, será que vocês são loucos?
Para eles, sim.

Mas vocês sabem que estão na Verdade da Vibração, que vocês transcenderam (por alguns lados, pelos Casamentos Celestes, pela ativação das Lareiras) um nível ilusório. Mas, àquele que está na Ilusão, não é dizendo-lhe que vive uma ilusão que ele sairá da Ilusão, dado que é a Vibração que faz sair da Ilusão.

Não é uma crença.
Vejam vocês, é um paradoxo, ou seja, vocês não podem conduzir ninguém para onde vocês estão.

Isso faz parte da liberdade.
Portanto, evitem entrar nas palavras e nas discussões porque, não somente ele não sairá da ilusão, mas vocês serão, literalmente, aspirados, ao nível Vibratório, aos níveis onde não há mais Luz.

E assim (vocês todos constataram ao redor de vocês), pessoas que vão procurar conduzi-los a lugares ou a Vibrações onde vocês não querem mais estar.

Ora, o problema é que o ser humano tem o hábito de falar.
Portanto, se alguém lhes coloca uma questão em relação a algo em seu bom Coração Vibratório, vocês vão tentar explicar.

Mas vocês vão se encontrar confrontados com recusas cada vez mais violentas. É exatamente o que foi previsto quando eu disse que, durante este período, vocês teriam delírios cada vez mais importantes.

Vocês o observam ao redor de vocês e isso é apenas o início.


Questão: As partidas maciças poderiam acontecer de outro modo do que na dor?

O que é dor?
A dor é a oposição à Luz.
Quando há não oposição à Luz (ou seja, quando há saída da Dualidade e entrada da Unidade), a dor não pode existir.

Portanto, a dor está ligada à ação/reação.
E será a mesma coisa para toda Consciência: ou ela está na oposição, ou ela está na aceitação.

Isso não pode acontecer diferentemente e já é muito suave o que acontece, hein, com relação (se vocês releem, por exemplo, as profecias que foram dadas por São João) a outros profetas que anunciaram coisas terríveis. Mas essas coisas terríveis, elas são função, também, de seu olhar.

Se a Atenção se porta na dor, vocês viverão a dor.
Se a Atenção se porta na Luz, vocês viverão a Luz.

Apenas o olhar separado é que vislumbra a dor, porque a dor é uma emoção.
Mas, enquanto há emoção, não há Unidade, é impossível.

A emoção é ação/reação.
Ela faz parte da falsificação, inteiramente.
Vocês não podem se estabilizar no Coração e viver a Unidade do Coração e o Fogo do Coração enquanto há em vocês emoções.

Isso não é possível.
Mas a Luz concorre para fazê-los acolher ainda mais Luz, abandonar-se ainda mais à Luz.

Mas o que vocês querem fazer para os seres que se opõem à Luz?
Porque a Luz é desconhecida neste mundo.

E lembrem-se de respeitar a liberdade de cada um.
A dor, ela não os segue no além.

A dor, ela não os segue nos Mundos Unitários.
Ela faz parte, irremediavelmente, desse mundo.
Aí também, é um processo de desidentificação para vocês mesmos.

Mas aquele que está mergulhado e imerso em sua dor, por mais que vocês lhe digam que ele deve sair da dor, o que é que isso vai mudar?

Absolutamente nada.
Apenas por sua elevação Vibratória, individual e coletiva, como Miguel lhes disse, é que vocês liberarão esse mundo e aliviarão o peso do sofrimento. Mas vocês devem, para isso, ir vocês mesmos para sua própria leveza e não dar tomada às forças da Dualidade (o medo, a tristeza, as emoções, a ação/reação, a vontade de fazer o bem para escapar ao mal) que nos ligam sistematicamente à matriz.

A Unidade é um estado de Consciência que se vive pela Vibração do Coração e não pela cabeça, jamais.

A cabeça é o pior obstáculo.
O intelecto, a razão que lhes serviu para evoluir nesse mundo é o pior obstáculo para ascender à Unidade. Não é por acaso que os modelos orientais insistiram nas técnicas que permitem, inteiramente, expulsar o mental.

Isso é muito importante.


Questão: Estar num estado hipnótico lendo uma canalização, corresponde a quê?

E bem, isso quer dizer que o objetivo é atingido.
Lembrem-se de que, mesmo quando eu faço longas frases, obviamente, há quem vá captar as palavras e permanecer nas palavras, e outros que irão para além mesmo do significado da palavra para penetrar diretamente na Vibração.

Então, os apoios, mesmo do papel escrito, portam a mesma Vibração, quer dizer que vocês podem, por exemplo, ler o que foi transcrito do que eu disse em minha vida.

Não é por isso que vocês vão entrar na Vibração.
Mas, agora, se vocês leem o que eu disse, lá, nesses anos (seja o Arcanjo Miguel ou eu mesmo ou não importa quem mais) vocês vão, cada vez mais facilmente, entrar na Vibração.

Isso prova, simplesmente, que vocês estão abertos à Vibração.
E outros vão ler dizendo: «Mas não é possível que seja Miguel», porque eles estão no mental e, portanto, na discriminação, e eles não estão abandonados à Luz.

Vocês podem muito bem colocar-se diante de um texto (de palavras que eu disse ou que disse Maria), e, sem mesmo lê-lo, vocês viverão as mesmas energias porque o que predomina é a Consciência e não as palavras.

As palavras são um álibi.
Isso não quer dizer que se disseram tolices, hein, não é?


Questão: Ter o corpo acima de si balançando, corresponde a quê?

É exatamente o processo que está acontecendo.
Como eu disse, os sons nos ouvidos modificam-se, as percepções das Coroas Radiantes amplificam-se, os Novos Corpos tornam-se cada vez mais ativos e a impressão de balançar (seja no sentido alto/baixo ou baixo/alto ou lateralmente, seja em pé, deitado ou sentado) traduzem as oscilações que se produzem, atualmente, sobre a Terra, porque a Terra, ela dança um pouco, não é?

Ela prepara fisicamente seu basculamento e seu crescimento e, portanto, sua Ascensão.

E vocês, vocês estão religados ao Céu e à Terra.
O corpo que vocês habitam é constituído de partículas desta Terra.
E a Terra está vivendo sua Ascensão.

É agora.
Isso Maria lhes disse.
Portanto é normal que vocês participem, vocês também, por sintomas amplificados ou novos (que não são o reflexo de qualquer doença nem de qualquer desequilíbrio), de um novo equilíbrio que está se estabelecendo, numa outra Dimensão.

Todas as pessoas que, entre vocês, vivem as Coroas Radiantes, que vivem essas Vibrações, esses Fogos, esses calores na cabeça, no Coração, os sons no ouvido, vocês já estão na 4ª Dimensão e estão quase na 5ª Dimensão.

É iminente.
Nós o dissemos e repetimos desde algumas semanas, de maneira intensiva, não é?


Questão: qual atitude ter frente a pessoas que pedem ajuda, mas que são portadoras de vibrações contrárias à Luz?

Então, aí, caro amigo, eu poderia dizer que a resposta é profundamente diferente segundo cada pessoa.

O que posso dizer, de uma maneira mais geral, é que, nesses casos, o importante, para vocês que estão na Vibração do Fogo do Coração, na Vibração da Unidade, em fase pré-ascensional (vocês empreguem as palavras que quiserem, mas, em todo caso, num estado diferente), a melhor ajuda é não recair na Dualidade.

Isso não quer dizer que é preciso desviar-se dessas pessoas, porque há uma razão se elas vêm a vocês, sejam parentes, seja num trabalho de terapeuta (para aqueles que têm ainda um papel na terapia). Isso será, justamente, serem capazes de ajudar pela Irradiação do que vocês são e não mais pelas palavras, e não mais por técnicas.

Aí também, se isso lhes chega, é que vocês têm que efetuar um aprendizado com relação a isso.

É muito impotante.
Mas, eu repito, cada caso deve ser adaptado.
Mas a linha geral é: atenção para não recair na ação/reação, atenção para não perder a Vibração.

Permanecendo na Vibração e na Irradiação da Luz, ou vocês vão ajudar o outro porque ele acolhe, ele também, o que vocês emanam, ou ele lhes pede ajuda e vai compreender que vocês nada podem aportar a ele, porque ele próprio recusa a Luz, ainda que não possa confessá-lo. É claro, há pessoas que vão reivindicar a Luz e que são persuadidas de estarem na Luz, mas elas estão na luz do ego.

Elas estão na Ilusão da Luz (se vocês querem chamá-la de Ilusão Luciferiana ou como quiserem).

Elas podem mesmo sentir as energias, mas elas não sentem as Vibrações.

Elas não têm o Fogo do Coração e, no entanto, são Irmãos e Irmãs, mas eles não abriram ainda esta qualidade Vibratória. E, lembrem-se, vocês não sabem para quem vocês têm que fazer, a menos que tenham a Visão para além da Ilusão, ou seja, penetrar a Essência do Espírito que lhes faz frente.

Mas confessem que isso é muito raro.
Vocês têm já muita dificuldade para se encontrarem, encontrarem sua própria Essência, vocês mesmos, não é? Porque o mental chega, porque as emoções podem invadi-los, porque vocês são confrontados a situações difíceis, profissionalmente, afetivamente, com os filhos, etc.etc.

Portanto, há uma série de circunstâncias em suas vidas que estão aí para provocar, para ver se, realmente, vocês vão para a Luz ou se vocês retornam à Dualidade. Portanto, cabe a vocês continuar a elevar suas Vibrações e, nesse caso, quanto mais vocês elevam suas Vibrações, ou o outro vai aceitar a ajuda da Luz que vocês emanam, ou ele vai se desviar de vocês. E não há outra solução, a menos recair na Dualidade e entrar na confrontação e no delírio.

É esse desafio que vocês efetuam agora.
Agora, para aqueles de vocês que vivem as Vibrações, vocês tiveram êxito, por momentos ou em permanência, a estabelecer certa lucidez Unitária, eu diria. Mas, em suas vidas, de acordo com o que vocês são, vocês serão confrontados (por exemplo por um cônjuge, por exemplo por um filho, por exemplo em relação a um trabalho ou ainda a uma agressão) por um desafio.

O desafio não tem outro objetivo além de lhes colocar a questão: «será que eu permaneço na Unidade, será que eu permaneço na Vibração ou será que eu volto a descer na Dualidade?». Então, obviamente, o mental pode participar jogando com as virtudes sociais, jogando com as virtudes humanas, de empatia, de carisma.

Mas cabe a vocês saber ali onde vocês querem ir.


Questão: Enrijecimentos musculares do pescoço estão relacionados com essas evoluções?

Não, isso são resistências à Luz.
Quer dizer que houve um processo de Abandono à Luz, mas você tem, às vezes, cabeça dura que recusa deixar passar completamente a Luz para o Coração.

É a zona de Passagem, lembre-se, que você passou durante o mês de dezembro.

Há quem tenha resquícios a superar.


Questão: Fazer jogos como palavras cruzadas, sudoku, fazem trabalhar o mental?

Não, ao contrário.
Isso teria tendência, antes, a reduzir.
É preciso efetivamente compreender que, quando se fala do mental, fala-se de questionamentos e de interrogações que os remetem, sistematicamente, a escolhas. Mas jamais se disse, ninguém jamais disse que vocês deviam parar as atividades mentais que, justamente, afastam-nos do mental.

Fazer palavras cruzadas, fazer sudoku, jogar, é o melhor modo (ou pintar, para alguns) de esvaziar o mental, ou seja, o mental questionador, aquele que duvida, aquele que está no medo, aquele que está na Dualidade.

E depois, há quem nada mais pode fazer, mesmo palavras cruzadas extremamente fáceis.

Aí, é diferente para cada um.
Há quem não consiga mais alinhar dois pensamentos.
Eles estão «estupidamente» olhando o Sol, sem se mover.

Estes estão na Unidade.
Então, visto do exterior, para aquele que está na Dualidade, vão tratá-los de todos os nomes.

Eu repito: olhar Interior ou olhar exterior.


Questão: Acordar à noite e não poder abrir os olhos, corresponde a quê?

São, em geral, retornos, mais ou menos conscientes, de outras esferas Vibratórias.

Vocês vivem, todos (aliás, as questões o provam), estados incomuns, seja nas meditações, seja em suas noites, seja no que vocês percebem.

Isso faz parte de sua própria transformação interior.


Questão: O que é do papel da mulher nesta nova Terra?

Mas, primeiro, quem lhe disse que, na nova Terra, haverá mulheres e homens?

Haverá polaridades.
Não haverá mais sexo, no sentido em que vocês entendem.
Portanto, colocar esta questão pressupõe que na nova Terra haverá uma vida tal como vocês a conhecem.

Mas é impossível.
Aqueles que imaginam que a Ascensão verá uma nova Consciência emergir sobre esta Terra, onde todos serão belos, todos serão gentis, é uma ilusão.

A 3ª Dimensão, para a Terra, não existirá mais de modo algum.
Ela será totalmente grelhada pelo Planeta-Grelha, ou seja, pela Luz do Sol. E a nova Dimensão da Terra não pode ser mesmo imaginada em suas concepções.

Portanto, na nova Terra não há mulheres e não há homens.
Há polaridades.

Nós temos polaridades, nós, Melquisedeques, ao invés de natureza dita masculina, mas nós não temos qualquer masculinidade, ainda que tenhamos barba, não é?

Agora, são aspectos Vibratórios.
A imagem que eu dou a mostrar não é a forma que tenho na 11ª Dimensão.

Compreendam, efetivamente, que a interdimensionalidade é não mais estar limitado a uma forma, nem a um espaço. Quando há retorno à multidimensionalidade e à Unidade, vocês estão numa forma mutável e estão num espaço mutável.

Vocês estão ao mesmo tempo aqui e ao mesmo tempo lá.
Vocês são ao mesmo tempo esta forma e ao mesmo tempo outra forma.

Portanto, para seres que estão encarnados, tem-se muita dificuldade para imaginar como isso pode ser, obviamente, uma vez que não se pode imaginá-lo.

Isso se pode apenas viver.
Portanto, imaginar uma sociedade dita matriarcal é uma ilusão, uma vez que não haverá mais sociedade.

A sociedade é o conjunto da Unidade, é o conjunto dos Universos e é o conjunto das Dimensões. Não haverá mais limitação, nenhuma, e é muito difícil conceber porque, nesse mundo, justamente, tudo é limitado.

Vocês são limitados de um ponto de nascimento até um ponto de morte.

Vocês são limitados por uma forma.
Vocês habitam um corpo.

Mas, quando vocês são multidimensionais, vocês não habitam um corpo, vocês habitam uma multidão de Dimensões e uma multidão de corpos. Portanto, dificilmente se pode raciocinar, com termos lineares humanos, sobre uma sociedade melhor, matriarcal.

Isso não existe.
Ao menos não aqui.


Questão: Por que a humanidade passa por catástrofes naturais para ascender à Unidade?

Então, aí, cara amiga, o que você chama catástrofe nós, de nosso ponto de vista, nós chamamos Liberação. Apenas o olhar dividido é que chama a isso catástrofe.

O que é uma catástrofe?
O fato de dissolver a Ilusão vai dar-lhes a aparência de uma catástrofe.

Mas, para nós e para vocês, para aqueles que estão na Unidade, é uma Liberação total. Apenas a visão da lagarta é que chama a isso catástrofe e que sofre, porque a lagarta não quer morrer.

Hoje, não é uma morte, é uma Liberação, mas, para isso, é preciso aceitar que a lagarta deve morrer.

Vocês não podem ser borboleta e ser lagarta.
É possível, para alguns de vocês, que viajam na Existência e que vivem os dois estados. Mas, para o conjunto da Terra, a Liberação passa pelo que vocês poderiam chamar de catástrofes inimagináveis.

E será que é uma catástrofe?
Do ponto de vista humano dissociado, sim.
Do ponto de vista da Unidade, isso se chama a Liberação.

Se não houvesse Liberação (ou seja, se a matriz se reformasse, como foi o caso a cada 50.000 anos), naquele momento poder-se-ia falar de catástrofe, porque depois, isso recomeça.

Mas aí é uma Liberação.
Todas as almas que são liberadas hoje (exceção daquelas que querem a todo custo estar num corpo de carne para ver o que vai acontecer), a maior parte é liberada inteiramente.

Portanto, é uma questão de ponto de vista.
O que você chama catástrofe nós, nós chamamos Liberação.

A Terra vai se expandir passando em sua nova Dimensão.
Eu repito, tudo depende do ponto de vista e unicamente do ponto de vista da Consciência. Agora, vocês são livres para decidirem permanecer na Ilusão, mas vocês irão na 3ª Dimensão em outro lugar.

A Terra, ela, não se importa com gesticulações daqueles que recusam a Ascensão.

Ela ascensiona seja o que for que os humanos tenham decidido.
Lembrem-se de que a catástrofe, do ponto de vista limitado, não é a ação da Luz.

É justamente a resistência à Luz que faz isso.


Questão: Por que a humanidade não passa facilmente nas outras Dimensões?

Por uma razão que é muito simples, cara amiga, isso se chama o ego.

Enquanto há ego, há sofrimento.
Enquanto há ego, há resistência.

O ego é limitado a esta Dimensão.
A personalidade existe apenas nesta Dimensão.
Portanto, enquanto há identificação à personalidade há identificação ao ego e há traumatismo.

Porque o ego é a negação da Luz.
Ainda uma vez eu repito, é uma questão de ponto de vista.
O que é chamado traumatismo pelo ego é chamado liberação e leveza ao nível da Existência.

Portanto, é uma questão de ponto de vista.
Agora, o traumatismo existe apenas quando não há Abandono à Luz.

E vocês não podem forçar ninguém a tornar-se Luz.
Há seres que têm necessidade, Consciências que têm vontade de experimentar este aspecto de dissociação e de forças por atrito, chamadas ação/reação.

É a liberdade deles, não?
Mas esse Mundo, esta Terra não participará mais, jamais, das forças de dissociação.


Questão: Qual relação há entre a respiração do Coração e a respiração dos tecidos?

Nenhuma.
É a respiração do Coração que permite às Partículas Adamantinas, quando dos protocolos de alinhamento que vocês vivem, fazer difundir esta Luz na profundidade dos tecidos.

A respiração do Coração se traduz por uma passagem da respiração pulmonar clássica para uma respiração cardíaca e de tecido, quer dizer que vocês não respiram mais pelos pulmões, mas diretamente pelas células.

É o que Sri Aurobindo chamou o Supramental.


Questão: Na escala do Espírito, a falsificação terá tido um interesse?

É um grande problema filosófico.
O interesse é para o conhecimento dos mundos carbonados, mas absolutamente não ao nível da Unidade, onde tudo é já perfeito.

As memórias individuais das encarnações não têm qualquer sentido ao nível dos Mundos Unitários. O interesse é, talvez, um interesse coletivo de compreensão de algumas forças ao nível da matéria carbonada.

Eu não falo dos mundos falsificados, mas da matéria carbonada, porque vocês sabem que a matéria carbonada, a 3ª Dimensão, existe também no modo unificado.

Há estruturas carbonadas que são livres.
As baleias, mesmo presentes sobre esta Terra tiveram êxito em manter sua Unidade, e elas permitiram manter uma conexão com a Unidade, como os Crânios de Cristal, como o Cristal Azul, do qual já se falou, sobretudo Miguel, não é?

E, do mesmo modo (para a maioria das Consciências confinadas num corpo), quando vocês reencontram sua Existência, a memória de suas vidas passadas individuais será dissolvida.

Ela não tem qualquer interesse em sua multidimensionalidade.
Então, efetivamente, as forças de compressão da matriz foram tão fortes, que algumas Consciências puderam crescer em Luz, nesta falsificação.

Mas a Luz cresce por si, quando vocês são multidimensionais.
Não há mesmo necessidade de romper esta multidimensionalidade.


Questão: Como atingir a Existência quando não se sente mesmo as Vibrações?

É impossível.
Lembre-se também de que os primeiros serão os últimos, que os últimos serão os primeiros.

Há Seres que não percebem ainda a Vibração porque há destinos específicos. Mas nem todos os Seres que vieram nos ver, uns e outros, vibram a Vibração e, no final de certo tempo, aqueles que não vibram a Vibração, para eles, não é a Verdade, obviamente, uma vez que não a vivem.

Portanto, não há fórmula miraculosa.
Há pessoas que vão fazer os, como vocês chamam isso..., protocolos sem parar e que jamais vão perceber uma Vibração, e outros que vivem Vibrações sem jamais terem feito o que quer que seja.

Há, sobre a Terra hoje, multidões de seres humanos que percebem o Canto da alma, os sons, que percebem o Fogo do Coração. Há mesmo, entre eles, os que talvez sejam persuadidos de estarem enfeitiçados.

Eles vivem, no entanto, a Vibração Unitária.
Mas, pouco a pouco, esta Vibração Unitária transforma a visão da Consciência e transforma a Consciência.

Mas a Consciência é Vibração.
Há indicadores da transformação para a Unidade e para a Existência.

Sri Aurobindo, quando era São João, no Apocalipse, disse: «haverá muitos chamados, eles serão marcados na fronte».

É a ativação das primeiras Estrelas da Coroa Radiante da Cabeça.
Os mais adiantados entre vocês já bascularam o ponto da Estrela AL para baixo. Eles estão na ressonância final, eu diria, pelo canal cristalino que une a boca e o 11º Corpo ao Coração, e eles vibram muito potentemente na zona da espinha do nariz.

A transformação alquímica, para eles, está quase totalmente terminada.

E depois, há outros que não vivem Vibrações.
Mas lembrem-se de que não há qualquer obstáculo à Vibração da Consciência atualmente.

Não há carma, não há idade, não há déficit mental ou físico que seja. Há apenas a consciência que, apesar, por vezes, de suas afirmações, não está pronta a se abandonar à Luz.

É um mecanismo extremamente preciso.
Há personalidades que estão prontas a abandonar-se a outra coisa que elas mesmas e outras que não estão prontas.

Pelo medo, talvez.
Geralmente, aliás, é o medo, o medo de perder esse corpo, o medo de perder essa identidade Ilusória.

Mas tranquilizem-se, com o choque isso vai mudar.


Não temos mais perguntas, agradecemos.

Então, caros amigos, eu lhes transmito todo o meu Amor e toda a saudação dos Melquisedeques.

Quanto a mim, eu lhes dou todas as minhas Bênçãos, todo o meu Amor e lhes digo certamente até muito em breve.



___________________________
Compartilhamos essas informações em toda sua transparência. Agradecemos em fazer o mesmo, se as divulgarem, reproduzindo integralmente este texto e informando sua fonte: http://www.autresdimensions.com/
Versão do francês para o português: Célia
Revisão: beto junior

Nenhum comentário:

Postar um comentário