quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

SRI AUROBINDO - 1 de dezembro

1º de dezembro de 2010

Mensagem publicada em 11 de dezembro, pelo site AUTRES DIMENSIONS.


Eu sou Sri Aurobindo.
Irmãos e Irmãs encarnadas, eu lhes apresento minha Paz e minhas bênçãos.

Eu venho a vocês, essa noite, como embaixador do conjunto dos 24 Anciãos.

Eu venho para situar, com vocês, o que é o período que se vive atualmente, em seu Ser Interior e sobre esta Terra.

Como nós o dissemos e assinalamos, uma mutação está em curso, atualmente. Ela concerne a todas as Consciências presentes nesse sistema Solar.

O Sol, a Terra, toda forma de vida acolhe a manifestação específica, em seu Éter, da Vibração e da Presença do Cristo, do retorno como ele partiu.

Esta manifestação e esta Presença apenas se pode viver, de maneira conforme e inteira, a partir do momento em que vocês mesmos estejam centrados e alinhados no Aqui e Agora, no instante presente de sua própria Presença a vocês mesmos, na qual pode se revelar a Presença do Cristo.

Eu vou tentar redefinir, pelas palavras e pela Vibração de minha Presença na Luz azul, o que é preciso ouvir e viver pela noção do instante presente, do Aqui e Agora.

O próprio princípio da personalidade decorre de uma concepção ilusória e linear do tempo e do espaço, colocando-os num ambiente em que se definem os elementos exteriores e os elementos Interiores, recorrendo a uma noção de fragmentação, de distanciamento e de separação da consciência egóica do corpo de personalidade, ou corpo astral, do conjunto dos outros corpos pertencentes à Dimensão Unificada.

A junção entre as parcelas de vocês, fragmentadas, e a parcela Unitária efetua-se nesse momento mesmo, nesse sistema Solar em vocês.

O corpo de personalidade, a emoção, o mental, a própria personalidade evoluem num contexto e numa Vibração profundamente diferentes daquela que prevalece na Unidade e na Existência, pela própria Presença do Cristo.

A revelação e a ressonância do Cristo Interior, em ressonância com seu trabalho e a aproximação do Supramental criam as condições propícias, dentro de algumas semanas deste ano, restantes, para estabelecer em vocês uma paz nova, um retorno à Unidade, em Consciência e em Verdade, que abre, diante de vocês, espaços de percepção, de Vibração, bem mais importantes do que eles foram até o presente.

Contudo, esta aproximação do Cristo e de seu corpo de Existência necessita que o corpo de personalidade faça o silêncio.

O silêncio apenas se encontra no alinhamento de vocês mesmos no Aqui e Agora. O Aqui e Agora é totalmente independente do escoamento linear do tempo e do espaço em sua Dimensão, ainda dissociada.

O Aqui e Agora é, portanto, fora do espaço-tempo linear e fora de sua própria localização em seu espaço de personalidade: o silêncio (silêncio do passado, silêncio do futuro, silêncio do mental, silêncio das emoções), permitindo aproximar-se da Vibração da Unidade.

Cristo penetrou o Éter do planeta, re-fecundou-o, de algum modo, preparando, como eu o disse no tempo em que fui São João, seu retorno em Majestade e em Glória, trazendo, como eu havia escrito, a espada de Verdade, aquela que corta, aquela que desvenda, aquela que ilumina e que põe fim a toda dissimulação, em vocês como no exterior de vocês.

O Cristo é também, de algum modo, um impulso.
Um impulso para reencontrar em você seu Coração, sua Unidade, sua dimensão de Eternidade, de Filho ardente do Sol ou Ki-Ris-Ti.

Para que isso se acenda, para que isso se realize e se manifeste inteiramente, para além da simples dimensão de Semeador de Luz e de Ancorador da Luz, é preciso que o que concerne a tudo o que não é Ele, a tudo o que não é a Luz, faça silêncio.

Assim como o fez viver, para alguns de vocês, o Arcanjo Uriel, essa Reversão, Reversão em todos os níveis, assinala, para vocês, o estabelecimento na Presença de vocês e na Presença dele, revelada e Unificada.

O período que está aí, inscrito em seu tempo linear, supera de muito longe o quadro desse tempo linear e deste espaço em que vocês estão presentes, nesse corpo e nesta personalidade. Tomar consciência disso, pela Vibração, leva-os a viver o que nós chamamos as Núpcias Galácticas, o que eu chamei o retorno do Cristo, preliminar ao seu retorno em Unidade e em Verdade.

É neste espaço que tomam todo o sentido as palavras pronunciadas, há muito tempo, afirmando que Ele era o Caminho, a Verdade e a Vida.

Ele era a porta.
Isso apenas pode se realizar se vocês mesmos estão ajustados e alinhados à sua própria Presença, que apenas se pode viver e se encontrar desacoplado de toda influência da personalidade, de toda reflexão, de toda cogitação e de toda emoção.

Este estado de Consciência específico chamado Alegria, Samadhi, propiciando também a Paz Interior e a Paz Suprema, vai, portanto, criar, progressivamente e à medida dos dias que passam neste espaço-tempo linear em que vocês estão, as condições propícias para a instalação da presença dele em sua Presença.

Como foi dito, no tempo dele, convém então ter sua casa limpa, vazia de tudo o que é Dualidade, preocupação e medo, como eu eu lhes disse.

Paralelamente a esse retorno do Cristo, vive-se, nesta humanidade, um mecanismo a que eu chamei, há algumas semanas, o choque da humanidade, porque Cristo, é claro, não vem só.

Nós, Melquisedeques, o conjunto do Conclave e as Estrelas de Maria, assim como o conjunto das Forças da Confederação Intergaláctica Livre, preparamos esses momentos desde muito tempo.

Como vocês sabem, os Anjos do Senhor estão doravante instalados e preparados em sua atmosfera.

Resta a vocês se estabelecerem, inteiramente, no Aqui e Agora, em sua Presença a vocês mesmos que, unicamente, lhes permitirá viver o Caminho, a Verdade e a Vida, na companhia e na Presença dele.

A Alegria deve ser seu estado privilegiado.
Não lhes é solicitado, para tanto, deixarem tudo o que é o cotidiano e, por vezes, desgastante, mas encontrar, mesmo nesses espaços, a Luz necessária para realizar também esse cotidiano.

Sua Consciência, sua vida, vai se preencher de Luz.
As partículas Adamantinas vão ressoar e se aglomerar nesse corpo que é seu Templo, no qual se constrói e se constitui o reencontro com o Caminho, a Verdade e a Vida.

A ressonância de sua própria Presença em sua Consciência Unificada deve invadir cada um de seus instantes, cada um de seus momentos, quaisquer que sejam seus atos. A pressão, porque é uma, da Presença do Cristo, em Unidade e em Verdade, vai facilitar este evento para aqueles que têm a casa limpa.

Muitos Irmãos e Irmãs que se opuseram, de diversas maneiras, ao retorno do Cristo vão, obviamente, manifestar estados afastados deste estado de Paz.

Os mecanismos de precipitação da humanidade, de separação, vão tomar uma acuidade e um relevo específico nas semanas a vir, em tempo Terrestre.

Nós contamos com todos vocês que realizaram e viveram as Núpcias Celestes, na época ou agora, nós contamos com sua Presença, alinhados no Aqui e Agora, para estabilizar o manto Vibratório da Terra. É nessas condições que a aproximação do Cristo, sua ressonância, estabelecer-se-á com mais ou menos facilidade, em cada um e em cada uma.

Quaisquer que sejam suas atividades e suas ocupações, guardem tempo para respirar, guardem tempo para meditar ou guardem tempo para orar, se esse é seu modo de contato.

Estejam na escuta das Vibrações e das percepções que são as suas, porque elas vão se amplificar.

Da qualidade de seu equilíbrio Interior decorrerá, para vocês mesmos como para seu ambiente, como para o planeta na totalidade, a capacidade, maior ou menor, de absorver o choque da humanidade.

Nós, conjunto dos Melquisedeques, nós lhes pedimos também para não projetarem em quaisquer acontecimentos exteriores, que estão, no entanto, bem aí, mas, simplesmente, cada dia que passa e que os aproxima do solstício de inverno [verão no hemisfério sul], irem cada vez mais profundamente em vocês mesmos, o que quer que vocês façam.

Aproximarem-se dEle, como Ele se aproxima de vocês.
Como nós sempre o dissemos, cada um estará em seu lugar, em seu papel, em sua função, no momento vindo. Não procurem nada além do que eu acabo de dizer: o reencontro, o face a face de sua Presença à Presença dEle.

O cortejo de sinais e de Presenças que O acompanha não deve de modo algum perturbá-los, descentrá-los ou questioná-los.

A pacificação do mental é indispensável, porque tudo o que existir, em vocês, que não seja a paz, será amplificado.

A hora, portanto, chegou, para cada um de vocês, de responder, de algum modo, ao apelo que se manifestará em sua Consciência, em seu Coração.

Não procurem definir ou localizar um determinado momento neste apelo, porque ele se fará, para cada um e cada uma, em um momento que lhe é próprio, durante este período.

A pressão ou o impulso do Cristo tornar-se-á, de algum modo, cada vez mais tangível, mesmo para aqueles que negam e que recusam; simplesmente, eles não terão as palavras para colocar no que acontece.

Vocês também, aliás, para além das palavras que eu pronunciei, não tentem ali colocar palavras, projeção do que quer que seja, mas alimentem-se de seu reencontro.

Este reencontro situa-se, pelo momento, no Éter, no Coração. Ele intervirá de maneira dita exterior quando for desejável.

O Aqui e Agora, o Hic e Nunc, vão se tornar essenciais.
Cabe a vocês fazerem uma injunção, por vocês mesmos, para se alinharem, se re-centrarem.

Quaisquer que sejam as palavras que vocês empreguem (oração, meditação, alinhamento Vibratório), não se esqueçam de que vocês têm à sua disposição a Merkabah interdimensional coletiva, que vocês têm também à sua disposição o conjunto de seus Irmãos e de suas Irmãs despertos e acordados, aos quais vocês estão religados.

O conjunto do Conclave, o conjunto das Estrelas, Maria e várias outras Presenças de Luz Unificadas e Crísticas estão presentes ao redor de vocês, ao redor desta Terra. Durante este período, não se deixem levar pelo barulho do mundo, pela desordem do mundo, qualquer que seja.

Que ele seja de responsabilidade dos homens, ou de responsabilidade dos elementos, não os olhe. O Serviço e a ajuda manifestar-se-ão, antes de tudo, em seu ambiente próximo e, sobretudo, pela qualidade de Luz que vocês são capazes de manifestar.

Do mesmo modo, se sua Presença se aproxima da Presença dEle, vocês constatarão muito rapidamente que a Paz será seu reino, pois trata-se de fato, de um reencontro, bem além dos fatos históricos, de um reencontro com um Ser que porta a Vibração do Único, que é também a sua.

Os momentos a vir são momentos de Graça para a Unidade, para a Luz e momentos de desordem para todos aqueles que se opuserem a Ele e à Luz.

Vivam o instante presente, alinhem-se em seu Aqui e Agora, entre seus 4 Pilares.

Tomem tempo para se comunicar.
Tomem tempo para a ativação de sua Tri-Unidade, como vocês o fazem para o Serviço comum de 19h [16h em Brasília].

Lembrem-se de que este reencontro decorre diretamente da promessa e do juramento da Fonte.

Ele é, de algum modo, a atualização de seu retorno.
Os instantes e os tempos que se vivem, e que vão se viver, são verdadeiramente únicos na história da Terra, desde muito tempo.

A informação que eu lhes entreguei aqui, para vocês, deve ser entregue ao conjunto dos seres que seguem, pela Vibração, os mecanismos que foram instaurados, para eles, em um momento ou outro, desde 30 anos e, sobretudo, desde 2 anos.

Lembrem-se de que a Vibração da Luz basta-se a si mesma. Que ela não tem nem que ser projetada, interpretada ou analisada, mas, simplesmente, ser vivida, porque é vivendo plenamente a Vibração da Luz que vocês se estabelecem em sua Presença.

E que é unicamente estando plenamente estabelecidos em sua Presença, em seu Coração, que a Presença Dele se revelará e agirá.

Muitos Irmãos e Irmãs, sobre a Terra, vão redefinir a Verdade e o Amor, bem além de seu sentido humano, pessoal ou coletivo, aquele de que falou o Cristo e outros, na sequência, que o imitaram, encarnado.

Cabe a vocês, hoje, fazerem a mesma coisa.
Isso necessita uma plena Consciência do instante.
Uma plena Consciência da Alegria e da Paz que não pode ser obtida se existe uma única atividade mental voltada para outros lugares além da vivência do instante presente.

Assim, como lhes foi dito, eu poderia dizer: «Vigiai e orai».
Porque vocês sabem que o momento chegou e não, vocês não sabem quando o momento virá.

Esta pressão da Vibração e da Consciência Crística de Sua Presença far-se-á sentir ao nível da Coroa da redenção na cabeça e também na Coroa do Fogo do Coração e da Tri-Unidade. Mesmo para alguns de vocês que, pelo momento, ainda não vivenciaram essas ativações e esta Consciência.

Se vocês respeitam esses preceitos e os adotam, vocês se tornarão então, coletivamente, os pilares de Sua Presença depois de Sua manifestação. É assim que vocês permitirão a ajuda a mais adaptada a todos os Irmãos e as Irmãs que estão ainda indecisos, em vias de despertar ou de acordar.

Nós repetimos ainda essa noite que, aí também, apenas vocês é que podem dar esse passo para Ele, ninguém mais, mesmo se nossa Presença os acompanhe.

Lembrem-se também, neste período, que a Luz Vibral é Inteligente, bem mais do que jamais o será seu mental ou sua personalidade, por mais brilhante que fosse.

O momento chegou de manifestar, também, sua capacidade de Abandono à Luz.

Há um ano agora, nós iniciamos sobre a Terra o primeiro vórtice interdimensional, permitindo então realizar o que está em curso hoje. A data de aniversário de minha intervenção, há agora um ano, de dezembro de 2009, leva-os a realizar, Aqui e Agora, a totalidade de sua Presença e da Presença dEle.

Nós lhes desejamos, nós, o conjunto dos Melquisedeques, um estabelecimento forte na Paz Interior e na Alegria.

Lembrem-se também que o corpo é o Templo onde se realiza esta revelação, mesmo se esse mundo é Ilusão, recordando, assim, as palavras do Cristo, fazendo de vocês os seres presentes sobre esse mundo e, no entanto, não são desse mundo.

Eu lhes pedirei para guardarem presente no espírito as algumas palavras que pronunciei essa noite, para se impregnarem delas, porque elas foram escolhidas com cuidado pelo conjunto do conselho dos Anciãos.

A multidimensionalidade e a interdimensionalidade não são vãs palavras: é a isso que vocês serão confrontados, é a isso que vocês são chamados para viverem o reencontro.

Não é desejável, agora, abrir um espaço de questionamentos com relação a essas palavras que eu pronunciei, porque elas não pedem qualquer questão. Apenas, simplesmente, impregnarem-se delas e ver, então, se elas correspondem ao apelo que está em vocês.

Irmãos e Irmãs na humanidade, eu lhes transmito as bênçãos e as saudações do conjunto dos Anciãos.

Nosso Amor e nossa Consciência estão com vocês, onde quer que estejam, sobre a Terra, como em seu caminho para seu Coração.

Que a Paz do Cristo, que o Amor do Cristo, que a Vibração do Cristo estejam em vocês, Filhos da lei do Um, bem amados Irmãos e Irmãs na humanidade.


___________________________
Compartilhamos essas informações em toda sua transparência. Agradecemos em fazer o mesmo, se a divulgarem, reproduzindo integralmente este texto e citando sua fonte: http://www.autresdimensions.com/
Versão do francês para o português: Célia G.

Nenhum comentário:

Postar um comentário