terça-feira, 3 de agosto de 2010

UM AMIGO - 3 de agosto

3 de agosto de 2010 

Mensagem de 03 de agosto (publicada em 16 de agosto de 2010) do SITE AUTRES DIMENSIONS


Eu Sou Um Amigo.

De meu Coração a seu Coração, de minha Presença à sua presença, recebam minhas Bênçãos.

Irmãos e Irmãs nessa humanidade, eu venho então falar com vocês para expressar, pelas palavras e pelas Vibrações, a distância que pode existir entre a Consciência do ego e a Consciência do Coração, a fim de ajudá-los, sempre mais, a ir o mais próximo de seu Coração, o mais próximo da última Etapa que vocês sozinhos podem escalar, que vocês farão asceder ao seu Templo Interior, para abrir seu Coração, sua Coroa Radiante, para ali acolher a Consciência daquele que vem em breve estabelecer seu reino em meio ao seu Coração: Ki-Ris-Ti.

Dessa forma, ao invés de falar, o que eu farei de toda maneira, eu proponho inicialmente acolher seus questionamentos, precisamente sobre a Consciência do Coração e a Consciência do ego.

Quais São suas preocupações?

Quais são suas dúvidas em meio a esses dois conceitos, em meio a essas duas Vibrações muito diferentes e a essas duas Consciências que se opõem completamente?

Em meio aos seus questionamentos, eu estabelecerei uma ressonância, pela minha Presença e pela sua Presença.

Nós nos aproximamos, junto, desse Fogo do Coração e dessa Consciência do Coração.

Irmãos e Irmãs, eu os escuto.

***

Pergunta: Para melhor perceber sua Vibração, há uma posição que você preconize?

Caro Irmão, mais que uma posição, o importante é, eu diria, a atenção e a intenção que você coloca ao me escutar, além das palavras, pela nossa Comunhão e pela nossa Presença comuns.

Se possível, os braços e pernas descruzados, mas principalmente sua Consciência se estende para mim, como eu, eu estendo minha Consciência para você, nesse espaço privilegiado de nosso reencontro.

***

Pergunta: Pode-se dizer que o desaparecimento do ego induz a ascensão do Coração?

Querida Irmã, a Consciência do ego está voltada para o exterior.

A Consciência do Coração está voltada para o interior.
A orientação da Consciência, efetivamente, apenas pode ir para um sentido ou outro.

Assim então, a passagem do ego ao Coração é ilustrada pelo Despertar da oitava Lâmpada, denominada ‘corpo do Embrião Crístico’.

A passagem da Vibração, do plexo solar para o plexo cardíaco, ocorre a partir do momento em que vocês mudam o olhar.

A atenção de sua Consciência não se põe mais no exterior, mas no Interior, assim portanto, passar de um a outro é já uma reversão da dita Consciência.

Essa passagem é, aliás, marcada por um Switch específico, por uma percepção específica, por uma expansão específica de sua Consciência.

É como se uma tranca se desbloqueasse e que sua Consciência se expandisse e se expandisse brutalmente.

Mas essa expansão e essa extensão acontecem, antes de tudo, no Interior de Si, assim é o paradoxo: o que se estende, na verdade, se restringe ao Interior e se reorienta.

É por essa reorientação e esse basculamento, essa reversão, que ocorre o acesso à Consciência do Coração.

Eu também falei longamente do que ocorre ao nível do humor e ao nível da própria Consciência. No momento em que vocês basculam, estabelece-se em vocês uma Alegria sem objeto, sem suporte, sem razão.

A Alegria do Ser, tão simplesmente, que se instala em meio à sua Presença, em meio ao Ser e em meio à Vibração.

Essa Alegria se manifesta sem suporte e sem razão, sem emoção, não mais.

Ela é o estabelecimento do Ser e ela é o marcador da Vibração.

Dessa forma a Vibração é Consciência e a Consciência é Vibração.

Obviamente, existe, durante essa passagem, uma instalação gradual permitindo chegar, após a ignição da nona Lâmpada, o ‘corpo de irradiação do Divino’, que sofre alquimia, literalmente, com o chakra do Coração, realizando a abertura do nono corpo, permitindo viver algumas etapas aproximando-os, sempre mais, o mais perto da Dimensão chamada de o Maha Samadhi, em meio ao qual vocês estão às vezes aqui e às vezes em outro corpo, até mesmo, em certos casos e em certas possibilidades, na capacidade de sua Consciência se extrair literalmente desse corpo pela Vibração do Coração e de asceder ao seu Corpo de Existência para sair, em meio a essa experiência, definitivamente, da matriz, embora haja agora, por certo tempo, esse corpo de Ilusão.

Uma vez que vocês atingem a Vibração do Coração, sua vida muda completamente.

Vocês não são mais submissos às limitações da ação/reação, mas ao Ilimitado da Ação de Graça e então à Verdade do que vocês são, além das aparências.

Essa mudança não pode ser questionada porque, naquele momento, de maneira muito natural e muito lógica, o mental capitula porque ele compreendeu que não tem mais destaque e que não estará nunca mais, mesmo se ele se manifeste, na frente do palco de sua vida.

Naquele momento, o que toma a dianteira é a Consciência da Existência, a Consciência de seu Espírito que se manifesta em meio à sua personalidade e que vem abafar, literalmente, o mental.

Obviamente, o mental não desaparece.
Ele desaparece no momento do Switch e isso é necessário, mas esse desaparecimento é transitório tanto que vocês permanecem em meio a esse mundo ilusório.

E é em meio a esse mundo ilusório que vocês têm que trabalhar, como lhes foi dito e repetido.

Mas, entretanto, as coisas não serão nunca mais as mesmas.

Quando vocês atingem a Consciência do Coração, vocês superam, pouco a pouco, todas as falsificações existentes nesse mundo.

Vocês tomam Consciência, pela Vibração e por sua Consciência esclarecida, de tudo o que tem sido a ilusão desse mundo, do que tem se mantido na falsidade, em meio ao que vocês são, em meio a suas relações e em meio à sociedade e em meio ao que lhes é permitido observar e contemplar.

A partir do momento em que vocês vivem a Vibração da Coroa Radiante do Coração, mesmo sem viajar na Existência, sua visão e sua Consciência são definitivamente mudadas.

Os medos que habitavam em vocês se dissolvem.

Não há mais apreensão.
Não há mais emoção exceto aquela que vocês deixam expressar.

Mas nenhuma emoção pode se expressar, se sua Consciência não consentir.

Assim então, mesmo uma perda não provoca tristeza.
Assim então mesmo algo alegre e festivo não desencadeia Alegria, já que vocês são a Alegria.

A Consciência do Coração é inclusiva.
Ela inclui o Universo, na sua totalidade, e todas as Dimensões.

A Consciência da personalidade é exclusiva.
Ela distancia, é separativa e isola-os.

A Consciência do Coração unifica-os com o Universo em sua totalidade.

***

Pergunta: A Alegria se refletiria em parar de rir?

O riso é emoção.
A Alegria é um Estado interior de Consciência e de Vibração.

Evidentemente, o riso pode se expressar, mas ele se torna mais consciente e mais lúcido.

Ele não se torna reativo.
Ele não se torna Ilusão.

Mas ele se torna a Verdade do que vocês são.
Esse riso não é o mesmo que o riso da personalidade existente em meio à personalidade.

O riso do Coração é Alegria e expansão.
É sorrir Interior e exterior.

***

Pergunta: Pode-se dizer que o Príncipe da Luz é Ki-Ris-Ti, no Coração de cada um?

Ele não é Príncipe, ele é Mestre da Luz.

Não é completamente a mesma coisa.

Mas sim, ele é isso.

***

Pergunta: O que significa ser o Mestre da Luz?

Isso corresponde se tornar um Filho Ardente do Sol.

Tal é o significado de Ki-Ris-Ti, em linguagem silábica original ou em língua matricial.

Ki-Ris-Ti é também um dos pontos de Vibração das 12 Estrelas de Maria, que lhes será revelado mais tarde.

Vibrar em meio a Ki-Ris-Ti corresponde se estabelecer em meio à Luz Vibral, em meio ao Coração, re-unificado na Coroa da cabeça e re-unificado no Veículo Ascensional ou Merkabah, permitindo-lhes realizar a Ascensão, a translação dimensional e o retorno à verdade absoluta.

***

Pergunta: Em que Príncipe e Mestre da Luz não são a mesma coisa?

Príncipe não corresponde a nenhuma denominação que eu conheço, em meio aos Mundos Unificados.

***

Pergunta: Quando se está na Consciência do Coração, isso supõe que não se pode voltar à Consciência do ego, mesmo existindo sempre a Presença do mental?

Querida Irmã, uma vez descoberta e vivenciada a Vibração da Coroa Radiante do Coração, a Consciência muda.

Obviamente, a Consciência do ego vai coexistir com a Consciência do Coração enquanto vocês percorrem essa Ilusão, mas vocês não estão mais submissos á Consciência do ego.

Vocês se tornam vocês mesmos e são então, prioritariamente, dirigidos e animados pela Consciência do Coração mesmo se vocês são completamente possíveis de descerem novamente na Consciência do ego para realizar certas tarefas dependentes do ego.

Mas, no entanto, as coisas não serão jamais as mesmas em meio à nova Consciência que se desperta em vocês.

É-lhes, aliás, possível verificar isso, por vocês mesmos: quando a Coroa Radiante do Coração está ativada, vocês têm a possibilidade de passarem em Samadhi à vontade e então de se colocarem vocês mesmos em Consciência, em meio à Coroa Radiante do Coração, de re-unificá-la com a Coroa Radiante da cabeça, de perceberem o Bindu, na cimeira do crânio, em relação com o Veículo Ascensional Merkabah e de estabelecerem tudo isso em meio à sua Consciência e à sua lucidez, qualquer que seja, eu diria, a ação de sua vida comum que vocês levam.

É-lhes possível, com prazer e diversão, elevar seu nível Vibratório até o alcance do Samadhi, conduzindo simplesmente sua Consciência ao nível da zona torácica ou ainda ao nível dos novos pontos da Coroa Radiante da Cabeça.

Estabelecendo assim suas novas capacidades e Vibrações espirituais, permite-lhes avançar em meio a esse mundo se findando, despertos, conscientes, lúcidos e perfeitamente clarificados com o que vocês veem, percebem, sentem e vivem.

Em meio ao despertar da Coroa Radiante do Coração e da Consciência do Coração, mais nada do mundo da Ilusão pode lhes iludir.

Vocês tomam Consciência, e vocês esclarecem, como o disse o Mestre AÏVANHOV, o que é da ordem da Luz Vibral e o que não é.

Vocês não podem mais se enganar vocês mesmos, mas vocês não podem mais, não mais, enganar o mundo e aqueles que estão no seu entorno.

***

Pergunta: Estar em estado de Samadhi pode ajudar nosso ambiente, nossa família?

Bem Amada, estar em Samadhi ajuda a criação, na íntegra.

Não há mais ambiente na esfera familiar.
Seu ambiente se torna a terra, em sua totalidade.

A Consciência engloba e atravessa o Universo em sua totalidade, não há mais restrições.

Também, às vezes, no que denominam ainda seus próximos, esse Estado vibratório pode incomodar, pode mesmo ofender aqueles que se opõem a essa liberação.

O importante não é querer ajudar, nem poder.
O importante é estar em meio a essa Vibração e deixar a Luz desabrochar em meio a todo o Universo.

Aqueles que devem se beneficiar, no sentido da imersão de sua própria Consciência em meio a essa Luz, o fará.

Não há mais que decidir que está provido ou que não está.
Há apenas que ser, que irradiar e manifestar essa Alegria.

É realizando isso que sua vida não será mais submetida à ação/reação coletiva, mas, bem mais, à Ação de Graça, e tudo se desenrolará, em sua vida, na facilidade, na fluidez e na Unidade.

Mas no instante em que vocês desejam (no sentido vontade, poder) ajudar seja o que for, a Vibração da Coroa radiante, como vocês o constatarão, irá se extinguir.

Isso é toda a diferença entre a Consciência do ego e a Consciência do Coração, entre o Coração que é e a vontade que deseja.

A vontade que deseja, mesmo para o bem, afastá-los do Coração, de sua Vibração.

Ela faz com que penetrem em meio à Consciência do Coração da cabeça.

Ela faz com que saiam da Vibração do Coração.
Em meio à Vibração do Coração, não há qualquer ação porque a Presença a si mesmo se torna Ação, sem desejar e sem vontade.

Assim então, como eu lhes disse, a humanidade inteira aproveita daquilo que está instalado em meio à sua Coroa Radiante do Coração.

Não há mais diferença entre aqueles que denominam familiares, entes queridos ou inimigos.

Eles são a mesma Consciência Unificada, em meio à sua Presença.

***

Pergunta: Isso corresponde ao que Cristo disse à Maria, apresentando-lhe João: “eis seu filho” e ao João, apresentando-lhe Maria: “eis sua Mãe”?

Completamente.

Ao se descobrir a dimensão do Coração, vocês não são mais familiares de quem quer que seja.

Vocês são familiares do conjunto da criação.
Não há mais amigos, não há mais inimigos.

Não há mais diferença possível entre um e outro porque vocês não estão mais distantes, mas vocês são coincidentes com todas as Consciências existentes nesse mundo.

A Consciência se torna inclusiva e englobada.
Ela não mais distancia e não é mais separativa.
Ela une e pacifica vocês, globalizando-os.

***

Pergunta: Ter despertado seu Coração, é ser semelhante ao Sol, Vibratoriamente?

Plenamente.

Já que o Corpo de Existência que vocês veem ao longe, e que vocês chamam de sol, é seu Corpo de Existência.

Há, num primeiro momento, justaposição.
Em um segundo momento, identificação.
E num terceiro momento, fusão.

***

Nós não temos mais perguntas, agradecemos.

***

Então, meus Irmãos e minhas Irmãs, eu vou continuar a falar um pouco.

Eu vou tentar, através de palavras e de Vibrações simples, fazê-los atingir a Vibração de seu Coração.

Os Tempos que vocês vivem, em meio a esse espaço, como na Terra, são Tempos únicos.

Talvez alguns de vocês não percebam ainda o alcance e a importância do que é para viver e do que se vive.

A possibilidade de se verem restituídos a vocês mesmos é única.

Muitos de nós, em encarnação, perdemos de vista e de Consciência o que nós somos, em Verdade.

Isso que a Terra vive e isso que a Consciência humana vive, nesse momento como nos próximos dias, é único.

A Luz Vibral Autêntica fecundou a Terra, resta revelá-la em meio à Consciência dissociada.

Isso será realizado em poucos dias.
É-lhes solicitado, durante esse período, se for seu desejo o mais profundo e o mais sincero, fixar sua atenção sobre seu Coração.

Fixando sua atenção sobre seu Coração, evitar emitir julgamentos, emitir pensamentos separativos para seus Irmãos, sua Irmãs.

É-lhes solicitado servirem-se dessa ferramenta maravilhosa que é a respiração consciente, permitindo, a alguns, se aproximarem do Fogo do Coração e iniciarem o Switch da Consciência.

Sejam calmos e humildes.
Desenvolvam a lucidez.
Desenvolvam apenas as palavras necessárias.

Não se levem a sério, mas sejam verdadeiros com vocês mesmos, como com todos os outros, com seus gestos como com seus olhos.

A oportunidade que lhes é ofertada, hoje, é uma ocasião de alinhamento como nenhuma outra, em meio à toda essa Terra.

Sejam suaves: suaves no seu Coração, suaves em seus pensamentos, suaves no que vocês são. Cultivem a bondade, a simplicidade e a humildade.

Hoje, se torna fácil, sem qualquer jogo de palavras, penetrarem seu Templo Interior.

É preciso também acolher a nova claridade do que pode restar, em vocês, das ‘zonas de Sombra’, sem, no entanto, culpar, sem, no entanto, ali dar mais peso, mas simplesmente aceitar vê-las porque o fato de ver com o olho da Luz permite dissolver, não por qualquer vontade, mas, bem mais, pela simples lucidez.

Eu não posso citar o conjunto das Consciências Unificadas que estão, atualmente, presentes na periferia dessa Dimensão e desse mundo, para encorajá-los a atravessar o que vocês têm de atravessar.

Retenham a Alegria Interior.
Que a Consciência do Coração é Interior mesmo se ela se manifesta no exterior.

Retenham que não há ali nada do outro a buscar do que estabelecer a Verdade do que vocês são.

Retenham também que não há nada a tomar conta porque, em meio ao Coração, tudo é doação e então, tudo é para doar.

Que não há nada não mais a esconder porque a Luz não esconde.

O Sol é de fato sua Dimensão de Existência que se aproxima de vocês, a fim de fazê-los ressonar à sua Presença e, ao ressonar, haverá atração e identificação à Unidade que vocês são.

O mundo que vocês conhecem (ou acreditam conhecer) muda.

Como nós o dissemos várias vezes, o mundo, em sua totalidade, e vocês, como individualidade, irão passar da lagarta para borboleta.

A lagarta deve morrer em si mesma para que nasça a borboleta.

Vocês, eu repito, entraram em momentos únicos.
Como especificou o Arcanjo Miguel, como disse Maria, preparem-se para viver tudo isso no silêncio de seu Coração, na Paz de seu Coração.

Nós somos uma multidão com vocês, coletivamente e individualmente.

O que vocês recebem é Amor, mesmo se várias formas de vida não o desejam (por medo, por ignorância ou por interesse).

Vocês ainda têm aqui perguntas?

Vocês têm necessidade de outras palavras, de outras Vibrações?

***

Pergunta: Vocês têm toda hora evocado a noção de pensamentos que distanciam e que são separativos.

A distância é a Ilusão que vocês acreditam que existe, em meio ao pensamento egotista e da Consciência egotista.

Por exemplo, quando vocês falam do outro, vocês têm Consciência que o outro não é você.

Há um limite, uma distância e uma separação que existem em meio à Consciência egotista.

Na Consciência do Coração (ou empática, bem além da empatia), existe fusão e identificação.

Vocês são às vezes a árvore e o Sol, a borboleta, o outro, todos os outros, em Verdade e não em projeção.

Vocês são capazes, na realidade, de se tornarem o outro.
É nesse sentido que o outro não pode nada lhe esconder porque ele é você e você se torna ele.

Em um sentido, isso é o que disse Ki-Ris-Ti: “o que vocês fazem ao menor de vocês, vocês o fazem a mim”.

É isso, viver em meio à Consciência Unificada.

É também manifestar, em sua vida, gradualmente (mais ou menos rapidamente em função de sua capacidade de se estabelecer definitivamente em meio à Coroa Radiante do Coração), nesse mundo, a ‘lei de Atração’, a ‘lei de Unicidade’, a ‘lei de Ação da Graça’, fazendo com que sua vida se desenrole sem projeção, sem dúvida, sem medo, como uma evidência.

Isso participa da Consciência do Coração.
Os Anjos, naquele momento, estão ao seu Serviço.

O conjunto das Entidades de Luz está ao seu Serviço, para a maior Verdade e atualização da Luz Vibral em meio a esse mundo.

Porque como lhes disse A Fonte, ela mesma há pouco tempo, vocês se tornam A Fonte.

Não há mais distância.

******

Pergunta: A dúvida de não chegar a ascender o Fogo do Coração, está bloqueando?

Completamente.

A dúvida é um veneno semelhante ao medo.
A dúvida ressoa com a desconfiança.
A dúvida ressoa com a Sombra.
Com a dualidade.
Com o ego.

***

Pergunta: Há humanos que têm um Triângulo em uma de suas linhagens?

Sim.

Quando Cristo lhes disse para não julgar, isso queria dizer que vocês não sabem, além da aparência, de onde vem aquele que está diante de vocês ou com vocês.

Alguns humanos que vocês encontram vêm de Dimensões bem além dos Arcanjos.

Eles estão aprisionados nessa matriz desde muitíssimo tempo.

Outros, ainda, estão em missão especial.
E outros, enfim, não são humanos, em qualquer sentido, em qualquer das suas percepções.

A Sombra tem jogado muito com esse ‘desconhecimento’ Vibratório.

Mas, a partir do momento em que vocês saem da dualidade, do julgamento, da apreciação, do discernimento, a partir do momento em que vocês estabelecem sua Presença em meio ao Ser e ao Coração, isso passa a não ter qualquer espécie de importância, porque, naquele momento, vocês são e em meio ao Ser, vocês irradiam a Luz Vibral, para todos, sem exceção.

Sim, existem, ao nível dos humanos verdadeiros, seres vindo diretamente da Civilização dos Triângulos.

***

Pergunta: Vocês dizem que é mais fácil asceder ao Fogo do Coração. No entanto, é uma última etapa que parece difícil.

Querida Irmã, é o ego que fala assim.

Há então identificação, em meio a essas palavras, com suas próprias emoções, com seu próprio sentir, em meio ao ego.

O que há para viver, é o abandono à Luz.
E isso é muito fácil.

É o ego que quer fazê-la acreditar que isso é extremamente difícil.

É ele que induz o medo, a dúvida do desconhecido, o medo de se enganar, e que retira então a espontaneidade, e que põe distância entre seu Coração e você, e que separa, e que divide.

Nenhum outro.

Lembrem-se: a dúvida é um veneno que distila muito mais lentamente, mas também seguramente, do que o medo.

Então, alguns se escondem atrás do discernimento do bem e do mal.

Mas jamais o discernimento do bem e do mal irá conduzi-los à Unidade Vibral.

Jamais.

Ela lhes mantêm em meio à Ilusão Luciferiana, em meio à dualidade.

***

Não temos mais perguntas, agradecemos.

***

Então, Irmãos e Irmãs, de meu Coração a seu Coração, de minha Presença à sua Presença, e de sua Presença à minha Presença, eu saúdo vocês.

************

Mensagem do Venerável UM AMIGO no site francês:
http://www.autresdimensions.com/article.php?produit=701
3 de Agosto de 2010
(Publicado em 16 de Agosto de 2010)

___________________________
Compartilhamos essas informações em toda sua transparência. Agradecemos em fazer o mesmo, se a divulgarem, reproduzindo integralmente este texto e citando sua fonte: http://www.autresdimensions.com/
Versão do francês para o português: Zulma Peixinho

Nenhum comentário:

Postar um comentário