sábado, 12 de junho de 2010

SNOW - 12 de junho

12 de junho de 2010

do SITE AUTRES DIMENSIONS


Meu nome é SNOW.

Eu sou uma das companheiras de Maria em sua missão.

Eu sou portadora da Vibração e da Consciência denominada Profundez.

A Profundez é o que permite, por sua vez, pelo efeito de Profundez, distinguir o que está no primeiro plano do que está em plano anterior.

Além disso, a Vibração confere a capacidade de experimentar a união desta Profundez com os elementos, com a Terra, com toda forma de Vida em meio a esta Terra.

Do mesmo modo que alguns dos 24 Anciãos entregam-lhes conhecimentos em relação e em tomada direta com a Vibração e com os locais do corpo, eu venho, quanto a mim, convidá-los a comungar com sua própria Profundez e com a Profundez da natureza.

A Terra está para dar à luz, a Terra vive o nascimento em meio à sua nova Dimensão.

As Consciências que se enraizaram na Terra, como os vegetais, são, hoje, o reino da natureza o mais próximo do final desse parto.

Portanto, eu recomendo que coloquem seus pés na natureza, se vocês tiverem tempo livre e possibilidade, pois, em meio à natureza, se encontra hoje mais do que nunca, a capacidade, por ressonância, por atração, por afinidade, de colocá-los, vocês também, em situação de viver esse parto.

A natureza está aí para ajudá-los, não somente para nutrí-los, mas também, e principalmente, para nutrir sua Consciência e não apenas seu corpo, permitindo-lhes, ao imergirem em seu seio, em confiança e em abertura, viver a quintessência e os efeitos sobre sua própria Consciência.

Os elementos da natureza também, os povos da natureza também, cada um ao seu modo e à sua maneira, participam da nova Criação aqui mesmo, sobre esta Terra.

Para vocês que têm dificuldade de romper o que impede seu acesso a esse parto total, será mais fácil liberar o que frea, o que se opõe à eclosão da nova Dimensão.

Indo na natureza, pedindo à natureza, aos seus reinos, aos seus elementos para pacificá-los, para dissolver em vocês as resistências, o que os impedem de ascender ao Grande Espírito, à Fonte como dizem vocês, ocidentais.

***

O Sopro do Espírito se atiça e é um apelo para a Terra, seus reinos e seus habitantes.

A Terra que os nutri é chamada, também, nesses tempos, a assentar sua própria transformação, a elaborar sua própria transformação, a permitir-lhes ver o dia, de se encarnar.

Em meio às transformações chegando nesse parto, a natureza será sua grande aliada, porque, em seu seio, vocês podem (ao seguir como uma criança, sem prejulgar, simplesmente no desejo da comunhão) trocar com ela, receber a nova Consciência, os novos alimentos na sua nova Dimensão.

É-lhes também possível comunicar facilmente com a natureza e seus ocupantes.

Muitos de vocês sentem esse apelo e muitos de vocês irão senti-lo nos tempos em que vão viver: um chamado para suas raízes, um chamado para o Céu, porque o que está no Céu é como o que está sobre a Terra, mesmo com a Sombra ainda presente.

Sua elevação Vibratória, em meio à nova Consciência, dá-lhes a ocasião única de viver, nesses momentos, uma comunhão especial e privilegiada.

Peçam à natureza, indo abertos e prontos para viver esse encontro, essa comunhão, e isso acontecerá. A natureza é uma aliada em sua elevação de Consciência, na elevação de suas Vibrações. Ela é uma ajuda, também, para resistências ainda existentes em seu corpo, em suas vidas.

A natureza é a intermediária, a facilitadora (e, em especial, as árvores) do novo nascimento da Terra.

As árvores são a ligação e o local que lhes permitem reunificá-los.

Peçam às árvores, coloquem seus passos e deixem guiar seus passos em meio aos elementos da natureza.

Alguns dentre vocês serão atraídos pela água, outros pelas montanhas, outros pela areia, outros pelas árvores e outros, ainda, pelas culturas.

Sigam, aí também, o impulso que existe, em vocês, em relação à natureza.

De sua habilidade para se comunicar e para comungar com o reino natural, com os vegetais, com os animais ou os elementos, desenvolvendo-se esse contato, ser-lhes-á mais fácil deixar operar, em vocês, a Luz e deixar se extinguir as oposições, as resistências, tudo o que pode incomodá-los.

***

Peçam à natureza porque a natureza está imersa, doravante, em meio ao Sopro do Espírito, em meio à Fonte, em meio à Verdade.

A natureza (e sobretudo os vegetais) são certamente as formas de Consciências as mais próximas de seu parto.

A madeira é, de fato, o que nutre o Fogo.

Vários dos 24 Anciãos têm conversado com vocês sobre o Fogo do Coração, sobre o Fogo do Éter e o Fogo da Terra.

Esse Fogo da Terra, hoje plenamente ativo em suas manifestações, está presente sob forma alquímica em meio às árvores e aos vegetais.

Estes são capazes, realmente, de fazer a alquimia do Fogo bruto da Terra em um Fogo do Éter e em um Fogo de Luz, vindo literalmente encher sua Consciência de sede pela Unidade.

Comungar, se comunicar com a natureza não é um privilégio, nem um dom. Eu diria mesmo que isso faz parte da essência própria do corpo que vocês habitam.

Convém encontrar essa capacidade de comunhão e de comunicação. Não se atravanquem de regras ou rituais, mas abordem a natureza com respeito e abertos à sua Profundez.

Nesse momento, a natureza, qualquer que seja o reino ou o elemento, permitirá encontrar, nas próximas semanas, por essa comunicação, o apaziguamento, a consolação e a Alegria.

Peçam, ela dar-lhes-á.

A Consciência da Terra que desperta, alguns seres, alguns irmãos, algumas irmãs começando a captar, a entender. Isso não é ilusão, mas bem a Verdade do que estava inicialmente presente no homem, bem antes que tudo isso foi transformado e modificado.

***

Hoje, as portas de abrem de novo: as portas da comunicação com o Céu e a Terra.

Assim como o disse a Divina Maria, muitos seres são chamados a se tornar seus intermediários, seus servidores, seus mensageiros.

Mas vocês todos são chamados, sem exceção, a viver essa relação com a Mãe Terra e seus diferentes componentes.

A natureza acalmará o Fogo, acalmará as resistências, a natureza irá ajudá-los porque ela está curando e tratando suas estruturas.

As barreiras e as separações que até agora foram colocadas entre ela e vocês, hoje, desaparecem.

Esse desaparecimento assinala o retorno de suas habilidades naturais para comungar com os outros reinos.

A comunicação que eu os incito a estabelecer com a natureza fortalecerá também sua comunicação com as outras Dimensões, os outros Planos.

Tudo isso é muito natural, contrariamente ao que o mental e sua educação fizeram-nos esquecer.

Dêem privilégio, em meio ao seu lazer, a natureza, ela irá retorná-los cem vezes durante esse período magnífico e tão delicado que se abre a vocês.

Indo como uma criança, vocês poderão viver muito mais facilmente a Consciência nova, a Alegria nova.

Vocês não ficarão tristes ou serão perturbados pela morte do antigo, pela destruição do que deve definitivamente desaparecer desta Terra.

A natureza, inicialmente criada para o homem, em meio a sua área de experiências, estava aí para preencher suas necessidades, a todas as suas demandas.

Certamente, a marcha da história (e desta civilização, em particular) em algum lugar, cortou-os de suas raízes.

Hoje, faz-se reestabelecer suas raízes para poder se elevarem, tal como a árvore, para o Céu.

Aqueles dentre vocês que fizeram a experiência de meditar ou de se alinhar em meio à natureza, percebem facilmente que a conexão é muito mais fácil com seu Ser multidimensional, em meio à natureza do que dentro do apartamento ou da casa em que moram.

***

Andar descalço no chão, pela manhã, andar descalço no chão, à noite, ao pôr do sol, permite elevá-los e sustentá-los para esse Despertar que vocês procuram.

A natureza será sempre sua aliada, independentemente de suas perturbações, de seus distúrbios que afetarão a maior parte da humanidade.

Mas a natureza é também a que irá protegê-los de seu próprio cataclisma porque, a partir do momento em que estabelecem a comunicação, com a natureza, como isto poderia, de uma maneira qualquer, agredir seus dias ou sua vida ou sua Consciência?

A volta à natureza é também um retorno a suas fontes solar, estelar. Ninguém pode se elevar sem ter apoio neste mundo.

Esta é a única maneira correta de despertar, em vocês, a chama do Triângulo Sagrado (ndr: o sacro) e de permitir-lhes, enfim, viver a comunhão de suas 3 lâmpadas (ndr: cabeça, coração, sacro), de favorecer a eclosão das novas lâmpadas (ndr: os 5 ‘novos’ corpos), das novas Virtudes.

A natureza será para vocês a Paz que vocês procuram.

Ela ser-lhes-á necessária, essa Paz.
Ela será para vocês como uma fonte benfeitora e apaziguante.

Mesmo se vocês não têm tempo livre ou possibilidade, no momento, de vivê-lo, mantenha isso presente em algum lugar de sua Consciência porque todos, a um dado momento, terão a oportunidade ou a possibilidade, o tempo, de imergirem em meio à natureza.

Isso irá se tornar mesmo extremamente fácil, cada vez mais fácil.

Aí também, é-lhes solicitado seguir seus sonhos, seus impulsos, muito mais do que seus desejos.

***

Vão para a natureza acolher as Vibrações, peçam para viver essas Vibrações sem buscar outra coisa que a vivência do momento e do instante em que vivem.

É mergulhando de forma progressiva em meio a essas forças que vocês poderão, vocês também, nascer em meio à nova Dimensão, elevar-se ao tomar apoio sobre a Mãe Terra.

A natureza respeitará sempre aqueles e aquelas que a respeitaram.

Ela também tem uma memória e uma memória muito mais confiável daquela do humano, porque essa memória está ligada apenas aos afetos ou às concepções Vibratórias.

Dessa forma a natureza irá impactá-los, uns e outros, em função de suas memórias e das memórias dela, onde estiverem na superfície deste globo.

Não se preocupem com seus distúrbios e aspectos excessivos, porque eles estão na ordem das coisas.

O que se vive de maneira excessiva pela natureza, irá favorecer, definitivamente, a emergência, a eclosão e o nascimento da Terra em meio à sua nova Dimensão.

Se vocês estiverem em um país onde os animais ferozes e selvagens estiverem presentes, vocês poderão experimentar por si mesmos que a partir do momento em que um ser humano está em harmonia com o Céu e a Terra, ele será respeitado pelos animais que vocês denominam ferozes.

Lembrem que a natureza e seus constituintes já têm, de hoje em diante, essa Inteligência da Luz e, por essa Inteligência da Luz, a natureza e seus elementos são capazes de identificá-los, de reconhecê-los, não em sua personalidade, mas no que vocês são fundalmentalmente e, através desse reconhecimento, dessa reconexão, a natureza derramar-lhes-á sua doçura ou sua violência, em função disso que vocês são, não ao acaso, não de maneira indistinta, mas bem em toda Consciência e em toda lógica.

***

Seja qual for o local ou o lugar onde estão, as manifestações da natureza serão justas para cada um de vocês.

Acolham-nas, tentem viver, em meio a esse acolhimento, a Essência profunda da ação da natureza dentro do que vem e lembrem sempre que tudo é apenas questão de ponto de vista.

De acordo com o local e com a Consciência em que vocês se encontram, o mesmo evento não terá de todo o mesmo porte e o mesmo ensinamento.

Todas as Irradiações e Radiações chegando à Terra provocaram o processo de despertar da Terra.

Esse processo de despertar, sobre o qual mesmo a sua mídia começa a lhes falar, torna-se perceptível a todos que são sensíveis às árvores, aos elementos.

Lembrem também que a natureza poderá ser consolo, para os que terão necessidade de ser consolados.

Lembrem também que a natureza estará Desperta para os que terão necessidade de se despertar.

Mas, para abordar essa natureza, ainda uma vez, façam-no como uma criança, sem prejulgar, sem se preocupar.

Estas são, além das Vibrações que lhes transmito, algumas palavras que desejava lhes dar em relação à natureza, que vai tomar, nos tempos que vocês vivem, uma importância ilimitada onde o ser humano compreenderá e aceitará, quer queiram ou não, que a natureza será sempre muito mais forte, poderosa e amorosa do que a tecnologia, qualquer que seja.

A Terra tem necessidade de ser tocada por sua Consciência e por suas mãos.

***

O pulsar da Terra se torna perceptível, o Fogo da Terra desperta, semeado pelas diferentes Vibrações Cósmicas conduzidas pelos diversos intervenientes em meio a este mundo.

A Terra está viva, ela não manifesta a mesma vida que vocês, mas ela está viva. Ela permanecerá viva em outra Dimensão.

Ela pode ajudá-los em tudo o que, em vocês, será resistência ao Grande Sopro do Espírito e à grande mudança.

Sejam quais forem os enganos, as ilusões que existiram nesta Dimensão, a Mãe Terra permaneceu fiel à Criação original.

Ela manteve, contra todas as adversidades, mesmo pelas Criações falsificadas que foram introduzidas, uma dimensão de Mãe e de Amor, uma dimensão nutridora, apesar de tudo.

Esse apesar de tudo significando apesar de todos os insultos, apesar de toda poluição.

Não há razão para se debruçar sobre isso porque, em breve, tudo isso será passado e apagado na nova Dimensão.

Lembrem que estamos ao seu lado e que a Terra, também, está ao seu lado.

***

Nós, as Dimensões Unificadas, assim como a Mãe Terra, participamos da mesma intensidade de Amor para a Fonte, para a Verdade e a Autenticidade.

A melhor ajuda, além de seu ser Interior e da própria Vibração como o desenvolveu Um Amigo, será a natureza, essa natureza que vocês não têm que temer ou que recear, se vocês aceitam o parto e as modificações.

Pertence-lhes, a todos e a cada um, à sua maneira, participar do que se convém denominar ‘Núpcias Terrestres’.

O Céu fecundou a Terra, de novo.
O Céu não está mais desligado da Terra.

Então, é o mesmo em vocês, em meio a esse corpo, em meio ao que vocês vivem hoje, através das Vibrações como através dos medos.

No final, ambos colaboram, de forma suave ou de forma mais intensa, à redescoberta do que vocês são, além da Ilusão.

Então, sim, acolham a natureza como ela está pronta a acolhê-los. Recolham, em seu âmago, a força, eu diria mesmo o poder necessário (e que lhes será cada vez mais necessário) para realizar o que vocês são, para levar aos seus irmãos e suas irmãs o que será necessário.

A natureza é verdadeiramente sua maior aliada no que irá se manifestar a vocês.

Certamente, muitos seres humanos em resistência dirão que a natureza enlouqueceu. A loucura que eles verão está apenas à altura de sua própria loucura porque a natureza sempre foi sábia, independentemente das ilusões, e permanecerá sábia mesmo em suas manifestações as mais violentas, cujo objetivo, lembrem, é somente o advento desse parto.

Então, Snow os escuta agora.

Se há em vocês perguntas, dúvidas sobre o papel da natureza e da Mãe Terra, eu desejo muito tentar trazer esclarecimento, se isso estiver em minhas possibilidades, ainda com mais potência.

***

Pergunta: Por que uma árvore, amada e respeitada, pode morrer subitamente?

Amada irmã, ela não morre, ela parte, ela também, para sua verdadeira Dimensão. Vocês não podem estar nesta Dimensão e viver a nova Dimensão. Uma árvore mestre, uma árvore curadora, uma árvore amada tem todas as razões de chegar prontamente à nova Dimensão. Não há que ficar triste mas, pelo contrário, estar na Alegria, porque a árvore que parte desta dimensão, passou sua Consciência em meio à nova Dimensão. Isso é privilégio das árvores, o que ainda não foi alcançado por outros vegetais ou por outros minerais. A árvore, e certas árvores, têm permitido manter certa coesão em meio a esta ilusão, então, não se admirem se algumas delas, também, alcancem sua Dimensão original.

***

Pergunta: É pela mesma razão que algumas árvores morrem durante as tempestades?

Da mesma forma que os seres humanos serão levados pela natureza, o que a visão dividida chamaria de morte, nós, em meio ao olhar Unificado, denominamos elevação e Ascensão. Lembrem e gravem esta frase em sua cabeça porque, nela, se tem toda a sabedoria: “o que a lagarta chama de morte, a borboleta chama de nascimento”. O ponto de vista limitado em que vocês estão faz com que chamem isso de morte, mas isso não é morte, em todo caso não é mais a morte, mas, muito pelo contrário, o nascimento. Da mesma maneira que as árvores têm sido arrastadas pelas tempestades, da mesma maneira que as árvores e florestas inteiras foram dizimadas pelos seres ‘escuros’ que, compreendendo o papel das árvores em meio à transmutação atual, tentaram destruir o máximo possível. Mas isso é impossível, porque o que é destruído nasce em meio à nova Dimensão e, nascendo na nova Dimensão, favorece a elevação da Mãe Terra e de toda a natureza. Não há então que se entristecerem, mas que se alegrarem.

O que se entristece é o olhar limitado.
O que se alegra é o olhar ilimitado.
Apenas há perda, há sofrimento, lembrem, em meio à personalidade, e não em meio ao Estado de Ser [Existência].

***

Pergunta: As abelhas, nesse momento, estão em via de ascensionar?

Amado irmão, alguns animais, algumas formas de vida acompanharam vocês em meio a esta ilusão, por um sentido muito elevado de sacrifício. Não vejam o sacrifício, aqui, como algo ruim, mas, ao contrário, como algo muito elevado. Atualmente, certas formas de vida não têm mais razão de se manter nesta Ilusão. Então, sua partida (à qual, é claro, vocês podem atribuir a fatores externos, químicos, de poluição, que são todavia bem reais, no final) favorece a translação de Consciência.

Sempre o mesmo princípio: lagarta ou borboleta.
Então se é da poluição, então se é do que se passa um pouco por toda parte atualmente sobre seu planeta, ao nível dos oceanos.

***

Pergunta: O que as plantas querem me dizer ao me chamarem, atualmente?

Amada irmã, as plantas chamam-na para dizer: “venha, estabeleça comunicação comigo, entre em contato”. Da mesma forma que cada vez mais irmãos e irmãs, nesta humanidade presente sobre a Terra, entram em contato real com outros Planos, da mesma forma outros reinos dos quais vocês estiveram separados e isolados têm hoje muito mais facilidade para se comunicar e para comungar.

É lógico que as plantas chamem por você.
O que elas querem lhe dizer?

Simplesmente cantar para você a melodia da Vida reunificada em meio à Verdade. O prazer de partilhar, não para trocar sobre um modo mental ou sobre um modo da razão, mas, verdadeiramente, como eu disse essa palavra, para comungar. Em meio a essa comunhão, vocês irão se aproximar do que vocês são.

***

Pergunta: O que acontece na costa da Flórida com relação à poluição do petróleo?

Lagarta ou borboleta, amada irmã.
O que denominam poluição, eu chamo de libertação.

O que vocês denominam morte, para os oceanos, eu o chamo, também, de transferência da Consciência dos oceanos em meio à nova Dimensão. Lembrem sempre que o ponto de vista com o qual vocês observam os eventos irá ditar seu estado de Consciência. Não é questão de ignorar o que acontece, mas, muito mais, de entender o seu alcance, além da resposta imediata e além do sofrimento causado, e que será causado para muitos seres, em relação a isso.

Adotem o ponto de vista da borboleta.
Se vocês pudessem se comunicar com o oceano, com o Espírito do oceano e não mais com o elemento Água, com o Espírito de um mar ou de um golfo, vocês teriam outra opinião sobre a palavra poluição, destruição.

A Vida marinha e submarina se transforma, ela também.
Alguns elementos devendo ser liberados para aceder aos mundos Unificados. Afastem-se do ponto de vista da lagarta, adotem o ponto de vista da borboleta e tudo o que se vive sobre a Terra, em meio à natureza e que se viverá, aparecer-lhes-á e lhes será revelado, através da comunhão, de maneira muito diferente do que o olhar da personalidade pode dizer.

A natureza envia fortes sinais sobre o que está em andamento. Esses fortes sinais tornar-se-ão muito fortes e muito violentos. Esses sinais da natureza não são punição, mas sim parto e nascimento.

A própria estrutura da Terra se modifica.
Como o sabem, animais partem, formas de vida deixam este Plano para alcançar as esferas da liberdade. Não é somente o humano que precisa ser liberado, mas o conjunto da Vida, em meio a este sistema solar.

Então, não percam tempo e não se fixem no primeiro olhar, em uma realidade dita objetiva e cartesiana porque, nesse nível, o significado mais profundo fica escondido e vai sempre permanecer oculto. Apenas se comunicando e comungando com a natureza é que vocês terão as verdadeiras respostas. Quem dentre vocês pensou comungar ou se comunicar com as águas do Atlântico, com as águas do Golfo, para entender a Essência do que acontece atualmente?

E não apenas ver a escuridão do evento.
Porque, no final, esse evento não é nem escuro, nem claro, esse evento é acesso à Unidade para as formas de vida e para a própria Consciência do Oceano. Da sua maneira, o Oceano, e o petróleo que se propaga, favorece a eclosão do Novo.

Isso pode parecer muito difícil de aceitar para a visão limitada, para a personalidade. Novamente, esse é o olhar da lagarta e não da borboleta. O petróleo tem um papel importante a desempenhar. Além disso, a imensa maioria de suas profecias e das nossas, em meio ao meu povo de origem, ao nível humano, tem lhes falado disso. É, na verdade, um sinal importante, assim como os vulcões. Sinais importantes que antecederão a chegada do que, de outros povos, ao nível deste continente, têm denominado o Novo Sol.

Os sinais, sobre a Terra, desse nascimento, serão acompanhados, como o disse o bem amado Arcanjo Miguel, de sinais ao nível do seu céu. Não vejam os sinais com um olhar dividido, mas comunguem com esses sinais e vocês vão entender a Essência e o significado real e não o aparente.

***

Pergunta: Nesse contexto, é adequado eu voltar a viver na Flórida?

Jamais eu me permitiria ditar o seu caminho, amada irmã. Cabe a você, em suas entranhas, como em seu Coração, saber, não intelectualmente, mas Vibratoriamente, onde é o seu lugar. E, no final, não haverá jamais, jamais, má escolha. Segundo a visão da borboleta, toda escolha, qualquer que seja, será justa.

Muitos de vocês vivem e sentem impulsos, que vocês vivenciam de maneira profundamente diferente, dos desejos. A vocês discernir, sem julgar, o que dita suas mudanças: é o desejo de escapar ao que vocês denominariam catástrofes ou é um impulso da Alma para ir a outro lugar?

Muitos seres, no momento, vivem mudanças de local, de pessoas, porque as mudanças são necessárias ao parto. Mas lembrem também, que em meio a esse parto, o mais sábio é ir em direção ao mais evidente, o mais simples e o mais fácil. Se algo for difícil, então, isso não é do abandono à Luz, mas de resistências que lhes são próprias. O caminho mais natural é aquele que oferece menos resistência e mais facilidade. O impulso sempre segue e sempre acompanha essa facilidade, enquanto que o desejo será confrontado, cada vez mais, com resistência, com ambiguidade, com Dualidade e com insatisfação. Mas, decidir, nós nunca o faremos em seu lugar.

Se vocês comungam com a natureza, isto irá informá-los do que é bom para vocês no momento em que ela irá se manifestar de forma violenta. Vocês não têm o que temer da natureza porque ela diz aonde ela vai, como a Mãe Terra. Lembrem também, que no final, em meio ao Estado de Ser [Existência], para muitos de vocês, esse corpo seria um fardo sem interesse algum para o Ilimitado e para o parto.

Sigam sua vida, aceitem os impulsos e principalmente, permaneçam na Alegria. É o seu salvo-conduto e é a única Verdade que merece ser estabelecida e mantida. Todo o resto são apenas armadilhas do mental e construções visando salvar a lagarta. Os povos que vocês chamam de ‘primitivos’, sobre a Terra, já sabem, desde pouco tempo, eu diria dois anos terrestres, isso que se está.

Os anciãos comunicaram essas informações através dos seus meios modernos de comunicação, a todos seus irmãos e irmãs, mesmo os brancos, do parto da Terra.

Assim, poderia uma mãe se recusar às contrações do parto, sob o pretexto de que isso incomoda ou atrapalha a atividade da personalidade?

Não, a natureza prima sobre qualquer consideração.

__________________________
Compartilhamos essas informações em toda sua transparência. Agradecemos em fazer o mesmo, se a divulgarem, reproduzindo integralmente este texto e citando sua fonte: http://www.autresdimensions.com/
Versão do francês para o português: Zulma Peixinho

Nenhum comentário:

Postar um comentário