sábado, 30 de janeiro de 2010

SRI AUROBINDO - 30 de janeiro

30 de janeiro de 2010

do SITE AUTRES DIMENSIONS

Caros irmãos e irmãs desta humanidade, nesta densidade.

Eu me apresento a vocês.
Eu sou, hoje, o que é convindo chamar um dos 24 Anciãos, também chamados Lipikas Carmicos ou Senhores do Carma.

Nós somos 24 Consciências que experimentaram e percorreram os caminhos da encarnação nesta densidade. Hoje, nosso papel é, mais do que nunca, um papel de intermediário entre os diferentes tipos de Irradiação e de Luz que chegaram até vocês desde algumas dezenas de anos e que se encontram, hoje, a um ponto crucial sobre o qual retornarei.

Nesta Assembléia de 24 Consciências, nós funcionamos de maneira unificada, de maneira a lhes permitir receber, ao mais exato e ao mais de acordo ao que vocês são, a qualidade de diversas Luzes que chegam até vocês.

Historicamente, quando de minha última encarnação, fui Sri Aurobindo. Para aqueles que não conheceram esta Consciência encarnada da época, eu exprimi e vivi a abordagem da luz do Supramental, ou Luz da Fonte, retransmitida pelo Arcanjo Metatron, então em fase de abordagem, há mais de meio século. Fui, no plano histórico, o Bem Amado João, aquele que redigiu o livro doce à boca e amargo ao estômago (nota: O Apocalipse de São João).

Hoje, eu sou um Melquisedeque (Melquisedeque do ar), que intervém entre vocês, tanto Vibratoriamente como por palavras que lhes permitirão o melhor possível se ajustarem, progressivamente e à medida do que vem, com relação, justamente, ao que descrevi e experimentei quando de minha última vida e também como São João.

Aqueles dentre vocês que seguiram, Vibratoriamente, pelas palavras e em Consciência, a irrupção da Energia Arcangélica nesta densidade em que vocês estão, sabem e vivem uma preparação intensa para um reencontro importante, no plano Vibratório.

Este reencontro é, antes de tudo, um reencontro com vocês mesmos em sua Dimensão Unificada. Um reencontro com vocês mesmos além da separação, além dos véus da ilusão e além do que muitos de vocês acreditam ainda saber do que são.

Durante os Casamentos Celestiais, o Arcanjo Miguel lhes desvendou, de maneira Vibratória e em palavras, uma verdade que, até o presente, havia sido encoberta e concernente ao que é convindo chamar esta matriz aprisionante na qual vocês estão, hoje.

Houve, certamente, coisas que foram conduzidas e trazidas para a superfície deste mundo para manter a ilusão e as crenças, quaisquer que sejam, afastando-os sempre mais de sua Verdade essencial, da Unidade, como o disse e como disse Miguel, de sua Dimensão de Sementes de Estrelas e de Mestres da Luz.

Progressivamente e à medida da densificação desta dimensão, inúmeras coisas foram esquecidas, perdidas e transformadas. Graças à preparação dos Arcanjos, graças à sua preparação, graças à influência de diferentes tipos de Luz Vibral que penetram nesse sistema Solar, hoje, vocês estão na véspera de um mecanismo essencial que assinala seu retorno ao seio de sua própria Unidade, chamada Existência.

Um certo número de obstáculos, que estavam ligados a esta matriz e mantidos por ela e pelos seres que a mantém, estão hoje porosos e em vias de desaparecimento. Esses termos, vocês os entendem cada vez mais, porque inúmeros seres humanos, hoje, tomam Consciência, Vibratoriamente e em Verdade, do que eles são, além das armadilhas da personalidade e da encarnação.

Eu vim, de maneira um pouco mais presente – eu diria – desde o mês de dezembro, a fim de lhes guiar e de lhes facilitar a passagem do mental ao Supramental, a passagem da personalidade à Existência. Essa passagem é uma reversão a todos os níveis e, como reversão se torna possível, ao nível da Consciência coletiva, pela Radiância do Arcanjo Uriel, que prepara assim o retorno do Mestre da Luz, que prepara assim o retorno a sua Dimensão Estelar.

Este período é ao mesmo tempo um período de Alegria interior, porque se trata de redescobertas com autenticidade e este período pode também representar, com relação ao mundo exterior da matriz, uma causa de sofrimento. Convém então identificar, de maneira Vibratória e de maneira certa, os momentos em que vocês participam da Existência e os momentos em que vocês participam da matriz.

Como o disse nosso Venerado Mestre Omraam Mikael Aivanhov, vocês tem a Consciência entre dois polos. Vocês navegam de um polo a outro e isso, efetivamente, pode se tornar fatigante, tanto para sua Consciência como para seu corpo. É portanto necessário identificar, perfeitamente observar os momentos em que vocês vivem na Existência, dos momentos em que vivem separados. Inúmeros de vocês começam a perceber as diferenças, em todos os níveis.

Hoje, e cada vez mais, desde a chegada de 17 de janeiro e até 17 de fevereiro de seu ano, lhes é possível se ligar a esta energia específica que chamei, em minha vida, o Supramental que é, de fato, a reunião das três qualidades Vibratórias ligadas a Consciências específicas que são a Luz da Fonte e a Consciência da Fonte, a Luz do Espírito Santo e a Consciência do Espírito Santo e, finalmente, a Luz e a Consciência do Ultravioleta, irradiada pelo Arcanjo Miguel e o conjunto dos Arcanjos.

Esses três níveis Vibratórios da Luz Vibral estão em curso de reunificação. E nós então lhes propusemos de se reunirem todos juntos às 19h até 19:30h (hora francesa – 16 às 16:30h no horário de verão, Brasília), a fim de lhes permitir experimentar, em sua Consciência, a Luz de Ouro, a fim de lhes permitir experimentar, de maneira mais convincente, a Existência.

Muitos de vocês aí chegaram, mesmo nesses corpos de personalidade e o momento em que vocês chegam se traduz por um basculamento ou uma reversão que inúmeros de vocês começam a observar, que assinala a passagem da Consciência ordinária à Consciência Supramental.

Acontece um certo número de mecanismos Vibratórios e energéticos extremamente potentes quando de seu acesso nesse corpo à Existência. Há o desaparecimento e dissolução do sinal exterior da Consciência, aquela se recentrando no interior e em seguida ao nível do Coração.

O acesso ao Supramental assinala, efetivamente, um desaparecimento progressivo e que se torna total, dos sinais exteriores da Consciência encarnada e encarnante, a fim de lhes fazer penetrar o Templo interior e a Dimensão do Coração. Esta experiência, que vocês tem a possibilidade de repetir, cada dia, conosco (porque nós o fazemos com vocês, assim como os Arcanjos o fazem) a fim de gerar um campo de Consciência unificada nesta Terra e permitir, no momento oportuno que está muito próximo, dissolver o mais facilmente possível a matriz.

Vocês devem, progressivamente e à medida dos dias, semanas, que vão passar, afirmarem-se em seu interior, afirmarem-se em sua Existência, deixar a personalidade, não desaparecer, mas transcender-se pela potência da Vibração da Luz.

Neste estado de Consciência específica em que vocês se juntam à Fonte e onde a Fonte se junta a vocês, vocês se tornam capazes de exprimir e viver interiormente expansões tais que elas os colocam em um estado de sideração da Consciência antes de viver um estado de Alegria.

É este estado e esta Consciência que vocês devem conduzir progressivamente a uma Consciência total na Consciência comum.Progressivamente e à medida em que esta Consciência Supramental tomar posse de sua Consciência comum, as zonas de Sombra existentes em todo humano, em vocês, serão reveladas, esclarecidas e trascendidas.

Ainda é necessário aceitá-lo.
Ainda é necessário não mais jogar os jogos da personalidade.
Esses jogos da personalidade que conhecemos todos, por tê-los experimentado em diferentes níveis.

O primeiro, com certeza, é o medo, porque a personalidade não existe senão pelo medo e, segundo, ela existe apenas pelo poder que quer se exprimir, sempre e ainda, no exterior e sobre os outros. Na Existência, não há qualquer falta inerente à personalidade, porque tudo é completo e tudo é luminoso.

Sair da Existência pode fazer sofrer.
Esses vai-e-vens serão cada vez mais importantes dentro de algumas semanas.

Isso não é para colocá-los em guarda mas, bem mais, para ensiná-los a reparar os momentos e os instantes em que vocês estão na Existência e os momentos ou os instantes em que vocês estão na personalidade. Competir-lhes-á então, individualmente, deixar trabalhar em vocês a inteligência da Luz, a fim de que ela lave seus Mantos e lhes permita ascender a Unidade.

E lembrem-se desta frase importante e, oh, quanta atualildade: « Ninguém pode servir a dois Mestres ao mesmo tempo e ninguém pode penetrar o Reino dos Céus se não se tornar como uma criança ».

Viver no instante, cessar toda crítica de si e dos outros.
Manifestar a Alegria, manifestar a Paz, não será uma vã palavra, qualquer que seja a desordem do mundo e, obviamente, assinará o reencontro, coletivo, do Supramental com a matriz. Esse choque, porque isso será um, deverá ser amortizado, e é aí que seu trabalho se tornará essencial, vocês que foram capazes de se instalar, mesmo de maneira transitória, nesses espaços unificados de Existência.

Quando dizemos – quer seja eu ou outros – que contamos com vocês, isso é Verdade. Do mesmo modo que vocês podem contar conosco, mas nós jamais faremos o trabalho em seu lugar; compete-lhes e lhes incumbe fazer desaparecer as zonas de Sombra mas vocês não poderão jamais fazê-las desaparecer por sua vontade própria, mas unicamente pela inteligência da Luz.

Então, convém-lhes cultivar o estabelecimento em vocês e o florescimento desta Inteligência da Luz que virá, a seu turno, desalojar e transcender o que deve ser.

Não há outra alternativa.
Se decidirem engajar esse caminho, devem abandonar sua própria vontade, à vontade da Luz. Devem seguir em suas vidas as linhas de menor resistência e se comportarem com humor igual àquele em que vivem nesses momentos, porque se o que vivem no Interior não se traduz no exterior isso não corresponde a nada e é uma ilusão a mais.

Assim, o estabelecimento em vocês do Fogo do Coração, depois da fusão das Coroas Radiantes da cabeça e do Coração, lhes permite viver esta ignição do Fogo do Coração, esse Fogo que não queima, esse Fogo que não consome mas esse Fogo que purifica e que desperta em vocês a Vibração do fogo primordial. É isso que deve nascer e crescer em seus espaços interiores e sobretudo e, com certeza, também, em seus espaços exteriores.

Vocês, que estão neste caminho, não vão necessariamente ter momentos fáceis permanentemente. Progressivamente e à medida em que a Luz eclode em vocês, ela encontra as necessárias resistências da matriz que virão colidir, por vezes, o que vocês são. Vocês não tem que se preocupar do que pode intervir, independentemente desses momentos.

Quaisquer que sejam as circunstâncias exteriores de confrontação ou de resistência, vocês terão sempre em vocês, não a se opor, mas a manifestar esta Alegria interior. Esta Alegria interior virá à extremidade, sem qualquer dificuldade, pela graça da Luz, de todas suas dificuldades, quaisquer que sejam.

Compete-lhes, nesse nível, desenvolver a confiança, não a confiança em sua personalidade mas, bem mais, a confiança na Existência e na potência da Luz e em seu trabalho de restauração porque, efetivamente, vocês entram muito em breve na restauração do que vocês são e do que vocês esqueceram, a maior parte de vocês.

O Supramental é uma Luz branca brilhante.
Ela é trazida sobretudo pelo Arcanjo Metatron.
Ela vem, obviamente, da própria Fonte e deve penetrar em suas estruturas.

O Fogo do Coração é a garantia do alinhamento com a Fonte e com a Luz do Supramental. No momento vindo – e em todos os momentos de sua vida exterior, na espera – esse Fogo do Coração deve guiar seus atos, seu olhar, seus comportamentos e suas ações.

Vocês devem assegurar, em vocês, esta Luz, manifestá-la cada vez mais frequentemente, quaisquer que sejam as provas e quaisquer que sejam as resistências, em suas vidas exteriores.

De nada serve lutar exteriormente; é bem mais útil desvendar e revelar esta Luz e permiti-la manifestar-se em sua vida. Sua vida então se tornará simples, fácil, evidência, fluidez e sincronicidade.

Então, se é você que, por sua vontade pessoal, age, sua vida tornar-se-á resistência, provas e sofrimento. Isso, entendam bem, é unicamente de vocês e unicamente de sua consciência e de ninguém mais. Vocês devem, hoje, como foi dito, pela graça do Supramental e pela graça da Fonte, reencontrar sua soberania.

Ser soberano é não mais ser soberano de nenhum outro; isso se chama Liberdade, para vocês e sobretudo para os outros, todos aqueles aos quais vocês se sentem superiores ou submissos, todos aqueles que estabeleceram com vocês relações a título da personalidade, quer isso seja laços chamados afetivos, quer isso seja laços amigáveis ou profissionais.

No meio de todos esses laços, vocês devem se desamarrar.
Em todas essas relações, vocês devem manifestar sua própria soberania e, do mesmo modo, deixar a soberania ao outro, porque ele é a mesma Luz que vocês, quer ele saiba ou não.

O Supramental é um estado de Consciência que os liga à Existência e ao Fogo do Coração. O Supramental que vocês podem experimentar e, para alguns, viver de maneira mais profunda, eu diria, tem a particularidade de colocá-los na Alegria.

Como dizemos, nós, os orientais, isso se chama o Samadhi, os Samadis. Neste estado em que nenhuma resistência existe, o Fogo do Coração florece, a Luz eclode e, naquele momento, as resistências exteriores não são mais resistências, porque são superadas e transcendidas pela Luz que vocês emitem, pela Luz que voltaram a ser.

Vocês devem tomar o hábito de observar os momentos em que estão neste estado de Unidade e de Vibração e aqueles em que estão separados e divididos, daqueles em que recaem, ao nível da personalidade, nas energias da dualidade e as energias do sofrimento.

O Supramental é um presente feito para a humanidade que deve lhes permitir reencontrar, verdadeiramente, sua Essência e o que ela é, o que é a título individual e no conjunto da humanidade.

Vocês estão nesses momentos que são esperados desde mais de 50.000 anos pelos seres que velam sobre vocês e que os acompanharam, mesmo se vocês não tem consciência, para lhes evitar que apaguem, definitivamente, sua parcela de Eternidade, a fim de que no momento vindo – e vocês estão nesse momento – reste em vocês suficiente Luz de modo que a alma e o Espírito se revelem em seu esplendor e beleza.

O ancião Mestre dos Melquisedeques, vindo desde seu sistema Solar de origem, contribuiu, pelos planos que instaurou, quando da Criação de Atlântida, na preparação desse momento no qual vocês estão hoje.

Existem múltiplas formas de Consciência que, hoje, estão em observação, ou em ação, nesta Terra.

Existem múltiplas civilizações Intergalácticas inclinando-se hoje sobre vocês para observar o que o Espírito humano, o que o Espírito da Verdade, em vocês, é capaz de fazer, pela Graça da Luz.

E, quaisquer que sejam as ações dessas entidades de Consciência, quer sejam Luz ou mais sombras, elas não colocarão jamais em causa suas escolhas, e o que vocês são interiormente porque a Luz é toda potência e ela não presta contas a ninguém. Isso corresponde, totalmente, na Humanidade, à descoberta de um certo número de conceitos que, até o presente, haviam sido violados, quer sejam chamados ética, integridade, honestidade e soberania.

Não ousamos mais empregar a palavra Amor porque cada ser humano, em sua personalidade, tem uma concepção bem deformada do que é o Amor.

Entretanto, a Luz Vibral, em sua ação, e em vocês, permitirá colocar em evidência, em sua vida externa, o princípio de atração e de sincronicidade que jogará a pleno.

O que vocês tem medo, acontecerá.
O que vocês fizerem sofrer ao outro, lhes sofrerá.

Mas, tudo isso, Cristo já disse.
O Mestre de Luz pronunciou a seu modo quando percorreu seus passos sobre o solo desta Terra.

Hoje, é uma revolução de Consciência, porque a Luz não se dirige a sua personalidade, a Luz se dirige à sua Existência. Ela se dirige ao que é primordial em vocês e não ao que é efêmero, e não ao que divide e separa, como a personalidade.

O supramental é uma aventura que vocês vão viver, e que vocês começam a viver em tempos extremamente reduzidos, nos quais vocês entraram diretamente. O ruído do mundo, além mesmo da desconstrução engajada pelo Arcanjo Miguel, o ruído da Humanidade dissociada, vai se tornar ensurdecedor.

Vocês não poderão se opor, mas poderão manifestar a única força possível, que é a Alegria interior. Toda vontade de se opor a esse ruído os fará, de maneira inegável, penetrar e agir nesse ruído e, portanto, afastá-los da Existência.

O que precisamos, hoje, com vocês, é de Seres em pé, alinhados e Unificados. Seres bons, cuja vontade pessoal se apaga, face à vontade da Luz. Seres vivos, conscientes, mesmo de maneira parcial, de sua origem estelar e Luminosa. Seres conscientes que estão longe de serem somente esse corpo ou essas funções biológicas. Seres que se comprometem a ir para sua Unidade.

O sentido do Serviço situa-se, hoje, nesse nível.
O SÉVA YOGA existe apenas através da Graça da BAKTI YOGA, ou seja, do Serviço.

Mas essa BAKTI YOGA, atenção, compreendamos bem, não está ligada ao humanismo da personalidade que quer desempenhar o papel de salvador. Está muito mais no sentido do Serviço, o mais nobre, que é aquele de manifestar, para com cada um de seus irmãos e irmãs, a Alegria de seu ser Unitário reencontrado.

Aí está o Serviço.
O resto não seria senão uma máscara que visa lhes dar boa Consciência na dualidade bem/mal, mas não lhes faz participar de nenhum modo da Undiade.

Servir, é se tornar luminoso.
Servir, é integrar a soberania e integrar o supramental em sua Vida, não há melhor modo de servir a Fonte e não há, não mais, melhor modo de servir ao outro e, também, de se servirem a vocês mesmos.

A Luz é abundância, a matriz é restrição, qualquer que seja a beleza preservada nesses mundos dissociados, elas tem, hoje, elas também, em meio aos diferentes reinos vegetal, animal, necessidade de reencontrar sua reconexão com a Verdade e a Unidade.

Aí está, caros irmãos e irmãs, o que queria começar como troca com vocês. Então, obviamente, se agora existem perguntas, questões, quero, hoje, dialogar com vocês e trocar com relação a esse supramental, com relação à sua Existência.

Questão: O que você chama sideração da Consciência?

Bem amada, chamo sideração da Consciência o momento muito preciso em que a Consciência passa da personalidade à Existência. Há como um fenômeno de basculamento, de reversão, de « switch », empregando uma palavra inglesa: passa-se de um estado a outro.

A passagem deste estado a um outro estado é precedido, de maneira imediata, por uma sideração da Consciência que corresponderia a um obscurecimento total da Consciência, como um fenômeno de adormecimento, mas que não o é completamente porque, em um caso, você naufraga na inconsciência e, no outro caso, você vai para a supraconsciência. E o momento, também, ao nível do corpo, onde mais nenhuma percepção chega.

Posição das mãos, posição dos braços, mesmo a percepção da energia parece se diluir na eternidade.

Naquele momento, o processo de « switch » pode intervir.

Questão: O que chama reversão?

A reversão é um conceito muito fácil de compreender mesmo nesta personalidade.

Vocês estão numa matriz aprisionante, falsificada e virada, onde a Luz é invertida, projeta, pela opacidade, sobre um corpo, a Sombra.

O fenômeno de reversão é o que acompanha a passagem de um estado de Consciência a um outro. Quando você nasce, nasce de cabeça para baixo e se volta, progressivamente e ao passar dos anos, para andar sobre seus pés. O processo de reversão está inscrito mesmo em sua estrutura biológica à base carbonada.

A passagem de uma dimensão a uma outra se efetua sempre por esse processo de reversão. A reversão que é precedida pela Consciência de sideração que acabo de descrever na questão anterior. A Passagem de uma Dimensão a um outro estado Dimensional necessita uma fase de reversão.

Ao nível desta Dimensão em que vocês estão, a reversão é tripla. Concerne a uma reversão alto/baixo, concerne a uma reversão esquerda/direita e uma reversão exterior/interior. Será, finalmente, ilustrada pela reversão, em Gaia, da Consciência da Terra, do que vocês chamam os polos.

Não temos mais perguntas, agradecemos.

Então, irmãos e irmãs nesta densidade, estarei especialmente entre vocês, esta noite, no momento da efusão. Entretanto, eu lhes proponho nos ligarmos todos juntos, alguns minutos, isso será meu modo de lhes dizer obrigado.

Eu lhes digo até muito em breve.

... Efusão de energia...


___________________________
Compartilhamos essas informações em toda sua transparência. Agradecemos em fazer o mesmo, se a divulgarem, reproduzindo integralmente este texto e citando sua fonte: http://www.autresdimensions.com/
Versão do francês para o português: Célia G.
Revisão: Beto Schlichting

Nenhum comentário:

Postar um comentário