quarta-feira, 17 de março de 2010

ANAEL - 17 de março

17 de março de 2010

do SITE AUTRES DIMENSIONS


Bem amados Filhos da Luz, recebam homenagens e saudações.

Eu sou Anael, Arcanjo.
Volto entre vocês, como voltarei cada dia, em meu aspecto Radiância, acompanhado da Radiância do Arcanjo Miguel e do Arcanjo Uriel, a fim de que a Radiância de nossas Vibrações os eleve para sua Dimensão de Eternidade e modifique suas estruturas para, se vocês o permitem, viver momentos privilegiados na Luz e na Verdade.

Então, eu lhes peço que acolham nossa preparação Arcangélica para a vinda do Mestre da Luz e para seu reencontro com ele, juntos, nós e vocês, acolhamos.

... Efusão de energia ...

Juntos, acolhamos Uriel.

... Efusão de energia ...

Vamos agora deixá-los trabalhar.
Voltarei, quanto a mim, dentro de alguns instantes, a fim de trocar com vocês, desta vez com palavras, em sua dimensão comum.

Recebam saudações, homenagens e Amor e até já.


Questão: Como se constroem os universos e existem planetas ocos?

Bem amado, a construção dos universos não pode se explicar com palavras, isso é impossível. Isso os levaria a concepções que lhes são totalmente estranhas, nesta Dimensão.

No que concerne aos planetas ocos, obviamente, o conjunto de planetas possui duas formas de Vida: uma forma exterior (por exemplo, nesta dimensão, aquela de que vocês fazem parte) e uma forma interior (existente sob a crosta dos planetas correspondentes).


Questão: A Terra é oca na 5ª dimensão ou na 3ª dimensão?

A Terra é oca, obviamente, na 3ª Dimensão.
Historicamente, quando da chegada daqueles que chamamos, com vocês, os maus rapazes, houve, naquele momento, um êxodo que se produziu sobre a Terra. Esse êxodo referiu-se a um certo número de povos que voltou para um sistema solar de origem. Isso concerne àqueles que foram chamados os Gigantes, e ainda também os Nephilim, e também outros que vocês ainda não conhecem.

Entre esses povos presentes, naquela época, sobre a Terra, alguns decidiram se tornar os Guardiões de uma Dimensão Unificada, portanto, passaram para o Intraterra. O Intraterra situa-se ao nível da 3ª Dimensão Unificada.

Os povos que ali vivem pertencem tanto à 5ª Dimensão como à 3ª Dimensão Unificada.


Questão: A que se devem as dificuldades de aprendizado de línguas?

A dificuldade do aprendizado de línguas, quaisquer que sejam, corresponde em geral a um déficit de percepção de frequência inerente à língua. Existe, portanto, em suas estruturas, uma dificuldade de percepção das referidas frequências. Existe portanto um processo que visa reequilibrar ou criar um reaprendizado dessas frequências não percebidas ao nível do ouvido.

É um problema de frequência.
O conjunto de emoções que vocês viveram, num plano humano, traduz-se por frequências, obviamente. Essas frequências correspondem a frequências captadas, de uma maneira específica, pelo sistema límbico, mas essas frequências se reencontram também ao nível do ouvido e ao nível dos sons.

Esta redução eletromagnética sonora vai se traduzir, para vocês, por um déficit em certas frequências correspondentes, geralmente, às gamas de frequência da voz, obstruindo e impedindo o aprendizado de línguas.


Questão: Ter uma facilidade para o aprendizado de línguas corresponde a uma remanescência de vidas passadas ou a uma capacidade Vibratória frequencial específica?

Não é necessário concluir, do que disse agora, que aquele que não tem dificuldade de aprendizado de línguas não tem feridas emocionais.

Ao contrário, algumas das feridas emocionais traduzem-se pela adição de percepções de novas frequências, desconhecidas pelo Ser humano.


Questão: Haveria um interesse, hoje, de restabelecer essas frequências?

« Procure o Reino dos Céus, e o resto lhe será acrescentado ».
Não se esqueça, não mais, que algumas dificuldades de aprendizado (ou algumas dificuldades frequenciais, para ser mais exato) estão ligadas a uma capacidade maior de percepção de outras Dimensões.

Você não pode ter uma acuidade extrema nesta Dimensão, e ter o mesmo tipo de acuidade no mundo espiritual. Existem muito numerosos casos, que existiram na superfície deste planeta, que tiveram um certo número de déficits sensoriais e tiveram acessos privilegiados ao nível do que vocês chamam impulso espiritual. Isso foi muito conhecido, em particular, um xamã (que está conosco agora, desde muito tempo), que se fez chamar « Sem Olhos » (No Eyes).

Seu verdadeiro nome, em nossas Dimensões, é Águia Branca.


Questão: Uma pessoa que perde seus sentidos integra então vantagens de Luz?

Não vá generalizar.
Em certos casos, sim.
Em outros casos, absolutamente não.


Questão: Um animal doméstico pode ser uma trava para o abandono, porque nos apegamos a ele?

Então, efetivamente, se você se apega a ele, para você, isso é uma trava. Mas existem outros seres humanos que não se apegam e que vivem no entanto uma relação equilibrada com os animais chamados de companhia.

O problema não é específico ao fato de possuir um cão mas ao apego que se tem com ele. Todo apego, qualquer que seja (a uma crença, a uma cultura, a um marido, a um lugar, a uma função), os afasta, e os priva da totalidade da Existência. Os apegos (ou relações do humano), tais como existiram, no passado (e que foram necessários para lhes permitir sobreviver nesse mundo), estão hoje em vias de dissolução, assim como o Arcanjo Miguel lhes disse.

Vocês não podem ascender à Existência sem se soltar, sem se abandonar, estando sempre apegados ao que quer que seja. Vocês não podem, « ascender a outra margem », estando apegados ao que quer que seja nesse mundo.

O apego é uma relação.
Esse apego é uma zona de Sombra, quaisquer que sejam a natureza e a nobreza desses apegos, porque o apego (qualquer que seja, mesmo o mais nobre), os priva de sua Liberdade essencial. Assim é, igualmente, quando alguns Seres lhes dizem, nesta Terra, para matar todos os modelos, porque enquanto vocês seguem um modelo, vocês não seguem vocês mesmos, mas vocês seguem qualquer outro. Assim é nas religiões, assim é no que poderiam chamar adesão ao que quer que seja nesse mundo.

O conjunto de crenças representa apegos.
Vocês observarão que a liberdade é o oposto do apego.
O que não quer dizer negar as relações: a relação não é apego a partir do momento em que ela é livre em todos os sentidos do termo.

O apego é peso.
A liberdade é leveza.


Questão: A Terra tem uma alma?

A Terra é sobretudo uma Consciência.
O que vocês chamam « alma » é, de fato, o intermediário entre o corpo e o Espírito, entre a personalidade e o Espírito ou Existência.

A alma é um veículo que não existe nas Dimensões Unificadas.
Vocês são diretamente religados, entre a estrutura Dimensional na qual estão, e o Espírito, ou seja, a Fonte.

A Criação da alma corresponde, de fato, à privação de seu Espírito, em sua Dimensão.


Questão: Na 3ª Dimensão Unificada, a alma desaparece?

Ela não é mais necessária, eis que vocês estão diretamente ligados à Fonte.


Questão: O acesso à 3ª Dimensão Unificada é, apesar de tudo, uma forma de Ascensão?

Sim.


Questão: Aqueles que partem hoje, em grupos, estão então prontos para viver a Ascensão?

Você não pode generalizar, dentro desse grupo.
Algumas pessoas desse grupo sobem diretamente para seus corpos de Existência. Outros, enfim, são colocados em estasis, aguardando a evolução da Consciência planetária e a evolução da própria Terra para seu novo paradigma.

Não há coincidência, em todo caso.
Lembrem-se das frases de Sri Aurobindo que esvreveu quando era São João, sob ditado de Cristo: « no mesmo lugar, um será tomado e o outro será deixado. Numa mesma família, um será tomado e o outro será deixado ».


Questão: Existiam iniciações específicas nas câmaras do rei e da rainha?

O que chamam as câmaras do rei e da rainha eram, de fato, câmaras de Ressurreição. As câmaras estavam ligadas a ângulos de forma que reproduzem, como sabem, a constelação de Orion.

As três pirâmides de Gisé representam as três estrelas do cinturão de Orion com um respeito da escala. Havia então, na Porta do Sul e na Porta do Norte (que eram de corredores alinhados na câmara do rei e da rainha, na grande pirâmide de Quéops), a possibilidade de reconfigurar literalmente um corpo.

Há, aí também, uma simbólica Fênix da Ressurreição.
Esse simbolismo era, aliás, apenas um símbolo, naquela época, dado que havia realmente Ressurreição e tomada de forma por uma Consciência dentro de uma nova disposição molecular.


Questão: Qual era o objetivo desse processo?

Atrair uma alma dentro de um novo corpo.
Processo de Ressurreição.


Questão: Eles podiam criar corpos, no sentido comum?

Certamente.
A geração espontânea de um corpo é, de fato, conhecida desde muito tempo. Está perdida, hoje, porque as câmaras de forma que existiram naquela época, por medida de segurança, foram destruídas pelas Forças de Luz, a fim de evitar que as Forças da Sombra pudessem se servir e que os maus rapazes pudessem se servir extensivamente da criação de novos corpos.

Entretanto, isso sempre esteve presente na História da Humanidade.


Questão: Qual era o interesse de criar corpos extensivamente, ao invés de fazer ressuscitar corpos existentes?

Mas é muito simples, a escolha da alma, simplesmente.
Criar um corpo físico no qual virá uma alma específica (que aguarda passar por esta voz para se manifestar e entrar em encarnação) é a característica típica daqueles que vocês chamam Avatares Cósmicos, também chamados (e vocês tiveram o exemplo sobre a Terra há pouco tempo), a Fonte.


Questão: Há uma diferença com os « walk-in »?

Sim, certamente.
Criar um corpo pelo processo de chamado da alma, ao nível dos campos matriciais de força em relação com Orion, necessita a Criação de um corpo recém-nascido.

O processo de « walk-in » refere-se apenas excepcionalmente a recém-nascido, mas, bem mais, a um corpo já adulto.


Questão: Esses corpos no sentido clássico do termo?

Tratava-se de um corpo realmente físico com a mesma constituição que um corpo nascido pela carne.

Simplesmente, as características desse corpo eram tais que o espaço de vida permitido a esta forma criada por onda de forma não podia ser de uma duração demasiado longa, com relação à sua escala de tempo de encarnação natural.


Questão: Os egípcios tinham a possibilidade de transladar com seus corpos, em particular utilizando as pirâmides?

A alma sim, não o corpo.
Como sabem, a Humanidade, em sua totalidade, está presa na matriz, desde tempos imemoráveis, assim, portanto, o processo de reencarnação foi inicializado pelos próprios arcontes. Há portanto tomada de forma e encarnação, e reencarnação permanente. Assim que vocês se aproximam desse sistema terrestre e de sua matriz, vocês são então presos literalmente pela matriz.

Entretanto, existe uma possibilidade, certamente limitada, de escapar da matriz, seja pela evolução de Luz no Interior da alma e do Espírito, seja pelo método ligado a ondas de formas que foram utilizadas pelas diferentes tradições que existiram na superfície deste planeta, mas concertentes a indivíduos em número extremamente limitado, porque necessitava de uma força de alma suficiente, quaisquer que fossem os processos energéticos de ondas de forma instaurados, para poder escapar da prisão da matriz.


Questão: É possível hoje viajar de um ponto a outro, em nossa dimensão, com o corpo físico, em sua Merkabah?

Isso é possível pela intervenção dos aliados da Humanidade, pelos Anjos do Senhor, dentro de Embarcação. O interesse da Merkabah não é de transportá-los de um ponto geográfico a outro, o interesse da Merkabah é a Translação Dimensional, e unicamente isso.

Viajar de um ponto a outro poderia se chamar, eventualmente, uma bilocação, que é um processo místico ligado à elevação da alma e do Espírito.

A Merkabah não está destinada a viajar geograficamente.
Ela é destinada a viajar dimensionalmente.

É preciso bem compreender que o que vocês ouvem falar são apenas crenças.

Lembrem-se de que vocês entram na era da experimentação.
Tudo o que vocês experimentaram por vocês mesmos, e mesmo as palavras, não servem estritamente a nada, a não ser para lhes obstruir o Espírito e impedí-los, justamente, de ascender ao que vocês são. É necessário que superem a era das leituras, é-lhes preciso superar a era das crenças, quaisquer que sejam. O que é afirmado por qualquer outro não tem qualquer valor enquanto você não o vive.

Hoje vocês descobrem, uns e outros, os espaços novos de Criação de sua própria Verdade.

Não há Verdade senão a sua própria.

As outras verdades, ainda que elas pareçam mais autênticas, não tem qualquer valor enquanto vocês não as integrem em seus campos de percepção e em seus campos de Consciência. Senão, aquilo permanece no nível do mental, e não lhes serve absolutamente para progredir.

O conhecimento assim definido, e chamado voz seca, que existe desde tempos antigos, ligado ao conhecimento mental e intelectual, que pode e existiu em certas ordens, era uma aproximação reducionista, fragmentada e incompleta.

Hoje, vocês tem a oportunidade, pela Vibração e a Luz, de poder acender a um certo número de experiências, criando sua própria realidade.

Vocês devem também desconstruir o conjunto de leituras, porque o que vocês não vivem, não lhes traz estritamente nada e os afasta mesmo de sua própria Verdade.


Questão: Ouve-se muito falar de Merkabah. Do que se trata?

Uma Merkabah é um nome de origem suméria.
Trata-se, de fato, do veículo de Luz correspondente (em termos simples e não exóticos, no que lhes concerne, com relação à sua língua e com relação mesmo ao aspecto Vibratório) ao que é chamado o corpo de reunificação do conjunto de corpos de espiritualidade ou corpo de Existência e o conjunto de seus corpos (chamados corpos sutis) dentro de uma nova estrutura situada acima de sua cabeça, chamada Fonte de Cristal, também chamada mas, aí também, é um termo exótico, pelos tibetanos, o « Vajra ».

Trata-se, de fato, de um ponto de Consciência que está situado acima do corpo, acima da cabeça, a aproximadamente de 60cm a 1m20cm acima de seu próprio corpo físico.


Questão: Todos temos, sem exceção, 4 linhagens?

Sim.
Está em relação direta com os princípios fundadores dos universos, questão, Bem amado, de que você falou no início. Os princípios criadores e fundadores estão ligados a pilares de sustentação. Esses pilares de sustentação são um papel que é atribuído aos Hayoth Ha Kodesh.

Esses Hayoth Ha Kodesh são as rodas nas rodas, que permitem efetivamente a geração descendente. Essa geração descendente Dimensional só se pode fazer pelo princípio de preexistência dessas 4 linhagens, tanto ao nível dos universos como de cada Unidade de Consciência.


Questão: É então possível ter uma linhagem de felino e uma outra de águia?

Todas as disposições são possíveis.


Questão: A primeira linhagem que nos corresponde é nossa linhagem principal?

Absolutamente não.


Questão: Há uma ordem específica de aparecimento das linhagens?

O princípio de ressonância joga, nesse nível, totalmente.
Conforme vocês são compostos mais de Ar ou de Fogo, aparecerá de início sua linhagem de Ar ou de Fogo. As 4 linhagens estão em relação com todos os processos existentes na própria fisiologia de seus corpos.

Todo processo fisiológico pode ser qualificado por uma proporção de Ar, de Fogo, de Ar e de Terra, e de Água. Assim, portanto, é completamente lógico que isso esteja para os 12 pontos de Fogo da cabeça em relação com a Coroa Radiante da cabeça, chamadas 12 estrelas de Maria.

Efetivamente, 3 a 3, elas estão religadas a um elemento e portanto a uma de suas linhagens, fazendo com que cada um tenha uma predisposição a manifestar similarmente mais de « aqui e agora », mais de « clareza », mais de « precisão », etc. etc., e isso é válido para o conjunto do que existe em seu corpo, como para o conjunto que existe a nível espiritual e na estrutura da Existência.

Existe, para cada ponto, quer seja ao nível do Corpo, quer seja ao nível da coroa da cabeça, quer seja por um processo fisiológico celular ou ainda ao nível do DNA, o mesmo princípio, eis que vocês tem 4 bases de DNA. Cada uma dessas 4 bases está associada a um dos elementos e também a uma de suas linhagens.

Trata-se, como já disse, de uma geração descendente.
Agora, realizar a Fusão do Fogo do Coraçao, como muitos de vocês o vivem, não significa que suas linhagens lhes sejam reveladas no mesmo momento, despertadas e reveladas. Muitos de vocês deverão aguardar que o Fogo da Terra seja completamente consumido, para despertar e revelar suas linhagens, mas, entretanto, elas são ativadas a cada respiração de sua Vida desde que nasceram.


Questão: Poderia nos definir o que chamamos o Fogo do Éter?

Bem amada, vocês experimentaram, para muitos de vocês, o Fogo do Coração, com um certo número de percepções. O Fogo do Éter corresponde ao momento preciso onde o conjunto de seus circuitos energéticos, que vocês chamam « nadis », quer chamem isso meridianos ou todo outro circuito que percorre seu corpo, vai ser impulsionado por uma energia nova que não é mais de ordem magnética mas própria da ordem Supramental. Do mesmo modo que seu Coração foi ativado para a energia do Supramental, a energia de seus « nadis », de alguns de seus circuitos, vão se ativar, eles também, na energia do Supramental. Isso está em relação direta com a constituição do veículo ascensional dentro de sua estrutura de personalidade.

O Fogo do Éter é uma característica específica desta energia, qualificada de Supramental, porque, penetrando nas estruturas habitualmente voltadas a fazer circular a energia de natureza eletromagnética ou magnética, estas vão aumentar o nível energético e fazer passar o nível energético sobre uma percepção acrescida do Fogo, mas também sobre uma hipercirculação de energia dentro dos referidos circuitos.

Isso é então chamado o Fogo do Éter.
Corresponde a uma modificação total do conjunto de sua estrutura etérica que, até o presente, era maltratada, comprimida, de algum modo, devido às forças eletromagnéticas em jogo na matriz. Devido ao fato da dissolução próxima total da matriz, seu corpo etérico, e o conjunto de suas estruturas, vão então vibrar em uma outra frequência.


Questão: Durante os protocolos, sentir calor corresponde à ativação desse circuito?

Completamente.
O trabalho chamado Yoga Celeste por Um Amigo corresponde completamente a isso, mas num estágio limitado, correspondente ao estágio do que é chamado os novos corpos, ou as novas estruturas em relação com a Existência.

O que falou Miguel é muito mais global e refere-se ao conjunto de sua estrutura etérica. Há uma relação direta com o Fogo elétrico que se senta ao nível da Kundalini.

Esta energia elétrica.
Sentando-se ao nível do Fogo da Kundalini, vai percorrer o conjunto de seus circuitos energéticos, cada um a seu ritmo, mas o que é novo também, nesse nível, não é somente a qualidade da energia que circula em seus circuitos energéticos, mas também a capacidade nova que terá sua Consciência para dirigir, de maneira espontânea e natural, a energia, em função de seus pensamentos. É nesse sentido que Miguel disse que vocês se tornam co-criadores de sua realidade e de sua Verdade.

Vocês criam literalmente sua Vida, do mesmo modo que vocês criarão os circuitos energéticos que serão os mais importantes em suas estruturas.


Questão: Quando se chega neste resultado, há o processo de ascensão diretamente atrás?

Completamente.
A dissolução da estrutura física se faz, porque não tem mais razão de ser.

O conjunto de sua Consciência passou portanto na 5ª dimensão ao nível do Fogo do Éter.


Questão: É o Fogo do Éter que nos permite a passagem na 4ª e na 5ª dimensão?

Sim.
Na condição que esse Fogo do Éter seja acoplado à ativação do Fogo do Coração.

Miguel insistiu no fato de que o Fogo do Éter sem Fogo do Coração seria apenas ruína.


Questão: É o que explica a diferença que está indicada em que alguns o viverão como uma destruição e outros como, justamente, uma Ascensão para a Luz?

Completamente.


Questão: Foi frequentemente sugerido integrar as energias atuais apoiando-se contra uma árvore. Mas, como fazer quando se habita em uma grande cidade?

As árvores devem estar em plena natureza, porque é sua natureza.
A árvore é a intermediária entre a 3ª e a 5ª dimensão.

A árvore está diretamente ligada à 5ª dimensão.
É por isso que inúmeros exercícios lhes foram comunicados e que Miguel insistiu, e que eu insisto também a meu modo, no fato de conectarem-se à energia das árvores, em particular ao nível de suas costas.

Isso permitirá, ao mesmo tempo, a Fluidez do Fogo do Éter e permitirá inundar literalmente seus circuitos energéticos muito mais rápido no Fogo do Éter.


Questão: Quanto tempo é preconizado para apoiar-se contra uma árvore?

O apoiar de suas costas na árvore permite a Fluidez e a circulação do Fogo do Éter de maneira muito mais harmoniosa.

O tempo importa pouco.
Quando digo que importa pouco, cada um tem um ritmo diferente.
A instalação das energias do Fogo do Éter será favorecida também pela árvore e, em particular, o que é chamado as árvores Mestres, que tem a possibilidade de canalizar, a seu turno, energias muito específicas.

Nessas árvores, mesmo não Mestres, vocês têm a possibilidade de permanecer alguns minutos e também muito tempo, o que lhes pareça necessário e que as energias circulem.


Questão: Esse contato das costas com a árvore é preferível sentado ou em pé?

O primeiro contato far-se-á, preferencialmente, em pé.
Mas é evidente que se você deve permanecer um certo tempo, você poderá, depois, sentar-se.

O importante é que o conjunto das costas toque esta árvore.


Questão: Será melhor uma árvore isolada ou numa floresta?

Não.
A única diferença está em relação com a quantidade de árvores presentes em torno de vocês que os apoiarão, de uma maneira mais fácil, no processo energético.

Seria preferível utilizar uma árvore à folha velha e não persistente, seria apenas a favor dos ciclos de renascimento que existem todos os anos.


Questão: O Fogo do Éter manifesta-se também pelo chacra da coroa?

O Fogo do Éter refere-se ao conjunto de circuitos etéricos existentes em sua estrutura de personalidade, do corpo etérico, do corpo astral, do corpo mental e do corpo causal. Os « nadis » distribuídos sobre o conjunto de seu corpo, é evidente que o Fogo do Éter se manifesta, de modo preferencial, sobre o eixo vertebral mediano.

Progressivamente e à medida do passar das semanas, dos meses, vocês sentirão esse Fogo do Éter e tomarão Consciência do conjunto de circuitos existentes no conjunto de seus corpos, da cabeça aos pés.

Foi determinado que o Fogo do Éter deve, de início irradiar ao longo da coluna vertebral. Isso foi chamado o despertar do Kundalini para a tripla energia Espírito Santo, Ultravioleta e Irradiação da Fonte. O que é diferente do fluxo elétrico, tal como descrito em todas as tradições, para a maior parte orientais.

Agora, esse Fogo do Éter está destinado também a invadir o conjunto de forças etéricas.


Questão: Qual relação você faz com a coroa que possui seu próprio Fogo que não é de natureza do Fogo do Éter?

É preciso bem compreender que o Fogo da Coroa Radiante da cabeça não tem as mesmas características que o Fogo da Coroa Radiante do Coração. Do mesmo modo, o Fogo do Éter do sacrum não tem as mesmas características, mas o Fogo que circulará no conjunto dos circuitos etéricos é chamado Fogo do Éter e compreende o conjunto desses três fogos.

O Fogo do Éter é um Fogo que vem do sol, vocês compreenderam.
Este Fogo do Éter corresponde à evolução, na sua densidade, de certos tipos de radiações que, até agora, não podiam penetrar até vocês. Este Fogo do Éter é, por conseguinte, literalmente canalizado por nós, Arcanjos, pela Confederação Intergaláctica e pelo conjunto de forças de Luz que estão em redor de vocês. A seu turno, vocês canalizarão, em seus circuitos energéticos, chamados nadis ou meridianos, este Fogo do Éter.

Trata-se, propriamente falando, de uma canalização.


Questão: Em função de qual parâmetro será canalizado esse Fogo?

Simplesmente, o fato de levar a sua Consciência sobre um ponto do corpo ou sobre um chacra.

Se leva sua Consciência sobre um chacra, você fará viver nesse chacra, o Fogo do Éter, simplesmente.


Questão: Isso irá mais rapidamente do que se pode imaginar hoje?

O conjunto dos processos evolutivos da Terra vão agora cada vez mais rapidamente.

Vocês estão numa fase de aceleração global e de intensidade global, cada vez mais intensa, eu diria.


Questão: Quando se sente este Fogo do Éter no sacrum, é necessário deixar fazer ou orientá-lo?

Inicialmente, deixá-lo instalar-se.
Progressivamente, vocês descobrirão, da mesma maneira que para o chacra do Coração, que lhes é possível, pela respiração, guiar este fluxo energético.

Pelo momento, tem apenas que deixar este fluxo energético, ajudando-o com o fluxo da árvore, subir ao longo de sua coluna vertebral. Apenas quando houver fusão entre as Três Lareiras, assim como nomeou Miguel (a Lareira inferior, a Lareira média e a Lareira superior, ou Lareira do sacrum, Lareira do Coração e Lareira da cabeça), reunidas naquele momento, vocês terão a liberdade de fazer circular, pela Consciência, este Fogo do Éter onde bem lhes aprouver.

E, num tempo ulterior, irradiar este Fogo do Éter em redor de vocês.


Questão: Em qual nível se faz a fusão dessas Três Lareiras?

Ela se faz, por um lado, pela subida do Fogo do Éter ao nível da lareira do Coração.

Do mesmo modo que houve uma alquimia entre a Coroa Radiante da cabeça e a Coroa Radiante do Coração, haverá uma alquimia entre, agora, essas Três Lareiras.


Questão: Quando esse Fogo do Éter circula no corpo, a saúde é restabelecida?

Sim.
Vocês constatarão, como o disse o Arcanjo Miguel, uma alienação importante do conjunto de suas necessidades, quaisquer que sejam. E constatarão, também, processos de eliminação e de cura que se produzirão progressivamente e durante as semanas.

Trata-se de uma forma de rejuvenescimento bem real.


Questão: Uma pessoa que ainda não viveu o Fogo do Coração, deve de início se consagrar nesta etapa antes de passar para a ativação do Fogo do Éter?

Bem amada, as etapas são cumulativas.
Os primeiros seres que receberam o Espírito Santo, há mais de um quarto de século, levaram, para viver um dos pontos que vocês vivem hoje instantaneamente, anos completos, com muitas dificuldades. Há portanto uma facilitação crescente que se produz em sua Humanidade, correspondente à frase dada por Cristo, que os primeiros seriam os últimos e os últimos seriam os primeiros.

Aqueles que se abrem hoje viverão, imediatamente, o conjunto de processos em ritmo acelerado. Mas lembrem-se também que, quando digo que os últimos serão os primeiros, as pessoas que se abrirem no último momento, perceberão naturalmente, o papel e a função desses circuitos energéticos, sem para tanto ter o conhecimento intelectual, porque trata-se, de fato, de uma reconexão à sua Essência, lembrem-se, à descida da Existência em seus corpos de personalidade.

Há portanto uma reconexão com o conjunto de suas memórias.
O que estava perdido remanifestar-se-á.

Vocês reencontrarão instantaneamente a memória desta energia, a Consciência desta energia e a função desta energia. O que hoje necessita para vocês um aprendizado, como foi o caso, por exemplo, no trabalho de alinhamento do Coração dado por Mestre RAM, efetuou-se desde os Casamentos Celestiais e desde o final dos Casamentos Celestiais para a maior parte dos seres humanos de modo natural e espontâneo, sem passar pelos protocolos.

Compreendam bem que, quando vocês introduzem a Luz em vocês mesmos, vocês criam um campo de ressonância que existe para o conjunto da Humanidade na qual aquele pode extrair esta informação e dela se servir à vontade.

Entretanto, não creiam que isso acontece por sorte.
Aqueles que, hoje, entre os últimos, vivem esse processo, e aqueles que viverão no último limite esse processo, o viverão de maneira justificada, porque terão esperado até o último momento.

Mas aqueles, entretanto, que não poderão vivê-lo, não o viverão.


Questão: Qual seria a razão que faria com que não se pudesse vivê-lo?

O ego, unicamente o ego e todos seus componentes.



Não temos mais perguntas, agradecemos.

Então, bem amados, eu lhes desejo boas vindas no Fogo do Éter e bem vindos a vocês.

Até breve.


___________________________
Compartilhamos essas informações em toda sua transparência. Agradecemos em fazer o mesmo, se a divulgarem, reproduzindo integralmente este texto e citando sua fonte: http://www.autresdimensions.com/
Versão do francês para o português: Célia G.
Revisão: Beto Schlichting

Nenhum comentário:

Postar um comentário