sexta-feira, 16 de abril de 2010

ANAEL - 16 de abril (2ª PARTE)

16 de abril de 2010

do SITE AUTRES DIMENSIONS


Questão: Como se liberar de laços com parentes sem ferir as pessoas?

Bem amada, é importante compreender que os laços, quaisquer que sejam, são efetivamente obstáculos à Existência e à Unidade, o que não quer dizer, com isso, que vocês devam romper todos os laços existentes.

Mas, para a maior parte de vocês, é necessário transformá-los.

Os laços que existem (provenientes de sua rede social, de sua rede afetiva ou ainda de seus ascendentes e de seus descendentes) devem ser, eles também, aclarados pelo princípio de liberação.

O que não quer dizer que vocês devam romper os laços para fazer sofrer os outros mas, bem mais, afirmarem sua liberdade, justamente com relação a esses laços.

Um verdadeiro laço não é um laço, mas é um princípio de acompanhamento, um princípio de ressonância, entre os seres, que permite a liberação.

Alguns seres, ainda sujeitos aos modos de funcionamento antigos, não podem encarar esse tipo de laço, quando, aí, sim, obviamente, isso pode conduzir a levar a efeito um certo número de separações.

É preciso também compreender que através dessas separações, por vezes necessárias e indispensáveis, há também, para um como para o outro, a oportunidade de crescer e que, para além do sofrimento inicial, para além do que pode existir quando um laço se rompe, sob a influência da dimensão dissociada na qual vocês estão, podem existir oportunidades de crescimento.

Cabe a você encontrar o compromisso, cabe a você encontrar as palavras certas relativas à liberação de que tem necessidade de viver com relação a esses referidos laços.

Questão: No período que chega, pode-se passar a comer e ser unicamente recarregado pelas energias?

Bem amado, alguns seres vivem já isso.

Eles viram, de fato, suas necessidades alimentares diminuirem, eles podem se sustentar, talvez, não de amor e de água fresca, como vocês entendem, mas já com um mínimo de coisas.

Muitas coisas se modificam: as múltiplas Vibrações e Radiações que vocês receberam desde mais de um ano e meio modificaram suas estruturas celulares, elas modificaram também o conjunto de seus chacras.

Entretanto, o período que viverão e que começa a partir de amanhã vai se traduzir por uma majoração de seu Fogo interior, esse Fogo necessita, obviamente, ser alimentado pela água.

Alimentado pela água para não queimar.
É um fogo que não queima, mas é preciso respeitar um certo número de atributos, hídricos, essencialmente.

É nesse sentido que, desde mais de um ano, dei instruções concernentes a uma alimentação de natureza líquida, a fim de lhes trazer um máximo de elementos aquosos.

Questão: Faço regularmente as meditações, tenho a impressão que avanço num certo plano, mas estou sempre bloqueada ao nível do coração e não ouvi jamais o som Si.

Bem amada, assim como Miguel disse e repetiu várias vezes, e assim como eu disse, alguns seres viveram as etapas de iniciação do Fogo do Coração desde já vários meses, eles são, de algum modo, os pioneiros que permitem ancorar a Luz nesta densidade.

Outros, enfim, apesar de seus esforços incessantes, não são coroados de sucesso no momento.

Isso deve fazer-lhe colocar na memória a frase de Cristo: « os primeiros serão os últimos ».

O importante sendo que, no final da intervenção Micaélica (e sobretudo no final do Anúncio feito por Maria e do início das transmissões das novas Chaves dadas pelo Arcanjo Metatron), o Fogo do Coração ou o Fogo de uma das três Lareiras se acenda.

Não há nem punição, nem retribuição, mas sim uma certa forma de proteção.

Alguns seres, de fato, se vivessem o Fogo do Coração, não teriam mais qualquer razão de permanecer nesse corpo.

Questão: No núcleo, qual é o papel dos neutrons?

O neutron é uma partícula de carga nula, não é polarizada.

O elétron e o próton são, de fato, dissociados, em sua Dimensão dissociada, porque as forças gravitacionais tendo sido induzidas pelos Arcontes, permitiram a separação do princípio eletrônico e do princípio protônico.

O neutron não está aí para estabilizar, de algum modo, o elétron e o próton, a fim de lhes permitir existir, mantendo uma distância entre eles, responsável de todos os processos fisiológicos, biológicos e atômicos que existem em sua densidade.

É necessário e possível compreender, sem entrar em detalhes, que nas Dimensões a que chamamos Unificadas (seja a 5ª Dimensão ou outras Dimensões bem mais elevadas), as partículas estão sempre presentes.

Elas são, junto a vocês, chamadas partículas exóticas, porque presentes de modo efêmero e não visíveis.

Assim é para os fótons, assim é para os quarks, assim é para os bosons que são apenas suspeitados pelos cálculos matemáticos e que apenas se fazem transitar em sua Dimensão de maneira temporária.

Em nossas Dimensões, em particular Arcangélicas, os quarks são os constituintes de nossa matéria.

Questão: Um elétron é a combinação de um neutrino e de um fóton?

Não unicamente.
Nas cargas eletrônicas, existe um conjunto chamado Agni Deva ou partículas Adamantinas.

O elétron é portador de quatro Agni Deva.
Cada um dos Agni Deva existentes num elétron é constituído de uma partícula elementar correspondente a um dos elementos originais (Água, Fogo, Terra, Ar).

A polaridade do elétron está ligada à predominância da partícula ligada ao fogo, enquanto que ao nível do neutron, as quatro partículas são perfeitamente equilibradas.

Questão: Os casulos de Luz são um campo eletromagnético aberto nos dois polos?

A formulação não corresponde à realidade.

Os casulos de Luz situam-se nas Dimensões que pertencem a sua 3ª Dimensão dissociada, há apenas um nível do que foi chamado corpo de Existência em que existe uma permanência e uma imanência existente para além desta Dimensão.

O corpo físico, o corpo etérico, o corpo astral, o corpo mental, o corpo causal, pertencem, de maneira segura e certa, a sua Dimensão, eles não existem nas Dimensões da Luz Unificada.

Assim, os casulos de Luz pertencem a esta Dimensão, representam as camadas de interação, não visíveis para vocês, ligadas à 4ª Dimensão, lá onde evoluem o que vocês chamam os Arcontes e que controlam então, pelas obliquidades das forças ligadas ao que vocês chamam egrégora emocional ou egrégora mental, desde tempos imemoráveis, o conjunto da humanidade.

É nesse nível que situam-se os sistemas de controle humano, mental e emocional. É nesse nível que devem ser superadas as emoções e o mental para aceder, assim como foi enunciado de maneira muito clara, pelo número de Místicos do Oriente, ao supramental e portanto sair da ilusão ou ainda do maya.

Mas esses veículos ditos sutis pertencem, eles também, à dimensão falsificada.

Nas Dimensões Unificadas, em particular em nossa Dimensão Arcangélica, temos um só corpo, um só e único corpo que é nosso corpo de Luz ou corpo de Existência, tendo um antropomorfismo específico.

Não existe estrutura anexa a esse corpo de Existência.
Ele é, em si, a totalidade da Unidade.

Questão: As egrégoras emocional e mental se desagregam?

A egrégora emocional, chamada por Sri Aurobindo « franja de interferências » está em curso de dissolução total.

O Fogo do Céu que impactará o Fogo da Terra assinará a destruição total do mental e portanto o final da humanidade, tal como a conhecem, permitindo o acesso à Existência.

Não pode ali haver, assim como os ensinamentos orientais disseram, acesso à Eternidade sem destruição do que é chamado os corpos sutis inferiores.

Isso é realizado por uma iniciação essencial chamada, nesta humanidade, a ressurreição, assim como Sri Aurobindo (ou São João) descreveu em seu Apocalipse.

Do mesmo modo, vocês devem passar por aí para aceder a Existência.

Ora, o mental deve ser dissolvido do mesmo modo que as franjas de interferências que bloqueiam a chegada da Luz em sua Dimensão foram dissolvidas.

Resta um obstáculo, é aquele que será destruído pelo Fogo da Terra: a dissolução do que é chamado o princípio inferior corpo e alma é necessária para aceder ao Espírito, não pode ser de outro modo.

A alma é emoção, em si, coloração e atração.
Ela não é o Espírito.

Quando Miguel ou eu mesmo os nomeamos Sementes de Estrelas, Filhos da Luz, nós nos dirigimos à sua parte eterna que é aquela que permaneceu no Sol, a seu Espírito e, certamente, não à sua alma que é, ela também, efêmera e mortal.

Questão: Nossa parcela de Espírito constitui nossa identidade cósmica?

Seguramente sim.

Questão: Um desvio do cóccis pode obstruir o que acontece no Fogo sagrado?

Não existem anomalias estruturais, adquiridas ou inatas, que sejam um obstáculo à vivência do Fogo do Coração e do Fogo da Terra ou do Fogo da cabeça.

O Fogo do Coração e o Fogo da cabeça tendo sido vividos, a intensidade de energias que eram chamadas, na época, Espírito Santo, recebidas nesta Terra desde mais de 30 anos, permitiram liberar os canais e permitir ao Fogo da Terra e ao Kundalini elevarem-se sem problema, quaisquer que sejam as anomalias existentes.

Os únicos obstáculos não se situam no físico mas, bem mais, em sua estrutura mental. A estrutura mental ilusória que foi criada pelas necessidades da encarnação e a reencarnação é um obstáculo essencial que resta a vencer, para a maior parte de vocês.

O Fogo da Terra está portanto destinado a suprimir este obstáculo porque, apesar do Fogo do Coração que vivem alguns de vocês, não houve liberação total do que é chamado o mental.

O acesso à Existência assinala o desaparecimento do mental.

Alguns de vocês vivem a Vibração da Existência através do Fogo do Coração nesse corpo e nesse Coração.

Vivem as premissas por intermédio do Samadhi ou Alegria interior, mas não tiveram ainda acesso a esse corpo de Existência, esse corpo de Luz, esse corpo de Cristal ou outro.

O único obstáculo que resta não está mais no nível genético, nem emocional, mas unicamente em seu mental, através de suas crenças e através de seu próprio medo de desaparecimento.

Questão: O Kundalini que sobe pode gerar este enfraquecimento do mental?

Eu diria mesmo que o Kundalini não pode subir se não há efeito de Fogo no mental e portanto, destruição do mental.

Questão: A que corresponde a tensão que sinto nas costas, a partir do sacrum?

Isso corresponde certamente a processos de despertar, eu diria, incompletos, do Kundalini.

Assim como disse quando de uma intervenção anterior, o Fogo do Kundalini e o despertar do Kundalini corresponde à associação de três Forças.

Da mesma maneira que vocês receberam a tripla Radiação do Espírito Santo, da Fonte, do Ultravioleta, do mesmo modo, a tripla a corrente existente no sacrum deve unir-se e unificar-se subindo ao longo de sua coluna vertebral.

Existem, de fato, dois circuitos laterais e um circuito central chamados, na tradição oriental, Ida, Pingala e Shushumna que permitem, quando de sua reunificação, uma subida total do Kundalini.

As correntes sol-lunares (se preferem, os dois lados de seu cérebro: o polo intuitivo e o polo ressonante) devem unificar-se, assim como foi realizado, pela ativação do 12º corpo na androgenia primordial, a fim de permitir a reunificação das duas polaridades e dos dois antagonismos existentes devido à existência de seu mental.

Assim, por conseguinte, a nível seu sacrum como a nível da suas costas, um certo número de percepções diferentes podem existir.

Essas percepções diferentes correspondem às três Forças em presença nesse nível aí, que podem subir de maneira dissociada antes de subir de maneira unificada.

Questão: Está em relação, então, com a intensidade da subida do Kundalini?

Completamente.

Questão: Conectando-me à energia do Coração ou meditando, sinto muito frequentemente uma vibração na coluna vertebral, debaixo do omoplata direito.

Bem amado, existe em relação com o chacra do Coração, na sua parte posterior, ou seja, nas costas, um princípio e um remanescente específicos que não é embriológico, mas espiritual, em relação com que chama, em sua densidade, as asas.

Existem, de fato, dois remanescentes espirituais que lhes foram tirados a partir do momento em que foram atraídos nesta matriz.

Porque, como crêem vocês que os Archanjos deslocam-se nos ares?
Como crêem que os Anjos deslocam-se nos Mundos Unificados?
Obviamente, com o que chamam asas e não diferentemente.

Questão: Que pode corresponder o fato de sentir estes remanescentes?

Diria, sem fazer jogo de palavras, que corresponde a um empurrão de asas. Isso pode existir desde extremamente muito tempo. Mas isto apenas empurrará unicamente no momento em que estiverem totalmente liberados desta matriz.

Questão: Já houve experiências de unificação de consciências a 24?

Obviamente.

Isso foi realizado por todos os povos, independentemente das suas origens (humanóide, delfinóide ou outra) que passaram numa Dimensão Unificada após terem vivido numa Dimensão 3ª, mesmo Unificada ou dissociada.

Não é específico da Terra mas de qualquer forma de evolução de Vida e de Consciência.

Isso existe já desde muito tempo nas povoações a quem chamam primitivos, em especial os índios da América do norte ou da América do Sul.

Mas isso encontra-se também em certas cerimônias que existem em certos povos primitivos da Austrália.

Esta arquitetura específica das 24 unidades de Consciência reencontra-se, vocês o sabem, em meio aos Melquisedeques.

Isto tem, de maneira mais concreta, eu diria, à disposição da Luz nos Mundos Unificados.

O que chamam Luz, em seu mundo, não é a Luz mas é uma Luz falsificada, deformada, arredondada, o que não é da Luz ao sentido que entendemos, nós.

A Luz não tem esta forma de glóbulo, nos Mundos Unificados.
A Luz apresenta uma forma hexagonal, de seis lados.
Reunindo esses hexágonos por quatro, reconstitui-se uma célula unitária de Luz diretamente ligada à Fonte.

Questão: As 4 Portas dos Melquisedeques estão em correspondência com o Hayot Ha Kodesh?

Existe, obviamente, uma arquitetura comum.

Os Melquisedeques do Ar estão em relação direta com o Hayot Ha Kodesh, em especial o Hayot Ha Kodesh do Ar.

Os Melquisedeques do Fogo (cujo grande Mestre é Omraam Mikaël Aïvanhov, assim como vocês o denominaram em sua última vida) é efetivamente o laço direto com o Hayot Ha Kodesh do Fogo.

A estrutura a mais adequada é chamada geodésica: inscreve-se, em três Dimensões, num espaço específico, à disposição do Melquisedeque.

Questão: Para liberar-se do mental, é suficiente absorver mais luz?

Não, liberar-se do mental é sobretudo abandonar-se à Luz.

Dizer “absorver a Luz”, é um ato ligado ao mental.
O abandono à Luz é um ato real de ação e não um ato mental.

Questão: No processo de abandono à luz, os impulsos primários são superados se tem-se consciência?

No caso de ato de abandono autêntico à Luz, tudo o que é impulso inferior desaparece.

Entendo por impulso inferior tudo o que os atrai nos mundos do desejo e nos mundos da ilusão.

Isso passa igualmente por certas necessidades ditas fisiológicas que podem desaparecer, mas sobretudo é uma modificação da Consciência que não está mais polarizada, literalmente, por jogos sociais, jogos egóicos ou jogos de atração, nese mundo.

Existe, realmente, no abandono à Luz, uma forma de destacamento ligado à materialidade.

Este destacamento não é um desinteresse da materialidade mas, bem mais, uma ação na ação de graça que permite encontrar a ação exata, sem, no entanto, estar atento ao resultado, qualquer que seja, porque no abandono à Luz, o resultado será sempre justo.

Não é conveniente por conseguinte levar atenção ao resultado mas simplesmente Ser e Ser permite ser na ação.

Questão: É difícil trabalhar na Luz se não se está no supramental?

Mas é impossível.

Não pode haver trabalho, na Luz, sem passar, pelo menos, pela ativação da Coroa da cabeça, ou seja a insuflação do Espírito Santo na Coroa Radiante da cabeça.

Falar de Luz não é a Luz.
Viver a Luz é Vibração, assim como nomeamos no ano passado: a Luz Vibral.

Porque a Luz que percebem, ou a Luz que imagina o seu mental, não é a Luz, é uma ilusão a mais.

Assim, a Luz não é algo para a qual devem se esticar.
A Luz não é algo que vêem quando fecham os olhos.
A Luz é Vibração antes de tudo e esta Vibração é ativa em suas estruturas e em sua Vida: é Alegria, é Existência, é Fogo do Coração.

Ela é, antes de tudo, um fogo que devora, que os invade.

Enquanto a Luz não for isso, não é a Luz mas é uma projeção de seu próprio mental.


___________________________
Compartilhamos essas informações em toda sua transparência. Agradecemos em fazer o mesmo, se a divulgarem, reproduzindo integralmente este texto e citando sua fonte: http://www.autresdimensions.com/
Versão do francês para o português: Célia G.

Nenhum comentário:

Postar um comentário