sábado, 27 de março de 2010

ANAËL - 27 de março

27 de março de 2010

do SITE AUTRES DIMENSIONS


Questão: Tenho sensações de queimaduras, compressões, ao nível do Coração, igualmente formigamentos, como se todas as células picotassem ou vibrassem?

Bem amada, bem vinda na Existência. As manifestações sentidas correspondem inteiramente ao que havia sido anunciado, há mais de um ano, pelo Arcanjo Miguel, quando dos Casamentos Celestiais. As sensações de compressões, de Vibrações, de rotações no peito correspondem, seguramente, à ativação do processo de Existência, chamado Coroa Radiante do Coração.

Na sequência efetivamente há percepção dessas Vibrações e de formigamentos extremamente rápidos, percorrendo o corpo. Eles assinalam a recepção do Fogo do Éter nas estruturas. Alguns de vocês já os viveram desde o mês de agosto do ano passado, mas apenas agora esse processo é acessível ao conjunto da Humanidade.

Questão: Por que, desde algum tempo, não me sinto mais conectada a vocês, como antes?

Bem amada, é necessário também, em suas estruturas, deixar o lugar para outros contatos e outras Consciências. Há, verdadeiramente, transformações que estão em curso mesmo em seus meios de contatos chamados Antakarana. Dentro deste Antakarana, é preciso por vezes deixar o lugar para outras funções, para outras entidades, para outros contatos Vibratórios. Entretanto, minha Presença, e a Presença de outros Arcanjos, em suas estruturas, permite a elevação Vibratória. Esta elevação Vibratória deve também, por momentos, deixar o lugar para reajustes em que há efetivamente, talvez, sentimento de desaparecimento.

Mas na Existência não haverá jamais desaparecimento.

Questão: Você havia dito que, se somos confrontados a uma situação difícil, isso demonstra a existência de uma falha em si e, além disso, que seria preciso ir para a facilidade. Como, então, superar as falhas?

A superação das falhas corresponde ao estado de Existência. Na Consciência Unificada, as falhas desaparecem, elas são transcendidas. Naquele momento, a relação pode mudar. Mas é também necessário compreender que em meio ao que vocês vivem uns e outros, atualmente, quaisquer que sejam as relações, algumas são chamadas a se transformar e outras são chamadas a desaparecer.

Isso é inevitável.
Há realmente interpenetração.
Há também, em alguns casos, separação de caminho.
Isso refere-se tanto aos planos profissionais como aos planos afetivos.
Isso refere-se tanto à sua ascendência como à sua descendência.

É preciso aceitar que cada ser humano tenha seu caminho e esse caminho não é necessariamente o seu.

Questão: Meu pequeno filho sofre, porque confrontado a pais que não o compreendem.

Bem amada, nesse caso, é efetivamente inconcebível que o filho deixe seus pais, você está bem de acordo.

Entretanto, como ajudar?

Em meio a esses atritos existentes nas relações interpessoais, há, ainda, hoje, ocasião de crescer. O que é visto com o olhar separado da Consciência dissociada, é sofrimento. Mas nos espaços da Existência, há, aqui, fator de superação. Esta criança certamente não escolheu por acaso tal meio. Esta criança encontra-se nesse meio porque deve trazer algo para esse meio.Lembrem-se de que, frequentemente, não são os pais os educadores, mas os filhos, com relação à Unidade.

Questão: Ouço sons nos ouvidos desde muito tempo, mas o som si está presente?

Bem amado, a manifestação do contato com a alma e com o Espírito é chamado o som da alma. Esse som da alma evoca sete sonoridades diferentes, desenvolvendo-se e manifestado-se em função de estados de Consciência, mas também períodos vividos nesta Humaidade. Assim, o som Si, assim, o silêncio, são etapas vividas por todos aqueles que ouvem esses sons correspondentes às diferentes sonoridades da alma e do Espírito.

Hoje, vocês ouvem também o som da Fonte.
Esse som se modula, atualmente.

Como alguns de vocês o observaram, ele se amplifica em períodos anteriores às luas cheias, o que é exatamente nesse momento. Em meio a esse som, existe efetivamente o som Si, nesse momento mesmo.

Questão: Como superar os bloqueios que aparecem em minha vida?

Bem amada, a hora será cada vez menos para a identificação da causa dos bloqueios, porque, definitivamente, o conjunto de bloqueios vividos nesta Dimensão resulta, em definitivo, da própria existência desta Dimensão.
Assim, mais do que nunca, a frase pronunciada por Cristo quando de sua encarnação: «procurai o Reino dos Céus e o resto lhes será acrescentado» os convida, de maneira forte, para ir ao essencial.

O essencial não é identificar os bloqueios, sobretudo hoje.
O essencial é se focar, ao nível da Consciência, na Existência e na Unidade.

Obviamente, vocês não vivem todos as mesmas etapas, seja ao nível da Coroa Radiante do Coração ou ainda da percepção mesmo do Triângulo Sagrado inferior (ao nível do sacrum).Entretanto, aproveitem os períodos e os momentos em que percebem as Vibrações, ouçam os sons ou percebam um certo calor ou um certo Fogo que existe em vocês para alinharem-se, nesses momentos porque, lembrem-se, isso faz parte do abandono à Luz, assim como o defini há quase um ano.

Neste abandono à Luz, nesta confiança na Luz, haverá cura. Nenhum obstáculo pode haver diante da Luz. A problemática é verdadeiramente confiar e abandonar-se a esta Luz e a esta Inteligência.

Questão: Hoje, sinto apenas a dor no corpo, sem mais visibilidade em meu caminho.

Bem amada, a dor efetivamente é um véu. A dor é ocupação da Consciência sobre outra coisa que a Luz. Entretanto, assim como o disse o Arcanjo Miguel, assim como eu repeti também várias vezes, cada um vai a seu ritmo, e alguns de vocês experimentam formas específicas de dores.

Mesmo em meio a esta dor, um dia, a Luz nascerá. A partir do momento em que a recepção da Luz torne-se real, existem períodos em que lhes são propostos em que a própria dor, qualquer que seja sua intensidade, pode soltar-se com relação à sua Consciência, permitindo-lhes viver, em alguns períodos, o acesso a este estado Unificado.

Assim, portanto, é preciso, bem amada, aproveitar momentos em que as efusões propostas, por nós mesmos e pelo conjunto dos 24 Anciões, se faça o mais intenso, a fim de permitir-lhe alinhar-se a isso. Existem também processos que nos permitem, a nós, Arcanjos, penetrar no conjunto de suas estruturas.

Esse processo foi chamado Radiância Arcangélica.

Seu objetivo não é propor que se aliviem, mas ele é o alívio em si nesta Radiância.

Questão: É normal, durante o protocolo de superação da dualidade, ter a sensação de que o corpo está como picado de agulhas?

Bem amada, o fato de ser picada de agulhas, assim como diz, corresponde à emergência da Luz em sua estrutura de personalidade.

O corpo de Existência é um Fogo. O corpo de Existência é o Fogo do Espírito que se manifesta em você, assim como foi vivido pelas línguas de Fogo pelos apóstolos. É efetivamente um Fogo picotando e devorando que corresponde à sua captação de seus próprios raios gama.

Questão: Quando invoco as chaves Metatrônicas, tenho sensações esquisitas nos dedos.

Bem amada, as chaves Metatrônicas representam as cinco sílabas correspondentes à língua matricial original. Obviamente, alguns de vocês vão captar a Essência e a Vibração. O fato de captá-la nas mãos, ou no Coração, corresponde a exatamente o mesmo processo.

Não há anomalia aí.

Há, talvez, em alguns casos, fenômenos de atritos resultantes da interação da língua matricial e de sua penetração em suas estruturas com sua própria personalidade mas, o mais frequente, nenhuma dessas manifestações é anormal em si mas traduz, bem mais, a evolução da Consciência para sua Unificação.

O corpo manifesta-se a seu modo.

Questão: Por que se pode sentir uma grande fadiga depois das sessões de meditação?

Bem amada, há alguns seres que vivem períodos de reajustamentos, depois dos períodos de meditação.

O objetivo da meditação não é fatigar.
O objetivo da meditação é buscar a Alegria, a expansão interior, mas existem, em alguns casos, reajustamentos preliminares.

Esses reajustamentos preliminares podem ser sentidos, por vezes, como dores ou grande lassidão. Isso traduz, efetivamente, um impacto muito forte do corpo de Existência na estrutura de personalidade. Não é preciso nem inquietar-se, nem alterar-se, eu diria. Basta, para isso, deixar agir o que trabalha em você depois dos períodos de recepção dessas energias.

Questão: Os zumbidos, no ouvido esquerdo, poderiam ser sons provenientes da Unidade?

Bem amada, muitos seres humanos sobre este planeta sentem zumbidos.
Existem, e disso sou consciente, zumbidos ligados à sua situação nesta dualidade. Mas é preciso bem compreender que as primeiras irradiações do Espírito Santo atingiram este planeta, desde quase trinta anos, desde vinte e seis anos, exatamente. Ora, muitos seres começaram a perceber esses zumbidos desde esta época. Eles traduzem a influência crescente do Espírito Santo nesta dimensão. Obviamente, o que você ouve não é um zumbido, mas o som de sua própria alma.

Questão: Desde que estou aqui, sinto uma grande Alegria, como se fosse a festa, no Interior.

Acontece que o Fogo do Coração, penetrando a Coroa Radiante do Coração, assim como foi nomeado pelo Arcanjo Miguel, pode tomar, para cada um de vocês, manifestações muito diferentes. Mas, entretanto, todos vocês percebem, seja o aspecto compressivo (nas primeiras fases de abertura), seja este aspecto de dilatação, ou, eventualmente, para os mais avançados de vocês, a percepção mesmo de uma morte iminente chamada, pelo bem amado Sri Aurobindo, o Switch da Consciência, que permite passar inteiramente na Existência.

Isso corresponde ao que é chamado o Samadhi.

Esse Samadhi, como o som da alma, possui sete oitavas diferentes, sete sons diferentes e sete formas diferentes. O momento da passagem do que é chamado a personalidade na Existência, o Switch da Consciência, acompanha-se de uma Vibração intensa, de um Fogo intenso que existe ao nível do Coração e permitindo, naquele momento, passar a totalidade da Consciência nas esferas da Existência chamada o Mahasamadhi.

Questão: O mês de agosto de 2010 corre o risco ainda de ver eventos climáticos específicos?

Bem amada, os eventos climáticos vocês já vivem, estão aí. Entretanto, jamais em suas midias oficiais, vocês terão informações sobre o que acontece. O Fogo do Éter, assim inicializado por nós mesmos, Arcanjos, a partir de 17 de março, traduziu-se pelo despertar de vulcões situados muito próximos da coroa polar norte. Entretanto, vocês jamais ouvirão falar. Assim, existem manifestações climáticas chamadas o Fogo do Éter (como, por exemplo, o granizo) ocorrendo em lugares do mundo, atualmente, de modo extremamente intenso.

Vocês entraram no processo de perturbações climáticas diretamente. Entretanto, e como sabem, no país onde vivem, vocês serão protegidos numa certa medida. O único elemento que será suscetível de afetá-los, nesse país (França), e vocês já viveram, são as borrascas de ar extremamente violentas. As perturbações climáticas assim nomeadas são a manifestação do que vocês vivem em seu ser Interior: estabelecimento do Fogo Interior, despertar do Fogo Interior, Fogo do Éter e, enfim, Fogo da Terra, que será iniciado a partir de 17 de abril.

Assim, eu lembro que, durante o período no qual vocês irão chegar, chamado o verão de seu ano 2010 (no hemisfério norte – inverno no hemisfério sul), há efetivamente um certo número de configurações ligadas a seu próprio sistema solar, chamado astrologia, que virão amplificar de maneira extremamente ampla o que vocês começam a viver.

Questão: O estado de centragem pessoal pode ter um impacto no lugar de Vida?

Obviamente, bem amada.

Progressivamente e à medida em que você se alinha consigo mesma e pemetra seu Fogo do Éter, seu próprio Fogo de Existência, obviamente, os seres que a rodeiam vão perceber, e de maneira nem sempre agradável, esse Fogo, tanto mais que eles mesmos serão afastados desse Fogo do Éter. Eles manifestarão então uma certa agitação, uma certa cólera que poderá ser chamada, nesse caso, o Fogo por atrito.

Questão: Essa centragem tem impacto igualmente sobre as perturbações climáticas?

Obviamente.

O Arcanjo Miguel os chamou de os Ancoradores da Luz e, em seguida, lembrem-se, os Semeadores da Luz. É exatamente o que vocês fazem.

Progressivamente e à medida em que vocês ancoram o Fogo em vocês (e o Fogo do Éter, em particular, ao nível de seu sacrum), progressivamente, vocês constatarão o despertar de vulcões da Terra. Há analogia total e sincronicidade total entre o que é Interior e o que é exterior. Esta sincronicidade não está mais deslocada no tempo. Ela será cada vez mais direta, assim como o constatarão.

Questão: Como tomar o melhor possível as decisões necessárias?

Bem amada, aí, a única decisão deve se tomar pelo Fogo do Coração. Coloque-se frente a esta noção de dualidade: prosseguir ou parar.

E coloque a questão: se prossigo?

Mas, antes de colocar a questão, coloque-se na Vibração do Coração e sinta a resposta. Em um caso, haverá aceleração e, no outro, haverá desaparecimento do Fogo do Coração.

A resposta está aí.

Questão: Por que sente-se atraído por tal ou tal estrela?

Bem amada, muitas Sementes de estrelas, obviamente, assim como o dizia Cristo, não são desse mundo mas estão sobre esse mundo. Vocês tem todos um certo número de linhagens espirituais. Essas linhagens espirituais estão talvez ligadas a seres que estiveram encarnados sobre esta Terra mas são, antes de tudo, originários de sua filiação estelar.

Nessas filiações estelares, algumas estão em ressonância com vocês. Para alguns, isso será Sírius, para outros, Aldebaran, para outros Cassiopé, ou para outros Altair, ou ainda outros.

Obviamente, essas ressonâncias são reais. Correspondem a uma forma de atração mas são também um de seus Quatro Pilares, existentes em suas linhagens espirituais. Assim como isso foi dito várias vezes, não me compete revelar-lhes suas linhagens espirituais mas apenas posso confirmar o princípio de atração e de ressonância manifestando-se, também, nesse nível. Do mesmo modo que vocês são constituídos de Quatro elementos, do mesmo modo vocês estão ligados aos Quatro Vivos, aos Quatro Hayoth Ha Kodesh, do mesmo modo vocês estão ligados a Quatro linhagens espirituais.


___________________________
Compartilhamos essas informações em toda sua transparência. Agradecemos em fazer o mesmo, se a divulgarem, reproduzindo integralmente este texto e citando sua fonte: http://www.autresdimensions.com/
Versão do francês para o português: Célia G.

Nenhum comentário:

Postar um comentário