sábado, 7 de novembro de 2009

ANAEL - 7 de novembro

7 de novembro de 2009

do SITE AUTRES DIMENSIONS


Questão: É exato que, quando da cremação, o canal Shushumna queimará demasiadamente rápido e perderá todas suas memórias, o que tornaria, de fato, a uma vida que «não conta»?

Bem amado, se todas as memórias tivessem a capacidade, efetivamente, de desaparecer deste modo, todas as almas seriam liberadas desta ilusão. Não haveria mais necessidade de reencarnação. Entretanto as regras, que certamente puderam existir em dados momentos de sua história passada, hoje, não têm mais qualquer sentido. Os laços entre o corpo e a alma tornaram-se menos pesados do que eram anteriormente. Assim, as almas que se liberam desse corpo desde alguns anos, não estão mais sujeitas às leis de carma. Elas esperam, em espaço intermediários, a fim de viver de acordo com sua transição, reviver em terceira Dimensão Unificada ou quinta Dimensão. Não há portanto preocupação em relação a isso.

Questão: Que fazer quando sentimos reatividade em relação a uma outra pessoa?

Bem amado, é preciso bem compreender que esse gênero de perturbação apenas pode se manifestar se existe, em você mesmo, uma falha correspondente a isso. Então, perder o alinhamento em razão disso é certamente uma forma de aprendizado na persistência do alinhamento, quaisquer que sejam as circunstâncias exteriores. Há, nesse nível, um real aprendizado, uma real experiência que permite procurar manter sua Existência, a Existência que não pode, em qualquer caso, estar sensível às circunstâncias exteriores. Obviamente, isso é concebido como um obstáculo, um embaraço, e isso necessita entrar cada vez mais profundamente na Existência e no alinhamento. Existe um espaço onde as perturbações exteriores, quaisquer que sejam (do domínio sonoro, do domínio vibratório ou do domínio astral, planetário ou outros) devem se tornar e tornar-se-ão, se você quiser persistir ao nível da Existência, totalmente indolores e ineficientes. Vocês devem portanto fazer o aprendizado do que os incomodam, a fim de não mais seram incomodados. Com efeito, se seu estado de Existência e seu estado de Consciência de alinhamento e de ajustamento com seu ser interior se desestabiliza e existe uma perturbação de ambiente, como farão vocês para manter esse estado, quando perturbações de ordem muito mais intensa surgirem em seu ambiente? Isso é feito para permitir-lhes viver o aprendizado, não a insensibilidade, mas a não interação com o ambiente que será necessária.

Questão: Como atrair a abundância?

A abundância se cria na própria existência. A abundância é o exatamente necessário a seu equilíbrio. Para isso, alguns seres têm necessidade de viver a estabilidade de seu ser interior para ali compreender que eles se tornarão muito rapidamente independentes de circunstâncias exteriores. O que está agora presente entre vocês é chamado «Tempos Reduzidos». Durante esses Tempos Reduzidos alguns seres têm desafios específicos. Alguns têm desafios com relação ao lugar, outros têm desafios com relação ao dinheiro, outros têm desafios, enfim, à imobilidade ou ao excesso de movimento, assim como foi dito. Assim, cada um se encontra no reajuste dos últimos obstáculos a viver a Existência.

Questão: É normal ter, nesse momento, problemas de saúde, de estados infecciosos?

Vocês estão num período onde os fenômenos que qualificam de infecciosos estão ligados às Vibrações existentes, seriam apenas pelo clima, seriam apenas pelas condições elétricas e eletromagnéticas existentes em sua densidade. O período é propício, efetivamente, devido às influências astrais e cósmicas e influências solares, para viver um certo número de desarranjos. Entretanto, esses desarranjos não os afetarão além da medida. Eles são também um engajamento a rendê-los o mais possível em sua Existência, a fim de permitir-lhes ter uma Vibração que situar-se-á largamente acima das gamas de frequências ligadas à dualidade e à doença. Entretanto, alguns de vocês têm também coisas a eliminar que correspondem a este período e aos reajustes necessários com relação à Existência.

Questão: Pode nos dar os nomes dos canais que os acolhem, realmente?

Não me compete revelar isso. O princípio da Unidade não permite, para um Arcanjo revelar, em sua densidade, o que seria para vocês uma prova de dualidade. Sua relação com os planos multidimensionais os faz, pelo princípio de atração e ressonância, encontrar o que deve ser encontrado. Obviamente, o Arcanjo Miguel, como é o mais conhecido a intervir em sua Dimensão desde milhares de anos, tem múltiplos canais e numerosas vozes, cada um tendo funções precisas e por vezes muito diferentes. A diferença se faz unicamente pela capacidade daquele que vocês chamam canal, médium, de deixar penetrar suas estruturas pela maior quantidade de Luz e de Vibração vinda desse contato. Obviamente, a personalidade desse canal, do médium, pode interferir porque, de todo modo, as palavras que escolhemos são oriundas da capacidade Vibratória que captamos no cérebro. Como o sabem, alguns Arcanjos têm muita dificuldade a se exprimir por palavras, mesmo nos canais os mais puros. Assim é o caso do Arcanjo Metatron, cuja linguagem Vibratória está extremamente afastada do que vocês chamam palavras. Assim, cada vez mais, através de seus contatos com os diferentes canais ou médiuns, o importante não é saber se é certo, verdadeiro ou falso. O importante é Vibrar e sentir a Vibração e a quintesssência. A verdade está aí, e em nenhum outro lugar.

Questão: Existe um outro planeta tão belo como o nosso?

Muito mais belo. Vocês não estão sobre o auge da Criação. Vocês estão sobre um planeta falsificado onde tudo foi deformado e encoberto. Vocês têm apenas o reflexo da Verdade. Os mundos de Luz, e mesmo de 3ª Dimensão Unificada, participam de um nível de harmonia do que vocês chamam beleza, bem além do que vocês podem tocar, sentir, provar nesse mundo.

Questão: Sinto, depois de alguns protocolos, queimaduras ou dores. É normal?

Há uma relação entre a ativação do que lhes dei (Alfa, Ômega, Hic e Nunc), com a capacidade, nova, para muitos de vocês, de penetrar esferas que até o presente lhes eram desconhecidas. Entretanto, isso se faz por vezes por fenômenos que vocês qualificam de dolorosos, porque há atritos e ressonâncias que se criam nesse nível. Entretanto, não precisam se inquietar. Isso não é o sofrimento de uma patologia. Isso é simplesmente a aplicação de novos processos que, por vezes, produzem mais atritos que outros.

Questão: Humanidades foram capazes de entrar na Luz na suavidade?

O que você chama de entrar na Luz? A partir do momento em que você está na 3ª Dimensão Unificada, até a Fonte, você está na Luz. Não existem portanto humanidades, humanóides ou não, que estiveram privados, pela falsificação de algumas raças, desse dom natural. Nos multiuniversos e multidimensões chamamos a isso 3ª Dimensão dissociada. A passagem da dissociação à unificação é um processo que não pode se fazer pela suavidade, a nível coletivo. Entretanto, pode se realizar na suavidade a partir do momento em que um indivíduo, uma determinada consciência é capaz, de maneira prévia à dissolução da ilusão, viver já em Unidade. Da distância que existe entre a personalidade e a Existência, quanto maior esta distância, maior é o sofrimento. E isto não está ligado à revelação da Luz, isto está ligado ao isolamento da Luz. Isto está ligado à recusa ou ao não reconhecimento da Luz, de algumas almas e de alguns caminhos.

Questão: Foi dito que a Fonte decidiu colocar fim na experiência da dualidade ...

Completamente.

Questão: ... mas que aqueles que desejassem prosseguir a experiência teriam a liberdade...

Existirá, temporariamente, e, certamente, no nível temporal de sua Dimensão, muito menos longo, onde as almas, algumas almas, poderão estar dentro de um ou dois sistemas solares, fechados, como em gestação nesta ilusão. Entretanto, de maneira geral, o conjunto dos multiuniversos e multidimensões que foram dissociados termina, totalmente. Não há discrepância nem contradição. A Fonte decidiu colocar fim na experiência em escala global, eu diria. Entretanto, existem casos em que algumas almas têm necessidade, ainda, de uma gestação e de isolamento um pouco maior, antes de reencontrar sua dimensão inicial. Isso concerne a poucas almas relativamente à multidão de almas existentes, aprisionadas nesta Dimensão.

Questão: Isso corresponde, se ouso dizer, a um perfil de almas específico?

Não, absolutamente não.

Questão: Isso poderia corresponder aos «mil anos» de que fala o Apocalipse?

Sim.

Questão: Quando estamos em contato, individualmente, com interventores de outros planos, como saber se nos levam para a Unidade ou se nos provocam, antes, para a dualidade?

Duas respostas. Princípio de ressonância e de atração. Vocês mesmos, estão sinceramente a caminho para a Unidade? Segunda resposta. Os planos da Unidade, os planos da Luz Vibral Autêntica, manifestam-se, de uma maneira ou de outra, nas dimensões que são, em vocês, as mais etéreas, o fazem trazendo-lhes um suplemento de Consciência ou suplemento de alma. Vão no sentido da humildade e da simplificação. Vão no sentido de um crescimento de sua Luz interior, enquanto que o que participa da falsificação e que não está portanto ligado à Luz Autêntica nesses planos intermediários, trasfega-los-á da energia da Consciência e vai portanto alterar sua Consciência no sentido de uma redução de sua taxa Vibratória. Assim portanto, estar em contato com um ser de Luz Autêntica deve lhes trazer e lhes insuflar um suplemento de Alegria interior, o que é impossível com uma entidade que pertence ao mundo astral, ainda que esses conhecimentos possam ser assustadores de precisão, ao nível desses mundos intermediários. Assim, vocês não podem confiar em seu intelecto, não podem confiar na precisão do que é dito, mas vocês podem confiar unicamente na Vibração e na qualidade que esta Vibração tem sobre vocês e em vocês, bem como para o canal (que, entretanto, em si mesmo, tem a possibilidade de perceber e sentir o efeito Vibratório do que é percebido ao nível do Coração) mas, obviamente, também, para o ser que está fora e que vive o processo exteriormente. O que vivem, o que ouvem, o que lêem, tem para vocês um efeito de abertura ou de fechamento? E o problema volta, nesse momento, ao mesmo. O problema não é relacionar-se com a Unidade ou a dualidade. Relacionar-se com a dualidade é talvez necessário, para alguns de vocês, a um dado momento. Vocês podem aprender igualmente, com a dualidade e a Unidade. A diferença essencial não se situa no aprendizado mas sim ao nível da transformação, o objetivo sendo o de transformá-los e trazê-los de volta à sua Unidade. Obviamente, se você é um Ser que não vai para a Unidade e decidiu prosseguir a experiência da dualidade, você pode ser muito incomodado por uma manifestação Vibratória que vem da Unidade. Em resumo, não há bom e mau, não há necessidade de saber se isso é Unitário ou é dualidade. O importante é compreender se isso, em você, o conduz a seu caminho ou o afasta de seu caminho.

Questão: Seres que não seriam da Unidade, procurariam se apresentar como tal?

Mas obviamente. Você não acredita que eles vão se apresentar como Seres da dualidade ou Consciências da dualidade? Entetanto, a presença de um Ser chamado Arcanjo, Melquisedeque, ou outros interventores, participam realmente da Luz Vibral, trazendo, em suas estruturas, Vibrações específicas. Progressivamente e à medida em que vocês afinam suas percepções Vibratórias, vão se aperceber que viver o Fogo do Amor e a abertura do chacra do Coração é estritamente impossível com as entidades da dualidade, a dualidade que não pode participar do Coração, de nenhuma maneira.

Questão: Após viagens fora do corpo, contatar os Anais Akáshicos é uma real possibilidade, ou trata-se de fato de alguns planos astrais?

O que é chamado "Anais Akáshicos" pertencente ao corpo causal participa da mesma ilusão que o corpo mental, que o corpo astral. O que lhes falamos são domínios Vibratórios bem além desses mundos aí. Eu os lembro aliás, que o Ser humano que chega a um certo nível de evolução vive o que vocês chamam de iniciações e que a última iniciação nesta Dimensão consiste, justamente, em queimar o que vocês chamam o corpo causal e, portanto, superar os mundos de ilusão. Assim, existem matrizes cristalinas que são o reflexo do que vocês chamam «Anais Akáshicos» que estão, elas, bem ao abrigo nos mundos do intraterra e nas multidimensões. Entretanto, as informações referentes a suas vidas passadas correspondem a esta matriz e a nenhuma outra. Há uma diferença essencial entre a memória de suas vidas passadas e a memória de sua Dimensão Solar ou estelar. A matriz registra, para a maior parte de almas, o conjunto de suas ações. Isso corresponde ao que vocês chamam a lei do carma. A lei do carma é uma falsificação da lei da ação de graça. Nos multiuniversos e multidimensões não dissociados, a lei de ação/reação não pode existir, porque tudo é graça. O objetivo e a sutileza da Sombra foi lhes fazer crer que o conjunto de universos evolui, em todas as Dimensões, segundo esse princípio de dualidade. A dualidade, o eletromagnetismo, não se refere senão ao seu universo fechado e falsificado e certamente não ao que acontece além do véu da ilusão. Não se esqueçam que o que vocês vêem com seus olhos, olhando o céu, não é a realidade do que é o Céu.

Questão: O que devemos ver, uma vez que não se trata da realidade?

Isso não seria visto, mas vivido: A Beleza, a Graça, o balé da Luz nas estruturas, o balé de partículas, as multidimensões. Vocês verão os Arcanjos, as confederações de Luz em torno de seu sistema solar. Não haveria distância entre os sistemas solares e as galáxias. O que chamam distância entre tal e tal galáxia é apenas uma ilusão, em relação com sua dependência nesta Dimensão, que tem suas próprias regras, certamente, e suas próprias leis que seus cientistas encontraram. Mas, obviamente, os cientistas sabem, hoje, que além desta Dimensão existem outras Dimensões e que o acesso a essas outras Dimensões não pode se fazer senão parando o tempo. Além do tempo você descobrirá as outras Dimensões. Isso está modelado, conhecido e perfeitamente integrado no campo da Consciência da compreensão Humana.

Questão: O eletromagnetismo não pode então existir num mundo Unificado e ele é então o que sustenta nossa própria matriz?

Completamente.

A base de sua matriz está ligada ao eletromagnetismo. O que observam, mesmo nas estrelas, o que chamam buraco negro, o que chamam jogo do eletromagnetismo, além das forças gravitacionais, é apenas o que você crê. O eletromagnetismo poderia ser assimilado a uma condensação do tempo e do espaço, a uma curvatura, em anel, do espaço e do tempo. As leis do eletromagnetismo são muito ligadas às forças que vocês chamam gravitacionais e que precipiraram esta dimensão em que vocês estão.

Questão: É portanto a curvatura de nosso espaço/tempo que criou as forças eletromagnéticas?

Completamente.

Questão: Como isso foi feito?

Isso nos levaria para demasiadamente longe. Mas, quando descobrirem os espaços multidimensionais não limitados de sua Existência, compreenderão e viverão que o Sol não pode ser Fogo. Compreenderão e viverão que o núcleo cristalino dos planetas não é um núcleo de fogo, mas sim um núcleo cristalino. Compreenderão que não há distância entre tal e tal Luz. Compreenderão que o desenrolar em espiral dos braços de sua galáxia é uma ilusão porque vocês o viverão.


___________________________
Compartilhamos essas informações em toda sua transparência. Agradecemos em fazer o mesmo, se a divulgarem, reproduzindo integralmente este texto e citando sua fonte: http://www.autresdimensions.com/
Versão do francês para o português: Célia G.

Nenhum comentário:

Postar um comentário