domingo, 4 de outubro de 2009

ANAEL - 4 de outubro

4 de outubro de 2009

do SITE AUTRES DIMENSIONS


Bem, almas humanas em encarnação, eu lhes transmito minhas saudações.

Eu sou o Arcanjo Anael, Arcanjo da Relação.
Minha Radiação está na cor rosa.

Eu sou um dos reitores do planeta Vênus e intervenho mais especialmente, no Conclave, em tempos como Embaixador, se quiserem.

Eu sou também aquele que pode, talvez, em meio ao Conclave, ser o mais mesmo a compreender e a explicitar, assim como o fiz em numerosas intervenções, o que é a Relação.

Eu sou o Arcanjo da Relação, relação de Consciência a Consciência e também relação de plano a plano.

Minha função é, antes de tudo, assegurar uma certa forma de coesão nas radiações que lhes são irradiadas pelo Conclave, desde sua reunião.

Intervenho também a fim de ajudá-los a progredir, em sem próprio caminho, em sua própria Verdade, a fim de lhes permitir trabalhar, a fim de lhes permitir se reconectar, também, através, justamente, desta relação, ao que vocês são, em Verdade e em Eternidade, bem além do que vocês crêem ser a única Verdade, a saber, o que se seus sentidos percebem, o que sua alma percebe e o que sua Consciência percebe.

Então, se vocês bem o querem, eu quero sim tentar dialogar com vocês a fim de lhes permitir preparar o que vai ser seu trabalho, porque é um, durante este período em que vocês serão acompanhados, cada dia de maneira diferente, por uma Radiação Arcangélica diferente, na qual vocês poderão apreender, por uma etapa vibratória e, para alguns entre vocês, por uma etapa visual ou auditiva, o que é o funcionamento e o princípio da Consciência Arcangélica em sua dimensão.

Mas também, e de maneira talvez um pouco mais precisa, desta vez, sobre o que nós somos realmente, os mundos onde nós evoluimos e nossos planos de intervenção no que concerne a seu planeta, aquele que sustentamos e criamos desde tempos imemoráveis.

Então, vamos começar, se vocês quiserem.

Questão: Por que me é difícil acessar níveis vibratórios mais elevados?

Bem amada, assim como a maior parte de vocês aqui presente o sabe, houve um certo número, eu diria, de contratempos ligados à não capacidade de seu material genético a acessar certas modificações indispensáveis ao acesso de sua Consciência nesta Vibração em níveis muito mais etéreos, em níveis de Consciência muito maiores.

Entretanto, isto foi reparado.
É preciso que compreenda também que cada ser humano, cada Consciência em um corpo, numa história, numa Consciência, de origem estelar e de filiação espiritual diferente, vibra segundo seus próprios marcadores e segundo suas próprias revelações.

Assim, alguns seres humanos têm, hoje, acesso ao que chamamos, nós, Arcanjos, corpo de Existência, que nada tem a ver com as estruturas que vocês apresentam hoje, que estritamente nada tem a ver com os modos de funcionamento tal como os conhece, desde tempos imemoriáveis e que, no entanto, é Você, em um outro nível vibratório e em um outro estado dimensional.

É preciso bem compreender que inúmeros seres humanos, hoje, estão a caminho para esta Revelação. Esta Revelação só se pode fazer, assim como já o disse, por pequenos toques.

Com efeito, um certo número de revelações, se fossem feitas de maneira violenta, induziriam, ao nível vibratório, a uma deslocação real e total de sua estrutura na qual você está hoje.

Assim, portanto, não pode haver desvendamento, nesta dimensão, de maneira brutal.

Alguns desvendamentos existiram em sua Humanidade, por exemplo, para pessoas que fizeram uma experiência às portas da morte, que foram realizadas fora desse corpo.

Hoje, vocês têm um duplo componente que se revela: o corpo de personalidade, que vocês conhecem. Esse corpo de personalidade é regado, literalmente, de um certo número de radiações e de Vibrações permitindo-lhes elevar seu nível vibratório. E vocês têm, do outro lado, em um outro espaço/tempo, além da dualidade que vocês percorrem, uma parte de vocês mesmos que lhes foi retirada e que espera esse momento, chamado «o corpo de Existência». Esse corpo de Existência não está aqui e, entretanto, ele é visível cada dia quando você olha o Sol.

Assim, seu corpo espiritual, esse corpo chamado, em seus escritos sagrados, «o corpo da Ressurreição» ou «o corpo de Luz», é algo que os espera em um outro espaço/tempo, em outra dimensão.

Hoje, lhes e possível, para alguns de vocês, transladar a Consciência nesse plano do corpo de personalidade para um outro plano, ou plano do corpo de Existência, e sem descontinuidade, ou sem interrupção, se preferem, da Consciência.

Entretanto, esses processos devem se viver ao nível da personalidade, por certo número de mecanismos vibratórios que foram ilustrados pelos anúncios feitos pelo Arcanjo Miguel, correspondente à reativação de certo número de potenciais que estavam, até o presente, adormecidos e latentes em vocês.

Cada ser humano vive esta Revelação a seu ritmo.
As Vibrações e as Consciências, em relação direta com essas novas Vibrações se ativando em vocês, vai, ainda uma vez, a seu ritmo.

Assim, vocês não são iguais diante da evolução vibratória, nesse momento preciso.

Há seres humanos e Consciências que estão no primeiro estágio e outros, entre vocês, que estão no último estágio. Não há atraso, não há adiantamento, há somente estruturas ligadas a suas origens estelares e a suas filiações espirituais que permitem o desvendamento mais ou menos rápido desses estados vibratórios.

Assim, portanto, não é conveniente inquietarem-se pela incapacidade de penetrar, no momento, o corpo de Existência ou ainda apenas ouvir a nota Si ou perceber a ignição do que foi chamado as novas lâmpadas.

Entretanto, esta Consciência que se revela a vocês não é prometida a alguns eleitos, ela é para o conjunto da Humanidade.

Contrariamente ao que alguns ensinamentos quiseram fazê-los crer, não há qualquer limite à Revelação, não há qualquer limite à sua possibilidade de acessar a Existência. O único limite estava ligado ao bloqueio que existia até essas últimas semanas, que resolvemos de maneira definitiva.

Assim, portanto, não há o que se inquietarem, há a trabalhar na humildade, na simplicidade, no Amor e no trabalho, eu diria, bem feito.

Além disso, não se preocupem com o que vocês percebem ou não percebem no momento. Cada um segue sua estrada, seu caminho e à sua velocidade.

Então, continuem a trabalhar, não é?, como o disse o Arcanjo Miguel, porque os Casamentos estão terminados como não se referiam a outros seres humanos, bem ao contrário.

Ele chamou isso, eu creio, a primeira onda, haverá outras ondas. Sem entretanto remetê-los, como o fiz algumas vezes, a certas palavras de Cristo que foram tomadas por exemplo «os primeiros serão os últimos» ou «os últimos serão os primeiros» não é preciso se demorarem a isso.

Vocês participam de uma evolução coletiva porque estão num tempo coletivo. Nesse calendário coletivo, o calendário espiritual ou o tempo espiritual associa o tempo material ou, será mais exato dizer, que o tempo material está se juntando ao tempo espiritual. O que lhes foi curvado, falsificado e deformado está reencontrando sua forma original.

Mas isso, ainda uma vez, não pode se fazer em um minuto.

Igualmente nós, Conclave Arcangélico, como a Assembléia dos 24 Anciãos ou como o conjunto de Anjos e de seres de Luz ou de seres multidimensionais que os assistem no que vocês vivem, não podemos revelar, de maneira brutal, a Verdade, senão essse mundo explodiria literalmente diante da potência da Verdade e da Luz.

No entanto, e assim como o sabem, vocês têm necessidade de seu material genético, não nós, para levar a efeito sua missão.

E qual é sua missão?
Participar na expansão permanente da Vida, da expansão permanente das dimensões e reunificarem-se ao que vocês são, reunificarem-se na Unidade.

Então, o importante é talvez, antes de todas as coisas (mesmo se você não tem a Consciência ainda do corpo de Existência, mesmo se você não tem ainda a percepção do som ligado ao contato com a alma), estar antes de tudo em paz com você mesmo. E eu asseguro que, se você realiza o que foi solicitado durante os Casamentos Celestiais, se você se serve das chaves Metatrônicas que lhes foram entregues, se você se serve das frases simples de acolhimento da Luz e da Verdade, seu coração estará em paz. Com um coração em paz, você estará então pacificado e poderá esperar em toda serenidade o momento propício para seu despertar.

Questão: Como vão se articular as modificações do DNA com a data de 2012?

Bem amado, quem falou de 2012?
Quem insinuou, ou imprimiu na Consciência coletiva, esta data de 2012?

Há transformações em curso, atualmente, agora, isso está se realizando.

Os Casamentos Celestiais, e o período que vocês vivem, são um período de Revelação.

A Revelação está prevista para durar certo tempo mas eu lhes diria que o tempo pode ser encurtado e em nenhum caso alongado.

O que quer isso dizer de falar de tempo encurtado?
Bem, eu tomaria simplesmente este exemplo: hoje, os seres começam a reencontrar seu estado de Existência. Imagime que, de hoje a amanhã, por um impulso coletivo, um número de seres humanos importante, o dobro daquele que é atualmente, descubra pela primeira vez a Existência, ou que um número ainda diferente, de hoje a amanhã, ative o contato com a alma, nesse momento, o plano da Ilusão no qual vocês vivem seria imediatamente neutralizado por seu próprio esforço vibratório.

Assim como sempre o dissemos, nós estamos aí para lhes dar a mão mas nós não podemos descer até vocês, compete a vocês subirem até nós. Subir até nós necessita abandonar um certo número de coisas e eu já me exprimi antes longamente sobre a noção do abandono à Luz que lhes permite encontrar a Unidade além desta dualidade que vocês experimentam.

Então, a liberação do DNA, tal como isso foi tornado possível pelos diferentes tipos de irradiações que nós dirigimos sobre este planeta, lhes abre, hoje, portas insuspeitáveis.

Pouco a pouco, à medida do transcurso dos dias e semanas, um número cada vez mais importante de seres humanos vai acessar essas dimensões, novas para eles. Não pode ser questão de Ilusão ou astral, como alguns se agradariam de dizer. As manifestações que vocês viverão são suficientemente eloquentes para não serem confundidas, de uma maneira ou de outra, com a que chamamos, ou que vocês chamam, o mundo astral ou emocional.

Evidentemente, o mental, nos primeiros tempos, vai tentar lhes dizer que isso não é verdade mas a adesão de sua Consciência nesta experiência de transcendência fará de modo que o mental não poderá, de modo algum, se opor, exceto se você lhe der atenção, deixando-o se expressar em você e se você se satisfaz com ele. Entretanto, o tipo de experiências ligado à Existência, o tipo de experiências de paz, de Alegria interior, vividas pelas diferentes radiações que emitimos para vocês, além mesmo do corpo de Existência, lhes permite, agora e já, nesse corpo de personalidade, experimentar alguns mecanismos inéditos, para vocês, até o presente, mesmo depois de vidas inteiras passadas a meditar ou a praticar alguns exercícios espirituais. É preciso bem compreender que a chave está nesse nível.

Então, não há data limite.
Há uma data limite, efetivamente, que está ligada à entrada do conjunto de seu sistema solar num alinhamento com o centro galáctico e isto está, efetivamente, previsto para 21 de dezembro de 2012.

Entretanto, esta data não significa que vocês vão esperar até esta época. As coisas estão muito mais avançadas do que vocês pensam ou que vocês esperavam. Nós estamos num momento em que o conjunto da Criação, nesta densidade, pode balançar de um dia para o outro.

Entretanto, um certo número de etapas foram escritas, foram retranscritas, pelos que vocês chamaram Profetas ou Mensageiros. Entretanto, compreendam bem que fomos obrigados, nós também (e os seres que velam o destino desse sistema solar e esta Humanidade, em particular, foram também obrigados) a jogar, no sentido nobre do termo, com as datas.

Não se esqueçam que os seres que limitaram sua expansão Dimensional e que os constrangeram a se manifestarem nesta dualidade, não podem conhecer os fatos espirituais. Eles passeiam, em todo o sentido do termo, em Consciência, desde esta dimensão até a dimensão que é imediatamente inferior, que vocês chamam segunda dimensão, e até a quarta dimensão. Mas eles não têm acesso, de nenhuma maneira, ao que acontece sobre as dimensões da Luz Autêntica. O que nos permitiu desenvolver um cenário de intervenção (ao nível de planos multidimensionais além de sua dimensão, mas que implica a prazo sua dimensão), algo que foi, eu diria, para esses seres e para essas Consciências, a Ordem do Imprevisto e do Imprevisível.

Hoje, isto está realizado, então, as portas estão grandemente abertas. Um certo número de processos deve chegar, mas que depende também da reação da Humanidade a esta liberação nova, além dos Casamentos Celestiais que iniciamos agora.

Não há portanto data limite em 2012, as datas serão o mais próximo que vocês possam levá-las.

Questão: Por que aqueles que tiveram já uma conivência espiritual afastaram-se de mim?

Bem amado, hoje o ser humano faz escolhas, essas escolhas, além da adesão a uma espiritualidade ou a um outro, são antes de tudo em função do desejo da liberação da Consciência que é dele, que é sua, mesmo nesse corpo de personalidade.

O que significa isso?
Que, se você está congelado (bloqueado), se você não aceita a transformação, por sua adesão a ritos, a religiões ou a crenças que estão suficientemente ancoradas em você, e nas quais você encontra um certo equilíbrio e um certo desenvolvimento, com qual direito iríamos nós retirá-lo disso?

Não se esqueçam que esta dimensão lhes instaurou o que eu chamaria e o que vocês chamaram, o livre arbítrio.

O livre arbítrio não é a liberdade.
A Liberdade é, justamente, sair do livre arbítrio para penetrar na Eternidade.

Entretanto, os seres humanos hoje se separam.
Existe, assim como já o disse, uma decantação entre o que é pesado, o que está congelado e o que é leve: entre o que desce e o que sobe.

O que sobe, é a sede da Unidade, o que desce, é a atração para a dualidade e aí nada podemos. Nada podemos mudar naqueles que querem permanecer nesta dualidade. Entretanto, vocês devem compreender que esta dualidade que foi criada por certas entidades, tem necessariamente um fim porque ela é, de qualquer modo, um disparate e um beco sem saída.

Crer que aderindo à dualidade e cultivando-a, de maneira intensa, de maneira absoluta, mesmo eu diria, o bem, seria suficiente para liberá-los da dualidade: quantos seres humanos vocês viram realizar isso desde dezenas de milhares de anos?

Extremamente poucos em relação ao conjunto de almas que estão prisioneiras nesta densidade.

Então, assim, a Fonte decretou o fim desta dualidade.
Mas, entretanto, até o derradeiro limite desta dualidade, nós não podemos impor aos seres que estão engajados em suas próprias crenças, em sua própria verdade (porque este é seu ponto de vista), nós não podemos desengajá-los desta crença, até o último momento.

Quem decidirá o último momento?
A massa daqueles que decidirão ir para a Unidade porque, nesse momento, eles serão capazes de elevar suficientemente seu estado vibratório e portanto, dimensional, para permitir a Translação Dimensional do conjunto.

Mas, nesse momento, a questão não se colocará mais.
Mas, hoje, inúmeros caminhos são chamados a se separar.

O que está pesado deve se afastar de vocês e vocês devem se separar disso se se tornam leves. Assim, alguns, entre vocês, vivem transformações, não unicamente ao nível da Consciência, mas mesmo do desenvolvimento de sua Vida: deixar um emprego, tomar a escolha da liberdade, da liberação, mesmo sem conhecer seu futuro e seu amanhã é uma grande prova de coragem e uma grande prova de desejo de viver a Unidade e voltar para a Unidade e escapar da dualidade.

No entanto, foi-lhes sempre solicitado não julgar, não condenar, porque vocês não sabem quem está no outro, além das aparências.

Vocês não sabem o que é o outro, em Unidade, vocês não sabem o que é o outro, em Verdade.

Assim, portanto, ocupem-se de seu caminho e de sua Verdade, aquele que quer encontrar sua própria Luz.

Eu já o disse e repeti, ajudar o outro não é querer convencê-lo que o que vocês vivem é Verdade porque, para ele, não é a Verdade sob seu ponto de vista. Entretanto, cultivando a Luz e a Vibração, aspirando literalmente sua alma e sua Consciência e sua personalidade para a Existência, vocês permitirão aliviar as Vibrações. E portanto, segundo o príncípio de ressonância e de atração, vocês permitirão, nesse momento, à Unidade, entrar em manifestação em sua Vida, mesmo sem penetrar, na realidade, no momento, o corpo de Existência.

Mas, entretanto, um certo número de sincronicidades, um certo número de mecanismos fluidos e novos vão se instaurar. A partir do momento que vocês impulsionam a energia de uma mudança para a Unidade, a Unidade virá a vocês. Certo número de coisas vão se instaurar, vibratoriamente e no desenrolar de sua Vida, para lhes facilitar, literalmente, a Vida, porque, nesse momento, vocês terão feito prova da ausência de medo, vocês terão tomado a decisão que vai no sentido de sua Unidade. Isso pode ser, efetivamente, mudar de região, isso pode ser, efetivamente, perder ou deixar um emprego, isso pode ser também a decisão de deixar tal ou tal pessoa.

Entretanto, é necessário bem compreender que o processo de decantação escapa às decisões afetivas e às decisões mentais: trata-se aí também de um princípio de atração e de ressonância. O que é pesado retorna ao pesado, o que é leve, vai para o leve, e assim os caminhos se afastam e outros se juntam.

Vocês não têm que julgar nem que condenar, vocês têm que observar e aceitar ir no sentido do que vocês querem ser.

Questão: Por que pude, desde o início dos Casamentos Celestiais, contatar meu corpo de Existência e nao mais agora?

Bem amada, é preciso bem compreender que a experiência de Existência, aí também, é diferente segundo cada um. Alguns seres não tiveram acesso, alguns o tiveram muito rapidamente e em seguida eles se encontraram como que privados desta magnificência por uma razão que é muito simples de compreender: alguns seres são capazes, efetivamente, de se juntarem à Existência mas, se os deixamos muito tempo na Existência, eles não teriam mais necessidade de voltar a esse plano.

E nós temos necessidade de muitas pessoas e de Consciências, nesse plano, para levar a bom termo o trabalho da espiritualização da matéria.

Então, não é preciso surpreender-se se, a um certo momento, foi-lhe permitido viver algumas coisas e isso lhe foi retirado.

Não se trata de uma punição mas de uma verdadeira proteção. Entretanto, o importante é realizar, na personalidade, a paz, a Alegria e a elevação vibratória.

A Existência, mesmo se isso seja apaixonante, os espera.
Vocês sabem agora que ela existe, para aqueles que tiveram seus primeiros contatos.

Vocês sabem que isso é Verdade e Eternidade mas, entretanto, o trabalho que vocês têm a levar está ainda nesta dimensão.

Então, para os seres que tiverem uma facilidade de deixar a personalidade para ir viver em Existência, nós colocamos, de algum modo, as proteções (guard-rails). Não é preciso também esquecer que alguns bloqueios existiam nessa Humanidade, através dos bloqueios existentes no DNA.

Entretanto, aqueles que viveram, em Consciência, desde o início dos Casamentos Celestiais, passagens nesta dimensão de Existência e que não têm mais acesso a isso, não estão sob a influência de um bloqueio qualquer mas, bem mais, ainda uma vez, do que chamei de proteção (guard-rail), para lhes permitir guardar ainda esse corpo de manifestação, a fim de aqui trabalharem, e atrairem, literalmente, aqueles que deles se aproximarão nesta dimensão.

Isso faz de vocês, assim como o disse Miguel, Ancoradores e Transmissores da Luz.

Questão: Por que, contrariamente ao que foi anunciado, não vimos a Luz de uma Merkhaba coletiva no Céu do México? Um limiar não teria sido atingido?

Bem amado, não o menos do mundo.
O que foi anunciado foi visto, lá onde deveria ser visto.
Entretanto, a informação não está talvez disponível para você.

É preciso bem compreender que, quaisquer que sejam as manifestações da Luz, elas serão sempre utilizadas no inverso do que é a Luz.

Assim, as Embarcações de Luz, que apareceram em diferentes lugares de seu sistema solar, em diferentes lugares deste planeta, ou foram ridicularizadas, ou todas, simplesmente, caladas, escondidas.

Se devesse existir, eu diria, uma aparição coletiva do conjunto de forças da Luz autêntica em seu planeta, você poderá estar certo que suas mídias decretariam imediatamente a invasão, o que não é, obviamente, absolutamente, o caso.

Então, não espere, por seus meios habituais, ou seja, o que você chama midia, obter a Verdade.

A Verdade não pode sair do que está falsificado e cujo objetivo é de escravizá-los, totalmente.

O que foi anunciado realmente se manifestou.
As embarcações de Luz manifestam-se cada vez mais frequentemente e não unicamente em torno do Sol, lá, onde estão estacionadas, mas em diferentes países.

Entretanto, vocês não terão acesso a isso em suas midias habituais.

A informação existe, os testemunhos se multiplicam e se multiplicarão cada vez mais, e o que é o caso, já desde vários meses e se reforçará progressivamente nas semanas e meses.

Inúmeros seres humanos, além mesmo do México, a partir do momento que se reuniram na intenção unitária de ir para a Luz autêntica, perceberam, mesmo, corpos Arcangélicos, com seus próprios olhos.

Isso é verdade mas, entretanto, não foi clamado.

Questão: A Merkhaba é a Jerusalém Celestial que São João descreve no Apocalipse?

Bem amado, existem numerosas denominações no que concerne à Jerusalém Celestial.

A Jerusalém Celestial é uma Embarcação de Luz na qual se encontra a Divina Maria.

Maria é um ser particular na Criação.
Com efeito, embora vinda de uma dimensão além do antropomorfismo, ela foi capaz de descer suas Vibrações a fim de percorrer o conjunto de dimensões, até materializar, de modo natural, um corpo, nesta densidade. Ela foi em seguida capaz de voltar aos planos dimensionais e de fusionar o corpo de personalidade com o corpo de Existência e, com ainda outro corpo que você não conhece, situado além das dimensões antropomorfizadas.

A Jerusalém Celestial é portanto sua Embarcação, foi assim chamada. Entretanto, ela teve, em outros tempos, e em outros lugares, outros nomes.

A Jerusalém Celestial é uma Embarcação de Luz.
Mas, agora, se eu lhes dissesse que alguns seres, eles mesmos, são Embarcações de Luz: eles são capazes de atingir, em seu veículo de Existência e em sua dimensão de Existência, dimensões que poderiam corresponder ao que vocês chamariam, sobre a Terra, uma vila de média importância.

Isso lhes é dificilmente concebível.
Vocês imaginam Embarcações de Luz de diferentes modos, alguns entre vocês vêem discos voadores, outros verão formas específicas, com cores específicas ou composições específicas. É-lhes preciso admitir, entretanto, que o que chamamos Embarcações de Luz são, realmente, Embarcações de Luz.

Uma Embarcação é algo que se desloca, trata-se portanto de uma Luz se deslocando. Nesta Luz pode existir uma Consciência ou um conjunto de Consciências.

Assim, esses conjuntos de Consciências podem realizar uma Embarcação de Luz, ou Merkabah coletivo, ainda maior que o conjunto de partes que a constituem.

Isto está ligado à capacidade das partículas de Luz, nos multiuniversos e multidimensões não dissociados, de poder se arranjar, se montar, a fim de criar veículos chamados Embarcações de Luz, cada vez maiores.

Assim, há um veículo de Luz específica, esse veículo de Luz, ou Merkabah individual, está ligado a seu corpo de Existência e a sua dimensão estelar, se preferem, quanto à sua origem Dimensional. Existem a seguir veículos Merkabah, ou Embarcações dimensionais, associando diferentes Consciências. Existem, por fim, entidades específicas, níveis de Consciência específicos, nada tendo a ver com os mundos da encarnação ou os mundos humanóides, capazes de materializar sua Consciência em uma embarcação de Luz muito particular.

Assim o é para os Arcanjos, assim o é para seres pertencentes a civilizações ditas dos triângulos. Entretanto, mesmo um ser tendo passado pelas portas da encarnação como talvez alguns dos 24 Anciãos, são capazes de manifestar igualmente um corpo de personalidade etérea, como um corpo de Existência superando grandemente o aspecto humanóide.

Não há portanto descrição muito mais precisa ou formal que aquela mesmo se São João a descreve de maneira muito mais material, eu diria, ou em todo caso colorida, de acordo com seus termos.

A Embarcação de Luz chamada Jerusalém é a Embarcação que dirige, chamarei isso, se o querem, as Frotas Intergalácticas ligadas à Luz, em relação com Sirius.

Questão: Nosso Sol seria uma Embarcação de Luz, igualmente?

Nesse sentido, também, os planetas são Embarcações de Luz, entretanto, eles tomaram forma, uma forma redonda, que está ligada à curvatura do espaço/tempo. A curvatura do espaço/tempo imprimiu um certo número de formas, numa densidade quase imutável, sobre uma escala de tempo em todo caso suficientemente longa.

Entretanto, existem, mesmo em seu sistema solar, inúmeros objetos, inúmeros satélites, inúmeras luas, assim como vocês nomeiam, que nada têm a ver com estruturas inertes mas que são, realmente, Embarcações de Luz pertencentes a mundos multidimensionais.

Questão: Como saber se as mensagens que recebemos são certas?

A partir do momento, bem amada, em que há relação e comunicação com outros planos, obviamente, você poderá se colocar a questão de saber se o que capta, percebe e recebe, vem da dimensão X ou Y e não virá de dimensões alteradas. Eu responderia, como já respondi a numerosos pedidos: o importante não é tanto, ainda que no absoluto isso poderia ser verdade, saber de onde vem a comunicação, porque esta comunicação, qualquer que seja, vai ter efeitos.

Se, evidentemente, sua comunicação se dirige a um ser cuja condição de Consciência, cuja condição espiritual e cuja condição de personalidade, está muito afastada de seu estado vibratório em relação à comunicação estabelecida, isto será, para ele, de todo modo, falso. Que esta comunicação venha da Fonte, ela mesma, ou que ela venha de uma dimensão situada por exemplo na 11ª dimensão, esta pessoa estando na dualidade só pode, nesse momento, dizer que isto é falso.

Imagine agora que um ser despertado venha vê-la e que lhe transmita uma informação vinda da 18ª dimensão, este vai reconhecer, vibratoriamente, o sinal da transmissão que eu chamaria Unitário.

Nesse momento, há entrada em ressonância, entrada em atração em relação ao que é recebido. Assim, o que é importante, não é querer discernir, de maneira imperativa, se aquilo é bem ou se aquilo é mal porque cada ser humano tem um ponto de vista diferente que é em função de seu próprio nível vibratório.

Assim, não há uma Verdade, mas há uma Verdade específica do ponto de vista da pessoa que recebe ou que transmite.

O importante sendo que a Consciência se modifica, o importante é não ser bloqueado. Então, agora, as comunicações que você recebe, no que lhe concerne, são em função, obviamente, de sua capacidade vibratória a receber essa mensagem.

É preciso bem compreender que, mesmo eu me exprimindo agora deste modo, não estou de modo algum presente nesta 3ª dimensão, mesmo se vocês podem captar a emanação, a Vibração ou a pertinência, pouco importa.

Faço apenas passar através de um filtro.
O filtro é mais ou menos coerente e em fase com o que expresso, mas também coerente e em fase com o que você recebe, do que é expressado pelas palavras, mas também pela Vibração.

Assim, o importante não é saber se aquilo é certo ou não, a partir daí, você entra em dualidade, o importante sendo se conectar e se colocar em relação e em comunicação com a Unidade.

Aspirando a Unidade, você penetra os reinos da Unidade.
Penetrando os reinos da Unidade, nesse momento, o que virá e o que se escoará através de você será adaptado, de maneira certa, à pessoa que está à sua frente.

Não é o mesmo, por exemplo, em relação aos Casamentos Celestiais que tiveram um processo planetário que estritamente nada tem a ver com o que você pode transmitir, para uma dada pessoa, a um dado momento.

Tratou-se ali de um processo concernente ao conjunto da Humanidade e ao conjunto do planeta, qualquer que seja a idade ou qualquer que seja a língua.

Há portanto, aí também, um nível vibratório que era diferente e cujo alvo era diferente. É muito importante compreender isso.

___________________________
Compartilhamos essas informações em toda sua transparência. Agradecemos em fazer o mesmo, se a divulgarem, reproduzindo integralmente este texto e citando sua fonte: http://www.autresdimensions.com/
Versão do francês para o português: Célia G.

Nenhum comentário:

Postar um comentário