sábado, 26 de setembro de 2009

ANAEL - 26 de setembro

26 de setembro de 2009

do SITE AUTRES DIMENSIONS


Questão: Qual é a funcionalidade da inversão de pólos e quais são as consequências para a Terra e os humanos nos níveis vibratório energético e físico?

A noção de reversão é inerente ao processo de mudança.

A noção de ciclo, ela mesma, implica necessariamente numa reversão, mais particularmente em sua dimensão dissociada. A reversão permite a passagem, do Interior ao exterior e do exterior ao Interior.
Toda Vida, toda passagem a transpor, e toda passagem de morte à Vida, mesmo em suas reencarnações, se acompanha dessa noção de reversão.

Assim, a mudança dimensional, passagem de sua dimensão a uma dimensão diferente, se acompanha necessariamente de uma reversão.

A reversão é um processo de Consciência que é, justamente, o que permite o acesso a outra dimensão. Sua dimensão possui a particularidade de ser a única a estar cortada, literalmente, de outras dimensões.

As reversões, também, devem se ilustrar, se encarnar e se cristalizar em diferentes estruturas existentes mesmo da materialidade. Assim, a Terra, de ciclo em ciclo, vive esse processo de reversão, mas essa reversão apresenta a particularidade de ser a última.

Encerra-se assim, um grande ciclo e vocês devem se reverter de sua Vida Exterior, manifestada nesta densidade, vocês devem se reverter a sua Vida interior que é Verdade.

Vocês não podem, a um só tempo, viver externamente e interiormente. O processo que permite a passagem de um a outro, como do outro ao um, em outro sentido, se acompanha de uma reversão.

Assim, mesmo seu nascimento, nesta densidade, se faz de cabeça para baixo e necessita uma reversão a fim de aprender a andar, literalmente, nesta dimensão, do mesmo modo que o Ser humano, no final da Vida, vive a reversão de seu mundo exterior, para o mundo Interior, a fim de penetrar nos mundos além da percepção sensível.

A reversão é, portanto, o agente, é o motor da Translação Dimensional.

Somente hoje sua visão limitada e sua visão intelectual podem lhes fazer compreender a noção de reversão e de basculamento dos pólos, tanto no plano magnético como num plano físico, como uma etapa de destruição e, entretanto, é necessário que uma forma morra para que outra forma apareça.

Assim, a lagarta deve morrer para dar lugar à borboleta.
Assim, o Ser humano deve passar a outra dimensão ascencionando esse corpo e, entretanto, transformando-o, esta transformação que aquele que não vê o que está do outro lado chamado morte, não é a morte.

Mas, assim, os ciclos se engendram e se transformam, de um a outro e de outro a um. A passagem de um a outro e de outro a um se acompanha, de uma maneira ou de outra, de uma reversão, mas a reversão não é unicamente um mecanismo interior/exterior, mas se refere ao conjunto de direções e de dimensões.

Assim, o que estava acima se torna o que está abaixo.
Assim, o que estava à esquerda torna-se o que está à direita.

Assim, o que estava limitado torna-se ilimitado.
A reversão se refere, portanto, ao conjunto de manifestações da Vida.

Trata-se, realmente, de uma reversão e não pode ser de outro modo. Entretanto, não procurem compreender a Verdade e os mecanismos, em sua densidade, porque isso conduziria a imaginar cenários que não têm lugar de ser, em todo caso, para a nova dimensão.

Assim, a borboleta que nasce não tem o que fazer com a lagarta que está morta, porque há a persistência da Consciência e transformação de uma forma em outra forma.

Assim o é nesta Terra.
Assim o será de suas células que os constituem.
Assim o será de seus corpos.

Não há lugar para projeções a esse nível, nem medo, porque se trata de um processo lógico e de um processo Inteligente, mesmo se vocês não o percebem os meandros.

Questão: Num tempo físico e Terrestre, quando vai acontecer o tempo de reversão?

Bem amada, se eu dissesse que você o vive, neste momento mesmo.

Eu lhe asseguro que isto é Verdade.
Mesmo se isso lhe pareça um fenômeno impensável, você vive essa reversão e cada um de vocês o vive pela reversão do sentido de valores, pela compreensão nova que se abre a vocês do sentido de sua Vida, mesmo nesta dimensão.

Antes de acessar outra dimensão, o que lhes foi escondido, lhes é revelado.

Nesse sentido, há reversão, também.
Agora, a reversão física corresponde a algo que está em curso. Isso é agora e quando eu digo isto é agora, em seu tempo isso pode ser hoje e em alguns instantes, mas, em todo caso, dentro de muito pouco tempo.

Não me cabe conhecer, ou dar-lhes a data, porque a data é agora e, quando eu digo agora, é realmente agora, em seu espaço/tempo.

Questão: Quando somos confrontados a acontecimentos ou a provações que parecem não ter sentido, é útil procurar o sentido ou convém esquecer este aspecto do passado?

É o sentido de algumas transformações que lhes é escondido, não para lhes esconder o sentido, mas porque vocês não têm a capacidade, de sua visão limitada e fragmentada, de apreender o sentido real.

Entretanto, o que lhes parece sem sentido, não é assim tão sem sentido como poderia parecer à sua razão.
Assim, algumas funções ou algumas provações que lhes parecem, hoje, sem sentido, têm certamente o maior sentido que lhes seja possível atribuir.

As provações que vocês vivem (e para a maior parte de vocês, hoje) estão ligadas à sua transformação e à sua liberação, entretanto, o Ser humano, quando é liberado de certos apegos ou de certos laços, considera que perdem algo, porque vocês estiveram tão habituados a viver nesses laços e nesses apegos que, quando as circunstâncias da Vida e da Luz os livram deles, vocês têm a impressão de estarem privados de alguma coisa.

E, entretanto, como querem chegar ao sentido último do que vocês são, à Luz e ao polimento final de sua Existência, sem aceitar se aliviar do que os deixa pesados e do que os impede, literalmente, de acessar esta dimensão?

Então, sim, isto provoca resistência e sofrimento no Interior de seus Seres porque sua visão, evidentemente, é apenas fragmentária.

Podemos dizer isto a uma Mãe que perde um filho?
Podemos dizer isto a um homem que perde sua mulher ou a uma mulher que perde seu marido?

E, no entanto, a visão que vocês têm, no momento, é sofrimento, ela é cruel e ela lhes escapa do sentido real, entretanto, quando vocês olharem isto, bem mais tarde, mesmo em sua Vida, ou então do outro lado do véu, compreenderão o sentido.

Assim, o sofrimento não deve ser procurado, mas sim ser transcendido.

Ele faz parte do que chamaríamos: a confiança.

Assim, toda separação, todo luto, tem realmente um sentido. Nada é fortuito, em sua dimensão, e, sobretudo se o sentido lhes escapa, no momento.

Estejam certos que o sentido é muito grande e que, entretanto, vocês não podem ter sua compreensão, mas que isso passa por uma aceitação total e uma fé total no que vem depois.

Vocês não podem acessar outro estado sem se livrarem do que era o estado precedente. Assim é a etapa de seu crescimento, nesta dimensão dissociada.

Isto é lição, isto é experiência.
Qualquer que seja a duração da experiência, ela leva, inevitavelmente, para a Luz.

Questão: Quando as sílabas sagradas OD - ER - IM - IS - AL levam a fenômenos vibratórios quase de transe, isto corresponde a uma etapa da transição que vem?

Bem amada, cada vez mais Seres humanos são chamados a viver esta transformação e esta transição, no sentido o mais nobre.

Obviamente, as sílabas sagradas, as chaves Metatrônicas trazidas pelo Arcanjo Metatron, Senhor Metatron, assim como o nomeamos, correspondem à realidade de seu retorno à Luz.

Evidentemente, retornar à Luz, retornar ao que vocês são, em Verdade, para além dessa Ilusão, deve se acompanhar do desaparecimento da Ilusão.

Então, o que querem?
Querem viver na Verdade?
Querem viver não separados?
Ou desejam, ainda, viver separados, divididos e fragmentados?

Toda a questão está aí.
Vocês não têm que ter medo.

O melhor exemplo que posso lhes dar, que há inúmeros exemplares, eu diria, sobre sua Terra, é o exemplo mesmo de Seres que deixam seus corpos e são chamados de volta a esta Vida por técnicas ditas de reanimação: eles são reanimados, eles se tornam animados de novo e, no entanto, o que descrevem? Que descobrindo a animação desta dimensão, eles retornam à morte e que a Vida estava do outro lado.

Entretanto, é necessário suprimir esta Vida?
Não, é necessário acompanhá-la nessa nova dimensão.
Vocês estão encarregados, enquanto Transmutadores e Transmissores da Luz, de acompanhar suas células, seus corpos e sua dimensão, em um novo nascimento.

Então, sim, as sílabas sagradas, sua pronunciação, desbloqueiam em vocês o acesso à multidimensionalidade e é descobrindo a multidimensionalidade que vocês aceitarão deixar, em Unidade, em simplicidade, esta dimensão de Ilusão.

Não se esqueçam, assim como disse ontem para aqueles que aqui estavam, esse mundo que vocês percorrem é um mundo de Ilusão, é um mundo, assim como o chamou o Senhor Metatron, falsificado, um mundo invertido, que vocês precisam recolocar no lugar.

E, no entanto, as emoções as mais belas que vocês podem viver face à natureza, face ao sorriso do que vocês chamam uma criança, são apenas o pálido reflexo do sorriso feliz do infinito da Luz.

Entretanto, é preciso que vocês aceitem viver esta Vibração, nesta corporeidade, a fim de juntarem-se às esferas da Beleza, as esferas da Eternidade.

Não há outros meios porque vocês devem chegar e acessar este estado multidimensional, sem para tanto perder esse corpo que habitam. Este deve se transformar, é chamado a se tornar outro, a viver outra sequência vibratória e outra sequência de Luz. Nesse momento, seu corpo tornar-se-á leve, a densidade que você habita e que habita sua vida, no desenrolar de suas provações, de suas resistências e de suas alegrias, atenuar-se-á e desaparecerá, finalmente.

O que lhes é prometido é pura Luz.
O que lhes é prometido é liberação.

A questão que lhes colocamos, através do que lhes insuflamos é: vocês querem deixar suas cadeias?

Querem reencontrar a liberdade?
A liberdade de conectar os Anjos?
A liberdade de ser banhado pela Luz?
A possibilidade de acessar as galáxias, de acessar as estrelas, de acessar o Sol?

A liberdade de viajar?
Ou, então, vocês querem manter suas cadeias?
Vocês têm medo deste desconhecido tão luminoso?

A questão está aí.
As sílabas sagradas, o acolhimento da Vibração da Verdade e da Unidade de Cristo lhes permite, progressivamente, realizar esses Casamentos alquímicos que lhes permitirão transmutar sua matéria, literalmente, e na totalidade.

Então, sim, certamente, as sílabas sagradas que lhes foram comunicadas são verdadeiramente a língua silábica matricial, aquela que lhes permite juntar-se aos mundos não falsificados, os mundos da Verdade.

Questão: Tendo em conta as Vibrações atuais da Terra, podemos, todos, nos comunicar com nosso Anjo da Guarda?

Hoje, mais que nunca, mas ainda menos que amanhã, mas de maneira extremamente potente, o espaço que existia entre sua dimensão dissociada e as dimensões que chamaria não dissociadas (unificadas, se preferem, onde a Luz reina em totalidade e em Verdade), jamais este espaço foi tão fino.

Entretanto, a imagem que prefiro lhes dar é aquela de um Ser humano vivendo em uma gaiola, com as portas de barras, com as janelas fechadas e, um dia, essas portas, essas janelas, essas barras, desaparecem inteiramente e, entretanto, o Ser humano é tão impregnado dessas portas, dessas janelas e dessas barras que seu mental o faz crer, ainda, que elas estão presentes.

O Anjo Guardião se manifesta, para muitos de vocês, de diferentes modos: por odores, por fragrâncias, por Vibrações, por palavras, por imagens e cabe-lhes «abrir as orelhas», e estender sua Consciência para ele, como ele se estende para você, a fim de recolher o bálsamo.

A reconexão é possível, efetivamente.
Inúmeros Seres humanos o vivem, em um momento ou em outro, de maneira mais ou menos permanente, de maneira mais ou menos imanente, mas isto é Verdade.

O espaço entre os planos, a distância entre os planos, é abolido, cada vez mais. O que apelidamos de franjas de interferências, que os mantiveram nesta dualidade, lhes são retiradas, pouco a pouco.

Muitos dentre vocês, sobre esta Terra, viveram um período de intensa liberação, pela primeira parte do que chamamos os Casamentos Celestiais, com o Arcanjo Miguel. Entretanto, alguns de vocês, eu diria, mesmo, a maioria de vocês, desde o início do mês de setembro, sentiram como grades que voltavam.

Vocês experimentam, assim, e por vezes mesmo, a influência do medo sobre sua própria prisão.

Nós suprimimos o medo na Humanidade e as forças opostas à Luz tentaram reconstituir as grades da prisão através do medo, e inúmeros entre vocês perceberam e sentiram que algo se tornou pesado de novo e, entretanto, isto vai desaparecer, muito em breve, pela potência e a Graça da radiação Arcangélica e do Conclave Arcangélico, pela mão estendida de Maria em direção da Humanidade inteira.

Vocês vão reencontrar, muito em breve, esta leveza que conquistaram durante os meses passados.

Questão: De onde vêm os puxões e as pressões que podemos sentir na cabeça?

Bem amada, a cabeça se abre.
Como podemos imaginar que uma cabeça se abra, sem ter a percepção?

Isto não é Ilusão, isto não é visão, simplesmente, do mental, mas a cabeça se abre, realmente. O que foi separado em vocês, o que foi introduzido no que chamam seu cérebro, pelos jogos da dualidade, da Sombra, devem, hoje, cessar.

Existe, portanto, também, em seu cérebro, modificações bem reais, bem concretas, que se acompanham de uma redistribuição total do que chamaria de fluxo vascular, o fluxo neuronal.

Assim, o que vocês percebem na cabeça, sob forma de pressão, sob forma de Vibração, sob forma de peso ou leveza, os pontos de Vibração existentes no que o Arcanjo Miguel chamou as 12 Lâmpadas (traduzindo-se, também, pelas cinco sílabas sagradas, pelos cinco pontos de Vibração da cabeça), correspondem, efetivamente, a uma transformação de seu cérebro.

O cérebro é o lugar da reflexão, não unicamente da reflexão mental, mas, também, o lugar da reflexão da Divindade que foi falsificada, mas, entretanto, ainda presente em seu cérebro novo.

Isto, hoje, se modifica de modo muito palpável.
Inúmeras modificações existem.

As modificações elétricas existentes na superfície de seu planeta e também nas camadas as mais altas de sua atmosfera existente, evidentemente, em seu cérebro, em suas células, em seu DNA.

Esta transformação é uma transformação da forma, não se esqueçam. Então, como esta transformação poderia apenas afetar sua Consciência, seus sonhos, sem afetar, evidentemente, todo o resto?

É o que vivem, neste momento.
Não há lugar para inquietação, não há lugar para pânico, há lugar para aceitar e integrar esta bênção que vem a vocês.

Questão: Os fenômenos relacionados às manchas do Sol estão relacionados com o que se supõe cairá sobre a cabeça?

Não somente tem uma ligação, mas está em total relação, ao invés de ligação.

O que se passa em sua Consciência se passa no o Sol.
O Sol é o lugar onde vocês deixaram seu corpo espiritual, ou corpo de Ressurreição, ao vir para esta Terra.

O Sol brilha, aquece, ele é a totalidade de seus corpos espirituais que deixaram ao percorrer as vias da encarnação. Então, vocês devem reencontrar esse corpo de Luz que os espera.

Qual é a melhor maneira de reencontrá-lo?
É, de início entrar em relação.

O que a Humanidade manifesta, em sua Consciência coletiva, se manifesta, obviamente, no Sol. O Sol primeiramente se resfriou, contrariamente ao que lhes disseram; em seguida, o Sol começou a emitir o ar, correntes de ar. Ele emite, desde o final de seu último ano, raios elétricos que estabeleceram uma junção real entre a alta atmosfera terrestre e o Sol.

Vocês estão, mais que nunca, conectados ao Sol.
Assim como os maiores neófitos lhes disseram, o Sol é Fonte de Vida, ele é a própria Vida.

Vocês devem se juntar ao Sol.
Assim, a Terra deve desposar o Sol, não unicamente no sentido Consciente, mas no sentido real e físico do termo.

É o que está em curso para vocês.
Miguel senta-se doravante no Sol.
Cristo é o Espírito solar por excelência.
O Sol é apenas o reflexo de sua espiritualidade, o Sol é apenas o reflexo da verdadeira Luz autêntica que é Você, em outro nível.

Então, sim, há total adequação e relação entre o que vocês têm a viver, o que vocês vivem e o que viverão o Sol e sua Terra.

Questão: Porque os «Walk-in» aceitam encarnar um corpo e viver o esquecimento?

Bem amada, o «Walk-in» é aquele que anda no Interior de um corpo elaborado para outra alma. Trata-se, portanto de uma alma que penetra no lugar de uma alma, um corpo que pertence a uma alma.

O processo de «Walk-in» pode se produzir entre esta dimensão e outras dimensões. A possibilidade inerente ao «Walk-in» não é o esquecimento, bem ao contrário, ela é, justamente, a de levar, para um corpo já criado, uma Consciência vinda de outra dimensão muito mais elevada.

Recordem-se que vocês são, vocês mesmos, sem exceção, Sementes de estrelas, mas estão, de algum modo, prisioneiros nesta dimensão. Suas Sementes de estrelas, sua dimensão Divina, permaneceram no Sol.

Vocês vão reencontrá-la pouco a pouco, mas existem Seres que não podem ser presos nesta densidade, eles não podem seguir os caminhos da encarnação, sem esquecer suas dimensões eternas. Assim, existe entre vocês Sementes de estrelas que, em outros tempos e em outros lugares, foram chamados Deuses Criadores, Elohim, Seres pertencentes, mesmo, a civilizações extremamente evoluídas vindas de dimensões bem para além, mesmo, do que vocês podem imaginar ou conceber.

Entretanto, eles habitam um corpo.
Eles não caíram por qualquer falta, eles participaram da experiência da densidade, da experiência da separação. Eles permitiram, agora, e também no passado, manter certa coesão nesses mundos da dualidade.

Assim, o «Walk-in» está perfeitamente consciente de seu papel. Não há «walk-in» que esteja num processo de esquecimento. Há contratos que passaram não de corpo a corpo, de Alma a Alma, em outros espaços e em outros lugares, que permitem a esses Seres entrarem em um corpo constituído e levar, não uma alma prisioneira de um sistema de encarnação, mas Almas, ao contrário, livres e liberadas que podem Ser capazes de insuflar, nesta dimensão, algo que se aparentaria a um fenômeno de incorporação, se preferem, mas bem além do que é habitual ao que vocês podem mesmo compreender e viver.

Assim, o processo de «Walk-in» é um processo que foi imaginado pelos planos da Luz para conter as densificações extremas do que vocês viveriam nesta densidade.

Do mesmo modo que o sacrifício de Cristo permitiu re-semear, literalmente, o impulso para a Divindade, na Terra, do mesmo modo os «walk-in» participam desse esforço.

Questão: Quando se sente no medo, quando se tem a impressão de perder a fé, por exemplo, no âmbito de uma situação difícil de casal, como reencontrar esta Alegria?

Bem amado, o problema do Ser humano é que sempre viveu o sentimento de incompletude. Esse sentimento de incompletude, bem justificado, infelizmente, nesta dimensão dual, o conduziu, durante suas experiências de Vida, a sempre procurar no outro a completude. Vocês não podiam imaginar que eram completos em vocês, sozinhos.

Hoje, vocês fazem a aprendizagem, através de provações que lhes são propostas, que são diferentes para cada um, vocês devem fazer a aprendizagem e compreender e aceitar que vocês estão completos em vocês, sós, quaisquer que sejam as chamas gêmeas, quaisquer que sejam as Almas gêmeas, quaisquer que sejam os encontros Cármicos, quaisquer que sejam os encontros apaixonados.

Vocês devem aceitar e viver hoje a completude, sozinhos, porque vocês são Seres completos que tiveram a impressão de serem incompletos. Então, obviamente, quando vocês vivem a época da separação, quando vocês vivem a época da incompreensão (em particular no casal onde um puxa para a materialidade e o outro puxa para o espiritual), existem, evidentemente, fenômenos de atrito.

Mas isso é feito para fazê-los crescer.
Então, evidentemente, no momento em que o vivem, isto pode levá-los para um excesso de densidade, para um excesso que obstrui a expressão e a manifestação da Alegria. Mas, hoje, vocês devem compreender que sendo completos, vocês mesmos, vocês têm, entretanto a possibilidade, e diria mesmo o dever, de chamar a Luz, a Inteligência da Luz e as diferentes ajudas que lhes estendem a mão.

Que vocês o chamem Anjo Guardião, que vocês o chamem Cristo, que vocês o chamem Arcanjo, pouco importa. Os Mestres da Luz que os rodeiam e que lhes estendem realmente a mão são legiões, no sentido o mais nobre do termo.

Então, vocês devem fazer o aprendizado deste pedido.
Este pedido não passa por orações complicadas, por palavras vazias de sentido, mas, bem mais, pelo chamado do coração, na simplicidade e na humildade.

Nesse momento, estejam certos que lhes responderemos e que não os deixaremos jamais neste sofrimento. O que vocês chamam sofrimento é apenas sua dificuldade de se voltar e elevar seu olhar para nós, a fim de nos pedir ajuda. Mas não nos peçam ajuda a fim que restabeleçamos algo que deve morrer.

Peça-nos ajuda para ir para o novo.
O novo é sua completude e sua Inteireza.
Nesse momento, a Alegria lhes será reaberta.

Questão: Qual o papel das civilizações intra-Terrestres no processo de Ascensão?

Bem amada, os povos intra-Terrestres têm, globalmente, duas funções essenciais: a primeira foi a de manter certa forma de coesão de forças da Luz autêntica e Verídica quando de certos dados históricos perturbados, pertencentes a um passado relativamente antigo desta Terra. Inúmeras Entidades escolheram residir nesta Terra, não mais no mundo exterior de superfície, mas no mundo Interior, a fim de se beneficiar de uma conexão à Fonte intra-Terrestre e extra-Terrestre.

Eles foram chamados os intra-Terrestres.
Tiveram, por conseguinte, a missão de salvaguardar a dimensão Divina, futura, da Terra.

No momento que vocês vivem, hoje, alguns povos estão também, aí, nesta dimensão intra-Terrestre para velar, efetivamente, o processo de Ascensão.

Os povos intra-Terrestres vivem no que chamaria uma 3ª dimensão Unificada. Eles estão em alguma parte na 5ª dimensão, tendo conservado um corpo de aparência fisiológica idêntica à sua, quer sejam humanóides ou delfinóides.

Esses povos permitiram chegar à etapa que vocês vivem hoje. Eles foram os guardiões, em algum lugar, desta Terra e desta dimensão, a fim que ela não naufragasse a níveis, eu diria, irrecuperáveis para a Luz.

Eles têm, portanto o papel de Vigias e de Guardiões.
Eles têm, portanto o papel de estabilizadores de certo número de forças e, em particular, forças magnéticas deste planeta.

Eles têm também um papel principal, enquanto Guardiões do que chamaria de portais e de peneiras de dimensionalidades existentes em diferentes lugares do planeta e permitindo, realmente, que esta Terra não pare de girar em torno de seu Sol e não se afaste demais.

Questão: Como fazer quando se tem a tendência de atrair almas errantes?

Bem amada, compreenda bem que atraindo as almas errantes há, para você, um impulso que significa que você tem uma reparação a dever a essas almas errantes. Essas almas de passagem que você capta pedem e vêm lhe pedir suas passagens.

Você deve, portanto acompanhá-las e permitir-lhes para ir para onde devem ir. Você é, portanto simplesmente, um lugar de passagem e não um lugar de retenção. Esse lugar de passagem está ligado a funções que você talvez ocupou em outros tempos e em outros lugares.

Hoje, é necessário aceitar a o teor.
Essas almas lhe pedem ajuda e passagem, então, você deve acompanhá-las, em suas passagens, a ir lá onde elas devem retornar, ou seja, a passar pelas portas da Luz.

Isto é muito simples de realizar.
Convém simplesmente acender uma Luz e pedir a essas almas para passar e elas passarão, nada mais.

Questão: Em que momento acontecerá o que chamamos o Anúncio de Maria?

O Anúncio feito por Maria será realizado quando ela o julgar oportuno.

Maria recebeu as chaves Arcangélicas, ela está de posse dos sete pilares da Criação. Ela está, portanto de posse da totalidade dos futuros e possibilidades desta Terra.

Maria se aproxima de sua dimensão, ela está presente no éter do Sol, na embarcação de comando da Frota intergaláctica. Não esperem ver uma Maria etérea aparecer no Céu, suspensa no ar.

Maria faz parte de uma Frota intergaláctica de Luz.
Maria está presente em uma Embarcação de Luz do comando intergaláctico.

Ela está rodeada pelos 24 Anciãos.
Recordem-se que Maria possuiu um corpo, mesmo se sua origem está bem para além dos limites desta encarnação. Recordem-se que aqueles que a rodeiam, os 24 Anciãos, possuíram um corpo, nesta dimensão ou em outros mundos, o que não é o caso de nós, Arcanjos.

Nós, Arcanjos, não temos necessidade de Embarcação de Luz porque nós somos pura Luz e além de formas de encarnação, então, nós podemos vagar com nossas próprias asas, diria eu, mesmo nas dimensões etéreas, mesmo do Sol, o que não é o caso dos Seres que possuíram um corpo, no sentido físico.

Esses Seres são obrigados a materializar, nos planos sutis, um veículo de Luz. Isso foi vulgarizado, em sua dimensão, tendo sido chamado Merkabah, Merkabah individual ou Merkabah coletivo.

Maria faz parte de um Merkabah coletivo.
Ela vem com um coletivo de comando e se dirige para sua dimensão a fim de lhes estender a mão e o Coração e os braços.

Assim, os Seres de Luz participantes de diferentes dimensões vêm a vocês, em diferentes veículos.

Alguns seres são os veículos, eles mesmos.
Nós, Arcanjos, não temos necessidade desses Merkabah porque nós temos, como sabem, o que chamam asas e que, no entanto, não o são.

Entretanto, os Seres humanos encarnados não possuem esta característica. Então, eles devem se aproximar de sua dimensão passando pelas portas estelares situadas perto do Sol, eles não podem passar pelas portas intra-Terrestres porque têm Vibrações e dimensões que, se atualmente, aproximassem-se de sua Terra de maneira muito importante, pulverizariam, literalmente, sua Terra, o que não é o objetivo buscado.

Hoje, nós esperamos que vocês subam até nós, mas nós nos aproximamos, entretanto, o suficiente de vocês e eu já disse que os planos ou franjas de interferência existentes entre sua dimensão e a nossa ou nossas dimensões, estão muito mais finas do que nunca.

Há, portanto possibilidade de conexão.
Há, portanto possibilidade de relacionamento.
Não é por acaso que, hoje, inúmeros Seres humanos se comunicam, de diferentes modos, com os planos espirituais ou os planos de outras dimensões.

Questão: Poderia nos dar precisões sobre a pronunciação das sílabas sagradas OD - ER - IM - IS - AL?

A pronúncia das cinco chaves Metatrônicas, ou sílabas de Luz Verdadeira e não invertida, deve se fazer em alta voz porque a Vibração é necessária, assim como o constatou a maior parte de vocês. Pronunciando esses sons, isso chama a vocês uma Vibração que se manifesta em seu Ser, seja na cabeça, seja no corpo, seja no coração.

Entretanto, os pontos de penetração estão na cabeça.
Não há regra de pronunciação, não há modo específico de pronunciar.

Não são apenas notas de música, no sentido em que poderemos compreender, como sendo notas, por exemplo, Do Ré Mi, mas sim a pronunciação de OD - ER - IM.

Então, quer vocês pronunciem isso do modo OD - ER - IM - IS - AL, ou pronunciem OD ER IM IS AL, ou ainda OD ER IM IS AL cantando, não há qualquer importância.

Assim como eu disse ontem, o princípio é o de subir a língua e não de descê-la, ou seja, elevar a Vibração sobre um ponto de contato se situando sobre os cinco pontos de Vibração em sua cabeça e também no corpo, representando cada uma de suas cinco extremidades, ou seja, a cabeça, as mãos e os pés.

Cada sílaba sagrada matricial os remete a uma de suas extremidades que, ela mesma, os remeterá ao Centro.

Questão: Quantos Crânios de cristal há hoje e qual é sua utilidade?

Os Crânios de cristal são a materialização de matrizes cristalinas dos 12 Elohim que participaram da Criação desta dimensão, em tempos muito remotos. Os Deuses Criadores, assim como vocês chamaram (que são, de fato, Entidades Criadoras chamadas Éloha, cujo plural é Elohim, são seres vindos da 11ª dimensão, missionados pelos Seres da 18ª dimensão, tendo permitido a encarnação da Luz Verdadeira, para que o traço desta Luz persista e resida em sua dimensão falsificada.

Esses Seres, que acompanharam, literalmente, esta Criação, fizeram o sacrifício de sua dimensão espiritual. Assim o é para toda Entidade de Luz criando uma dimensão, ela deve participar de sua própria Criação, e participando de sua própria Criação, ela faz o sacrifício de sua dimensão espiritual, sacrificando assim sua dimensão espiritual, no que é chamada a primeira morte da Entidade Elohim, ela vai materializar um Crânio de cristal.

Assim, os Crânios de cristal são a concreção matricial total dos Deuses Elohim que vocês chamaram os Deuses Criadores. Mas não há Deus, como vocês o sabem, há Entidades Criadoras, o que não é a mesma coisa.

Então, hoje, há sobre esta Terra os Crânios dos 12 Elohim, Quatro Elohim vindos de Altair, Quatro Elohim vindos de Vega da Lira e Quatro Elohim vindos, à época, de Orion, enviados pelo grande comandante de Orion, chamado o Ancião dos Dias ou Melquisedeque, o Grande Melquisedeque.

Esses Seres vieram e sacrificaram sua Divindade a fim de implantar, na Humanidade, o traço da Divindade, a fim que as forças opostas à Luz não pudessem tomar, de maneira definitiva e infinita, a posse desta dimensão.

A utilidade desses Crânios de cristal é de estarem reunidos, não fisicamente, necessariamente, mas pela Vibração original de suas origens comuns que foi a Criação desta dimensão.

Eles vieram, esses Seres chamados Elohim, numa embarcação Merkabah chamada Jerusalém, 50 731 anos, criar a cidade atlante, chamada Alta d'Altair.

Eles depositaram um cristal azul, sobre esta Terra, escondido, ainda, em suas profundezas. Eles sacrificaram também sua Divindade deixando o que é chamado os 12 Crânios de cristal.

O Crânio de cristal que é chamado «o 13º Crânio de cristal» é, ele, muito mais antigo que esses 12 Crânios de cristal dos Elohim e ele vem, ele, de um ciclo ainda mais antigo.

Eu não posso dizer mais, no momento.

Questão: O 13º Crânio foi efetivamente descoberto?

Foi.
Eles estão todos despertados e ativados.
A ronda dos 12 corresponde, efetivamente, ao que vocês vivem desde o início de seus Casamentos Celestial chamado a reativação das 12 Lâmpadas.

Vocês têm, em vocês, as marcas dos 12 Elohim porque eles são, efetivamente, as Entidades Criadoras que lhes permitiu existir, nesta dimensão, sem perder sua Divindade, pela Presença e a Graça, também, de Maria, do alto de suas dimensões, antes que ela se encarnasse nesta dimensão.

Questão: É importante ativar diariamente os diferentes níveis de sua própria Merkabah e existe uma ligação com as sílabas sagradas?

As sílabas sagradas que lhes foram reveladas, há mais de sete semanas agora, correspondem à ativação de seu veículo Merkabah, na totalidade. Entretanto, muitos Seres sobre este planeta não conhecem as sílabas sagradas e, no entanto, vivem a ativação dessas novas lâmpadas.

O importante é que aqueles que têm Consciência, nesse país e por todo o planeta, utilizem ao máximo essas sílabas sagradas porque elas participarão de outra coisa além da Merkabah individual e participarão na elaboração da Merkabah coletiva da Humanidade encarnada que deverá fusionar com a Merkabah coletiva chamada Jerusalém.

Questão: As recomendações alimentares, como consumir líquido, é uma realidade ou o símbolo de uma nutrição mais despojada? É normal não mais sentir fome, às vezes?

Bem amada, o que disse, desde o início de seu mês de maio este ano, corresponde na totalidade a algo essencial.

Qual é este efeito essencial?
A digestão mobiliza sangue, energia e a Consciência.
Ela tira as energias do que vocês chamam baço para um eletromagnetismo de manter a Vida.

Vocês estão, hoje, numa fase transformatória essencial, desde o mês de abril, neste planeta. Seu baço deve estar disponível a fim de elevar seu nível vibratório. Assim, o esforço de digestão de alimentos sólidos é muito mais importante que o esforço de digestão de alimentos líquidos, simplesmente.

Nesse nível, não se trata unicamente de um esforço alimentar ou de uma modificação de alimentação, mas bem mais de uma facilitação de seu despertar vibratório.

Agora, eu já dei também, um pouco mais tarde, complementos de informação concernentes à natureza dos alimentos, quer sejam sólidos ou líquidos e, em particular, insisti sobre a noção de comer algo que cresça o mais alto possível, fora do solo.

Comer, por exemplo, uma cenoura, mesmo biológica, não tem o mesmo efeito que comer uma fruta. Uma fruta elevará seu nível vibratório, uma fruta crescida, em particular, sobre uma árvore, os aproximará de sua dimensão Divina.

Esta é a Verdade vibratória.
Assim, obviamente, muitos Seres humanos sentem modificações de suas necessidades fisiológicas e não unicamente alimentares.

Isto pode ser simplesmente a necessidade de gastar, isto pode ser simplesmente as necessidades sexuais, isto pode ser simplesmente necessidades sociais, que se tornam diferentes.

Vocês devem seguir as linhas de menor resistência.
Vocês devem seguir o que se acompanha, para vocês, de leveza e de Alegria.

Se seu corpo ou sua Consciência lhes dizem para não comer, então, não comam. Se sua Consciência lhes diz para comer algo pesado porque, transitoriamente, vocês têm necessidade de sentir um peso, então, faça-o. Aceite os sinais vindos de seu corpo e de sua Consciência, eles são, hoje, muito mais precisos que aqueles existentes antes.

Vocês devem escutar a Inteligência da Luz, em seu corpo e em sua Consciência.

Esta é a Verdade.
Assim, alguns Seres provam menos necessidades, então, respeite essa falta, ou esta insuficiência de necessidades que era o habitual de sua Vida, antes, porque esta é uma transformação que vai ao sentido de sua liberação.

O que é certo, no momento, pode ser realizado, de maneira muito simples, pela utilização do protocolo de ativação sobre seis pontos do coração, permitindo saber instantaneamente se o que você se propõe absorver ou fazer corresponde ao caminho do coração ou não.

Isto já foi longamente explicado, eu os deixo, portanto falar (Nota: ver a meditação sobre o coração, de RAM).

Quando ativamos esta Vibração do coração, por intermédio dos seis pontos, colocamos uma questão, sabemos instantaneamente, segundo a Vibração que se produz, se é bom ou não.

Questão: Qual é o papel da Jerusalém celestial no processo de Ascensão?

A Jerusalém celestial é uma Embarcação de Luz, portadora de Vibrações e entidades de Luz.

Ela vem cumprir e terminar, do mesmo modo como vieram inaugurar, o sinal do fim de um ciclo e o início de um novo ciclo.

Essa Embarcação é portadora de Vibrações, assim como eu o disse, suas Vibrações estão ligadas à cor Azul que é a cor do Arcanjo Miguel, obviamente.

Elas são portadoras do acesso das últimas chaves Metatrônicas, aquelas que não estão ainda em sua posse, que são em número de sete, certamente, mas que ocorrerão ao nível de sua Humanidade, de maneira muito mais global, bem depois do Anúncio feito por Maria.

Tenho a dizer, também, que o Anúncio feito por Maria não é absolutamente o Anúncio, tal como alguns os quiseram fazer crer, de uma punição.

Maria é Graça, Maria é Amor, Maria quer salvar o conjunto de sua Humanidade.

Nós também, Arcanjos, vimos para salvá-los.
Nós lhes pedimos que estendam sua Consciência e seu Espírito para nós para que possamos intervir.

Nós não podemos violar seu livre arbítrio, entretanto, o livre arbítrio faz parte da dualidade.

Vocês devem passar do livre arbítrio ao determinismo da Luz. O determinismo da Luz é liberdade total e não mais livre arbítrio.

Esta liberdade total necessita chamar a nós, a nossa Vibração e a nossa Presença. É assim que vocês reencontrarão sua dimensão de Eternidade, de Existência e sua dimensão total.

Então vocês devem, sim, pedir.
Vocês devem construir esse Merkabah coletivo, a fim de entrar em ressonância com seu Merkabah coletivo, construído pelo conjunto de Transmutadores e Transmissores de Luz, a fim de fazer entrar em ressonância e em atração em relação com a Jerusalém Celestial.

Ela apenas passou em um continente, entretanto, ela voltará, de maneira muito mais forte, de maneira muito mais permanente, para esta Humanidade, no momento vindo.

___________________________
Compartilhamos essas informações em toda sua transparência. Agradecemos em fazer o mesmo, se a divulgarem, reproduzindo integralmente este texto e citando sua fonte: http://www.autresdimensions.com/
Versão do francês para o português: Célia G.

Nenhum comentário:

Postar um comentário